1. Spirit Fanfics >
  2. Beginning: virtual, final: The rest of life (Min Yoongi) >
  3. Capítulo 1

História Beginning: virtual, final: The rest of life (Min Yoongi) - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Olá, tudo bem com vocês? Espero que sim.
Eu estou reescrevendo essa história, e prometo terminar ela.

Que todos tenham uma ótima leitura e que tem uma chance a essa história

Capítulo 1 - Capítulo 1


Sabe quando você ama fazer algo? Que você sempre fez? Eu faço dança desde sempre, eu amo dançar, a dança era o meu refúgio quando sentia que tudo estava desabando. Hoje parece ser só mais uma de minhas obrigações, algo que não me da mais prazer de fazer, mas eu não consigo para, eu ainda amo a dança a cima de tudo.

Erro novamente o passo da dança, me sento no chão frustrada, vejo minha professora ficar em minha frente

— Vamos você consegue, só se concentre um pouco mais — ela estende a mão para me ajudar, seguro sua mão e levanto.

Steffa, minha professora de dança, uma mulher de 34 anos, cheia de vida, casada e sem filhos, tudo que ela deseja, ela o realiza, é uma grande fonte de inspiração para mim, uma mulher forte, linda e que tem tudo o que deseja. Nos conhecemos a mais ou menos 3 anos… talvez um pouquinho mais, enfim.

Volto a praticar a coreografia, com as dicas da Steffa, facilitando para mim conseguir acertar os passos.

04:37 PM

Chego em casa exausta, meu corpo está totalmente acabando, consegui um pequeno progresso em minhas aulas de dança, mas nada que eu possa me orgulhar. Depois de um bom tempo de dança, tive que ir ao trabalho, não tive progresso, só frustrações e dores de cabeça.

Reflito sobre meus pensamentos, quando comecei a odiar o meu trabalho? Eu amava fazer decorações, fazer mudanças nas casas das pessoas, construir uma bela decoração para uma família, colocar sua história em tudo ali. Pensar que hoje em dia faço isso mais pelo dinheiro do que pela minha paixão me faz sentir patética, acho que esqueci como é viver. Minha real concepção de vida seria um lugar onde colocamos cores vibrantes, cores que nos trazem alegria, as cores vibrantes são nossas aventuras, nossas boas memória. Minha vida boa parte está em tons preto, branco e cinza, mas ao encontrar o amor da minha vida fica tipo o arco-íris.

Tenho 24 anos nunca fui casada, meu último romance foi quando eu ainda estava no ensino médio, porém tenho encontro com pessoas, mas parece nunca dar certo, homens fogem de mim por conta de minha vida, ou por eu ser simplesmente entediante, já as mulheres, eu tenho muita cara de hétero no entanto sou bissexual, mas não é como se eu tivesse muito contato com mulheres, normalmente elas acham que sou hétero ou então eu só viro uma amiga ou conhecida, isso me faz perceber que não sou boa em flertar ou ser interessante para algum relacionamento, amigos? Em viagens, fazendo faculdade, ou descobrindo um novo país. Acho que eles estão aproveitando muito mais que eu... Família? Morando em outro país, viajando a negócios. Não é como se eu sentisse falta de muitos de meus parentes, mas gostaria de tê-los pelo menos para conversar de vez enquanto, e namoro… nem se fala quem sabe eu deveria esquecer o amor.

Eu não sei o que aconteceu com a adolescente sonhadora que eu era, aprender idiomas diferentes e viajar, faculdade de arquitetura, cursos — fotografia, dança, computação e luta, parei de fazer quase todos —, agora nada de novo acontece estou numa rotina muito entediante e cansativa.

Já fazia um tempo que estava em casa, um pouco distraída olho uma foto sobre a mesinha da sala e sorrio, até que não tão entediante assim, tá bom, até em vidas entediantes existem seus momentos bons e cheios de alegria.

Pego meu celular e mando uma mensagem para minha amiga Lena, se tinha alguém que podia me ajudar nesse momento era ela.

Mensagem on:

Nelly: Estou afundando, morrendo, esse tédio está me matando, amiga por favor me ajuda!!!!

Lena: Quanto exagero, você está nesse tédio todo porque quer.

Faz assim coloque uma roupa linda, e saia para curtir a noite.

Nelly: Eu até iria mas, sozinha seria horrível. O que acha de ir comigo?

Lena: Hoje eu não posso, foi mal… Tente entrar em algum site ou aplicativo, conheça pessoas novas, assim seu tédio passar bem rápido.

Nelly: Nossa que bela amiga eu tenho.

A verdade é que eu gostaria de sair com a minha amiga, me divertir um pouco mas… enfim, esqueça, foi bobagem minha pensar que ela poderia me ajudar nessa situação

Mensagem off:

Largo meu celular em cima da mesa de centro, olho envolta da minha casa e percebo que está um pouco bagunçado, respiro fundo para começar a fazer algo da minha vida, levanto me arrastando e vou tomar banho, assim quem sabe eu me sinto disposta.

Quinze minutos depois já terminei, com uma roupa mais confortável organizo meu apartamento — que por sorte só tem os sapatos, bolsa, roupas e algumas louças para arrumar — e faço algo para comer.

Enquanto como, fico pensando na mensagem de Lena, será que seria mesmo uma boa ideia, entrar em um site e conhecer pessoas? Aff no que eu estou pensando? Isso é só uma loucura, não daria certo e eu não estou tão desesperada assim… ou estou?

Pego o notebook — só ver um pouquinho não custa nada né?— e saio a procura de um site que tenha aplicativo para celular e que seja confiável.

Depois de muito procurar encontro um site muito bem recomendado e que de alguma maneira chamou minha atenção, eu estava prestes começar preencher as lacunas onde perguntava meu nome entre outras coisas sobre mim quando notei o horário, merda, eu já estava atrasada, sem pensar duas vezes deixei tudo de lado e peguei minhas coisas, saindo apressadamente do apartamento.

Por sorte o trânsito não estava ruim portanto dentro de algum minutos cheguei em frente a pré-escola, estaciono o carro e vou até a entrada.

Observo aquele mine pátio de espera para os pais, em meio a multidão um pequeno corpo dançando com seus cabelos preto volumoso balançando.

— Noah — o chamo vendo-o olhar em volta, provavelmente me procurando.

— Omma — da alguns pulinhos e me abraça sendo retribuído por mim no mesmo momento.

— Vamos para casa meu herói? — Pergunto enquanto estendo minha mão para ele.

— Simmm!!! — Pega minha mão, dando uma gargalhada.

Balançando as mãos ando em direção ao carro enquanto ouvia seus divertidos relatos sobre como havia sido a aula.

Após entrarmos e eu colocá-lo na cadeirinha dei partida no carro.

Ah, tinha que passar no mercado, não tem nada para o Noah comer, ou pelo menos nada que seja saudável…

Conecto o celular ao rádio do carro e coloco a música Shine — do Pentagon —, olho no retrovisor e vejo Noah imitando e cantando a música, me contagio pela sua alegria e começo a cantar também. Noah é apaixonado por K-pop, ele diz que quando crescer, vai ser um ator de dorama e vai interpretar um idol como o personagem principal. Eu lembro de várias músicas, mas sempre esqueço de que grupo são, os nomes dos integrantes eu também esqueço, mas acho que Noah gosta quando esqueço dos nomes do grupo e de seus integrantes pelo simples fato de pode falar deles tudo de novo com toda admiração que sente pelos seu ídols favoritos.

Enquanto vai tocando várias músicas de kpop, ele vai me contando mais sobre as aventuras de seu dia, me divirto ao ouvir suas histórias, de como ele se divertiu com os colegas e o que aprendeu de novo, me sinto orgulhosa, com toda certeza ele é minhas cores vibrantes, eu faria o que estivesse ao meu alcance para fazê-lo feliz, para continuar vendo esse sorrio. Viajando em meus pensamentos, olho rapidamente para trás o vendo sorrir enquanto fala.

— Omma você passou da entrada do mercado — ele fala rindo de uma maneira delicioso, acabo sorrindo com ele e dando a volta.

Não importa tanto o quanto minha vida está entediante e como eu possa me sentir um pouco solitária, se eu o tiver ao meu lado tudo se torna mais alegre e incrível, eu o amo mais que qualquer coisa.


Notas Finais


Eu quero agradecer a minha amiga ( https://www.spiritfanfiction.com/perfil/iloveasian ) que me ajudou a editar essa história, e a me dar confiança para voltar a escreve-lá.

Essa é a história maravilhosa dela: https://www.spiritfanfiction.com/historia/entre-dois-mundos-kim-taehyung-16602096 deem uma olhadinha garanto que é maravilhosa


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...