História Believer - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Shingeki no Kyojin (Attack on Titan)
Personagens Armin Arlert, Bertolt Hoover, Eren Jaeger, Erwin Smith, Farlan Church, Grisha Yeager, Isabel Magnolia, Kenny Ackerman, Levi Ackerman "Rivaille", Marco Bott, Mikasa Ackerman, Personagens Originais, Reiner Braun
Tags Eren Jaeger, Ereri Romance, Levi Ackerman, Lutador Eren
Visualizações 259
Palavras 2.106
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Esporte, Fluffy, Lemon, Luta, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shounen, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi, meus amores! ,❤❤😍❤😍❤😍 tenho uma surpresinha para vocês! Espero que gostem e não se esqueçam de comentar❤😍

Capítulo 5 - Cio


                   Pov Levi

"Finalmente.. " falo abraçando o Eren, que tinha entrado no quarto.

"Você está bem?" pergunta me olhando carinhosamente

"Sim, estou.. As cólicas estão pequenas.." falo ainda abraçado a ele.

"Meu pequeno, amor.. "  fala beijando o meu pescoço

"Alfa.. " sussurro, arranhando sensualmente seus ombros "Eu te amo.."

"Eu também te amo, meu amor.. " fala, nos encaramos e aos poucos nossos rostos iam se aproximando, até nos beijarmos.

Sua mão passava pela minha bunda, apertando ela lentamente. Ele desde os beijos pelo meu pescoço onde ele deixa alguns chupões.

"Eren.." deixo alguns gemidos baixos escaparem da minha boca, me deixando completamente envergonhado.

"Não segure seus belos gemidos.." sussurra no meu ouvido, antes de lamber o meu pescoço e orelha. "Você é tão gostoso.. Tão bom pra mim.." fala mordendo levemente minha glândula, mas não forte o suficiente para marcar.

"Alfa.. Por favor.. " sussurro, lágrimas escorriam nos lados dos meus olhos. "Agora não.."

"Desculpe, desculpe.. " fala me colocando deitado na cama "Me desculpe, não quis apressar as coisas. " fala, deixo um sorriso

"Eu preciso descansar, acho que no meio da noite chegará.. E acho melhor você também descansar, você vai precisar de toda sua energia focada em mim." falo e ele se deita ao meu lado na cama.

"Sim.. "Fala fazendo uma massagem no meu ombro e beijando o local. "Eu amo você.. Pequeno anjo. "

"Eu também te amo, meu grande lutador.. " falo me ajeitando no seu peitoral e dormindo "Você é tão quentinho.." sussurra no sono

Eren deixa um sorriso ao ouvir isso, ele continua fazendo um cafuné na cabeça do pequeno. Depois de alguns minutos, o mesmo caí no sono. Abraçado protetoramente  ao seu pequeno omega.

                Pov 3 pessoa

"Eren...alfa.. Acorde.." fala o pequeno enquanto se contorcia pela dor, suas pernas se esfregavam uma na outra a procura de fricção em seu pênis, enquanto sua entrada escorria a lubrificação natural. " Eren.." sussurra e dessa vez o seu alfa acorda

"Já? Certo... " fala ficando sentado na cama, observando a situação de seu omega. "Eu vou cuidar tão bem de você... Você irá se sentir tão bem.." fala beijando o pescoço do menor.

"Alfa.. Por favor.. " geme o pequeno

"Eu sei.. Eu irei te ajudar.. " fala descendo os beijos, aos poucos e com bastante cuidado. Começa a tirar a roupa do menor, deixando o mesmo a sua mercê.  "Seu cheiro é tão bom.."

"Alfa.. É minha primeira vez.. Por favor, seja gentil.. " fala o pequeno corado

Eren ao ouvir isso para por alguns instantes, mas logo volta. "Não se preocupe, serei cuidadoso. " fala puxando um beijo.

Logo ele retira suas roupas, ficando completamente nú na frente do omega, que ao ver o seu alfa fica corado.

"Tão grande.." sussurra, seu olhar não saia do pênis do maior.

"Gosta do que vê, pequeno?" pergunta provocando e o mesmo acena.

"Eren ah! " grita de prazer ao sentir o alfa, chupar a cabeça do seu pênis. "Alfa.. Alfa.. Ah.. Eren.. Eren, sim! Ah..ah" seus gemidos distorcidos.

Eren aproveita que o pequeno estava em focado no prazer que estava recebendo, e coloca um dedo na entrada do mesmo.

"Droga.. Você é tão apertado.. " sussurra antes de voltar a chupar o pênis do Levi, que apenas se contorcia pelo prazer que estava recebendo em dobro.

Depois de ter se acostumado com um dedo, Levi se movimenta um pouco, fazendo com que Eren colocasse o segundo dedo dentro e fizesse movimentos de tesoura e penetração.

"Alfa.. Eu.. Eu.. Ah.. " geme, se aproximava rapidamente do seu ápice. A cio o deixava mais sensível, e o seu alfa não ajudava muito fazendo aqueles movimentos na sua entrada, e no seu pênis.

Eren o vira, deixando o mesmo empinado na sua frente. " Eren, isso é vergonhoso!" fala corado

"Você estava gritando o meu nome a alguns minutos atrás.." sussurra no seu ouvido, e então começa a distribuir beijos em sua costa, até chegar em sua bunda.

Ele mordisca sensualmente a bunda do pequeno, e o mesmo se contorce, gemendo ainda mais alto. E então..

"Ah, droga, Eren, sim! " grita de prazer.

Eren chupava e enfiava a língua dentro de sua entrada, deixando ainda mais molhada. Seu lubrificante escorria pelas pernas junto da saliva que o alfa usava.

Sem que percebesse, Levi empina ainda mais sua bunda para o alfa, que rosna satisfeito pela ação do omega.

Eren para de chupar a entrada e coloca três dedos de uma só vez dentro do pequeno, ele estava perdendo a paciência. Seu pênis do estava tão duro, ansiando pela liberação.

"Eren.. Estou pronto. " fala o pequeno corado.

"Eu te preparei, mas aviso que vai doer.. É sua primeira vez, e tem o nó também.. " fala esfregando as suas glândulas

"Tudo bem.. Eu confio em você, meu amor.."  Fala sorrindo docemente

"Obrigado.. Eu também confio em você. " fala e eles se beijam amorosamente.

Eren vira o Levi cuidadosamente, o deixando de frente para sí. Ele coloca um travesseiro embaixo do pequeno para ficar mais fácil a penetração. Aos poucos Eren se aproxima do rosto do Levi, fazendo um carinho em uma de suas bochechas, antes de colocar suas mãos ao lado da cabeça do Levi e beijá-lo.

O beijo era sedento de amor e luxúria. Aos poucos eles quebram o beijo.

"Posso?" pergunta o maior.

"Sim, por favor.." fala com um sorriso.

Eren se ajeita na entrada do menor, forçando um pouco a sua entrada. O pequeno se contorcia pelo queimor, aos poucos a glande entra.

Lágrimas rolavam pelos olhos do Levi, a dor e o prazer misturados. Seu rosto corado, um pouco de saliva no canto de sua boca e as lágrimas. A visão mais prazerosa que Eren já viu.

Já sem muita paciência, e com muita vontade de estar totalmente dentro do seu omega, com apenas um impulso, Eren entra completamente no menor.

Ao sentir seu alfa completamente dentro de sí, Levi geme baixinho de dor pela enorme intrusão em seu ânus. Mas seu alfa sabia o que fazer, e para aliviar sua dor, começa a masturbar o mesmo até se acostumar.

"Droga, Eren.. Por que tinha que ser tão grande?" pergunta com lágrimas

"Me desculpe.." sussurra no ouvido dele, antes de lambê-lo. "Você é tão bom.. Tão apertado.." continua.

"Por favor.. Movimentos.." fala. Essa era a deixa que faltava, para o Eren começar a se movimentar.

Lentamente, Eren começa a fazer os movimentos. Sempre olhando para o rosto do amado, esperando alguma feição de dor.

"Rápido.Eren..ah.." geme

Ao ouvir isso, o maior puxa seu comprimento por inteiro para fora e volta com tudo dentro do menor, que gemia loucamente com a agressividade de seu alfa. Pouco se importava se amanhã tivesse alguma dificuldade de andar ou se sentar.

Levi se agarra nos ombros do maior, arranhando e deixando uma fina linha de sangue escorrer. Cada estocada o mesmo podia ver estrelas. E para ajudar o seu alfa nos movimentos, passa suas pernas em volta da cintura do maior. O deixando mais aberto para ser fodido.

"Isso, Eren... Sim! " grita em meio aos gemidos

"Você gosta de ser fodido loucamente? Hun? " provoca enquanto dava mais uma estocada forte.

"Sim, alfa.. Eu amo.. " com o ritmo das estocadas aumentando, as palavras que saíam da boca do mesmo passaram a ser incompreensíveis, apenas seus gemidos.

Eren continua suas estocadas fortes e violentas, a cama batia brutalmente contra a parede. E os gemidos do Levi, como se fossem sussurros em seu ouvido não ajudava muito. Suas presas roçavam a glândula, o menor ao sentir se arrepia e arranha ainda mais.

"Eren, alfa.. Eu preciso!" grita em êxtase

"Eu vou lhe dar tudo o que quiser.. Apenas peça.. Implore. " fala rosnando baixinho

"Por favor, alfa.. Por favor, eu preciso do seu grande nó me prendendo.. Por favor, me deixe ficar com os seus filhotes.. Por favor, por favor.." fala com lágrimas

"Claro, meu pequeno. " fala dando um sorriso de lado.

Ele aumenta o ritmo de suas estocadas, atingindo várias vezes sem parar a próstata do menor. Eren começa a masturbar o pequeno rapidamente, depois de alguns minutos o mesmo goza. Aproveitando esse momento, Eren se aproxima da glândula e a morde. Assim ele vêm dentro do Levi e o seu nó os prende.

Levi grita de dor, era a pior dor que poderia sentir. Sentia ser rasgado com o nó, a mordida queimava, e o sêmen dele dentro de mim não me ajudava de jeito nenhum. Dou alguns murros fracos no ombro do Eren, tentando o empurrar para longe de mim e fazer com que ele saía.

"Eu sei que dói.. Mas se eu tirar agora com o nó, você poderia ser rasgado." fala lambendo minhas lágrimas e fazendo um carinho na minha bochecha.

"Eren.. Isso dói muito.. " falo com lágrimas e ele me encara tristemente

"Desculpe.. Eu sabia, você não estava preparado o suficiente. " fala tristemente

"Eren.. Estou dizendo que dói, é não que não gostei. Pelo contrário, eu amei.. Mas ainda dói, já que foi minha primeira vez.." falo corado

"Sem arrependimentos?" pergunta

"Sem arrependimentos." concordo

                   Pov Levi

Depois de alguns minutos, o nó se desmancha e o Eren caí deitado do meu lado. Respiravamos pesadamente, meu corpo estava dolorido e principalmente cansado.

"Eren.. Vamos tomar um banho. " falo e ele me encara

"Não é melhor amanhã? Logo você estará querendo outra rodada e é melhor aproveitar o sono.. " fala

"Minha próxima rodada, é amanhã de manhã. " falo e ele dá os ombros e se levanta, me pegando no estilo noiva.

Entramos no banheiro e ele me coloca no chão, quase que caio no chão, mas graças ao reflexo do Eren, ele me pega.

"Vou me escorar na parede.. Não se preocupe. " falo segurando na parede.

Vou para de baixo do chuveiro e começo a me lavar, com cuidado coloco um dedo dentro de mim para tirar o que sobrou.

Eren se aproxima de mim por trás, me abraçando e depositando um beijo na marca. Seu amiguinho estava animado, encostado perto da minha bunda. O encaro com um sorriso travesso e o mesmo devolve, me viro para enfrentá-lo e ele me pega nos braços, me colocando contra a parede.

"Deveria ficar com medo e gritar? Pois tem um aproveitador dentro do meu banheiro.." falo provocando e o mesmo rir

"O único provocador aqui é você, tomando banho na minha frente. " responde e eu deixo uma risada

"Eu quero você dentro de mim." falo com firmeza

"Mas o cio, só não seria amanhã?" pergunta

"Não é o cio, seu idiota. " falo corado "Eu quero você dentro de mim, agora. " falo e ele sorrir

"Seu desejo, é uma ordem. " fala se ajeitando na minha entrada que já estava lubrificada

Suas mãos agarravam minha bunda e batiam nela fortemente, antes dele começar a me penetrar novamente. Jogo a cabeça para trás de tanto prazer.

"Foda sim! " grito em êxtase quando o mesmo estava por inteiro dentro de mim novamente.

Tentava me segurar na parede, enquanto o mesmo me fodia duramente. O sons dos nossos corpos se batendo fazia ecos pelo banheiro.

Logo ele me desde do seu colo, e me vira. Fazendo eu ficar com a bunda empinada para ele e minhas mãos estarem segurando na parede. Ele passa suas duas mãos ao redor da minha cintura, me puxando contra ele toda vez que ele dava uma estocada.

"Tão bom pra mim.. Eu te amo tanto.. " fala gemendo

"Eu também te amo... Sim, Eren! Aí! " grito de prazer, fico envergonhado pelos meus gemidos e gritos, parecia que quanto mais tentava contê-los mais saíam.

"Vamos pra cama, vai ser melhor lá. É mais aconchegante. " sussurra no meu ouvido, e como um cachorrinho aceito e sigo ele para o quarto

Me deito na cama imediatamente com ele já se aproximando de mim. abro minhas pernas e ele volta a me penetrar. Deixo algumas mordidas de leve em seu ombro, junto a mais alguns arranhões.

A cama batia contra a parede violentamente, o som dos novos corpos se batendo, músicas para os nossos ouvidos.

Coloco os meus pés em seus ombros, me dobrando quase por inteiro. E o Eren aproveita e vai cada vez mais fundo dentro de mim. Seus ritmos erráticos. Uma vez forte e rápido, outra lento e profundo.. Me levando a loucura.

Ele coloca seus braços, cada um do lado do meu rosto, segurando os travesseiros e lençóis. Ele se abaixa um pouco e me beija.

Depois de mais algumas estocadas, com ele atingindo minha próstata sen parar. Venho, melecando nossos estômagos. Sem ter tempo de me recuperar de um orgasmo, ele vem dentro de mim.

Minhas pernas estavam bambas, meu corpo tremia. Minha garganta estava seca.

"Trouxe água.. Tome um pouco. " fala me ajudando a levantar e me dando a garrafa.

Bebo a água calmamente, mesmo que o cansaço estivesse tomando conta.

Me deito na cama, e ele me puxa para um abraço. Aproveito e durmo com a cabeça apoiada no seu peitoral, enquanto o mesmo dormia me abraçando protetoramente.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...