História Bem vindos ao inferno! - Capítulo 14


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Bts, Jungkook, Suga, Taehyung, Yaoi
Visualizações 24
Palavras 828
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Ecchi, Festa, Harem, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Gente desculpem a demora ando com um bloqueio criativo pra essa fic, e infelizmente estou com pouco tempo livre.
Vou lançar esse cap pequeno mesmo só pra acabar com o drama de quem é o chefe do bagulho lá.

Capítulo 14 - Segredos de uma vida


Fanfic / Fanfiction Bem vindos ao inferno! - Capítulo 14 - Segredos de uma vida

S/n - Pai, o que faz aqui? Como assim você é o chefe?

Tae - Pai? - Pergunta sem entender nada.

S/p - Filha... - Diz calmamente o homem á minha frente. - Acho que precisamos conversar.

Meu coração parece que vai parar a qualquer momento, ate onde eu saiba meu pai é empresario, pelo menos era o que minha mae costumava dizer quando eu perguntava.

Os dois nunca me davam detalhes sobre suas vidas fora da nossa "roda familiar".

Segui meu pai em silencio ate o fundo do galpão.

Subimos as escadas e entramos em uma sala que parecia ser um escritório.

S/p - Bom, não sei nem por onde começar...

S/n - O-o que você faz aqui? Achei que era empresario.

Ele suspira pesadamente e me encara, pela primeira vez na vida vejo um olhar sincero da parte dele, como se realmente se sentisse culpado.

S/p - Sempre trabalhei aqui, empresario era apenas uma fachada para que você não soubesse da verdade. - Ele se senta em uma grande cadeira de couro atrás de sua mesa e me manda sentar em frente. - O que VOCÊ s/n faz aqui?

S/n - Vim com meus amigos.

S/p - Não te quero envolvida nesse mundo. Por que não esta na escola?

O nervosismo subiu e um sorriso estranho de medo se formou em meu rosto.

S/n - Pois então pai, o senhor mentiu a vida toda para mim. Então espero que entenda que não pode me julgar. - Ele me olhava atentamente parecia estar adorando meu nervosismo e se divertindo com isso. - Eu fui suspensa, estou na casa dos garotos ate voltar a escola.

S/n - Hum... E por que não me ligou?

S/n - Você nunca atende e não se importa com o que acontece, então achei desnecessário.

S/p - Ah, me desculpe por isso. Acho que agora que sabe no que trabalho, entende um pouco o fato de não ter tempo para você.

S/n - É, talvez entenda melhor agora. Bom, eu... Posso ir embora agora? Acho que meus amigos estão boiando ate agora gracas a o que aconteceu.

S/p - Ah, claro! - Ele se levanta e vai ate a porta comigo. - Espero que não me odeie.

S/n - Na verdade só fiquei surpresa com isso, mas não me importo com você. - Seu semblante pareceu mudar por alguns segundos mas ele logo refez a cara de " sou o durão do pedasso".

S/p - Ate mais s/n, e tente ficar longe de problemas, principalmente com as gangues. E não fale a ninguém que seu pai trabalha aqui!

S/n - Pode deixar!

Desci as escadas ainda sem acreditar em tufo isso, meus amigos pareciam tao perdidos quanto eu.

Logo dei uma explicação não muito detalhada mas eles entenderam.

JK - Nossa, quem diria que trabalhamos pro seu pai.

S/n - Pois é!

Tae - Acho melhor irmos embora pra registrar isso melhor.

JK - Temos que esperar, e é perigoso pra elas irem sozinhas, então infelizmente estamos presos aqui ate resolvermos tudo.

S/n - Ah... Eu quero ir embora...

Tae - Desculpa chefinha, mas é como o Kookie disse.

S/n - Chefinha?!

Tae - Claro, agora que sabemos que você é a filha do chefe, você vira a chefinha.

As horas passaram e meu pai não deu mais o ar da graça. 

Kookie nos levou para dar uma volta pelo bairro enquanto Tae ficava no galpão.

Assim que voltamos Namjoon e Jin estavam lá.

Jin - Olá meninas.

S/n - Ta metido nisso também Jin?!

Ele sorri sem jeito enquanto passa a mão nos cabelos.

Nam - Podem ir agora. Eu resolvo as coisas por aqui, vou mandar o JHope avisar vocês depois.

Tae - Ok, vamos então!

JK - Tchau gente!

Saímos de lá mas não como em direção da casa, pelo contrario os meninos nos levaram ate um parque que avia por ali.

O local parecia bem perigos, e a maioria das pessoas bos olhavam de cada feia.

S/n - Onde vamos?

Lena - Gente esse lugar ta me dando nos nervos.

Tae - Vamos encontrar o Yoongi, ele vai pra casa conosco.

S/n - Pra quem estuda em um colégio interno vocês ate que passam bastante tempo na rua. - Eles riem e continuamos ate o centro do parque.

Suga - Finalmente, to a quase uma hora aqui já.

JK - Desculpa açúcar azedo, mas nosso querido líder Namjoon demorou a chegar.

Suga - Vamos embora de uma vez.

S/n - Vai ficar lá na asa com a gente?

Suga - Sim, algum problema com isso?

S/n - Ui nossa! Ele ta irritadinho!

Suga - Não enche s/n!

Depois de muito andar finalmente chegamos em casa, fui ate meu quarto e me joguei na cama. Não demorou muito e a porta se abriu com força.

S/n - Que foi? - Pergunto com a ara enterrada no colchão.

Suga - Não foi nada, esse é meu quarto, então apenas aprecie o fato de ter que dividi-lo comigo.

S /n - QUE? - Dou um pulo da cama e o encara enquanto ele entra e fecha a porta.

Suga - Se não gostou pode ir pro quarto da Lena.

S/n - Prefiro você. - Digo rápido ao imaginar que tipo de coisa podia acontecer se eu dividisse o quarto com ela.



Notas Finais


Espero q tenham gostado.
Não esqueçam de favoritar néh! ❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...