1. Spirit Fanfics >
  2. Behind The Fame (JAY PARK) >
  3. He knows

História Behind The Fame (JAY PARK) - Capítulo 4


Escrita por:


Notas do Autor


VOLTEIII PESSOAS


ESPERO QUE GOSTEM!!!!


BOA LEITURA

Capítulo 4 - He knows


Narrador pov.

Jay tentou por duas semanas descobrir o que estava acontecendo e não chegou a lugar algum, até mesmo perguntou para os pais dela e para a Izzy mais nem os mesmos tinham ideia.

A divulgação do álbum havia começado e com isso achou que ela fosse voltar a ser aquela menina de antes que flertava 24 horas por dia com ele mais nem isso rolou, eles ficam distantes um do outro quando estavam nas mesmas entrevistas e isso tirou o menino do sério num grau que quando voltassem para casa faria de tudo para descobrir.

-Hanna será que podemos ir jantar hoje? Perguntou pela última vez a olhando com uma carinha de cachorro que caiu da mudança.

-Pode passar no meu quarto as oito tudo bem? Perguntou sorrindo dando um milésimo de esperança para ele.

No quarto dela olhava atentamente todas as roupas até escolher um vestido de veludo azul marinho com sandália preta e um colar da mesma cor para dar um charme.

-Nossa está linda falou assim que a mesma abriu a porta.

-Estou com fome o que acha de irmos andando? Você também não está nada mal falou envergonhada.

No carro estava um silêncio que se um dos dois abrissem a boca algo ruim poderia acontecer e nenhum queria que isso estragasse e jantar.

-Um mês que me ignora, um mês que só trabalhamos sem ao mesmo flertar ou trocar conversa eu sei que aconteceu alguma coisa e irei descobrir custe o que custar falou sério a olhando.

-Se continuar a cavar esse assunto poderá se machucar e ninguém sabe o que aconteceu então desista falou querendo chorar.

-Eu não posso te tocar nem chegar perto, esse mês o que era para ser a divulgação de tudo virou um inferno e temo que a turnê seja desse jeito e eu não irei aguentar falou a olhando nos olhos e por um momento passou em sua cabeça contar tudo que rolou mais sabia que seria pior porque ele iria atrás desse cara se tornando um alvo fácil.

-Amanhã eu tenho entrevista para falar sobre as tatuagens e sobre você o que posso contar da turnê? Perguntou mudando de assunto.

Eles jantaram e conversaram apesar de saberem que não era a mesma coisa, o clima tenso estragava tudo mais eles não desistiram e aproveitaram da melhor forma possível até irem embora para o hotel já que logo cedo voltam para a cidade deles.

-Hanna eu amo você falou assim que a deixou no quarto.

Quando fechou as portas caiu sentada chorando repetindo que o amava muito e ainda prometeu que tudo ficaria bem.

Hanna pov.

De volta para Seul estava me preparando para entrevista e essa será em casa com a Oprah acredita nisso? Coloquei um short largo e um tomara que caia tudo preto e tênis nos pés e nos cabelos enrolei e fiz uma make mais discreta já que estou em casa.

-Eles estão escoltando ela certo? 

-Em meia hora toda equipe chega e ninguém está seguindo tudo saindo de acordo com o que planejamos falou Jonny.

-Onde está o Luke? Eu sei que dei uns dias de folga mais ele nunca sumiu do mapa.

-Deve estar transando com alguém você o conhece muito bem esqueceu? Perguntou rindo.

-Certeza que ela está assustada com toda a segurança falou Leo rindo.

-Eles chegaram avisou Josh animado.

-Oprah seja bem vinda e desculpe por toda essa segurança.

-Eu que agradeço por ser a primeira a conseguir uma entrevista com você e eu entendo não tem problema nenhum falou me abraçando.

Mostrei toda a casa e contei sobre a nossa segurança e que eu vivo rodeada dela por ser quem eu sou mais que não tem perigo todos foram avisados da visita dela.

-É estranho quando fala que todos sabem da minha visita mais agradeço por me deixar segura disse rindo.

-Parece loucura mais eles sabem que esse meu trabalho não tem nada a ver com a máfia então temos um acordo em não mexer comigo nesse horário mais nunca se sabe certo? Aqui em casa temos uma das melhores seguranças não precisa se preocupar.

O:No programa de hoje vamos conversar com Hanna Baek e pelo que fiquei sabendo sou a primeira a conseguir uma entrevista com ela em sua casa na Coreia. Muito obrigado por nos receber.

-Eu que agradeço é uma honra tê-la aqui em casa e me desculpe por toda segurança.

O: Você mostrou as suas tatuagens como se sentiu? Porque as escondeu por tanto tempo.

-As pessoas sempre me julgaram por eu ser quem sou então quando comecei a me tatuar deixei em segredo para não causar mais ainda comentários de pessoas idiotas, mas cheguei numa fase da minha vida que tudo está como eu quero então achei a hora certa de mostrar e não me arrependo.

O: Você disse numa entrevista que as pessoas ficaram chocadas por verem que não são tatuagens monstruosas certo?

-Sim eles achavam que eu teria monstros caveiras sangues facas mais não é porque eu sou filha do chefe da máfia que minhas tatuagens são assim tanto que a nossa que mostra quem somos é bem discreta.

O: Você saiu na VOGUE COREIA de bikini e suas tatuagens como se sentiu? 

-Eu me senti maravilhosa tanto por ser a primeira mulher mostrar elas para o público quanto por me amar desse jeito. Eu sempre sofrerei preconceito por ser quem sou mais hoje eu me amo desse jeito e não mudaria nada.

O:Qual a parte mais difícil de ser quem você é?

-A parte mais difícil é as pessoas me julgarem antes de me conhecerem, SEMPRE todos acham que eu sou um monstro que eu não respeito as pessoas que saio atirando para todos os lados mais eu não sou assim e quem agora me conhece fala que eu sou totalmente o oposto. Claro que quando se trata da máfia e tudo mais minha postura muda por ser algo sério mais não sou um monstro como muitos dizem.

O:Está trabalhando com o Jay ele abriu uma empresa no mesmo prédio que o seu, o que pose nos falar?

-Nunca achei que fosse ter outra pessoa no meu prédio e que essa pessoa me tiraria do sério de um jeito que nossa senhora mais eu me divirto trabalhando com ele sempre ajudamos ao outro quando se trata de música e assuntos relacionados a isso e é interessante porque tenho outra visão do que fazer e como melhorar.

O:Ele avisou que é a nova DJ dele como as pessoas reagiram? Como está sendo esse processo?

-A maioria apoiou os fãs estão do nosso lado querendo saber o que está por vir e tem muita coisa boa e poder tocar com ele torna tudo diferente é interessante de se ver porque temos uma química diferente quando estamos trabalhando juntos. Vai ser divertido essa nova turnê dele que está preparando.

O:Algo que possa nos contar sobre a turnê?

-Terá musicas novas e Jay está colocando a alma nela vai ser bem diferente de tudo que ele já fez eu estou orgulhosa do trabalho dele.

Conversamos mais um pouco eu mostrei meu closet minhas tatuagens e encerramos para começar a próxima entrevista que é com a família toda.

-OS SEUS PAIS CHEGARAM berrou Josh assim que acabamos.

-Esqueci de falar que meus seguranças são idiotas às vezes.

-Não tem problema eu me diverti com a sua entrevista, onde será que posso trocar de roupa? Perguntou animada.

-Nina tem como levá-la para o quarto de hóspedes?

Troquei de roupa colocando algo mais chique ( um conjunto de saia e cropped de mangas) e outro tênis nos pés não tem necessidade de ficar de salto.

-Teremos perguntas do twitter estou curiosa, o que acha de apostar que uma delas é sobre armas? Perguntou Izzy rindo.

-O Luke mandou mensagem que ele estava de ressaca e que amanhã vai trabalhar falou Jonny rindo.

-Mil reais? Perguntou Nyko jogando o dinheiro na mesa.

-Assim não vale tem que ser algo mais específico como: com quantos anos aprenderam a atirar? Perguntou Leo rindo.

-Duvido que seja uma pergunta mais está apostado Jonny pegue mil reais meu e coloque no monte.

-O que está acontecendo? Perguntou sem entender o monte de dinheiro.

-Estamos apostando sobre algumas perguntas a Hanna e o Nyko duvidam falou rindo.

-Estou curiosa quando chegar nessa parte podemos começar? Perguntou rindo.

Sentamos todos no sofá com copos de água e algumas coisas para comer já que estava quase na hora do almoço mais nada estava pronto.

-Só pegue leve sim? Perguntou Leo com vergonha.

-Desde quando você tem vergonha? Perguntou Izzy curiosa.

O:No programa de hoje irei conversar com a família Baek e pelo que estou sabendo também sou a primeira a conseguir uma entrevista com todos, muito obrigado por isso.

-Nós que agradecemos por ter vindo até aqui falou meu pai Nyko.

O:Como vocês sabem eles são a maior máfia e a mais temida daqui da Coréia eles trabalham com isso e as filhas além de fazerem parte também são produtoras e trabalham como DJs. Como tudo isso funciona?

N:Não é porque somos uma das mais temidas que tudo é perfeito, quando crianças elas odiavam serem relacionadas a nós e entendíamos isso e sempre fizemos de tudo para terem uma infância normal.

L: Eu lembro quando elas decidiram que mudariam de nome e sobrenome porque as crianças naquela época sempre as ignoravam com medo do que podíamos fazer e nunca fizemos nada sempre tivemos essa preocupação delas terem uma vida normal.

-A Hanna sempre foi a que mais sofreu eu lembro dela chorando dizendo que odiava fazer parte da nossa família até que tudo se ajeitou falou Izzy segurando minha mão.

-Nunca foi mil maravilhas e nunca será é uma responsabilidade e tanto e quando se é criança a única coisa que deseja é ter amigos e nunca aconteceu aí eu cresci e resolvi aceitar e entender que não posso mudar minha vida e agora eu que cuido da parte burocrática de tudo.

N:Vê-las sofrer na infância e adolescência nos fez pensar em muitas coisas mais hoje vemos o quanto cresceram e o quanto são boas no que fazem e que correram atrás dos sonhos mesmo tendo esse sobrenome e esse peso nas costas. Estamos orgulhosos delas.

L: O sucesso que elas fazem não teve dedo nosso nunca precisamos dar um centavo a elas mesmo querendo ajudar elas nunca aceitaram e tudo que tem hoje é fruto das conquistas delas e isso nos deixa muito mais orgulhosos do que já somos.

-Awwn quem vê pensa que são assim fofos hahahaha.

O:Como tudo isso funciona? Pode nos falar sobre?

N: Meu esposo e eu somos os Don os chefes da máfia, uma das minhas filhas é a subchefe ai se a tirar do sério nossa senhora e a outra é a Consiglieri que ajuda a subchefe a tomar decisões sábias depois vem os soldados que fazem os trabalhos sujos digamos assim.

L:Nós temos mais subchefes em outros lugares eles que tomam conta quando não estamos presentes e assim vamos cuidando dos negócios e tudo mais.

-Muitas pessoas acham que eu saio atirando e todo mundo que está na minha frente não é assim que acontece eu tenho fãs e me preocupo com a segurança deles tanto é que eles aprenderam a não mexer comigo quando estou na mídia digamos assim.

O:Como funciona quando um soldado faz algo errado? Algum deles já foi preso?

N:Não é porque somos uma máfia que tudo é uma zona nós temos nossas regras e se desobedecem cuidamos disso também.

-Se um deles vai para a cadeia os policiais nos avisam e eles dão a devida punição.

O: Na minha pesquisa fiquei sabendo que quando estão todos com o mesmo carro um alerta é enviado para a polícia dizendo que estão trabalhando ou algo assim. É verdade?

-As pessoas têm que se preocupar quando o fusion sai para as ruas ai sim a coisa fica feia o resto é trabalho normal e ultimamente vimos muito ele por aí falou Izzy sem olhar pra mim deixando Oprah sem entender.

-Eles são avisados porque quando estamos assim tem alguma perseguição algo assim não queremos que as pessoas que não estejam envolvidas se machuquem por isso avisamos.

Conversamos por horas e deixamos bem claro que não trabalhamos com drogas (eles não precisam saber dessa parte) e que o foco é os postos de gasolina e as armas que vendemos.

Jay pov.

Dois dias que eu fiz de tudo para descobrir a verdade, dois dias que espanquei literalmente Luke para e contar e quando eu descobri meu mundo caiu não podia  acreditar que fizeram isso com ela e agora tudo faz sentido.

-Luke eu quero que você encontre esse merda eu mesmo acabarei com ele.

-Se tivesse pedido com carinho eu teria te falado mais entendo porque levou a fazer isso e saiba que ela vai te matar por eu ter te contado falou rindo.

-Me perdoe eu nunca perco minha paciência desse jeito, não quero que as pessoas conheçam esse meu lado.

-Você vai ver a Hanna realmente brava amanhã mais vamos fingir que nada aconteceu sim? A chance dela matar nós dois será enorme disse.

-Me perdoe, por favor.

-Eu dou a minha benção para que fiquem juntos eu realmente consigo ver o quanto a ama e irei caçar esse bosta e te entregar disse bravo.

Conversamos e bebemos antes de liberá-lo para casa e realmente espero que amanhã esteja tudo bem. Olhei para minhas mãos e lembrei dos dias que saía no soco com qualquer um que me olhava torto e me arrependo de ter feito isso, mas o outro lado meu sentiu falta disso.

-Jay? Perguntou Danni assim que viu minhas mãos.

-Eu estou bem não se preocupe eu precisava disso, amanhã tudo volta ao normal.

Acordei cedo e fui para a empresa escrever mais alguma coisa eu precisava esquecer o que aconteceu e focar na minha música é a melhor coisa a se fazer.

-BOM DIA berrou assim que passou por aquela porta.

-Bom dia princesa como foi a entrevista? 

-Acho que ela tem medo de nós agora não sei mais tirando isso contamos um pouco sobre tudo. O que aconteceu com as suas mãos? Perguntou surpresa olhando para elas e logo as escondi, mas não deu certo ela as segurou olhando sem acreditar que estavam desse jeito.

-Não foi nada eu ralei no chão.

-Olha quem está de volta falou Jonny com Luke do lado e porra eu causei um estrago mesmo.

-MEU DEUS QUE PORRA ACONTECEU? Não me diga que ralou no chão também? Perguntou olhando para mim.

-O que acham de irem conversar numa sala que não vale milhões? Assim se forem quebrar algo não tem tanto problema falou Izzy puxando todos dali com medo.

-Que caralho aconteceu Jay? Perguntou soltando fumaça de tão nervosa.

-Porque não me contou que Zook te estuprou? PORQUE NÃO ME FALOU QUE ELE FEZ ISSO PELA SEGUNDA VEZ? 

-EU VOU MATAR O LUKE COMO ELE OUSA DIZER O QUE ACONTECEU? Berrou desesperada.

-ELE TE SEQUESTROU E TE ABUSOU É ÓBVIO QUE EU DEVERIA SABER COMO QUER QUE EU TE PROTEJA DESSE JEITO? 

-ARGH QUANTAS VEZES TENHO QUE TE FALAR QUE NÃO É PARA ME PROTEGER? EU POSSO FAZER ISSO MUITO BEM berrou de volta.

-EU TE AMO ESSE É O PROBLEMA PORRA EU AMO VOCÊ DESDE O DIA QUE NOS CONHECEMOS NA PORRA DA BOATE.

-NÃO PODE ME AMAR CARALHO EU SOU DA MÁFIA EU NÃO POSSO TER NINGUÉM EU NÃO POSSO TE AMAR berrou me encarando e eu não tive outra escolha a não ser beija-la.

A segurei com força para ela parar de me bater e precisei beijar seus lábios e a mesma retribuiu e isso é um bom sinal eu acho e como sempre aquele choque que eu amo passou por mim, ri disso e passei a beijar todo o seu pescoço e claro que ela se arrepiou levando suas mãos para a barra da minha camiseta a arrancando na pressa pedindo por mais e mais. Arranquei toda a roupa dela e que deusa em minha frente, meu pau ficou mais duro ainda, querendo tê-la para mim aqui e agora sem me importar com o resto. Fiquei parado em sua frente olhando em seus olhos enquanto tirava as nossas roupas e do jeito que mordeu os lábios nossa senhora.

- Eu te quero tanto sussurrou em meu ouvido antes de começar a beijar e morder me levando a loucura implorando por mais e foi o que fez, começou a descer beijos pelo meu abdômen até chegar ao meu membro que necessitava de cuidados e no momento que o colocou na boca um choque percorreu meu corpo e a mesma unhou minhas coxas com força arrancando um gemido alto meu.

Resolvi ditar o meu ritmo prendendo minha mão em seu cabelo enquanto ela gemia de um jeito que me enlouquecia e de todos os boquetes que já recebi com certeza esse era o melhor.

- Não vou gozar em sua boca sussurrei tirando meu pau d e a deitando no chão e pra variar ela se encaixa perfeitamente em mim.

- Eu preciso de você eu sou toda sua estou me entregando depois de tudo que aconteceu comigo: falou olhando em meus olhos enquanto fazia carinho em meus cabelos.

Sem desgrudar nosso olhar fui invadindo sua intimidade e seus olhos fecharam de prazer mordendo seus lábios deixando uma visão muito sexy de seu rosto, assim que entrei completamente fiquei parado uns instantes ate estocar lentamente a levando a loucura com seus gemidos deliciosos de ouvir que ecoavam em toda sala.

- o, beibi, ppalli gemeu em coreano pedindo por mais e nesse momento toda minha sanidade foi embora acelerando as estocadas e a ouvindo berrar meu nome.

- neoneun naleul michige hal su-issneun salam-ida. neoneun jeoldae ij-ji anhgileul balanda. neoui mom jeonchega oneulbuteo nae geos-idoenda. (você é a única que consegue me enlouquecer espero que nunca esqueça isso, seu corpo todo é meu a partir de hoje) falei gemendo antes de ela nos virar ficando por cima e começou a rebolar mordendo seus lábios.

- Oh babe isso é muito bom sussurrou rebolando bem devagar.

Não agüentei e nos virei novamente ficando por cima e metendo mais rápido e forte do jeito que queria e realmente espero que não tenha mais ninguém aqui nessa escola senão vai assistir nossa diversão.

- Oh boy gemeu unhando minhas costas.

Aumentei a velocidade até sentir sua intimidade espremer meu pau e sabia que estava quase lá então sem desgrudar nossos olhares gozei logo depois dela a fazendo me abraçando em seguida.

-Eu amo você Jay Park mais ainda vou te socar sussurrou em meu ouvido.

-Eu também amo você baixinha eu prometo que terá a sua vingança isso não vai ficar assim.


Notas Finais


GOSTARAM???


COMENTEM!!


até o próximo

Beijinhos&travessuras


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...