História Begin again-Camren - Capítulo 20


Escrita por:

Postado
Categorias Camila Cabello
Tags Camila, Camren, Lauren, Romance
Visualizações 122
Palavras 982
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oii, amores! Espero que gostem💝😍😘

Capítulo 20 - What's wrong?


Fanfic / Fanfiction Begin again-Camren - Capítulo 20 - What's wrong?

Povs Camila

(2 meses depois...)

Esses dois meses passaram  voando, ainda mais com as meninas indo à escola e eu trabalhando. Agora sou secretaria do hospital que Lauren trabalha. 

Eu estou adorando trabalhar. É ótimo não ter que depender do dinheiro de Lauren. Com o meu salário, consigo ajudar nas contas, me sustentar e pagar 30% das necessidades das meninas.

Eu:Meninas, olhem que legal!

Eu e Lauren achamos interessante incentivamos as meninas a fazerem boas ações, desde de pequenas. Então eu, Taylor e Ashely trouxemos as crianças para a "day of hope" que é uma casa de caridades. LoLo não veio por conta do trabalho.

Taylor:Oi, Suzan!

Suzan:Meu Deus, Taylor! Como está crescida!-Abraça a minha cunhada, que segurava Ava.-Essa é sua filha?

Taylor:Não, esses são os meus, a Mckenzie e o Bronson!-Aponta para eles.-Essa é minha sobrinha, Ava!

Suzan:Da onde saiu tudo isso de criança?

Taylor:A maioria é dessa coelha magrela!-Aponta para mim.-Aliás, essa é minha cunhada, Camila. Ela é namorada da Lauren...

Suzan:Não sabia que a Lauren...

Taylor:É lésbica? Pois é, mas sempre soubemos! Essa é Ashley, minha outra cunhada. Esposa de Chris. Esses são meus sobrinhos, Charlie, Hazel, Blayke, Parker, Lilly, Olívia e Riley.

Suzan:Prazer em conhecê-las!

Eu:Igualmente!

Suzan:Elas são...

Eu:Quíntuplas!

Suzan:Nossa! Elas são lindas...

Eu:Obrigada!

Ashley:Vamos começar o trabalho?

Blayke:Sim!!!-Começamos com aquelas tarefas simples, afinal, as meninas são muito pequenas para fazerem grandes coisas.

Olívia:Mamãe!-Mostra o que ela estava fazendo.

Eu:Bom trabalho, LuLu!-Tirava muitas fotos delas. Todas elas estavam fazendo um bom trabalho.-Riley Paige, o que eu falei sobre isso?-Digo quando vejo que ela colocou areia na cabeça de Hazel, que chora. Limpo-a rapidamente.-Diga a Hazel que sente muito!

Riley:No!-A pego e ela começa a chorar e me bater.

Eu:Agora, Riley!

Riley:Decupa, Hazel Grace!

Eu:Agora pede desculpa para a mamãe.

Riley:Decupa, mom!

Eu:Eu te amo!

Riley:Eu te amo!

Eu:Até quando você faz arte!-Beijo sua cabeça.

(...)

O dia foi bem produtivo. As meninas aproveitaram muito. Foi incrível poder estar com elas hoje ver o quanto elas estão crescendo e se tornando pequenas independentes agora.

Chegamos em casa e eu coloco as cinco no banho. Blayke vai também num outro banheiro. Elas estavam cansadas, e não eram nem 6:30. Perfeito! Vão dormir feito anjos!

Quando estava dando janta, Lauren chegou. Ela parecia cansada. Dava para ver que alguma coisa estava errada, mas mesmo assim disse que tinha uma surpresa para mim. Já estava por chegar de acordo com ela.

Lauren:Como foi o dia, meninas?

Blayke:Muito legal, mommy!

Parker:Parker pantou uma flô!

Lauren:Sério, PK? Que legal!

Hazel:Eu também!

Ava:Eu também, mommy!

Riley:Eu pantei a maio!

Olívia:No! Eu pantei a maio!-Coloca um pouco de sua massa na boca.

Eu:Todas eram lindas, meninas! Isso que importa.-A campainha toca.

Lauren:Deixa que eu vou atender! Espera aí!

Não demora para eu sentir braços me envolverem. O cheirinho de colônia da Barbie me faziam ter certeza de quem eram aqueles braços.

GIRLS:SOFII!!!VOVÓ!!!VOVÔ!!!-Elas gritaram e eu me virei, conseguindo abraçar Sofi melhor. Minha mãe e meu pai se juntaram no abraço.

Eu:O que vocês estão fazendo aqui?-Pergunto surpresa.

Sinueh:Agora moramos aqui! Há 10 minutos daqui para ser mais exata.

Eu:Quando? Como?

Alejandro:Precisamos mesmo responder?-Cortamos o abraço.

Eu:Lauren?

Lauren:Culpada!-Sorri, mas mesmo assim, o sorriso parecia triste. Vou até ela e beijo seus lábios, a abraçando.

Eu:Obrigada!

Lauren:Não por isso, Camz! Fico feliz que tenha gostado da surpresa.

Eu:Fala sério! Eu amei!-A abraço de novo.

Lauren:Eu preciso tomar um banho, se importam?

Sinueh:Pode ir, querida!-Sofia vem correndo até ela e a abraça.

Sofia:Obrigada, LoLo!

Eu:Ei, eu que chamo ela assim!

Sofia:Deixa de ser chata, Kaki!

Lauren:Não por isso, pequena!-Beija a testa dela e sai da sala.

Sinueh:Ela está bem, minha filha?-Segurava Riley.

Eu:Está estranha, não é?-Papá limpa a boca de Olívia, que estava no seu colo. 

Sofia:Posso pegar uma?

Eu:Claro!-Entrego Hazel para ela e Ava para Blayke. 

Alejandro:Aconteceu alguma coisa?

Eu:Não faço ideia!-Pego Parker.-O que aconteceu com a sua mãe, Parker?-Ela me olha, arregalando os olhos e mexendo os ombros.

Parker:Parker no sabe!

Eu:É, eu sei, querida!-Beijo sua testa.

(...)

Sinueh:Acho que está na nossa hora!-Fala assim que colocamos as meninas para dormir.

Eu:Tem certeza?

Sinueh:Claro! Acho que você precisa de um tempo com a Lauren...

Alejandro:Hija, amanhã vamos nos ver! Não se preocupe.

Eu:Tudo bem, papá! E você...-Aponto para Sofi.-Tem que vir dormir um dia desses aqui!

Sofia:Sério?

Eu:Sim, Sofi!-A abraço.

Sofia:Eba!

Eu:Blaykes apagou, mas amanhã você fala com ela.-Beijo sua testa.-Tchau!

Sinueh:Qualquer coisa chame, hija!

Alejandro:Boa noite!-Os levo até a porta e quando eles saem, eu subo para ver Lauren. Ela voltou por um tempo e ficou fechada. Foi deitar cedo, porém não como se incomodasse com a presença da minha família.

Eu:Lauren, amor!-Ela está sentada na cama, meio encolhida. Lágrimas caíam sob sua face. Merda!-Ei, o que houve?

Lauren:E-Eu não tive um bom dia!-Enxuga as lágrimas.

Eu:Não vamos dormir até você me contar o que aconteceu...Você aviu estranho hoje!

Lauren:Ok, olha...Eu não quero que você fique desesperada. Sério, temos as nossas filhas e elas não precisam sentir o que está acontecendo, por favor!

Eu:Já estão sentindo! Elas vieram perguntar por que a mommy estava estranha. Elas são crianças, mas percebem tudo!

Lauren:Elas não precisam ficar preocupadas, nem você. Não é nada de mais...

Eu:Se você está chorando, é porque é alguma coisa, LoLo! Só me deixe te ajudar, por favor!

Lauren:Bem, eu fui visitar a neurologista hoje...

Eu:Por que?

Lauren:Exames, sabe como é? Estou com dor de cabeça há algum tempo já e achei que ela podia passar um remédio que melhorasse, já que todos que eu tomo não fazem efeitos...-Já sentia as lágrimas se formando. Aí vinha a bomba.-Eu estou com um tumor, um tumor benigno no lóbulo frontal. Eu vou operar. O problema disso é que, numa cirurgia normal, você torce para o paciente acordar, na neurocirurgia, você tem medo do paciente acordar e não ser mais ele...-E então que eu comecei a chorar. Ela me envolveu com os seus braços, chorando junto comigo.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...