1. Spirit Fanfics >
  2. Bem-vindo à Derry, onde desaparecer é normal >
  3. Até mais tarde

História Bem-vindo à Derry, onde desaparecer é normal - Capítulo 20


Escrita por:


Notas do Autor


(No último capítulo)

Logo, fui atendida pelo vô do Mike, que foi muito gentil!

- Ah! você deve ser a Marry?

- Isso mesmo!

- Entre! Mike está no quarto dele.

- O-obrigada.

- MIKE!! SUA NAMORADA CHEGOU.

E nessa hora, eu morri de vergonha, ele é bem divertido, os dois devem se dar bem. Então, em alguns minutos Mike apareceu.

- E aí? - ele disse me abraçando e me dando um selinho.

[...]

Já estava na hora de jantar então nos sentamos na mesa e começamos à comer.

- Sabe Marry, Mike Sempre fala de você para mim, todo dia, toda hora, ele gosta mesmo de você.

- Vô!

Capítulo 20 - Até mais tarde


(Quebra de tempo)(Uma semana)

Acordei bemm cedo hoje, Mike e eu havíamos combinado ontem de nós encontramos no caminho da escola para chegarmos juntos, e para isso, obviamente teria de acordar no mesmo horário dele.

Me levantei da cama, fui ao banheiro, tomei um banho bem refrescante para ficar bem disposta. Ao sair, troquei de roupa, coloquei uma calça jeans um pouco rasgada e uma camiseta preta e desci para tomar café.

- Bom dia! - minha mãe disse se virando para mim - fiz waffles, suas favoritas!

- Hummm que delícia! obrigada mãe!

[...]

Terminei de comer e sai, fiquei o esperando em um ponto de ônibus que conectava o meu caminho com o dele.

Não demorou muito e ele chegou.

- Oi linda!

- Oiê! - disse dando um selinho nele.

- Dormiu bem?

- Sim! e você?

- Bem também! estava com saudade de você! não pudemos nos ver no fim de semana...

- Pois é... mas estamos juntos agora! - Eu disse o abraçando de lado e assim fomos andando até a escola.

É verdade que não nos vimos no fim de semana todo, eu meio que estava de castigo por ter saído escondido dos meus pais para sair com a bev, ou tentar...

(Flashback on)

*heyy, é a Bev!

*Oiiii, e aí?

*já tenho algo programado para essa sexta!

*E o que é??!!

*nós vamos à festa da Greta!

* O QUE? mas ela não odeia a gente?

*Por que você acha que vamos até lá?

*Ahhhhhhh... faz sentido... mas amiga, eu nã - antes de eu terminar ela me interrompeu.

*Não quero saberrrr nós vamos siim!

*Aí tá... eu... onde a gente se encontra?

*Na minha casa, não é longe em menos de 5 minutos você chega.

*tá... vou dar um jeito de sair sem meus pais verem...

*Isso!!!!!

*Até mais tarde tontona! - eu disse rindo

*Até mais tardeeee.

Eu não poderia fazer isso... tinha saído com o Mike um dia antes e meus pais não me deixariam sair... então, uma brilhante idéia (só que não) surgiu em minha mente:

"Por que não pulo a janela do meu quarto?"

Pois é... essa foi minha brilhante idéia, brilhante na mente mas, na teoria......

E assim fiz, peguei uma roupa para me trocar na casa da Bev, maquiagem e uma bombinha de barulho, se for para ir zoar a Greta que seja dando um susto nela! como odeio aquela garota...

Abria a janela de casa e fiquei olhando para baixo, devem ter uns 6 metros de lá até aqui em cima... se eu pular daqui até o chão eu vou no mínimo quebrar a perna.

Então escutei passos no corredor e corri para a minha cama, apaguei a luz e fingi que estava dormindo.

escutei minha mãe dizer algo como "boa noite" e mais alguma coisa e deixar um beijo em minha bochecha e aí fiquei pensando se eu deveria mesmo sair escondida, mas... eu já tinha combinado com a Bev, Então seria ruim se eu não fosse.

Assim que vi a luz do quarto deles apagar por baixo da porta do meu quarto, eu me levantei devagar e fui até o andar de baixo me guiando pelo escuro, com medo, muito medo de encontrar alguém nada agradável...E para a minha felicidade, cheguei ao andar de baixo inteira.

Peguei minha chave, abria a porta o mais devagar possível, e então sai em direção à casa da Bev.

[...]

Cheguei lá, nos arrumamos e saímos, também escondidas do pai dela, em direção à casa da vaca.

Ao chegarmos, soltamos as Bombinhas na frente da casa dela, nos escondemos atrás de uns arbustos, e, quando todos saíram para fora com cara de assustados, entramos na casa.

- Uau...

- Tá... e agora? - eu perguntei deslumbrada.

Nós nos divertimos dms, bebemos um pouco (o que não me fez muito bem depois) e quando fomos embora, soltamos outra bombinha só de sacanagem.

A Greta nos viu lá, ficou nos encarando com uma cara nada boa, e o que fizemos? encaramos de volta, claro!

Tudo lindo, maravilhoso e perfeito até a hora de eu ir para casa. Ao entrar na mesma, vi que a luz da sala estava ligada.

- Ferrou! - falei para mim mesma.

- Ferrou mesmo hein, garota burra do caralho! - uma voz conhecida disse atrás de mim tocando meu ombro.

- Aí merda!!! - Ao olhar para trás eu vi quem era, a figura do palhaço do capeta apareceu atrás de mim.

E então corri para o outro lado da rua com o coração disparado por conta do imenso susto que havia tomado.

Entrei em casa com a respiração toda desregulada. E então vi a figura de meus pais sentados no sofá da sala me olhando fixamente com sangue nos olhos.

- Marry... onde para onde você foi? - meu pai disse com a cabeça entre as mãos.

- E-eu fui à uma festa... me desculpem...

- Você viu como sua mãe está? Marry, com essa onda de desaparecimentos você some assim? - ele andou até mim.

- E-Eu... não devia ter ido... espero que possam me perdoar...

- É claro que podemos... mas você não pode sair impune...

- eu sei...

- Não vai poder sair esse fim de semana, e nem semana que vem!

- M-mas pai eu e o Mike...

- Sem mais! o que você fez não foi certo e tem que receber o corretivo por isso!

- Certo... e-eu vou para a minha cama...

Subi ao meu quarto e fiquei pensando na minha cama, não sobre o que eu fiz, eu sabia que era errado mas sim sobre Pennywise, até quando ele vai me assustar? ele já teve tantas chances de me matar... Por que ainda não tentou???!!!

(Flashback off)

Foi basicamente isso. Fiz bosta, pra variar e não pude sair como Mike a semana toda. Hoje, fizeram 2 semanas que não saímos juntos para fazer algo.

[...]

Chegamos à escola e fomos para as salas, me sentei na minha mesa e fiquei sentada conversando com o Mike e rindo sobre o que tinha acontecido comigo e com a Bev, aquilo foi muito legal!

- Ei, o que acha de irmos até a sorveteria hoje mais tarde? - Mike me perguntou.

- Vamos! seria ótimo!

(Quebra de tempo)

E finalmente, o inferno chamado aula acabou, e felizmente não tenho tarefa para fazer. Mike me acompanhou até minha casa, conversou um pouco com meus pais e então saiu em direção às sua casa.

- Até mais tarde!

- Até mais tarde amor! - eu disse dando um selinho nele.


Notas Finais


Heyy!

Antes de tudo queria pedir para vocês darem uma chance pra minha nova fic: " Minha presa". Ela é sobre uma agente que vai a Derry investigar os acontecimentos ela é perfeita pra quem gosta de um hot hehe. o link tá aq caso vocês queiram dar uma olhada: https://www.spiritfanfiction.com/historia/minha-presa-18267102 (Não deixem flopar pfvv eu tô adorando escrever ela)

capítulo curtinho só para não ficar sem escrever nada! espero que gostem!
Então, tô aqui principalmente para para dizer que com a volta às aulas, eu não vou escrever com tanta frequência, mas vou continuar escrevendo! ❤️❤️❤️❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...