História Beleza através do olhar - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Drama, Fantasma, Kim Taehyung, Morte, Revestrés, Romance, Taetae
Visualizações 32
Palavras 573
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Poesias, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural
Avisos: Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Fotinha fofis pq hj o capítulo promete ;-;


Desculpem os erros e boa leitura!!!! <3

Capítulo 7 - Era pra ser um lanche


Fanfic / Fanfiction Beleza através do olhar - Capítulo 7 - Era pra ser um lanche

Após horas e horas conversando com o médico eu e Taehyung fomos pro meu apartamento.

_Ah! Finalmente CASA! – digo jogando as chaves em cima do sofá, porém o ruivo continuava calado como no percurso inteiro.

                  

_Vamos comer algo? Ei... O que houve? – levanto o rosto do mesmo com os dedos para que me encarasse.

 

_E- eu não suportaria... – disse baixinho fazendo com que eu não entendesse quase nada.

_Como? O que não suportaria?

_Perde-la, eu não sei o que faria se te perdesse – diz entre lágrimas.

_Ei! Calma não irá me perder, eu sempre vou estar com você, eu te amo! – dou um beijo demorado no mesmo após limpar as lágrimas em seu rosto.

_Bom, vamos comer algo, que tal sanduíche de doce de leite com nozes – faço uma carinha fofa.

_Ok, pode ser – fala me abraçando.

   Enquanto fazia os sanduíches Tae lavava a louça que estava suja.

 

 

                             Ponto de vista Taehyung

 

 

 

   Quando acabei de lavar a louça fiquei olhando para a Júlia, como era linda e só de pensar em perdê-la me corta o coração e eu não posso deixar isso acontecer, ficava observando-a a cada movimento, o jeito que cortava o pão ao meio depois de rechear, ficando assim em formato de triângulo, após ela terminar de fazer o lanche fez uma coisa que me tirou umas risadas.

 

_Hummm, como esse negocio é bom – digo lambendo o pote de doce – Como é possível, isso é feito por anjos – faço uma cara de nuvens.

_Deve estar bom mesmo, pela sua cara – diz entre risadas.

 

_Do que está rindo – faço cara de brava.

_O seu rosto – aponta pro meu rosto.

   Passo a mão do lado oposto _E agora?

_Não muito – ele se levanta e vem ao meu encontro.

_Agora sim! – lambe onde estava sujo.

_Poderia ter usado um pano... – coro bruscamente.

 

_Realmente poderia, mas não quis – diz me olhando esquisito.

 

_O que foi? Ta me olhando assim por quê?

_Não sei, que tal a gente aproveitar? – pergunta com um tom malicioso.

_Aproveitar o que? – fiquei confusa.

_A gente – dito isto ele me imprensa na parede gelada da cozinha me entre beijos, involuntariamente passo minhas pernas na sua cintura aprofundando o beijo, seu corpo quente quase febril e a parede fria junto ao meu estava me deixando louca me separo dele o tempo suficiente para irmos pro quarto, chegamos esbarrando em tudo e tirando as roupas.

 

_Tae... – digo manhosa – A c-camisinha...

  

   O ruivo abre o criado mudo pegando uma camisinha.

_Quer colocar? – me pergunta.

_Quero! – coloco nele, que se posiciona entre minhas pernas.

_Tem certeza? Pois se não tiver paramos por aqui, eu não quero forçá-la a nada e...

_Tenho – queria aquilo mais que tudo.

 

_Vou devagar – me penetra com delicadeza e inicia outro beijo para me distrair da ardência e dor.

   Após um tempo imóvel assinto com a cabeça para que começasse os movimentos e vai e vem, mordia meu lábio para amortecer os gemidos, mas tarefa difícil.

_Ah! Ma-mais rápi-pido – não agüentava a velocidade lenta que Taehyung estava, parecia com medo de me machucar, mas só foi pedir que o mesmo estocasse forte e profundo me fazendo gemer igual uma louca; depois de umas dez estocadas me desmancho toda em seu membro e logo após o ruivo se joga exausto ao meu lado com dificuldade de respirar.

 

_Preciso de um banho – me levando em direção do banheiro.

 

_Vamos – se levanta também.

_Juntos? – nunca  tomei banho com ninguém.

 

 

 

 

             E, porque não?...

 

                                                                                                   

 

                                                                       

 

                                                                                      ...continua <3

 


Notas Finais


Vixe q hot, kaskaskaska mds esses dois em <3

Espero que gostem!!! (^_^)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...