História Bela Rosa - Capítulo 16


Escrita por:

Postado
Categorias Miraculous: Tales of Ladybug & Cat Noir (Miraculous Ladybug)
Personagens Adrien Agreste (Cat Noir), Alix Kubdel, Alya, Chloé Bourgeois, Hawk Moth, Lila Rossi (Volpina), Marinette Dupain-Cheng (Ladybug), Plagg, Tikki
Tags Adrienette, Amizade, Marichat
Visualizações 35
Palavras 1.217
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Famí­lia, Fantasia, Ficção Adolescente, Fluffy, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Obrigada pelos quase 50 favoritos . Espero que gostem do capítulo
Uma boa leitura.

Capítulo 16 - Uma armadilha para Rena Rouge ?!


_ Ladybug, por favor. Me deixe lutar com a Volpina. Ela Arruinou a reputação das Renas Rouges do passado. Me dê uma chance. Que prometo, que vai ser uma luta justa. - Rena Rouge olhou para a joaninha.

 

 

_ Rena Rouge. Tem Certeza, que não vai cair nas mentiras de Volpina ? Ela é muito sagaz, quando quer. - Carapace chamou a atenção da namorada com um olhar sincero.

 

 

Desta vez, concordo com o Carapace. Tem que tomar cuidado com a Volpina. Ela já enganou a Ladybug, usando uma ilusão do amor dela . E não hesitaria em usar a ilusão com você. - Queen Bee lembrou sobre a primeira vez que os heróis lutaram contra Volpina .

 

 

 

_ Também tenho o poder da ilusão. Não vou deixar que ela use o mesmo. E também, a minha irmã é lutadora profissional. Ela me ensinou muitas coisas. Não preciso do meu poder, que somente posso usar uma vez . Posso dar uma boa surra na Volpina. Assim limpar a honra das portadoras antecessoras. - Rena Rouge fez uma pose séria .

 

 

_ Bem, como eu confio muito em você, Rena Rouge. Pode ir lutar contra a Volpina. Espero que tenha sucesso. - Ladybug autorizando a ida da raposa .

 

 

 

Tem certeza, que quer realmente deixar a Rena Rouge lutar contra a Volpina ? - Chat Noir perguntou preocupado a parceira.

 

 

 

_ Confio nela . - Ladybug falou ao parceiro.

 

 

 

_ Muito obrigada , Ladybug. Prometo que não vou decepcionar. - Rena Rouge vibrou com o voto de confiança da joaninha .

 

 

 

_ Tenho a certeza que não vai, Rena Rouge. - Ladybug falou com segurança para a Rena Rouge.

 

 

**

 

 

Com o voto de confiança , Rena Rouge deixou os heróis para trás , caminhando decisiva até a Volpina, que continuava a procurar por algum sinal de Marinette ou Luka, o que seria em vão , porque os dois já tinham ido embora há um bom tempo.

 

 

**

 

 

_ Volpina, quero falar com você. - Rena Rouge chamou a atenção da vilã.

 

 

 

 

_ Ora, ora, senão é a minha inimiga principal. - Volpina sorriu maliciosa .

 

 

 

 

_ Não venha com os seus joguinhos, Volpina . - Rena Rouge disse à vilã.

 

 

 

_ Joguinhos ?! Do que está falando ?! - Volpina riu da heroína.

 

 

_ Nem adianta em fingir , Volpina. - Rena Rouge olhou séria para a vilã risonha.

 

 

Ah, você me mata de rir, Rena Rouge. - Volpina continuou a rir provocadora .

 

 

 

 

_ Pare de rir, Volpina. Não estou gostando disto. -  Rena Rouge falou com pouca paciência. 


 

_ Ah, você anda muito estressada , Rena Rouge. Porque não para de ficar brava com pouca coisa. E me ajuda a encontrar a Marinette e o Luka?! -  Volpina riu abertamente ao pedir ajuda. 


 

_ Jamais faria isso , Volpina. Ao contrário de você, não sou uma traíra qualquer. Não vou continuar a ouvir você. Pode rir a vontade, pode tirar sarro. Que estou nem aí. - Rena Rouge falou honesta ao encarar a rival. 


 

_ Ah, como você é desmancha prazeres, Rena Rouge. Já que não quer me ajudar com a minha vingança. Vou ter que fazer isso…  - Volpina foi com o braço direito para pegar a sua flauta.   


 

_ Pode vir , já conheço o seu truque. - Rena Rouge avançou de surpresa. 


 

_ Duvido …  - Volpina riu abertamente ao dar um salto em pleno ar . 



 

_ Volte aqui, sua covarde . - Rena Rouge deu um forte impulso  para ir atrás da vilã. 


 

***



 

 As duas raposas começaram a uma perseguição, Volpina ria muito ao tentar fugir de Rena Rouge, que tinha determinação , além do voto de confiança inabalável de Ladybug, que tinha a absoluta certeza , que a raposa verdadeira não ia desapontar. 


 

Ao ver o começo da perseguição das raposas, Carapace entrou em aflição ,preocupadíssimo com a sua namorada, que Provavelmente, estaria caindo em uma armadilha, parecia com o dia dos heróis. 


**


 


 

_ Ladybug, precisamos ir atrás das duas. Volpina pode esperar atraindo a Rena Rouge para uma armadilha. Até sabe, que ela já te pegou uma vez , usando uma ilusão do menino que gosta. Não podemos deixar isso acontecer. Prometi a irmã mais velha dela , que ia proteger. Não posso ficar de braços cruzados, e deshonrar a minha promessa com a irmã dela. - Carapace exclamou aflito.


 


 

_ Sim, my lady. Sei que a Rena Rouge é muito forte. Mas, isso é problema que precisamos resolver. - Chat Noir falou à joaninha ao olhar fixo para o Carapace.


 

_ Concordo, Ladybug. Nem conheço a Volpina, mas sei dos problemas que causou. Ela pode usar a lealdade da Rena Rouge tem por você. Para tirar vantagem. - Viperion apoiou os companheiros.


 


 

_ Gostaria ter ido primeiro. Assim poderia usar o meu poder . Que em dois tempos, teria paralisado a Volpina. Que nem fiz com o Ditador, que no caso , foi o meu pai. - Queen olhou feroz para Ladybug.


 


 

_ Sei que o seu poder é muito útil, Queen Bee . Concordo com todos. Vamos indo atrás delas. - Ladybug viu que não tinha escolha .


 


 

_ Sei que está quebrando o seu voto de confiança com a Rena Rouge. Sei que ela vai entender acima de tudo. - Carapace ficou aliviado com a decisão de Ladybug .


 

_ Mas, se ela brigar com a Ladybug ? - Queen questionou Carapace.


 


 

_ Eu converso com ela. Sei como entender a minha namorada. Afinal de contas, já sabemos a identidade um do outro. - Carapace respondeu com dignidade.


 


 

_ Ah, muito bem. Já resolvemos tudo ? - Ladybug falou um pouco impaciente aos companheiros.


 


 

_ Sim. - Todos falaram ao mesmo tempo.


 


 

_ Vamos indo... - Ladybug pegou o seu ioiô na sua cintura, indo procurar um local próximo para jogar o ioiô .


 


 


 

_ Ladybug, espera... - Chat Noir correu rapidamente para chegar perto da joaninha.


 


 

_ Sim, Chaton. O que foi ? - Ladybug perguntou para o companheiro.


 


 

_ Ah, olha, eu senti que você está um pouco impaciente com os nossos amigos. Você os escolheu para ajudar. Não adianta em ficar com raiva das coisas. Precisa focar na Volpina. Existe um motivo para que o seu primeiro talismã ter pedido ajuda. Precisa ser mais fléxivel. - Chat Noir aletrou para a joaninha.


 


 

_ Ah, me desculpe, Chaton. Ontem tive um dia difícil. - Ladybug reconhecendo o conselho do parceiro.


 


 

_ Todo mundo tem um dia difícil, my lady. Você não é a única exceção. - Chat Noir olhou compreensivo para a joaninha.


 


 

_ É mesmo. - Ladybug falou ao respirar fundo.


 


 

_ Bem, vamos indo. Precisamos resolver tudo isso. E seja mais fléxivel com eles. Eles te admiram muito. - Chat Noir pegou o seu bastão por atrás do uniforme.


 


 

_ Vocês vem ? - Ladybug perguntou a Carapace, Viperion e Queen Bee.


 


 

_ Estamos indo. - Todos os heróis indo rapidamente na direção dos hérois.


 

**


 

Depois disto, todos os heróis partiram em busca de Volpina e Rena Rouge, e Carapace estava aflito com a namorada, tremendo que ela estava sendo enganada pela vilã.


 


 

Algumas quadras à distância, um pouco distante da escola, Rena Rouge tinha seguido a vilã, desde que ela tinha escapado da escola , chegando ao um local abandonado .


 


 

Aquilo deixou Rena Rouge em aletra , olhando para o seu redor com cautela.


Notas Finais


me desculpe por algum erro;


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...