História Bedroom Floor - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin
Tags Imagine, Jimin, Romance
Visualizações 26
Palavras 732
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Ooiiiii!!
Essa fic é com o bolinho mais sexy do mundo: Jimin!
A fic é inspirada na música Bedroom flor, música na qual eu estou viciada.
E esse mês tambem saiu o clipe dessa música, e o Liam estava arrasador Mds.
Terá três capítulos.
Boa leitura♡

Capítulo 1 - Capítulo I


Fanfic / Fanfiction Bedroom Floor - Capítulo 1 - Capítulo I

           Jimin || Point of view

Senti a brisa fria  entrar pela grande janela de vidro, arrepiando meu corpo, o qual estava coberto apenas pelo fino lençol de seda. Ainda com o rosto enfiado em meio aos travesseiros e com os olhos fechados, passei a mão na outra parte da cama de casal, sentindo o vazio que estava lá. Me sentei rapidamente na cama e varri o quarto com os olhos, procurando o a garota a qual eu passei a noite , o motivo dos meus desequilíbrios emocionais: (S/ N) 

(S/N) não era exatamente minha namorada, tecnicamente, nos éramos amigos ou "inimigos" coloridos. Ficávamos praticamente 24 horas juntos, mas metade quando não estavamos brigando por motivos bobos, ou estavamos gemendo o nome um do outro. Sempre foi assim. Toda hora brigando, transando, terminando e voltando. Era essa nossa relação. Não vou dizer que não era cansativo, mas nenhum de nos dois conseguimos ficar mais de um dia separados, é inevitável. Pra mim, era impossível ficar sem a minha garotinha chata e ciumenta. 

Na verdade nós estavamos separados. 

Estávamos. 

Toda vez é a mesma coisa, nós dizemos "Está acabado", mas no outro dia nossas roupas estão jogadas no chão do quarto. E hoje não foi diferente.

Me levantei da cama e catei minhas roupas pelo chão do quarto, as jogando no sexto de roupas sujas. Peguei um roupão e vesti, indo para a cozinha.

(S/N) andava pela cozinha apenas com uma cueca minha e um sutiã, enquanto comia um morango . Mexia no celular despreocupada. Me encostei na batente da porta e observei o corpo cheio de curvas e todo marcado pelos chupões e mordidas da noite passada. 

Eu não estava diferente, minhas costas estavam totalmente marcadas pelas unhas compridas e afiadas da minha garota, fora que chupões estavam espalhados por todo o meu corpo. 

- Eu me lembro vagamente de alguém que me falou que estava tudo acabado. - me aproximei dela e beijei seu pescoço.

- Eu também me lembro vagamente de ver você beijando outras pessoas naquela festa. - falou e se virou de frente pra mim, colocando as mãos em meu peitoral. 

- Ainda está brava comigo? - perguntei e acariciei sua cintura. 

- Sim, e muito brava. - se desvencilhou do meu toque e se sentou no grande sofá cinza, ligando a televisão com o controle.

- Ontem a noite você não estava brava comigo. Na verdade, estava bem animada com a minha companhia. - fui totalmente ignorado por  (S/ N), que apenas passava as canais da televisão. 

- (S/N), fala a verdade. Você também fica com outras pessoas quando nos estamos separados.- entrei em frente a televisão, a fazendo revirar os olhos.- E eu é que devia estar bravo com você. Voce acha que eu não sei o quanto você fala de mim? 

- Ninguém te garante que eu fico com outras pessoas. E sim, eu falo muito de você, falo o quanto você é idiota, chato, mulherengo, entre outras coisas. - se levantou e se aproximou do meu corpo .

- Eu sei que você me ama. - puxei sua cintura e roçei meu nariz em seu pescoço, inalando seu delicioso perfume. Apertei seu quadril e beijei seu pescoço, subindo os beijos pelo queixo e pelo seu lábio inferior. Estava preste a beijar aqueles lábios tão apetitosos, mas senti seu dedo indicador tocar minha boca, impedindo de continuar o beijo.

- Eu não me lembro de ter falado ou ouvido que nós estamos juntos novamente. - tirou minhas mãos da sua cintura.

- Nós ainda estamos separados? -perguntei.

- Sim. - apertou minha bochecha e andou em direção ao meu quarto. 

Após uns cinco minutos, voltou usando a roupa que ela usava ontem antes de vim para minha casa.

Pegou a bolsa que estava em cima da bancada da cozinha.

- Thau Jimin.

- Pensei que não iria embora. - falei sarcástico enquanto mexia na geladeira procurando algo que agradasse meu paladar. 

- Haha engraçadinho. E eu já vou, afinal hoje é sábado, eu tenho festas para ir. - saiu pela grande porta de vidro da minha casa.

- Tenho festa para ir, e pessoas para conhecer!! - gritou para mim enquanto entrava em seu carro conversível.

- Ainda não sei o que eu vi em você  (S/N). - falei pra mim mesmo e fui tomar um banho.


"Você está dizendo coisas, coisas muito legais quando estou tocando em você.

Você vai ficando realmente, realmente, realmente com ciúmes quando não é com você."




Notas Finais


Devo continuar??


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...