1. Spirit Fanfics >
  2. Because this was my first love >
  3. Único; assim como ela foi no meu coração (e não é mais)

História Because this was my first love - Capítulo 1


Escrita por:


Capítulo 1 - Único; assim como ela foi no meu coração (e não é mais)


Fanfic / Fanfiction Because this was my first love - Capítulo 1 - Único; assim como ela foi no meu coração (e não é mais)

Oi.

Meu nome é... Bom, meu nome importa? Acho que não. Essa é a história do meu primeiro amor, e acho que o provável último também.

Okay, meu nome é Pedro.

Eu tenho 17 anos agora, mas o que quero contar aconteceu quando eu tinha 14.


.


1° dia de aula no 9° ano. Importante, não é?

Eu conhecia todo mundo. Ou pelo menos achava que sim.

Uma menina nova tinha entrado, ela era muito linda. Meu deus, era a garota mais perfeita do universo aos meus olhos. Parecia que o sol era uma lantejoula perto dela.

E foi naquele momento que eu me apaixonei. Isso mesmo, sem nem ter falado com ela ou algo do tipo, mas só de estar perto já fazia meu coração acelerar.

Eu era uma criança muito, mas muito iludida.


Foram se passando uns 6 meses de aula, e eu ainda olhava pra ela como se ela fosse a oitava maravilha do mundo (mas pra mim parecia a primeira).

Com toda a coragem (e falta de vergonha na cara), eu escrevi uma carta de amor contando o quanto eu gostava dela. A carta era linda: me prestei a comprar papel perfumado!!

Pedi pro meu melhor amigo entregar, e avisar que eu quem mandei.

Pois bem: foi entregue.

Passou um dia. Eu ainda estava sorridente.

Dois dias. Acho que ela só não sabe o que responder.

Três dias. Ainda olho pra ela da mesma forma.

O quarto dia. Ela chegou perto de mim, me disse oi da forma mais linda do mundo.

- Pedro, foi tu quem escreveu isso?

- Ah, foi sim, Mari.

- Okay... - ela deu uma risada estranha. Meu coração gelou - Pra ti, é apenas Mariana.

Ela rasgou a carta em 4 pedaços.

Na minha frente.

Foi como se o mundo tivesse acabado e perdido o sentido.

Foi como se ela tivesse meu coração nas mãos, mas mesmo assim deixou cair.

Tudo parou. 

Eu vi o momento em que aquele sorriso bonito se transformou na pior paisagem do mundo.


Três anos depois eu ainda lembro da carta:


""Duvida da luz dos astros,

De que o sol tenha calor,

Duvida até da verdade,

Mas confia em meu amor."

Tu brilha mais que o sol, sabia?

O fogo parece um grão de areia perto do incêndio que vive em meu coração quando te vejo.

Eu gosto muito de ti, Mari. Sério, é como se todo o sistema solar pedisse para ficarmos juntos.

Tu é mais bonita que todas as canções românticas do mundo.

Se você quiser, eu te dou o mundo.

Espero que um dia goste de mim o tanto que eu goste de ti.

Pedro."


Notas Finais


Obrigadaaaaaa


Obrigada Pedro pela inspiração aaa


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...