História Because I love you - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Once Upon a Time
Personagens Emma Swan, Regina Mills (Rainha Malvada)
Tags Emma Swan, Regina Mills, Swanqueen
Visualizações 53
Palavras 764
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Yuri (Lésbica)

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Hi amorinhxs, eu que nunca escrevi nada a não ser umas cartinhas pra crush(Cristo, tem piedade), tô aqui escrevendo uma one, e por favor, relevam pq essa é a primeira vez que escrevo alguma coisa.
Vamos ao capítulo e até as notas finais.

Capítulo 1 - Capítulo único


Pov Regina

Mais uma noite que passo em claro pensando naquela loira, a 3 meses todas as minhas noites são assim, não durmo um minuto sequer pensando se ela sente o mesmo por mim. Vocês devem estar se perguntam quem é essa loira, e eu lhes digo que é a mãe do meu filho, aquela que mudou minha vida completamente, que roubou meu coração sem saber, estou falando de Emma Swan. Não fiquem chocados, quer dizer, acho que vocês nem estão chocados, todos já perceberam que eu amo aquela loira, menos ela.

Acordo de meus devaneios quando sinto os raios de sol no meu rosto, dou um tempo para me acostumar com a claridade e finalmente levanto, pois preciso ir trabalhar e a vida não vai parar só porque eu não dormi pois estava pensando naquela loira maldita. Ando até o banheiro e me olho no espelho, eu realmente estou precisando dormir, as olheiras já estão bem visíveis, faço minha higiene matinal e vou para o closet, pego um vestido preto um pouco justo e um pouco acima do joelho, calço meu salto alto, dou um jeito nas olheiras, passo meu batom vermelho e pego minha bolsa, quando chego na cozinha vejo Henry sentado já tomando seu café.

- Bom dia filho - Digo e dou um beijo em sua cabeça - dormiu bem?

- Bom dia mãe, dormi sim e a senhora?

- Também - Prefiro mentir do que contar para ele que não dormi pois estava pensando na sua outra mãe

Tomamos nosso café em silêncio, término meu café primeiro, me despeço de Henry e vou para a prefeitura, talves trabalhar me ajude a desestressar.

Quando entro em minha sala tomo um susto pois não esperava ver o motivo da minha insônia hoje, e nem agora, até pq ainda é cedo. Disfarço minha surpresa e caminho até minha mesa sendo observada pela Emma.

- Bom dia Srta. Swan. O que faz aqui?

- Bom dia prefeita - Fala enquanto se senta na cadeira em frente à minha mesa - Eu vim aqui pois preciso conversar com você.

- Sobre o que?

- Sobre nós

Quando escuto isso quase tenho um treco, como assim "nós"?, existe um "nós"?, dessa vez não consigo disfarçar minha surpresa, até porque ninguém me contou que havia um "nós".

- Como assim nós?

- Olha Regina, faz um tempo que percebi que gosto de você, mas não é um gostar de amigos, eu amo você, não sei como isso aconteceu, mas quando percebi já era tarde, não tive como evitar, as vezes eu acho que sempre te amei, mas nunca consegui enxergar isso. - Ela se levanta - As vezes eu acho que você sente o mesmo por mim, mas logo tiro essa ideia da minha cabeça pois você nunca vai gostar de mim. - Ela começa a andar de um lado para o outro - Eu tentei Regina, juro que tentei tirar você da minha cabeça e do meu coração, mas não consegui, eu queria muito que você correspondesse meus sentimentos, mas sei que isso é impossível. Eu nunca vou deixar de te amar.

Pera, como assim a Emma me ama? Não, isso é impossível, acho que estou ficando louca. Meu Deus, a mulher da minha vida disse que me ama, mas pera, ela acha que eu não amo ela, vou contar tudo pra ela agora.

- Emma eu...

Cadê a Emma? Saio correndo da prefeitura e à encontro.

- EMMA - Grito e ela para na mesma hora, corro até a mesma e me jogo em seus braços a beijando, no começo ela estava paralisada, mas logo correspondeu ao beijo, e que beijo, no começo estava calmo, mas logo pedi passagem com a língua e o beijo se tornou mais afobado, o beijo só foi interrompido por falta de ar.

- O que foi isso? - Ela pergunta com a testa colada na minha enquanto controla a respiração

- Um beijo - Falo o óbvio e ela da risada

- Isso eu sei, mas por que?

- Porque eu te amo Emma, te amo muito, você não imagina o quanto eu fiquei feliz quando você me contou que sente o mesmo, eu não durmo a três malditos meses só pensando em você, se você corresponderia os meus sentimentos, se algum dia eu te beijaria, se gostaríamos uma família, e olha pra gente, estamos no meio da rua e acabamos de nós beijar, com certeza esse é o melhor dia da minha vida, até porque finalmente vou poder dormir uma noite inteira - Falo fazendo ela dar risada

- Quem disse que eu vou deixar você dormir?

- Emma...

Fim


Notas Finais


Espero que tenham gostado e não me matem por ter parado nessa parte, não achei necessário fazer um hot.
Se tiverem alguma sugestão de fic é só falar nos comentários que eu tento fazer. Bjinhos e até a próxima 😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...