História Belo desastre. - Capítulo 23


Escrita por:

Postado
Categorias Bleach
Personagens Aizen Sousuke, Gin Ichimaru, Grimmjow Jaegerjaquez, Hanatarou Yamada, Hinamori Momo, Ichigo Kurosaki, Isshin Kurosaki, Kaien Shiba, Nelliel Tu Odelschwanck, Nnoitra Gilga, Orihime Inoue, Personagens Originais, Rangiku Matsumoto, Renji Abarai, Riruka Dokugamine, Rukia Kuchiki, Shihouin Yoruichi, Ukitake, Urahara Kisuke, Uryuu Ishida, Zangetsu
Tags Bleach, Ichigo, Ichiruki, Rukia
Visualizações 113
Palavras 1.186
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Mais um.
Boa leitura.
Links notas finais.

Capítulo 23 - Vergonha


Fanfic / Fanfiction Belo desastre. - Capítulo 23 - Vergonha

Com o passar dos dias as fofocas foram morrendo gradativamente até o ponto de mais ninguém demostrar interesse no assunto. Rukia agradeceu. Não suportava mais as piranhas de sua sala jogando indiretas e olhadas sugestivas em sua direção e estava a um ponto de arrancar o silicone das mal amadas.

As pessoas se acostumaram a ver o casal trocando carinhos e agressões,as agressões eram por parte da morena, pelos corredores da universidade mesmo ainda estando com um pé atrás no relacionamento dos dois.

Depois da visita do irmão de Ichigo,uma enorme vontade de saber mais sobre os familiares do ruivo caiu sobre a morena, mas Rukia não tocou no assunto já que o ruivo não tinha se manifestado em relação a falar sobre em momento algum. Resolveu esperar o ruivo falar se ele assim quisesse. Não o iria exigir nada. Ichigo nunca o fez, por que ela faria?

*

Rukia abriu seus olhos devagar ao sentir algo áspero e molhado ser passado em seu nariz. A garota demorou um pouco para ver e entender o que se passava por causa do sono, mas quando focou sua visão e pensamentos pode ver o focinho rosa bem próximo de seu rosto. Bya miou ronronando para a morena. Rukia sorriu e fez carinho na cabeça do bichano.

- Bom dia baby.-Rukia bocejou se acomodando melhor no travesseiro em que tinha se agarrado. Um travesseiro quente, que respirava e que estava lhe abraçando.

A morena estreitou os olhos. Travesseiros respiravam? Rukia ergueu a cabeça dando de cara com o rosto sereno do ruivo adormecido. Um pequeno sorriso surgiu em seus lábios. Tinha ido passar a noite no apartamento dos amigos para ficar junto de seu namorado.

Rukia tirou com cuidado o braço do maior que a envolvia de sua cintura sentando-se na cama. A morena puxou o cobertor para cobrir o corpo totalmente despido do maior. Byakuya chamou novamente sua atenção apoiando as patas em sua perna e miando.

- Esta com fome amor?-A oriental indagou acariciando o corpo do felino.-Mamãe já vai te dar o que comer.

A morena desceu da cama e pegou uma camisa do ruivo que estava jogada no chão para cobrir sua nudez. Seus pés pequenos tocaram o piso frio quanto das patinhas de Bya. Sorrindo, Rukia fazia de tudo para desviar de seu filho que insistia em querer andar por entre suas pernas quase a fazendo tropeçar.

Assim que chegou na sala se deparou com sua amiga Momo sentada na bancada da cozinha com uma xícara de café em mãos. A pequena estranhou pois no dia anterior somente ela e os meninos estavam em casa. Não sabia que a outra morena também estava no apartamento.

- Bom dia Hina.-Rukia disse passando pela mesma em direção aos armários.-Não sabia que estava em casa.

- Kaien foi me buscar no dormitório de madrugada.-A morena bebeu um pouco do líquido de cor escura para esconder um sorriso enquanto falava.-Os gemidos de vocês dois não o deixavam dormir então ele resolveu fazer o mesmo.

Rukia quase deixou a ração que tinha em mãos ir ao chão. Seu rosto corou e a baixinha se escolheu de vergonha.

- Gomen.

Hinamore tapou seus lábios para evitar que uma gargalhada alta escapasse de sua boca e acordasse os homens que ainda hibernavam em seus quartos. Achava tão fofo quando a baixinha soltava palavras em japonês. A convivência com Rukia rendeu um estoque de palavras novas para todos daquele apartamento por isso já estava mais fácil de identificar algumas que a bela dizia sem perceber.

- Não se desculpe Kia.-Hina disse.-Minha noite também foi ótima. Nem ouvi as vezes em que você xingava o meu amigo de infância de puta vadia e ameaçou comer o rabo dele caso não enfiasse tudo de uma vez.

A oriental queria achar o buraco mais fundo do mesmo,cavar mais um pouco e se enterrar nele pelo resto da vida. Não podia acreditar que seus amigos tinham ouvido tudo.

- Ei!-Hina continuava tentando não sorrir da cara sem jeito da garota.-Cadê aquela Rukia que chuta o balde e é desavergonhada pra tudo?

- São situações diferentes!-Rukia colocou a tigela de Byakuya no chão para o gato que o pequeno pudesse comer.-Nunca mais vou conseguir olhar para o rosto do Kaien de novo depois de colocar vocês em uma situação tão desconfortável assim.

- Se eu te contar que o filme pornô que vocês estavam gravando ontem me deu foi tesão.-Kaien veio pelo corredor apenas de calça moletom.-Deviam investir na carreira.

Hinamore soltou a gargalhada que vinha prendendo enquanto a menor escondia o rosto nas mãos jurando nunca mais transar com o ruivo no apartamento se tivesse alguem fora eles na casa. Kaien foi até a bancada colocando um pouco de café em sua caneca.

- Credo!-O moreno fez careta depois que deu o primeiro gole ma bebida.-Você que fez Hinamore Momo?

A morena fechou a cara.

- Ta achando ruim, faz melhor então!

- É isso mesmo que vou fazer.-O moreno pegou a cafeteira e foi ate a pia despejando o conteúdo no ralo.-Deus que me drible deixar a Rukia ou o Ichigo beberem esse seu veneno preto.

- Vai se foder otário.-Hina mostrou o dedo do meio para o namorado.

Prevendo uma discussão sem sentido sobre café que não levaria a lugar nenhum e que no fim eles nem se lembrariam do por que estavam discutindo a oriental saiu de fininho voltando para o quarto o mais silenciosamente possível.

Ao fechar a porta e olhar para a cama viu que o ruivo não tinha se movido um centímetro si quer da posição em que o deixou. A pequeno caminhou até ficar ao lado ruivo. Ele dormia tão calmo que deixava seu coração cheio de alegria. Ichigo, em tão pouco tempo tinha feito tantas mudanças em sua vida. Ele não era perfeito do mesmo modo que ela também não, mas o ruivo nunca demostrou que isso o afetava enquanto que a perfeição para morena era sua já esquecida meta. Esquecida por ele.

- Sei que não estou cometendo o mesmo erro duas vezes seguidas. Afinal vocês dois são muito diferentes um do outro.-Rukia sorriu pequeno para o ruivo adormecido.-São duas situações totalmente distintas,mas eu não quero sofrer por você Ichigo.-A morena sabia que o maior não a ouvia, mas tinha que dizer.-Nem quero fazer você sofrer.

A pequena mordeu os lábios tendo uma ideia para se divertir as custas de seu namorado. Rukia pegou seu estojo de lápis de cor buscando as canetas coloridas. Aproveitando que o sono dele estava pesado a morena começou a desenhar os personagens de um desenho que amava muito quando criança na pele não tatuada do ruivo. Os desenhos não lembravam em nada seu traço de artista. Eram realmente desenhos de uma criança. A oriental aproveitou cada centímetro de pele disponível com um sorriso sapeca no rosto.

*

Ichigo acordou com a luz do sol batendo em seu rosto. Estranhou não ter o corpinho de sua morena colado em si,mas já estava tarde então provavelmente ela estaria na sala com os outros. O ruivo levantou e seguiu até o banheiro.

Tal foi seu espanto ao se olhar no espelho e ver seu rosto rabiscado.

- VOCÊ ME PAGA RUKIA!


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...