1. Spirit Fanfics >
  2. Bebê a bordo - Imagine Cellbit >
  3. Grávida

História Bebê a bordo - Imagine Cellbit - Capítulo 1


Escrita por:


Capítulo 1 - Grávida


Fanfic / Fanfiction Bebê a bordo - Imagine Cellbit - Capítulo 1 - Grávida

¡Narradora!

Era mais um dia comum na casa de Lange,o casal S/n e Cellbit dormiam tranquilamente no quarto enquanto isso Eredin o cachorro de Cellbit dormia ao lado de seu dono ou seja no meio do casal, então S/n acordou seus cabelos morenos estavam uma enorme bagunça ela usava uma blusa do noivo que parecia um vestido nela e meias brancas sem detalhes,ela desceu da cama com cuidado para não acabar tropeçando em algo e levar um queda feia o cachorrinho também acordou indo até sua dona lambendo a perna dela.

S/n-Bom dia lobinho -Disse acariciando o pelo do animal

Ela continuou andando pelo apartamento,indo até a cozinha para preparar o café da manhã ou tentar pois a garota não era tão habilidosa na cozinha mais fazia o que podia,ela se abaixou para pegar a chaleira e preparar o café.

Então neste tempo Lange se levantou da cama,e foi em direção da cozinha procurar sua amada que fazia o café da manhã ele foi discretamente e deu pegou a garota por trás erguendo ela em seu colo ela estava virada de frente para ele,ambos selaram um beijo calmo e lento então se separaram era assim todas as manhãs do casal cheia de beijos e carícias suaves, então Lange continuou grudado nas costas de S/s que preparava seu café da manhã.

~Algumas semanas depois~

!S/n¡

Recentemente eu vinha sentindo algumas coisas estranhas,tipo enjoos constantes,uma fome enorme,um sono bem grande e minha menstruação não veio algo comum já que eu tomo alguns remédios que impedem Rafael meu atual noivo estava streamando neste momento então não queria interrompe-ló então peguei as chaves do apartamento,meu celular e minha carteira.

Próximo do condomínio,avia uma pequena farmácia e para confirmar minhas dúvidas eu fui até lá segui o caminho de sempre desci o elevador indo até a portaria,a casa de Rafa era no primeiro andar mais a minha preguiça de descer às escadas era enorme eu saí do prédio indo até às ruas movimentadas de São Paulo então eu fui até a loja que por sorte estava aberta.

Eu adentrei o local e lá estava uma moça no balcão,eu fui em sua direção ela mechia em algumas caixas de remédios então ela se virou para minha direção.

Balconista - Boa tarde o que deseja ?-Perguntou a moça 

S/n - Boa tarde você teria testes de gravidez ?-Perguntou a morena 

Balconista - Sim -Respondeu a pergunta 

S/n - Você pode me dar um ?-Pediu 

Balconista -Claro Ô JOÃO TRAZ UM TESTE DE GRAVIDEZ !-Gritou 

Aí meu deus que vergonha,mais que nunca né passou vergonha com a balconista da farmácia então um garoto de mais ou menos 16 anos trouxe uma caixa com o testa.

Balconista -Aqui senhorita são 13,45 R$ -Disse entregando o teste 

S/n - Aqui senhora -Falou entregando o dinheiro

Eu saí da loja,e fui até o condomínio meus passos eram rápidos então o porteiro abriu para mim como sempre segui meu caminho e como sempre toda a vez que eu entro em casa ou o Lobinho tenta comer minha perna ou ele fica louco e lati até meu ouvido explodir,mais hoje foi tranquilo eu larguei tudo em cima do sofá e fui em direção do banheiro.

Eu entrei no local e fechei a porta,eu olhei a caixa por meros minutos eu realmente estava fazendo aquilo minha percepção dissia para eu nem encostar naquele mais minha cabeça implorava para que eu fizesse,então o veredito foi óbvio eu fiz o teste e como eu temia deu positivo eu terminei de vestir minha roupa meu corpo colidiu com a porta do banheiro e as lágrimas botaram no meu rosto eu podia estar sonhando não era verdade mais de um jeito ou de outro eu teria que contar ao Rafael.

Eu saí do banheiro e fui até seu estúdio,a porta estava aberta mais do mesmo jeito eu bati seus olhos azuis vieram até minha atenção ele se levantou da cadeira e retirou o fone.

Cellbit - O que foi meu bem ?-Perguntou segurando nos ombros da mais baixa 

S/n - Jura que não vai ficar bravo ?-Perguntou com os olhos marejados 

Cellbit - Eu juro pela minha alma - Respondeu a pergunta

S/n -Pega -Entregou o teste positivo com os olhos marejados

Cellbit - Vida você.......tá grávida ! Minha noiva tá grávida ! Vida você tá grávida de verdade !-Disse eufórico 

S/n - Você não tá bravo ?-Perguntou 

Cellbit - Por que caralhinhos eu estaria bravo ?-Perguntou com os braços na cintura

S/n -Sei lá -Disse 

Cellbit - Agora eu quero um beijo na boca -Disse selando um beijo lento e cheio de sentimentos

Cellbit estava eufórico,talvez por ser seu primeiro filho ? Talvez ele me pegou nos braços e selou um beijo rápido em minha barriga Eredin não sabia o que estava acontecendo mais estava latindo como um louco,ele me botou no chão rapidamente e em um pulo se sentou novamente na cadeira seu sorriso estava estampado no rosto então agora temos um bebê a bordo.

.

 

.

 

.

 

.

 

.

Acabou


Notas Finais


Eu acho que tá curto eu não sei


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...