1. Spirit Fanfics >
  2. Because Of You - Imagine Jung Subin (VICTON) >
  3. Capítulo - 17

História Because Of You - Imagine Jung Subin (VICTON) - Capítulo 17


Escrita por:


Notas do Autor


Oi meus amores ❤

~Desculpem a demora pra atualizar, eu estava muito ocupada aqui em casa esses dias ♡

~ Espero que gostem ❤

Boa leitura ♡

Capítulo 17 - Capítulo - 17


Fanfic / Fanfiction Because Of You - Imagine Jung Subin (VICTON) - Capítulo 17 - Capítulo - 17

Subin ON

Era de manhã e hoje Hanse viria me visitar e trazer notícias de S/N, a última vez que ele veio me visitar ele disse que S/N estava fazendo faculdade de dança e era da mesma turma que a dele. Então ela preferiu ficar aqui e me esperar, essa garota é indecifrável. Não a conheço o suficiente pra saber que quando ela põe algo em sua cabeça, ela faz.

Fiquei em minha cela até um guarda aparecer e dizer que tinha visita para mim, saí com ele e cheguei ao pátio de visitas, lá estava Hanse.

- E aí!

Hanse: E aí.

- E as novidades? Como está S/N? - fazia mais de uma semana que ele não vinha me visitar.

Hanse: Ela está bem.

- Ela tá namorando, tem algum garoto perto dela?

Hanse: O único garoto que fica perto dela sou eu, os outros desprezam ela esqueceu?

- Eu sei, menos mal então.

Hanse: Alguma notícia de quando você vai sair?

- Nenhuma, eu falo com o superior daqui mas ele não diz quando.

Hanse: Você tem que sair logo daqui.

- Eu sei que sim, mas porque logo?

Hanse: Droga, eu disse a S/N que não contaria a você.

- Contaria o quê? - o olho confuso - O que vocês dois estão escondendo de mim?

Hanse: Aish, ontem ela dormiu lá em casa.

- Por que? - acho que estou sentindo um pouco de ciúmes do meu amigo com S/N.

Hanse: Seu padrasto perseguiu ela ontem quando estava indo pra casa, ela veio correndo até eu que estava acabando de chegar em casa e ele estava correndo atrás dela.

- Droga, ele não vai desistir?

Hanse: Cara, ela disse que está ficando cada vez pior.

- Quntas vezes ele já perseguiu ela.

Hanse: Quando estávamos jantando, ela me contou que ele estava na mesma lanchonete que ela, estava no outro lado da rua dela vigiando sua casa.

- E quando você pretendia me falar isso?

Hanse: Ela me pediu pra não contar a você.

- Aish, aí você vai e esconde de mim?

Hanse: Ela que pediu.

- Ai Hanse, você é inacreditável.

Hanse: Desculpa cara.

- Okay, mas e a faculdade?

Hanse: Vai bem, você precisa ver S/N dançando ela arrasa!

- Eu sei que sim, era de se esperar que aquela garota arrasasse também na dança.

Hanse: Também?

- Sim, ela arrasa por onde passa.

Hanse: O que acha de que quando você for solto fizéssemos uma surpresa pra ela?

- Eu acho até uma boa ideia, mas eu não sei quando vou sair daqui.

Hanse: Vai ver que vai passar voando o tempo.

Ficamos conversando mais um tempo até que ele precisou ir pra casa, pois ainda tinha que ir pra faculdade. Eu disse a ele antes de ir que acompanhasse sempre S/N quando saíssem da faculdade juntos.

S/N ON

Estava encarando a cena do professor com Kira, cheios de papinhos e ficava me perguntando se era só interesse da parte dela, ou se ela realmente gostava dele.

???: Hello? - passa a mão em frente o meu rosto e eu pisco várias vezes voltando a realidade.

- Oi Sese.

Hanse: Pensando no Subin por acaso?

- Antes fosse, eu só penso se esse agarramento do professor com a Kira é por interesse dela nele ou não.

Hanse: Esquece isso S/N, deixa pra lá.

- É meio difícil.

Hanse: Que nada.

[...]

Eu havia ficado depois da aula porque o professor queria conversar comigo, Hanse insistiu para ficar também comigo mas ele não deixou. Então estou sozinha na sala esperando o professor voltar de algum lugar.

Estava de olho no meu celular quando ouço a porta bater, levanto meu olhar e o professor estava parado ao lado da porta. Bloqueio meu celular e o encaro.

- E então professor, o que queria conversar comigo?

Josh: A senhorita dança muito bem S/N, percebi hoje que consegue pegar os passos rapidamente.

- Obrigada eu acho.

Josh: Então, eu estava pensando...- começou a caminhar em minha direção - De você, dançar para mim.

- Mas eu já não fiz isso?

Josh: S/N minha querida, eu estou falando de uma outra dança - para bem na minha frente.

- Pois o senhor peça pra outra pessoa dançar, porque eu não vou me rebaixar.

Josh: Você quer se formar não é? Quer ser uma coreógrafa profissional e tudo mais, então dance para mim.

- Não - me ponho de pé.

Josh: Você é uma garota muito mal criada, precisa de disciplina.

- Educação eu tenho em casa, aqui eu não ganho isso.

Josh: Ganha outra coisa no caso - reviro os olhos e vou em direção a porta, porém sinto meu braço sendo puxado.

- Mas o que...- sou interrompida por um puxão fazendo eu colar em seu corpo e ele agarrar meu outro braço.

Josh: Você precisa de um homem, não daquele garoto gótico.

- Ele é meu amigo seu idiota.

Josh: Me chamando de idiota e ainda fala que tem educação casa?

- Me larga professor.

Josh: Eu não sou seu professor, sou o homem que você terá e sentirá agora.

- O quê?

Quando ele iria passar a mão em meu corpo ouvimos baterem na porta e ele rapidamente me soltou, arrumou seus cabelos e foi abrir a porta. Era o reitor da Faculdade.

Sr.Lee: O que vocês ainda estão fazendo aqui?

Josh: Estava ensinando alguns passos para S/N pois ela vai se apresentar amanhã.

- Sim e já acabamos - pego meu material - Até semana que vem professor - saio rapidamente da sala e respiro aliviada.

Ainda bem o Sr.Lee chegou, senão sabe-se lá o que o professor faria comigo, além do mais ele nem iria conseguir pois eu iria gritar ou bater nele. Saí rapidamente do prédio da faculdade e chamei logo um Uber pra me levar pracasa, não posso bobear ou o SeungWoo aparece me perseguindo de novo.

Ouço meu celular tocando e o atendo, era Hanse.

LIGAÇÃO ON

- Oi Sese!

Hanse: Já saiu da faculdade? O que o professor queria? Por que não me mandou mensagem ainda?

- Calma, eu já saí da faculdade e estou aqui na frente esperando o Uber.

Hanse: Menos mal, mas o que o professor queria com você? - nesse momento o carro chega.

- Amanhã eu vou aí e te conto tudo, o carro acabou de chegar - sinalizo para o motorista.

Hanse: Okay, toma cuidado.

- Tá bom!

LIGAÇÃO OFF

Desliguei a chamada e entrei rapidamente no carro, cumprimentei o motorista e ele seguiu com o carro, rumo a minha casa.

[...]

Cheguei me arrastando em casa, estava com fome e com sono. Destranquei a minha porta e respirei aliviada, finalmente estava em casa e o tarado daquele professor estava longe de mim. Eu preciso fazer alguma coisa pra ele não mexer mais comigo e não insistir em tentar me agarrar, preciso denunciar ele ou acaba acontecendo o que aconteceu com SeungWoo que quase me estuprou.

[DIA SEGUINTE]

Hanse: Aquele desgraçado fez isso? - Hanse resolveu vir aqui em casa, achou melhor pra mim, porque eu não teria que sair de casa e volta e sozinha.

- Sim, se o reitor não tivesse chegado a tempo.

Hanse: Mas você teria feito alguma coisa antes certo?

- Eu teria dado um chute nas partes dele.

Hanse: Seria bem legal eu ver isso, iria rir um bocado.

- Aish, eu sinto falta do Subin - digo triste.

Hanse: Eu também sinto, como hoje está chovendo e fazendo frio aí é que ele deve sentir falta principalmente de você.

- Mas nós não ficávamos juntos, tanto que a última vez que tínhamos nos vido foi no colégio antes dele ir embora pra Busan e voltar quando eu estava namorando o SeungSik.

Hanse: Ele me contou, tanto que ele sofreu um acidente por causa disso.

- Pois é, aquele acidente me pegou de surpresa. Porque eu vi tudo e o momento em que o carro pegou ele em cheio.

Hanse: Ele ficou em estado grave, ele me contou tudo, até que quando estava em coma ele sonhou com você.

- Sério? - ele assente - E como era esse sonho?

Hanse: Vocês dois estavam em uma lanchonete, estavam comemorando o aniversário de namoro de vocês dois. Você tinha uma surpresa pra contar a ele, mas bem na hora que você ía contar um homem chegou e levou você dele, saiu te arrastando pela lanchonete e Subin não impediu porque não conseguia se mexer. Então o homem foi embora com você e foi nesse momento em que ele acordou e viu só a irmã dele sem você do lado, ele achava que você estaria lá.

- Mas eu apareci lá pra visitá-lo.

Hanse: Só que quando você chegou lá, ele já estava decepcionado e se sentia abandonado.

- Mas eu e ele nem namoravamos, nem nos víamos.

Hanse: É que antes de ele sofrer o acidente ele viu você com SeungSik e isso o magoou porque ele já gostava de você.

- Eu não sabia...

Hanse: É eu sei e ele também sabia, só que não se importou e queria tirar um pouco da raiva dele.

- Aquela maneira como ele me tratava, sempre implicando comigo e com o jeito que sou, o que significa então?

Hanse: Talvez ele fizesse isso porque gostava de você.

- Isso é muito clichê.

Hanse: E por que um clichê não pode acontecer com vocês dois também?

- Talvez seja só isso mesmo então.

Hanse: É o que estou dizendo, melhor você acreditar.

- Okay, mas o que eu faço agora com aquele professor tarado?

Hanse: Você tem que denunciar ele.

- Eu vou fazer isso, ele vai se ver comigo. Não deveria ter mexido com uma menina do Brasil.

Hanse: Assim que se fala - batemos as mãos.


Notas Finais


Avanço de tempo no próximo capítulo 😏

Espero que tenham gostado ❤

Beijinhos de luz meus amores ♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...