História Before I Fall - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias Shadowhunters
Personagens Alexander "Alec" Lightwood, Clary Fairchild (Clary Fray), Isabelle Lightwood, Jace Herondale (Jace Wayland), Madison Montgomery, Personagens Originais, Raphael Santiago, Simon Lewis
Tags Alec, Before I Fall, Clary, Isabelle, Jace, Madison Montgomery, Simon, Sountrack
Visualizações 12
Palavras 1.592
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Romance e Novela, Saga
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Vamos, frágil amor, apenas dure o ano
Coloque um pouco de sal que nunca tivemos aqui

Encarando a poça de sangue e verniz quebrado

Eu digo ao meu amor para destruir tudo
Corte todas as cordas e deixar-me cair

Bem no momento em que esse desejo é alto

De manhã, eu estarei com você
Mas será de um jeito diferente
Porque eu estarei segurando todos os bilhetes
E você vai ficar com todo o prejuízo

——Birdy - Skinny Love

Capítulo 6 - Good bye Mady


Fanfic / Fanfiction Before I Fall - Capítulo 6 - Good bye Mady


P.O.V Madison

Talvez você tenha um amanhã, Talvez você tenha mil, ou três mil, ou dez. Talvez tenha tempo pra dar e vender, tempo pra desperdiçar o tempo, mas pra algumas pessoas só existe o hoje, e oque você faz hoje é o importante para agora e talvez para eternidade, mas eu não sabia disso antes de ir, a questão é, a gente nunca sabe, se você é como eu, vai acordar vinte e quatro minutos e cinquenta e quatro segundos antes do seu melhor amigo vir te buscar, se você é como eu, seu ultimo dia vai começar assim.

••Dia da festa••

Acordava com um pouco de dor de cabeça e me levantava indo para frente do espelho, meus cabelos nunca estiveram tão desarrumados, ia ate meu closet e colocava um vestido azul escuro, arrumava meu cabelo deixando ele liso, e colocava um salto da cor do vestido para combinar, pegava meu celular e olhava as mensagens.

"Acorda Alice, seu boy ta te esperando — Alec" seguido de um gif dele mandando um beijo.

— Ai que viado chato — soltava um pequeno riso, e saia do quarto, indo para cozinha comer algo. Depois de algum tempo, me olhava uma ultima vez no espelho e ia rumo ao carro que me esperava em frente da minha casa, com um lindo rapaz escorado na porta em quanto me olhava.

— Oi delicia — Raphael Santiago, o gatinho mais sexy da escola só poderia ser meu obivio — Entra ai — Ele sorria de canto, dando a volta no carro e entrando do lado do motorista.

— Oi Gatinho — entrava no carro e dava um beijo rapido em sua bochecha — vamos faltar hoje? Não quero ir.

— E Onde quer ir? — ele me lançava um olhar de predador, como se quisesse me possuir por completa.

— Podíamos ficar aqui em casa — Cruzava as pernas, usando todo meu charme.

— A gente também podia ir pra aula, e ficar cada vez mais inteligente, que tal? — Ele falava sarcástico e se aproximava devagar para me dar um beijo — Te amo tá?

— Se me amasse não me levaria para lá — fazia uma cara de triste, e virava, olhando a janela. Ele passava a mão em minha perna, fazendo uma pequena massagem e dava partida no carro.

Raphael era famoso, más não era de ter muitos amigos, na verdade, ele só falava comigo e com o Simon, eu achei meio estranho no começo mas agora ta bem.

— Você quer café? Vamos passar pelo Starbucks — Ele falava em quanto diminuía a velocidade do carro.

— Não, eu já comi — Falava em quanto me olhava no espelho.

Alguns minutos depois já estávamos na escola, Ele entrava de mãos dadas comigo, isso era novo então soltei uma rápida piadinha.

— Eu estou te mudando? Cade o garoto com vergonha de tudo e de todos? — falava em quanto olhava em seus olhos, com um sorriso bobo.

— Ele conheceu alguém que ama muito — Ele fitava os olhos em mim, me puxando para um abraço e dando um beijo em minha testa — Aula de matemática, até depois — ele se afastava devagar ate sumir entre os outros alunos.

Começava a andar a procura do Alec ou do Simon, o que eu achasse primeiro, quando sinto alguém me puxar para dentro de uma sala e me por contra a parede com certa força.

— Madison — Jace segurava em meus braços com força, começando a deixar eles marcados — Você tá achando que é o centro das atenções não é?

— Me solta Jace! — Impurrava ele para trás, mas ele voltava a me segurar apertando cada vez mais — Tá me machucando.

— Não chega mais perto do Alec, ou te enterro.

— Vai me matar? Sua obsessão pelo Alec não é nenhuma novidade aqui, você sabe que ele gosta de você, e fica se fazendo de inocente.

Ele me lançava um olhar de furia, e por sorte um professor entrava na sala.

— Está tudo bem aqui? — Ele falava parado ao lado da porta, olhando para meus braços marcados.

— Sim — Jace falava me soltando com certa brutalidade.

Ficava calada por um tempo em quanto olhava para o Jace, pegava seu casaco, colocava para ninguém ver as marcas e saia em direção ao banheiro. Passava um pouco de base e pó, fazendo a marca sumir e não ficar tão visível, saia do banheiro e ia para as aulas de Biologia e Geografia.

Se passava o dia e nem sinal do Alec, nem do Simon que seria a ultima pessoa do mundo que quero ver, mas aquele chato sabe que também amo ele. Ia para casa deixando uma mensagem para o Raphael dizendo que o encontrava na festa. Chegava em casa e tomava um longo banho, e começava a me arrumar quando recebo uma ligação do Alec. Papo vai e papo vem, já estava na hora de ir para festa, esperava o Raphael mas logo recebia uma mensagem dele dizendo q tinha que cuidar da mãe, ela estava doente mas que quando fosse para voltar ligasse para ele. Então liguei para Isabelle e fui de carona com ela.

— Madiiiiii — Isabelle já estava meio bebada, fazia uma hora que a festa tinha começa e nem sinal do Alec para cuidar da irmã.

— Isabelle, melhor parar um pouco — Tomava o copo da mão dela e bebia no seu lugar. Sentia ela pegar em minha mão e começava a dançar ao meu redor — Para de palhaçada Issabelle — soltava um riso de canto.

Mais algum tempo depois, Alec chega junto com o Jace, mesmo não sendo a melhor das companhias para o Alec, vou esperar essa noite terminar para contar a verdade sobre o Jace.

A festa ja tinha acabado, estava sentada no banco no quintal esperando o Raphael, com Alec deitado com a cabeça em meu colo, quando vejo o Jace se apeoximando, eu sabia que ele não faria nada com o Alec por perto.

— Shhhh — fazia igual a minha vó tentando espantar os cachorros, mas ele continuava a vir — Jace, oque você quer? — falava baixinho para que o Alec não escutasse.

— Sim ele é lindo — Jace falava olhando para o Alec.

— O que? — Ficava sem entender nada. mesmo sabendo que ele não faria nada com o Alec, não queria deixar ele só, mas vejo o Raphael chegando com o carro —Quando ele acordar diz que eu já fui — Me levanrava devagar indo em direção ao carro.

— Oi Rapha — Falava com certo desanimo, meu dinha não tinha sido nada bom.

— O que houve? — ele me olha como um pai cuidadoso, olhando o filhote triste.

— Nada, eu tô bem — Sorria apertando sua mão, fazendo um pequeno carinho.

— Quer sair? Se quiser desabafar, pode dormir na minha casa — Eu devia ter aceitado, essa foi a parte que poderia mudar toda a minha vida..... Porque eu não aceitei.

— não, tenho que ir pra casa, e não quero aperriar sua mãe, ela está bem?

— Sim, está melhor — ele se inclinava dando um beijo em minha testa e começava a dirigir. Depois de algum tempo ele me deixava em casa, eu decia do carro e ia ate a janela do lado dele.

— Até amanhã amor — ele sorria como uma criança ganhando doce, e me dava um beijo calmo, como se fosse o primeiro.

— Até — meu olhos enchiam de lagrimas, não devia ter saido daquele carro, mesmo assim, entro em casa e vou para meu quarto.

Já estava quase dormindo quando escuto um barrulho de pancada, vindo da cozinha, pego o celular e levanto da cama, indo em direção a porta. Minha mãe tinha ido dormir na casa da Clary, a mãe dela era super amiga da minha, por isso que tinha ido para festa.

Começava a andar pelas escadas quando vejo um vulto passas pelo corredor, minha espinha gelou no mesmo momento, nunca senti tanto pânico como naqueles poucos segundos. Corria de volta para o meu quarto e ligava para o Alec.

— Alô?

— Alec! — Falava desesperada

— Eu mandei deixar ele em paz, vadia ordinária — era o Jace, o que ele estava fazendo com o celular do Alec?

— Jace me aju..

Ele desligava a chamada antes que pudesse falar, me escondia de baixo da cama e tentava ligar para polícia. Quando escuto a porta do meu quarto ser arrombada.

Ficava calada olhando alguem andar pelo meu quarto, só conseguia ver os sapatos que usava, ele estava todo de preto e com um capuz escuro como as cinzas.

— Alô? — Era a atendente da polícia

— me... Ajuda — sussurrava o mais baixo que podia, mas já era tarde, minhas pernas eram agarradas, quando percebi ja estava rolando pela escada.

— NAAAAAAO, ME DEIXA — gritava me rastejando ate o final do corredor, onde tinha uma porta de saída.

— QUEM É VOCÊ, ME DEIXA SEU IDIOTA — Começava a chorar, quando o via correr de volta para cima de mim, me estrangulando.

E então, ele tirou uma faca do bolso, tampou minha boca e sussurrou.

— Quem é o Idiota agora?

Ele cortou minha garganta de canto a canto, e olhou o sangue se espalhar por todo corredor.

Eu tinha tudo que sonhava, um namorado, um amigo, e uma família, e num piscar de olhos todos se foram... 


Notas Finais


Início do capítulo foi inspirado no filme Before I Fall, que foi o filme que deu inspiração pra fanfic ><

Na real, eu fiquei muito triste com a morte da Madison, ela apareceu muito pouco, eu pensei que seria algo normal, que não iria fazer falta, más acho que foi ou vai ser uma das mais tristes mortes que terá nessa fanfic.

Espero que estejam gostando S2.


Música tema da Madison — Skinny Love - Birdy


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...