História Behind the scenes (Larry e Niziam - ABO) - Capítulo 38


Escrita por:

Postado
Categorias One Direction
Personagens Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Personagens Originais, Zayn Malik
Tags Abo, Amor, Harry Alfa, Harry Tops, Larry, Liam Alfa, Louis Bottom, Louis Ômega, Mpreg, Niall Ômega, Niziam, Submisso, Universo Alternativo, Zayn Alfa
Visualizações 522
Palavras 2.389
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Cross-dresser, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi amores, me perdoem.. Eu sei que fiquei de fazer uma atualização dupla ontem, mas acabei esquecendo por problemas pessoais, porém para recompensa-los irei fazer agora de uma vez confiando que vocês irão comentar em ambos os capitulos ok ?
Amores, queria compartilhar uma dorzinha minha com vocês..
A FIC ESTA AS RETAS FINAIS {Carinha de choro}
Sim, esta.. isso mesmo..
É isso, obrigado a todos que me acompanharam ate aqui, fiquem com esse capitulo super fofinho.
Adoro vocês s2

Capítulo 38 - Só Amor


Fanfic / Fanfiction Behind the scenes (Larry e Niziam - ABO) - Capítulo 38 - Só Amor

#Niall P.O.V

Sabe quando você tem a certeza que tudo na sua vida está indo tão bem, que não pode melhorar, mas logo depois ela melhora? Foi com essa sensação que eu acordei hoje, mas um cio iria começar, e meus alfas estavam super empolgados. Seria meu terceiro cio com eles, já passamos pelo Cio de Liam e semana passada pelo de Zayn, não posso negar, ter um alfa era bom, mas ter dois, dois Ruts, e dois homens maravilhosos na minha cama não só todos os dias, mas nos meus cios era impressionante, nunca me cansaria de sentir o prazer que eles sempre me proporcionam.
 

Matthew ficava na casa de Louis e Harry durante esses dias, o pior era traze-lo para casa, Noah abria um berreiro.

Detalhes a parte, acordei sentindo um calor e sentindo mãos passeando por todo meu corpo.

Gemi quando uma delas parou em meu membro ereto o apertando.

- hmm....

- Bom dia meu anjo - a voz rouca de Liam se fez presente e eu arfei.

- Bom dia baby - logo em seguida a de Zayn.

- Bom dia daddy's.. - falei manhoso e abri os olhos sorrindo. - vocês amam esses dias hm?

- claro amor - responderam juntos e eu sorri, logo depois gemi sentindo a lubrificação escorrer pelas minhas pernas.

Zayn rosnou fraco e se pôs no meio das minhas pernas.

- oh good .

Virei a cabeça de lado e puxei Liam para um beijo, arfei quando sentia os beijos de Zayn cada vez mais perto do meu membro, o moreno suspirou mordendo minha virilha e tirou a unica peça de roupa que eu dormia, minha calcinha rosa.

- você fica tão lindo com essas calcinhas baby.. daddy vai comprar várias pra você.. - falou gemendo enquanto me masturbava devagar.

assenti depois de separar os lábios de Liam que ainda me olhava e sorria.

- o que houve alfa?

- nada anjo, eu que amo vocês dois demais, e não consigo parar de olha-los.

- oh .. - sussurrei envergonhado e ele sorriu. - daddy.. doi - murmurei .

- tudo bem amor, vamos cuidar de você.

Liam saiu da cama, tirando sua cueca e ficou atras de Zayn que se ajeitou deitando de bruços na cama ainda me beijando e masturbando lentamente.

- alfa, não judia. - falei com os olhos cerradas para o moreno que sorriu e assentiu passando a beijar perto da minha entrada, arrumei minhas pernas em um "m" dando um espaço melhor para ele.

Liam nos olhou, seus olhos estavam mais escuros e eu sabia que meu cheiro já estava o inebriando, sorri com isso. Ele baixou olhar para o moreno e suspirou, deu um beijo nas costas de Zayn e desceu os beijos até tirar a cueca do moreno.

- hm. daddy.. - Zayn gemeu quando sentiu beijos e um tapa em sua nádega.

- gostoso - Liam murmurou mordendo a pele morena e sorriu saindo dali vindo para o meu lado, segurou seu membro, grosso e o masturbou.

- vem chupar seu daddy anjinho.- falou com a voz grossa.

Assenti abrindo a boca e pondo a língua pra fora e ele gemeu me olhando.

se aproximou mais ficando de joelhos na cama e logo em seguida segurei seu membro pondo a ponta da língua na cabecinha. Zayn começou a beijar minha entrada e eu gemi alto.

voltei a atenção para Liam colocando tudo na boca e o masturbando o que não cabia, senti a ponta dos dedos de Zayn na minha entrada e gemi causando tremores no membro do castanho que rosnou de prazer segurando meus cabelos e ditando seu ritmo em minha boca, depois de um tempo e de eu implorar por algo a mais, Liam se deitou me puxando para cima de si.

Zayn se aproximou de nos com o membro duro em mãos e eu gemi pela visão.

- vocês são tão perfeitos. Meu deus .

Os alfas sorriram e Zayn se baixou um pouco beijando o castanho que tinha as mãos em minha cintura me fazendo rebolar, senti a pressão dos dedos aumentarem e ele me fez ir mais rápido nas reboladas.

gemi alto pedindo por eles.

- Alfas - gemi - e-eu.. eu quero os dois.. Por favooor - gemi quando Liam deu um tapa em minha bunda.

- vamos te dar o que você quer omega, mas se quer tanto assim, vai ter que aguentar nos dois até o fim do cio.

Senti minha lubrificação aumentar e gemi de prazer, isso era musica para meus ouvidos. concordei gemendo e levei mais um tapa.

- i-isso é.. ooh.. muito bom - aumentei a força das reboladas e arfei, Zayn começou a beijar meu peitoral, dando atenção especial ao bico do meu peito e eu gemi manhoso.

- alfas.. po-por favor.

-ok, não vou maltrata-lo muito omega.

Liam falou e eu sorri, levei a mão para seu membro encaixando em minha entrada, deitei em seu corpo beijando seu pescoço sentindo todo seu comprimento entrando em mim devagar, gemi satisfeito e rebolei com calma.

Liam começou a estocar, me sentei em seu colo sentindo as mãos de Zayn por de tras de mim, levei minha mão direita para trás do meu corpo, passando por todo abdome do moreno e desci um pouco sentindo seu membro, comecei a masturba-lo enquanto a esquerda me dava apoio em Liam para poder cavalgar no castanho que rosnava baixo com os olhos espremidos de prazer.

- alfas, agora ..por favor - pedi por Zayn e ele parou de beijar meu pescoço concordando, Liam me puxou para deitar em seu peito e assim fiz, senti caricias em minhas costas e logo as mãos do moreno em minha bunda. um estalar foi ouvido e senti um formigamento em seguida.

- vocês amam me marcar uhm? bate mais alfa, bate no seu omega. - gemi manhoso.

- temos um anjinho masoquista aqui hem? - Liam falou sorrindo e eu ri, mas logo em seguida gemi, Zayn me deu outro tapa e logo depois encaixou seu membro em mim.

- aaarhg - gritei pela dor e logo depois mordi o ombro de Liam que voltou a acariciar minhas costas.

- alfa.. - gemi

- sim baby ? - Zayn respondeu sabendo que era com ele, ainda me penetrava devagar.

- anda logo - falei manhoso e eles riram.

Assim que Zayn se encaixou completamente suspirei aliviado, a dor pararia logo em seguida, rebolei fraco e eles gemeram.

- você é muito apressado baby

- me fodam alfas, por favor - pedi desesperado e logo em seguida eles começaram a me penetrar.

- oh, ta-tão bom - gemi

Senti as mãos dos alfas em minha cintura, ambas juntas. Eu nunca me cansaria de sentir isso, eles cuidavam de mim, e mesmo entrelinhas se preocupavam um com outro.

- eu amo tanto vocês..

Senti a língua de Zayn em meu pescoço e arfei quando eles aumentaram as estocadas

- nós também te amamos baby - o moreno sussurrou em meu ouvido.

Abri os olhos para encarar Liam e ele tinha a expressão mais pervertida do mundo.

- vamos foder tanto você anjinho, que você não vai conseguir andar, mas prometo cuidar muito bem de você depois.

falou sorrindo cafajeste e eu gemi concordando.

beijei seu pescoço e ele segurou meu rosto beijando meus lábios em seguida.

- te amo Niall. - falou quando encerrou o beijo e logo depois deu um estalinho na minha testa.

voltou com as mãos em minha cintura e aumentou as estocadas me fazendo gritar.

Zayn riu por trás de mim aumentando sua velocidade também, minha boca estava aberta, mas não tinha forças nem para gemer.

apertei o peito de Liam e ele rosnou em prazer.

- pode vir omega, goze pros seus alfas.

concordei silenciosamente e com mais algumas estocadas gozei em sua barriga, minha entrada se espremeu e ambos os alfas rosnaram em seguida gozaram em sincronia. Senti o nó dos dois, se formando e gritei pela sensação. Zayn caiu por cima de mim e eu ri.

- está machucando baby?

- não zayne - respondi cansado, depois de algum tempo os nós se desfizeram e eles saíram de dentro de mim, cai para o lado com ambos os alfas ao meu lado e suspirei.

- eu nunca vou me cansar disso.

- nos também não - eles falaram juntos e rimos.

- posso dormir um pouco ? - murmurei cansado e eles concordaram.

me deitei no peito de Liam e em seguida Zayn grudou em minhas costas me abraçando.

- amo vocês. - falei

Antes de fechar os olhos e dormir profundamente a ultima coisa que vi foi a mão de Zayn se entrelaçar com a de Liam e um sorriso fraco se formou em meus lábios.
 

|x|
 

#Louis P.O.V

- OH A-ALFA.

- shiix baby, fale baixo vai acordar os meninos.

- c-como você quer que e fale baixo com você me chupando assim Harry ? - falei bravo em meio ao prazer.

Ele riu e voltou a chupar minha entrada com as mãos em minha barriga acariciando ali

- Daddy - falei manhoso - me fode por favor

- tudo bem baby, mas tente não gritar. - falou de uma forma cafajeste e riu se ajeitando no meio das minhas pernas me penetrando em seguida.

|X|

Niall estava no cio e Matthew como de costume veio para cá, o menino tinha se acostumado tão rápido com a nova vida, que não podia ser mais perfeito, ele e Noah estavam próximos demais nos últimos meses, e isso me preocupava, porque sempre que o moreno ia embora, Noah não parava de chorar.

- Hazz, acha que essa relação dos dois pode influenciar Noah no futuro? - perguntei acariciando seu peito e o olhei, tínhamos acabado de fazer amor, e ainda era cedo, por tanto ficamos deitados só aproveitando o momento, eu tinha tido um sonho pervertido com Hazz e o acordei para ele saciar meu desejo.

- como assim amor?

- eu tenho medo, sabe se Matthew se interessar por uma menina quando crescer ou até mesmo um garoto, se ele ver Noah apenas como o melhor amigo, e Noah acabar se apaixonando por ele. Acho que eu não aguentaria vê-lo sofrendo.- suspirei fraco voltando a deitar em seu peito e ele beijou o topo da minha cabeça suspirando também.

- eu não sei amor, eu prefiro não pensar nisso, ainda esta cedo, e tudo o que eu vejo são os sentimentos de Noah sendo correspondidos. Se no futuro isso acontecer, eu também não vou saber como lidar, a única coisa que podemos fazer é deixa-los aproveitarem a juventude, temos que ficar espertos e atentos para que eles possam aproveitar a vida, e não se prenderem cedo demais um ao outro entende?

- acha que se eles se relacionarem cedo demais pode prejudica-los depois?

- baby, pense, se Noah e Matthew começarem a namorar e forem mesmo a alma gêmea um do outro como imaginamos, acha que eles vão querer conhecer o mundo ou até mesmo terem outros relacionamentos? digo, não só de namoro, mas com amigos mesmo. Noah tendo infantilismo pode cansar Matt no futuro, e como Noah pode não entender, vai fazer mal a ele entende? o mais prejudicado vai ser Noah.

- e você acha que temos separa-los? Hazz, isso vai ser muito ruim para os dois.

- nao, amor, não separa-los, eu não aguentaria ser o causador da dor de Noah, mas digo que devemos ficar de olho, se acharmos que eles estão se relacionando em algum momento, temos que aconselha-los a não se prenderem um ao outro para poderem aproveitarem o que podem, entende? Nem que eles viajem juntos, ou passem a fazer coisas juntos, mas que eles tenham oportunidade de saírem e aproveitarem a vida um pouco separados também, sem estarem presos um ao outro dentro de casa. Que conheçam novas pessoas, façam amizades separados, que vivam suas próprias vidas, sem o peso da marca tão cedo.

- entendi eu acho. eu só tenho medo de Matt crescer e não dar tanta atenção a Noah, ele ficaria arrasado e sofreria muito.

- não acho isso muito provável, mas se acontecer, eu dou meu jeito.

- Hazz - falei assustado e ele riu.

- eu não vou obriga-lo a ser amigo de Noah baby, mas vou ser sincero com Matthew conversar com ele de alfa pra alfa, ele não pode simplesmente deixar Noah de lado e começar a sair com várias pessoas.

- hm.. não quero pensar nisso agora - suspirei frustrado.

- como está nossa menininha? - mudou de assunto rapidamente e agradeci silenciosamente. Realmente era cedo demais para nos preocuparmos com isso, mas de uma coisa tínhamos certeza, não iriamos separa-los mesmo agora que são pequenos, para evitar uma futura dor que nem sabíamos se podia acontecer, iriamos tentar mante-los em linha quando chegasse a hora, não iriamos suportar vendo os dois doentes, quando eles nem entendem nada. Porque sim, se separássemos Noah e Matthew seja agora ou mais tarde eles ficariam doentes.

- pesada e agitada - respondi sorrindo quando senti um chute.

 

Hazz sorriu levantando o tronco e eu deitei no travesseiro vendo ele se arrumar entre minhas pernas, já sabendo o que ele ia fazer. Depositou um beijo em minha barriga grande e começou a conversar com ela.

Sempre que acordávamos e tínhamos tempo ou quando ele chegava do trabalho, Hazz me fazia deitar, se arrumava em minhas pernas e ficava horas conversando com a minha barriga, quando Noah estava, ambos ficavam deitados ali juntos conversando entre si e pondo Olly no meio que chutava o tempo todo como se fosse uma resposta para o pai e o irmão.

Não tinha visão mais linda do que essa, meus dois meninos rindo e conversando acariciando ou beijando minha barriga, falando com nossa menina. Noah estava tão animado com a gravidez, nem parecia o menininho assustado que me rejeitou a algumas meses antes de sabermos da existência de Olívia.

deitei a cabeça no travesseiro novamente acariciando a mão de Harry ouvindo ele falando com a minha barriga.

papai te ama meu amorzinho, não vejo a hora de te-la em meus braços, seu irmãozinho está muito feliz e animado esperando ansiosamente também. - foi a ultima coisa que ouvi antes de voltar a dormir.

 

Notas Finais


AHHHHHHH
Queria pedir um favor, acompanhem por favor minha outra fic, vou deixar o link aqui pra vocês: https://www.spiritfanfiction.com/historia/the-beginning-of-a-new-love-8469756 Ela também é Larry ;*


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...