1. Spirit Fanfics >
  2. Beijo apaixonante-Vocaloid >
  3. Vamos voltar!

História Beijo apaixonante-Vocaloid - Capítulo 5


Escrita por:


Capítulo 5 - Vamos voltar!


Fanfic / Fanfiction Beijo apaixonante-Vocaloid - Capítulo 5 - Vamos voltar!

*Horas antes*

Luka

Eu fiquei louca!

Com toda certeza louca!

Completamente louca!

Pode chamar o médico para me internar!

Eu beijei um estranho,UM ESTRANHO! e eu já estou surtando...

Tá certo que ele é bonito e tal.MAS MESMO ASSIM NÃO DEIXA SE SER É UM ESTRANHO!

(Pensamento-Mamãe,me perdoe...Não agir de acordo com seus ensinamentos)

Mas isso não é o pior,Há.Nem de longe!Se um beijo não foi suficiente,agora estou com no carro do mesmo INDO PARA CASA!

(Pensamento-Parabéns Megurine Luka,você já pode receber o prêmio de MULA do ano juntamente com o diploma de vítima de sequestro em potencial!)

Nem a Hatsune foi me socorrer! Logo a esverdeada que ama saber de tudo em primeira mão!

Quando mandei a mensagem,eu jurava que a esverdeada teria percebido que eu não estava com amigo nenhum e iria brotar ao meu lado ou vir correndo até mim,como um herói ao resgate

Mas não!Ela estava MUITO ocupada com seu ciúme desenfreado do Len e nem notou que eu me mandei com um potencial cafetão!

(Pensamento-Hatsune Miku,se eu sair viva dessa.Eu juro que eu NUNCA mais vou aceitar uma”Noite das meninas” com você na minha vida!)

Estranho-Está tudo bem?

-Sim?Ah,Sim! Está tudo bem

(Pensamento-”Está tudo bem” uma pinóia! Eu tô no carro de um possível Killer! Como posso estar bem?)

Estranho-Sério? Você parece um pouco nervosa?

-(Suspiro)Talvez? Eu nem sei o que estou fazendo

(Pensamento-Me matando,talvez?)

Estranho-Como não sabe? Você está apenas voltando para casa,nada de mais

-”Nada de mais”?

(Pensamento-Criatura,você é tapado ou se faz? Se bem,que ele não tem cara de psicopata.Mas de cafetão tem,isso com certeza!)

Estranho-E tem algo ruim nisso? Ou você não quer voltar para casa?

-Querido...Eu estou voltando para casa no carro de um estranho

Estranho-Você beijou esse “estranho

-Pior ainda!

Estranho-(Risos)”Pior ainda”?

-Enfim,se meus pais estivessem me esperando e nós vissem,iriam te comer vivo!

Estranho-Que?KKK

-Isso se não me matassem primeiro,né?

(Pensamento-Parabéns Luka,acabou de dizer que mora sozinha.Mas...parece que ele não notou)

Estranho-(Risos)Não acredito que fariam isso

(Pensamento-Confirmado.Ele é um tapado! Estou me preocupando por nada)

-Ah,eles iriam com certeza

Estranho-Se eles me conhecessem,não iriam me achar tão ruim assim

-(Ironia)Ah,claro

Estranho-Sério,eu pareço ser mal?

Ele pára no semáforo vermelho e olha para mim piscando os olhos e brincando com uma das mechas de seus cabelos fazendo um charminho

-Hum… Difícil saber,vai que você machuca muitas garotas? 

Estranho-O que?!Não

-Também pode ter quebrado muitos corações por aí,né?

Estranho-Kkkk

-Kkk,acertei? Eu acertei,não foi?

O sinal abriu e ele voltou a dirigir ainda em risadas,prendendo minha atenção

(Pensamento-Ele fica lindo rindo.Hum? Acorda Luka,isso não é hora!)

Estranho-Lamento decepcioná-la,mas não.Eu não destruir nenhum coração e nem machuquei nenhuma garota

-Sério?

Estranho-Sério,meus amigos até me acham bastante tímido

-Eu não acho

Estranho-Não acha?Por que?

-”Porque”?Jura querido,você tem assim...Uma ideia?

Estranho-Ah,isso

-É isso

Estranho-Você não é desconhecida agora,E eu sei que não é uma má pessoa

-Não sou?

Estranho-Não,não é.Se fosse uma “Desconhecida” eu não teria me aproximado

-E uma má pessoa?

Estranho-Eu não teria te dado carona.Se você fosse má,não estária tão preocupada em relação a esta no carro de um estranho e sim,se eu estou te levando ao hotel que você deseja

Certo, eu admito que ele tem um ponto.Mais isso não vem ao caso!

Ele pode acreditar que sou uma boa pessoa,uma flor,uma deusa e o que for.ISSO NÃO É GARANTIA PARA NINGUÉM!!

(Pensamento-Usa cabeça homem! EU posso ser literalmente qualquer pessoa!)

Já preocupada,olho para estrada enfim reconhecendo as ruas próximas do meu condomínio,me segurei para não soltar um”obrigado deus” enquanto apontava para um restaurante que ficava a duas ruas a frente da minha casa

-Ah,chegamos!

Estranho-Aqui?

-Sim,aqui

Ele se aproxima da calçada e estaciona meio desconfiado.Enquanto eu,não levei nem cinco segundos para tirar a o cinto de segurança e abrir a porta para minha tão esperada liberdade

Mas assim que faço menção de sair,ele começa a falar,me parando

Estranho-Ah...Está tudo bem deixar você aqui?

-Hum?

Estranho-Eu não poderia deixar você na porta de casa?

-Não,sinto muito

Tento sair novamente,mas ele voltou a falar me fazendo sentar no banco de novo

(Pensamento-Deixa eu ir,criatura!)

Estranho-Porque?

-Porque minha rua não entra carro,sabe?

Estranho-Ah

(Pensamento-Na verdade entra.Mas apenas os carros dos moradores e funcionários,né?)

Finalmente sair do carro e começo a acenar com o melhor sorriso que tinha naquele momento

-Vá com cuidado,obrigada por me trazer em segurança e boa noite

Estranho-Irei vê-la de novo?

-Quem sabe? Talvez a gente se encontre algum dia

(Pensamento-Só que não!)

Estranho-Não vai me dizer como a bela dama se chama?

-Nós já não passamos dessa fase? Eu não sei o seu nome e você o meu

Estranho-Mas como vou encontrá-la novamente?

-Não era o senhor mesmo que não me considerava mas uma estranha? Então descobrir isso deve ser fácil,bye,bye

Sair de lá rapidamente e ainda me encontrava desconfiada,pois,ele poderia muito bem ter me seguido,mas consegui chegar em casa em segurança

(Pensamento-Vou tomar cuidado com Toyotas cinzas de agora em diante)

Gakupo

Fiquei no acostamento até minha breve companheira sumir do meu campo de visão

-Descobrir um nome? Como vou fazer isso? Não era mais fácil,simplesmente me dizer?

Voltei para casa me martirizando e enchendo-me de dúvidas sobre a senhorita.Afinal,eu havia sido irresponsável e até inconsequente ao dar carona a uma estranha

Tudo porque,eu me sentia bem em relação a ela

-(Sussurro)Eu só posso está louco

Me encostei na cadeira já tentando arquitetar um plano de como eu poderia descobrir o nome dela

-Eu poderia esperar ela sair daquela rua e dizer que a encontrei por coincidência?Não,ela iria descobrir a verdade e me achar mais louco ainda...Mas se ela me ver no restaurante,não vai ter suspeitas!Mas sozinho? Ainda será estranho,né?Será que eu deveria falar com o Kaito e chamar ele?Mas não vai parecer que eu estou o usando?

Sair dos meus pensamentos com o barulho do celular em meu bolso

-Falando na criatura

*Ligação On*

-Aló?

Kaito-Gakupo,você está por perto?

-Não,Porque?

Kaito-Você pode vir aqui e MEIKO,SOLTA ESSE SEGURANÇA! ELE NÃO É UM URSO DE PELÚCIA GIGANTE!

Meiko-O urso quer abraços!Wow

Kaito-Não,ele não quer! Larga esse cara,Mulher!

(Pensamento-Não ri Gakupo,por favor,não ri)

Gumi-Kaito,Me ajuda! Se não ela vai acabar MATANDO esse homem!

Kaito-Já estou indo!

Gumi-Vem logo! Meiko,solta esse homem já!

Meiko-Uma alface falante! kkk

Gumi-”Alface”?!

Kaito-Gakupo,POR FAVOR me salva

-(Risos)Tá,estou a caminho

*Ligação Off*

-Vou falar com Kaito depois de salvar-lo,rsrs

*Enquanto isso*

Miku

Neste exato momento,me encontrava andando entre as ruas de tokio,abraçada a Len como se tivesse tomado todas enquanto cantava Tayori ni naru ze Alpaca

Len-Canta baixo Miku,se não vai me deixar surdo

-Não quero

Len-Você nem bebeu tanto,então porque está agindo desse jeito?

(Pensamento-Ele é Baka assim mesmo ou faz curso?)

-Porque eu estou feliz Kagamine Shota Len! Estou feliz

Len-Eu não sou um “Shota”!

-Jura?Nem reparei

Sair dos braços de Len em um salto e começou a girar pela rua tentando imitar um “cata-vento”,o que deixa o loiro assustado e corredo atrás de mim na tentativa de me fazer parar

Len-Miku,para por favor!Você vai cair desse jeito!

-Vem me pegar,Banana boy!

Paro de girar e começo a correr do rapaz,eu sei que estou agindo como uma boba,mas é tão fofo vê-lo desesperado e tentando cuidar de mim

Len-Miku,volta aqui!

-Vem me pegar,Ah!

Len-Cuidado Miku,Ah!

Escorreguei em em uma poça de água na calçada,Len em uma tentativa de me pegar,acabou se desequilibrando e indo de encontro ao chão junto a mim

-Ai,minha perna

Len-Ai,você está bem?

-Um pouco

Olho para trás,meio sem jeito.O que se tornou um grave erro,pois estava muito,MUITO próxima dele

Ao ponto que mesmo estando em volta de diversas luzes de lojas e carros,apenas os olhos azuis céus me chamavam atenção,nem os barulhos me distraiam

Len-Ah,Miku?

-Ah,me desculpe!

Me afastei engatinhando assustada,sobre seu olhar.Eu nem conseguia manter a cabeça erguida,sentia o rosto quente como se tivesse ingerido pimenta

Len-(Gaguejando)V-vou te levar...

-Ah?

(Pensamento-Me levar?Onde ele quer me levar? Será que...Ele interpretou minhas ações corretamente?)

Len-(Gaguejando)Vou te…

-Vai me?

Len-Vou te deixar aos cuidados de Luka!A casa dela é próxima daqui

(Pensamento-Porque eu ainda me surpreendo? É óbvio que esse projeto de Shota não vai sentir ou ao menos perceber que eu queria que ELE ficasse comigo!)

-Ah,certo

Continuamos andando sem nem ao menos olhar um por outro.O som da cidade era a única coisa que se ouvia e ocultava um ocasional suspiro de frustração pelo desinteresse de Len

(Pensamento-Às vezes eu gostaria de ser como a Nero.Quando ela se declarou para ele,parecia tão fácil.Mas ele a rejeitou.96Neko também não perde a chance de mostrar seus sentimentos.Mas eu,nem consigo dizer um eu te amo sem ser cantando.O que piora tudo!

Eu aposto que se eu cantasse como me sinto sobre ele, ele iria elogiar a música,perguntar quando seria gravada e simplesmente sair)

-(Suspiro)Às vezes queria ser mais direta

Len-Disse algo Miku?

-Disse”Um viva novo casal Vocaloid,Gakupo e Luka!”

Len-Vocaloid e meio,por que a Luka ainda não é confirmada.Apenas o Gakupo é

-Ah,é mesmo

Len-É

-Mas nada que o tempo não resolva

Len-”Que o tempo não resolva”?rsrs

-O que?

Len-É irônico você dizer isso,já que você não possui muita paciência,senhorita Hatsune

-Como é Shota?

Len-Já disse que não sou um “Shota” alho-poró!

-Até parece!

Os dois-kkkk

-Quando vamos parar com isso?

Len-Talvez,nunca?

-Ah não.Por favor

Len-Bem,não me importo em brigar se sei que depois vamos fazer as pazes

-Sério?Não se importa mesmo?

Len-Sim.Afinal,você sempre vem até mim quando preciso Miku

Ele diz olhando para mim,sorrindo e um pouco corado,conseguindo o mesmo efeito de mim

(Pensamento-É por isso que anda tento...Porque sempre que penso que não tenho chance,ele vem e me dá esperanças)

-Obrigada Len

Len-De nada,Miku

-Já estamos perto,diga que mandei um beijo a Rin

Len-Sem problema

Ele me deixou na porta do condomínio de Luka e se foi pelas ruas da cidade

Len

Cheguei em casa rapidamente,Rin já estava dormindo então pude ir para o meu quarto tranquilamente

-(Sussurro)Baka!Baka!Baka!Baka!Baka! Você é um completo idiota Kagamine Len! Ela estava tão perto, porque não agiu?! Baka!

Continua...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...