História Belas Mentiras - Capítulo 17


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Tags Bts, Jikook, Jimin!bottom, Jungkook!top, Kookmin
Visualizações 129
Palavras 861
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Lemon, LGBT, Policial, Romance e Novela, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 17 - Capítulo Dezesseis


Jimin


Nunca me senti tão vivo, como se estivesse vivendo a vida, em vez de deixá-la passar. Mesmo esmagado entre corpos quentes se contorcendo na pista de dança, tudo o que sinto é o calor de Jungkook ao meu redor, seu corpo firme roçando no meu, no ritmo da música sensual.

Suas mãos deslizam pelo meu corpo, e as luzes pulsam à minha volta. Então ele me vira de costas e me puxa para junto de si, esfregando o quadril em mim. O fogo flui pelo meu corpo, deixando minha cabeça leve e meus membros, pesados.

— Como se sente? - incita ele, seus lábios encostando na minha orelha.

— Maravilhoso. Que tal outra dose?

— Só mais uma - concorda ele. — Não quero que você fique bêbado. Quero que você se sinta relaxado, mas que consiga raciocinar. E sentir… outras coisas.

Fico todo arrepiado.

— Então só mais uma. Não quero perder… as outras coisas.

Adoro essa sensação. Todas essas sensações. Acima de tudo, adoro estar com Jungkook. Tocá-lo e ser tocado por ele. Adoro a expectativa que surge entre nós. Adoro o fato de ele estar zelando por mim, que esteja me proporcionando diversão em um momento “não tão divertido”. Adoro o fato de ele ter tentado ficar longe de mim e não ter conseguido. E de ter desistido de tentar. E de ter admitido isso. Adoro tudo sobre ele e esta noite.

— Fique aqui. Eu volto logo.

Olho por cima do ombro e vejo os olhos de Jungkook. Nas luzes cintilantes da boate, eles são escuros e misteriosos. E também reveladores. Ele me quer. E não tenta esconder isso.

E eu não quero que ele esconda.

— Vou ficar esperando - digo, mantendo meu olhar fixo no dele, até ele sumir na multidão.

Então inclino a cabeça para trás e me deixo levar pela batida da música. O barulho é alto e envolvente. E expulsa tudo. Tudo, exceto o que quero dentro de mim. Jungkook.

Ele é tudo o que quero dentro de mim esta noite. Ele e todas as experiências e sensações que puder me mostrar.

Levanto os braços, curtindo o modo como os corpos à minha volta balançam, no ritmo do meu corpo; no ritmo da música. O ritmo comanda a noite. E eu me deixo levar por ele, me deixo levar pela dança. A dança da boate. Minha dança e de Jungkook. Simplesmente me deixo levar.

E nunca me senti tão livre.


Jungkook


Volto para junto de Jimin, carregando as bebidas. Trago na cintura uma garrafa de água. Ele vai precisar.

Vou abrindo caminho por entre a multidão de corpos, até que se separem o bastante para que eu possa vê-lo. Seus olhos estão fechados e seu corpo dança na batida da música.

Então paro para observá-lo. Fico fascinado pelo doce balanço dos seus ombros, hipnotizado pelo movimento sugestivo do seu quadril. A forma como se move… Cacete, é tão sexy! Acho que Jimin não faz ideia da sensualidade natural que ele possui, do encanto que exibe, sem nem ao menos se esforçar para isso. Eu conheci muitas pessoas. Muitas pessoas bem experientes em conseguir o que querem, em atrair um homem, mas nenhuma delas nunca me deixou tão cheio de desejo como Jimin.

Eu o quero. Quero tomar o que ele não deu a mais ninguém. Quero ser o primeiro a mostrar tudo a ele. E ser aquele que ele nunca irá esquecer. Ele é como a tela em branco que eu tanto desejo na minha arte. Quero deixar nele a minha marca. Para sempre. Este pensamento invoca o homem primitivo que existe em mim, o animal e o conquistador.

Então caminho em sua direção. E como se sentisse a tocaia do seu predador, ele abre os olhos e me fita. Seus lábios se curvam levemente, num meio sorriso provocante que me faz pensar em jogá-lo em uma cama, virá-lo de bruços e penetrá-lo por trás.

Eu trinco os dentes. Minha paciência está no limite.

Quando paro diante de Jimin, ele pega o copo da minha mão e o saleiro, que está na dobra do meu braço.

— Vou ser o primeiro de novo - avisa, com um brilho provocante nos olhos. Antes que eu possa argumentar, ele lambe o meu pescoço e se afasta para jogar um pouco de sal na pele úmida. Sinto o sal nos braços e no peito, e fico na dúvida se ele jogou na área que havia pretendido, mas não dou a mínima para isso.

Com os lábios e a língua, ele lambe o sal do meu pescoço, vira sua dose e chupa o limão. Enquanto ele me olha, mantendo a fatia de limão amarelada entre os lábios, percebo o desafio em seus olhos. E então minha paciência se dissolve como o sal na sua língua.

— Sabe de uma coisa? - Puxo Jimin para junto de mim, para que ele possa me ouvir.

E para que eu possa senti-lo.

— O quê?

— Tem tequila, limão, sal e música na minha casa.

Então me afasto e o observo. Seus olhos de ônix procuram os meus. Ele sabe o que estou querendo dizer, o que estou pedindo.

— Então vamos.

Entrego meu copo para o cara que está atrás de mim e seguro a mão de Jimin, levando-o para a porta. Vamos correndo para casa.


Notas Finais


oi anjos, sei que o capítulo está minúsculo, mas amanhã eu vou atualizar novamente, ok? Estou seguindo os capítulos do livro, alguns são capítulos pequenos e outros são grandes.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...