História Beleza através do olhar - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Drama, Kim Taehyung, Morte, Revestrés, Romance, Taetae
Visualizações 3
Palavras 767
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Poesias, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Eu sinceramente não tenho palavras para descrever este capítulo.



Espero que gostem e boa leitura! <3 :´(
*Spoiler 1*"Era uma vez... Não! Infelizmente esta não é uma história de contos de fadas, essa é a minha história e ela não tem um final feliz; esta é a história de como eu morri."

Capítulo 8 - Uma despedida dolorosa


Fanfic / Fanfiction Beleza através do olhar - Capítulo 8 - Uma despedida dolorosa

 

   Tomamos banho juntos, rolou umas mãos bobas e alguns beijos nada, além disso, deitamos e dormimos agarradinhos.

 

   Após aquela noite Taehyung e eu ficamos mais próximos do que nunca, perdi a conta de quantas vezes ri em sua presença e quantas dormimos juntos, sem sombras de dúvidas aquele ruivo preenchia a minha vida com uma leveza e doçura infindável, porém meu tempo estava acabando e eu fazia questão de dizer a ele o quanto o amava, todas as noites antes de dormir eu fazia um carinho especial no mesmo, tinha o costume de passar o dedo indicador de sua testa até a ponta do nariz sussurrando * Eu te amo pra sempre...* . Tudo estava ocorrendo muito bem, até a minha doença se agravar, nesse estágio não tinha mais volta e eu sim, sabia que precisava de uma despedida inesquecível para quem tanto amo e sempre vou amar.

 

_Amor... – digo para prestar atenção em mim.

_Hun vida, o que quer? – olha fixamente nos meus olhos.

 

_Você sabe que eu te amo né.

_Sim meu amor...

_Mas eu te amo muito mesmo.

_Ei, o que foi? Por que está falando assim?

 

_Nada eu apenas quero que saiba que eu sempre vou estar com você, mesmo que pareça estar tudo ruim quero que sorria, pois este seu sorriso muda tudo –o ruivo prestava atenção a cada palavra minha -  , nunca desista do que quer, seja sempre doce isso é uma característica sua que mais me chama atenção, você é a pessoa em que eu mais confio meus segredos e desejos e um deles é que quando eu não puder estar presente nunca esqueça de ser a pessoa por quem me apaixonei perdidamente – após minhas palavras o ruivo já não agüentava mais segurar a vontade de chorar.

 

   Colocou a mão em meu rosto _ “EU” te amo pra sempre – disse já chorando _Por que eu sinto que isso é uma despedida – sua voz falhava.

_Não é uma despedida – não confiei em uma sequer palavra que saiu de minha boca – Eu apenas quero deixar claro o amor incondicional que sinto por você. Após este momento nos amamos loucamente aquela noite como nunca, sentia em mim uma despedida.

 

 

                             Ponto de vista autora

 

 

   No dia seguinte Júlia não acordou Taehyung desesperadamente á levou para o hospital na esperança de que a mesma voltasse como das outras vezes, mas desta vez foi diferente, se sentiu destruído por dentro depois de ouvir o que tanto temia “Ela não agüenta mais, esta fraca e infelizmente não conseguirá sair daqui com vida”.

 

 

 

 

 

 

_Ei! Não me deixe, saiba que eu te proíbo de me abandonar – falava com o corpo imóvel e fraco da sua amada.

 

   Aos poucos Júlia abriu os olhos e sentiu como se espinhos fossem enfiados em seu peito ao ver o rosto do seu ruivinho cheio de lágrimas.

 

_Tae... - disse com voz baixa.

_Meu amor... – me abraça com ternura.

 

_Você está péssimo – digo tirando uma risada seca do ruivo.

_Já se olhou no espelho – começo a rir, mas tusso.

 

_Calma, você vai ficar bem – vejo mais lágrimas percorrerem seu rosto angelical.

_Eu sei que não tenho mais jeito – olho para baixo, na tentativa de esconder o choro.

_Por favor, não diz isto... – já chorando.

 

_Não faz isso ficar pior – olho para ele com certo cansaço.

 

_Eu não sei o que eu vou fazer sem você, não tenho mais vida, acabou tudo – fala num fio de voz que lhe restava.

 

_Eu te amo pra sempre – dito isto o mesmo se abaixa em minha frente para que pudesse fazer a carícia de costume, mas quando cheguei com o dedo na ponta do nariz minha mão despenca e cai na cama.

 

_Júlia – me chama e ao não obter resposta puxa o corpo não mais com vida para si – Por favor, volta não faz isso comigo – entra o médico Luís – Ei! Ajude-me ela não está respirando, não sei o que eu faço – diz angustiado com um fio de esperança em ver os olhos do seu amor novamente como antes.

   Com certo pesar o médico fala o que Taehyung não estava preparado para ouvir.

_Hora da morte às 9h e 45min – coloca a mão no ombro de Taehyung – Eu sinto muito.

 

 

                         Ponto de vista Taehyung

 

   Cheguei ao apartamento que dividia com a Júlia na esperança de me recordar dela, ou pelo menos tentar suprimir aquela saudade que sentia após perdê-la de uma forma tão dolorosa possível, mas quando entrei não acreditei no que via.

_J Ú L I A! – talvez meus olhos me pregassem uma peça, mas aquilo era tão real...

 

   Eu queria tanto que fosse...

 

 

 

 

                                                                                   ...continua <3


Notas Finais


EU CHOREI TANTO ESCREVENDO ESTE CAP MDS!!! estou sensível :´(


Mas será que Taehyung realmente estava vendo a Júlia ou era apenas seus olhos lhe pregando uma peça? veja no próximo capítulo
*Spoiler2* Achou que acabava por aqui? Se enganou ainda tem muita coisa pra rolar... ^-^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...