História Beijinho sabor bolo de chocolate - Capítulo 1


Escrita por: e softbyun

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Sehun
Tags Baekhun, Escolar, Exopef, Ficlet, Fluffy, Hunbaek, Sebaek, Sebaek!kid, Softbyun, Terceira Fase
Visualizações 66
Palavras 740
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Ficção Adolescente, Fluffy, LGBT, Slash, Universo Alternativo

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Mesmo com meu hiatus eu disse que seria ativa no EXOPEF então aqui estamos nós nessa terceira fase rsrs...
Bem, eu espero que vocês gostem assim como eu, que, me derreti toda escrevendo e foi impossível conter os sorrisos e os chiliques com a fofura desses dois!

Uma pequena observaçãozinha é que o Baekhyun é tipo o cebolinha, (Turma da Mônica) troca o R pelo L, sacou? Hahaha

Boa leitura a todos <3 <3

Capítulo 1 - Dia (também) do primeiro beijo


Baekhyun cantarolava dentro do veículo que prosseguia rumo a escola e assim que percebeu ter chegado, desceu do carro da mamãe e lhe deu um beijinho estalado na bochecha, recebendo outro em troca antes de correr direto para dentro da escolinha, a lancheira sacudindo nas costas enquanto corria meio desajeitado, segurando a mochila de rodinhas do seu desenho preferido, Pororo. 


Estava animado, era sexta-feira, o dia do bolo de chocolate, nome especialmente dado por si e por Sehun, seu melhor amiguinho. Era uma tradição todas as sextas-feiras da semana – na escola – os pequenos levavam suas lancheiras repletas de guloseimas e essencialmente de bolo de chocolate, sabor preferido dos dois.


Claro que havia sido muito difícil iniciar com aquela tradição e só conseguiram a manter em pé, depois de muita insistência, bicos manhosos, carinhas chorosas e promessas de que iriam escovar a boca direitinho para não criar bichinhos que deixavam os dentes dodói, o pequeno Byun tinha até pavor de pensar naquelas cáries malvadas.


Quando avistou Sehun já na sala de aula, sentado na carteira olhando o jardim pela janela, não perdeu tempo em se aproximar e sentar à sua frente, virando-se para que pudesse olhar o amigo. Aquele era o cantinho dos dois e aide quem ousasse pegar aqueles assentos.


– Hunnie, por que você está tliste? – Fez um biquinho ao observar a carinha emburrada do outro que parecia estar em uma mistura de triste e bravo.


– A mamãe esqueceu do meu bolo!


O Oh choramingou, cruzando os braços enquanto olhava Baekhyun com uma feição chateada no rosto. Sehun odiava quando esqueciam de algo seu e agora não sentia nem vontade de brincar com seus dinossauros. O dia do bolo de chocolate estava arruinado!


Baekhyun acabou fazendo um biquinho também, não gostava de ver o amigo chateado, por isso tratou de pensar em algo rápido, oras, poderiam dividir o bolo que trouxera, assim Sehun não ficaria mais triste e tudo acabaria bem e feliz como nas historinhas que a mamãe costumava contar a noite, antes de dormir.


– Ei, Hunnie. Eu posso dividir o meu com você! – Sorriu. – Mas só se você plometer que não vai ficar mais tliste!


Sehun abriu um sorrisão daqueles, o típico que o amigo gostava de ver, e nem ao menos perdeu tempo em juntar os dedinhos mindinhos assim que Baekhyun ergueu o dele.


– Eu prometo!


Quando a hora do lanchinho chegou, os pequenos não perderam tempo em correr para o pátio e se sentarem no gramado, abaixo de uma árvore, com o Byun já abrindo a lancheira apressado e retirando de lá o pote azul repleto de bolo de chocolate com direito a cobertura. Dividiu um pedaço para si e para Sehun, ambos dando mordidas generosas até que não sobrasse mais nada nas mãos e no pote a não ser o vazio e a sujeira do chocolate.  


– Baekkie, já que você dividiu bolo comigo, eu também quero dividir algo com você!


O maior dos dois sentiu as bochechas esquentarem enquanto Baekhyun o olhava de forma curiosa.


– O que é então?


– Um beijinho!


Sehun já foi logo preparando um biquinho enquanto Baekhyun meio surpreso, deu de ombros antes de se aproximar e virar a bochecha gordinha, mas sendo impedido pelo outro.


– Aí não, aqui! – Apontou para os próprios lábios.


– Oh, mas só namolados fazem isso, Sehunnie.


– Então você pode ser meu namorigo.


A mistura de namorado e amigo.


Baekhyun concordou, assentindo com a cabeça freneticamente diversas vezes antes de se aproximar e agarrar as bochechas de Sehun com as mãos gordinhas, sentindo o outro fazer o mesmo consigo antes de juntarem os lábios por alguns segundos, tempo o suficiente para sentirem a textura macia das bocas e o gostinho do chocolate que havia sujado os lábios de ambos – depois de toda a comilança. – invadir o paladar. Baekhyun julgava que a boca de Sehun parecia um bolo macio de chocolate, já o outro que a do Byun parecia uma gelatina, igual as da vovó, bem geladinha.


E assim que se afastaram sorriram envergonhados um para o outro, as pequenas boquinhas ainda em um biquinho.


– Tem sabor de bolo de chocolate!


Baekhyun separou os lábios, espantado.


– Sim! E eu ouvi dizer que adultos usavam a língua…


– Err, minha mamãe disse que isso passa bichinhos e o nome são bactélias, e apenas adultos podiam fazer isso. – O Byun fez bico.  


– Podemos passar bactérias quando crescermos!


Baekhyun concordou e ainda acrescentou.


– E até lá podemos plovar mais beijinhos de muitos saboles!


Notas Finais


Então, gostaram dessas pequenas gostosuras?

Meu cc abertinho para amor, dúvidas, perguntas ou ódio hihihi https://curiouscat.me/nastuff


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...