1. Spirit Fanfics >
  2. Beijo bom >
  3. Um

História Beijo bom - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Com certeza é a minha primeira história com personagens adolescentes, eu espero que gostem dessa trama leve de amor!

Capítulo 1 - Um


Fanfic / Fanfiction Beijo bom - Capítulo 1 - Um

Cena 01 – Cinema – Entrada.

Breno está na fila de entrada para assistir ao filme e em suas mãos está um balde de pipoca e na outra um copo com refrigerante. Chegando a sua vez, ele passa para outra pessoa e espera a chegada de sua companhia.

- Minha nossa senhora, mas será que ele não vem? To quase virando uma abóbora nesse lugar. – Reclamou ele.

Todos entraram e só restou ele e a segurança.

- O filme começa em pouco menos de 5 minutos! – Avisou a mulher.

- Tudo bem.... Eu vou esperar mais um pouco! – Disse ele.

Ele tenta ligar, mas a chamada é direcionada para a caixa postal. Agora cada vez mais ansioso pelo encontro. A mulher parece agora estar com frio e entra para se agasalhar.

- É melhor eu ir embora para casa! – Disse ele largando a pipoca e o refrigerante no chão.

Ele caminhou por uma rua deserta e passou próximo do cemitério da cidade. A lua estava cheia e brilhava bastante. De repente, ouviu gritos vindo do cemitério e parou.

- Mas o que será isso? – Perguntou Breno assustado.

Os mortos começam a sair de suas tumbas. O clima fica cada vez mais tenso e a gritaria aumenta. Breno parece paralisado e permanece diante do portão da casa dos mortos prestes a ser devorado. Então, sua irmã percebe seu estado e joga um copo de água em seu rosto, ele acorda.

- O que é isso? – Questiona Breno.

- Se você quiser que a mamãe saiba que você é da irmandade agora, continua, nunca vi, dá pinta até dormindo! – Disse Beatriz.

- Eu disse alguma coisa durante o sonho? – Questiona Breno.

- Quem é Ricardinho? – Questiona Beatriz.

- Eu falei do Ricardinho?

- Falou sim, ainda bem que eu estava aqui e ouvi tudo, imagina se fosse a mamãe.... – Comentou Beatriz rindo.

- O Ricardinho é o cara mais bonito da escola, ele está no terceiro ano e praticamente não vou vê-lo mais. – Contou Breno.

- Será? Se declara logo para ele e assim vocês vão poder se ver sempre! – Disse Beatriz.

- Bia, não é assim, o Ricardinho não é só o cara mais bonito da escola, ele é bem hétero e namora todas da escola. – Disse ele.

- Então, só tenho a lamentar.... Agora preciso dormir, boa noite! – Disse ela.

- Você vai dormir mesmo? O que estava fazendo no meu quarto?

- Eu estava jogando no seu vídeo game, agora para com isso porque sou sua irmã mais velha! – Disse ela fechando a porta.

Ele lembrou do rosto de Ricardinho e ficou triste.

- Ele nunca que iria olhar para mim!

 

Cena 02 – Escola Dolores & Dolores – Dia seguinte.

Breno encontra sua amiga Lia na frente da escola e os dois entram juntos. Ricardinho sai da sala da diretora naquele momento e passa diante dos dois.

- Como está o seu coração? – Questiona Lia.

- O que disse? – Questiona Breno.

- Você não esperava ver o seu CRUSH logo no início da manhã? – Questiona Lia.

- Ele não estava nada animado, você viu a expressão do rosto dele? – Pergunta Breno.

- Eu soube que ele se deu mal em uma matéria....

- Não acredito, será que eu devo oferecer ajuda?

- Pirou? Ficou louca? Eu sei que não teria tanta coragem assim, sem falar que o assunto dele não é o mesmo que o nosso. – Disse Lia.

- Você sempre acabando com as minhas esperanças! – Disse ele.

- Só falei verdades, meu amigo!

- Às vezes eu só queria um beijo, depois eu penso, quero casar e ter muitos filhos!

- Adotar!

- Não importa, adotar!

- Dizem que a esperança é a última que morre e acaba morrendo, mas como a sua irmã mesmo disse, se declara logo de uma vez! – Aconselhou ela.

- E se eu levar um não? – Questiona ele.

- Todos nós somos passíveis de receber um NÃO! – Disse ela ao entrar na sala de aula.

 

Cena 03 – Diretoria – Dia.

Breno vai até a sala da diretora. Ela tira os óculos e arregala os mesmos para saber de quem se trata.

- Como posso ajuda-lo, rapaz? – Pergunta a diretora.

- Como vai, Diretora? A senhora quer uma ajuda? – Questiona Breno.

- Eu sei muito bem limpar os meus óculos ou pretende me ensinar como devo fazer a limpeza dos meus objetos pessoais?

- Não, jamais.... Aliás, eu gostaria de poder ajudar a ensinar um colega nosso em sua matéria de recuperação.

- Você o que? Espera aí, você está oferecendo ajuda para um de seus colegas a passar de ano?

- Por que não? Eu já estou aprovado para o próximo ano e gostaria muito de ajudar....

- Mas todos da sua sala foram aprovados, hoje mesmo sai o resultado oficial e é o último dia de aula.

- Eu sei, diretora.... A professora acabou de colocar a lista, mas eu sei que o Ricardinho ficou em uma matéria!

- Ricardinho? Mas o Ricardo Botelho é do terceiro ano, como vai ajuda-lo se você ainda não está no terceiro ano? Menino!

- Não é por nada não, mas eu posso sim, afinal, passei com 10 em todas as matérias e não será nada demais ajudar quem precisa. – Disse Breno.

- Muito bem, admiro isso nas pessoas em querer ajudar os outros.... Mas eu vou pensar no seu pedido!

- A senhora vai me ligar?

- Aguarde e saberá.... Nos vemos agora no baile! – Afirmou a diretora.

 

Cena 04 – Escola – Biblioteca – Dia.

Breno chega alegre depois de sair da sala da diretora, ele encontra a amiga Lia na biblioteca.

- Como foi com a Dona Comila? – Questiona Lia.

- Ela disse que iria me responder em outro momento, o que eu não posso é me oferecer ao Ricardinho assim do nada. – Disse Breno.

- A biblioteca vai fechar e só vai abrir depois do baile... Melhor você pegar o livro, caso precise mesmo ajudar o seu CRUSH! – Avisou Lia.

- O que você me aconselha?

- Sobre?

- O Ricardinho.... Eu fico imaginando a gente dividindo o mesmo quarto. Ele debruçado nos livros e eu perto daquela boquinha. Será que eu devo arrancar um beijo dele?

- Não sei se arrancar um beijo assim a força é uma boa opção, ele pode te bater e ainda te acusar de assédio!

- Ai, Meu Deus! Meu rostinho bem cuidado e ser acusado de assédio?

- Sim, beijar alguém sem seu consentimento é assédio!

- Mas é um beijo de amor!

- No seu mundinho, meu amigo.... Não no mundo do Ricardinho! – Lembrou Lia.

 

Cena 05 – Casa de Lia – Tarde.

Lia chega em casa cheia de livros e é recebida pelo cachorrinho da família.

- Oi Luninha! – Disse Lia diante de seu pet.

Pedro sai do quarto e encontra a irmã.

- Eu pensei que você ia chegar com o Breno! – Disse o rapaz.

- O Breno? – Questiona Lia.

- Vocês não iriam decidir que fantasia iriam usar no baile? – Questiona Pedro.

- Ah, deixamos para outro dia.... Ainda faltam 5 dias para o baile a fantasia e não decidimos o que usar. – Comentou Lia.

- Eu também não sei o que usar! – Disse Pedro.

- Pode se vestir de capeta! – Aconselhou Lia.

- Ah, maninha.... Você que é o verdadeiro capeta aqui! – Respondeu Pedro.

- Nem pense em querer sabotar a minha fantasia, agora estou entendendo o momento de perguntas, cuidado ou eu faço a mamãe proibir você de ir ao baile. – Avisou Lia.

Luninha latiu como se estivesse a favor de Lia.

 

Cena 06 – Casa de Breno – Tarde.

Dona Olga estava na cozinha preparando o jantar quando o telefone tocou e ela apressou-se para atender. Era a diretora da Escola.

- Como vai, Dona Camila? – Pergunta Olga.

- Eu vou bem e a senhora? – Pergunta Camila.

- Estou bem, algum problema com o Breno? – Questiona Olga preocupada.

- Nada demais, ele está? – Perguntou a diretora.

- Só um instante que vou chama-lo! – Disse Olga largando o telefone e indo em direção ao quarto do filho.

- Mãe? Que cara é essa? – Questiona Breno ao encarar a mãe.

- É a diretora da escola, está me escondendo alguma coisa? – Pergunta Olga.

- Não, mãe.... Ela só me pediu para ajudar um colega que estava quase reprovando! – Disse Breno.

- Tem certeza?

- Claro mãe, pode perguntar a Dona Comila!

-  Acredito em você, mas não a chame de Dona Comila que ela não gosta....

- Tudo bem, Camila! - Breno correu e pegou o telefone. - É o Breno agora, a senhora já tem uma resposta?

- Você me ofereceu uma ajuda e eu pensei o dia todo, agora eu tenho uma resposta para o seu pedido. Confio muito no seu talento, sei que é um menino de ouro e vai poder ajudar muito o nosso colega Ricardinho.

- Eu vou poder ajudar? Obrigado, Dona Comila!

- Que foi que disse?

- Muito obrigado mesmo, eu adoro ajudar e não quero ver nem um colega meu repetir o ano! – Disse Breno completamente feliz.

- Vem amanhã a escola, obrigada por ser tão gentil! – Agradeceu a diretora.

 

Cena 07 – Quarto de Breno – Tarde.

Depois de desligar o telefone e fugir dos olhos da mãe. Breno corre para o quarto completamente feliz e tranca a porta. Ele suspira por sua paixão e só consegue enxergar o rosto de Ricardinho. Os dois estão juntos e fogos de artifícios são soltos, o céu brilha mais ainda. Os dois aproximam o rosto, quase se beijam, até que Olga bate na porta.

- Breno, a porta está fechada por qual motivo? Abre essa porta! – Exigiu Olga.

Breno teve o seu sonho interrompido e abriu a porta.

- Eu só queria ficar sozinho, mãe! – Disse ele.

- Que fique sozinha, mas mantenha sempre a porta aberta e se acontecesse alguma coisa? – Questiona Olga.

- Que coisa mãe?

- Sei lá, um acidente, você sabe a proporção de acidentes domésticos que acontecem a todo momento?

- Não!

- Não quero essa porta trancada novamente, afinal, o que a diretora queria?

- Mãe, eu já disse!

- E seu boletim?

- Eu mostrei hoje cedo, mãe.... A senhora viu que eu passei com 10 em todas as matérias!

- Eu estava lembrada, mas queria ouvir de você mesmo, não fez mais que a sua obrigação. Agora tenho que correr para a cozinha porque deixei a comida no fogo. E não tranque a porta!

- Tudo bem, mãe!

 

Cena 08 – Casa de Lia – Noite.

Lia está dançando em seu quarto e Pedro chega segurando o telefone.

- Desculpe atrapalhar o seu momento Last Friday Night da Katy Perry, mas é o Breno no telefone! – Disse ele.

- O Breno? – Questionou Lia correndo para desligar o rádio. – Oi Breno!

Pedro fica parado ouvindo a conversa da irmã.

- A diretora deixou eu ajudar o Ricardinho com a matéria! – Contou Breno.

- Jura? E você agora não vai conseguir dormir! – Disse Lia.

- Claro que vou, preciso acordar com a pele maravilhosa amanhã, a Dona Comila disse que eu deveria ir pela manhã na escola e com certeza o Ricardinho vai estar esperando....

- Toma cuidado!

- Sim, sim, sim! Meu coração está pulando aqui dentro, realmente, talvez eu nem durma mesmo....

- Calma, só vai com calma! – Disse Lia. – Boa noite! – Ela desligou e encarou o irmão. – Estava ouvindo a conversa o tempo todo?

- Não, eu nem sei do que vocês estão falando. Agora me conta a verdade. – Pediu Pedro.

- Que verdade garoto?

- Você é apaixonada pelo Breno?

- Que? Claro que não, o Breno é Gay! – Disse Lia.

- O Breno é Gay? – Questionou Pedro.

- Não, eu quis dizer que o Breno é um amigo, ele é como um amigo Gay, não quis dizer que ele é necessariamente Gay! – Explicou Lia.

 

Cena 09 – Casa de Lia – Dia.

Leonardo e a esposa Fernanda tomam café. Lia e Pedro chegam para a refeição.

- Bom dia! – Disse Fernanda.

- Bom dia.... Mamãe e papai! – Respondeu Pedro.

- Bom dia! – Disse Lia.

- Está tudo bem, Lia? – Pergunta Fernanda.

- Está tudo bem! – Respondeu Lia.

- Você não mostrou o Boletim com suas notas! – Disse Leonardo.

- Eu trouxe o meu e o dela! - Disse Pedro recebendo um beliscão da irmã.

- Deixe-me vê! – Pediu Leonardo.

- Não acredito, você tirou um sete em português? – Disse Fernanda arregalando os olhos sob o boletim nas mãos do marido.

- O que significa isso, Lia? – Questiona Leonardo.

- Eu errei algumas questões na prova, mas o importante é que passei! – Disse Lia.

- E você acha isso bonito, filha? Veja as notas do Pedro. A mínima foi um 8 e foi em matemática. – Disse Fernanda.

- Você tem que melhorar muito no ano que vem, filha! – Disse Leonardo.

- Eu fui aprovada! – Disse Lia.

- Mas não teve uma nota consideradamente boa, quando meus amigos falarem de seus filhos com boas notas, eu serei obrigada a mentir? – Questiona Fernanda.

- A senhora não precisa falar das minhas notas para outras pessoas, elas não têm nada com a minha vida! – Disse Lia.

- E o Baile ela pensa direto, mas no assunto da matéria! – Disse Pedro.

- O baile é para os alunos do terceiro ano, vamos pensar se a Lia deve ir ao baile, afinal, ela não se dedicou muito a matéria que precisava! – Disse Fernanda.

- Vão me proibir de ir ao baile? – Questiona Lia.

- Iremos pensar sobre isso, filha! Ano que vem você tem o seu baile! – Disse Leonardo.

 

Cena 10 – Escola Dolores & Dolores – Dia.

Breno chegou com sua mochila e um livro nas mãos. A escola estava quase vazia, havia apenas alguns estudantes que ficaram em recuperação. Ele passou por uma sala e estava ali Ricardinho com a professara da matéria que ficou em recuperação.

- A prova final será depois do baile, você tem todos os assuntos que vai cair na prova e tem que estudar muito. – Avisou a professora Ivete.

- Eu vou focar agora, professora! Eu sei que brinquei muito durante as aulas e agora estou passando por isso por minha culpa. – Disse Ricardinho.

- Mas ainda tem uma chance e espero que saiba usá-la....

- Pode deixar comigo!

- Então, até o baile!

- Eu não sei se vou ao baile, eu nem fui aprovado ainda!

- Bem, eu espero que seja aprovado e que vá a sua festa de formatura. Boa sorte! – Disse a professora saindo.

Ricardinho olhou para a porta e viu Breno.

- Oi! – Disse Breno.

 

Continua no próximo capítulo....


Notas Finais


Sim, a primeira cena é uma referência ao clipe épico do Michael Jackson.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...