História Bendita Friendzone - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7
Personagens Jackson, Jeon Jeongguk (Jungkook)
Tags Amizade, Bts, Friendzone, Got7, Jackson Wang, Jungkook, Romance, Trio Amoroso
Visualizações 6
Palavras 1.307
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá pessoal, desculpa a demora acabei ficando sem criatividade. Mas estou aqui e espero que gostem desse capítulo!
Xoxo, boa leitura!

Capítulo 3 - PARTE 3 - "Mas você quase matou ele!"


Aquele era um dia de festa. Literalmente. Jae-Hwa não gostava da idéia de ter que socializar com o pessoal mas o fato de participar do comitê de esportes do colégio - algo que a menina teve que entrar para completar suas atividades acadêmicas -, a fazia ser obrigada a sorrir e ver os alunos se divertirem com bebidas sem álcool e comidas que embrulhavam o estômago.

Ela tinha pedido para sair mais cedo do trabalho e depois de alguns sermões e piadas, Mun-Hee acabou cedendo. Com certeza, ela não iria sozinha a festa. Min-Young foi uma convidada especial e iria com a amiga. E, bom, Jackson iria buscá-las.

- Song Jae-Hwa! Vamos logo! - Min-Young gritou da sala.

- Min, eu tenho que parecer apresentável. - Jae apareceu colocando os brincos que brilhavam mais que tudo naquele cômodo.

- Para quem? - Ela fingiu pensar, colocando as mãos no queixo. - Seria alguém que o nome começa com Jung e termina com Guk?!

- Ah, nada a ver Min-Young. Você está inventando coisa. - Jae-Hwa voltou para quarto checando seu cabelo mais uma vez no espelho.

- Vai ter um serzinho que não vai gostar nada desse charme todo... ou vai gamar mais ainda né. - Min comentou, com certeza, sobre Jackson.

Jae não respondeu nada sobre, ela apenas sentiu um calafrio percorrer pelo seu corpo e aquilo fez a menina começar a ter medo de seus sentimentos.

- Quem organizou a festa? - Ela perguntou na tentativa de mudar de assunto.

- Foi a Shin-Hye. Acho estranho que ela não pediu a sua ajuda porque tudo o que acontece naquele comitê é preciso falar com você primeiro. - Min respondeu pegando as chaves do apartamento.

- Acho bom ela não ter falado comigo, eu iria falar para ela resolver sozinha. Olha a minha cara de quem vai resolver problemas dos outros. - Jae deu uma risada irônica e foi até a amiga.

Ao sair do apartamento, Min-Young sentiu o celular vibrar em seu bolso, a avisando que havia uma nova mensagem. Ela pegou o mesmo e observou a tela com uma dezena de chamadas perdidas de Jackson. “Deve estar desesperado”, pensou a menina.

- O amor da sua vida está esperando a Cinderela sair do seu palácio. - Ela brincou encarando a amiga que havia acabado de fechar a porta.

- Se você está falando do Jackson, ele deveria já estar acostumado. - Jae ajeitou a bolsa em seu ombro.

Ambas desceram os degraus, com cuidado e uma se apoiando na outra. Min-Young se arrependia por ter calçado aqueles saltos, mas estava com um amor imenso por eles.

Elas chegaram no térreo, onde avistaram Jackson parado feito uma estátua na porta do prédio. Foi extremamente bizarro o jeito que ele abriu um sorriso quando viu Jae-Hwa. Um sorriso lindo mas estranho.

- Já deveria estar acostumado com a minha demora. - Jae protestou antes mesmo do menino falar algo.

- Hm... eu... - Ele gagueja de nervoso. - Gostei do seu cabelo.

Jackson estava usando uma calça jeans e uma camiseta regata preta. Além do tênis e o boné que não saia de sua cabeça.

- Não encontro o seu carro, Jack. - Min-Young comentou para quebrar o silêncio.

- Eu não estou de carro, Rose. - Ele explicou dando uma risada abafada.

- Como vocês são bestas. - Jae-Hwa soltou andando e deixando os dois para trás.

Não demorou muito para chegarem até o campus da universidade, onde acontecia a festa. Ninguém sabia ao certo o porquê da comemoração, mas eles eram estudantes sedentos por diversão.

- Será que o clube de dança vai estar? - Min perguntou quando já desciam para o andar das piscinas, porém antes de alguém responder, ela focou o olhar para um ser encostado na porta de vidro. - Encontrei! Jimin!

E lá se foi uma garota atraída pelo ser de cabelo rosa. O que deixou Jae-Hwa um pouco brava.

- Wang! - Uma voz feminina desconhecida se dirigiu a Jackson que estava ao lado de Jae.

Ela se aproximou mais, mas parou ao perceber que Jae-Hwa a encarava. Foi então que a mesma se inclinou em reverência, depois colocou uma mecha do seu cabelo atrás da orelha e voltou o olhar para Jackson.

- Estamos te esperando!

E lá se foi, desta vez, um garoto arrastado para dentro do lugar com luzes coloridas e pessoas se jogando na piscina,que já deveria estar repleta de suco. Bom, Jae estava sozinha, do lado de fora, apenas observando seus colegas se divertindo com um pouco que a música lhes proporcionava. Ela avistou um banco vazio em sua frente e foi até ele.

Jae- Hwa abriu a bolsa e pegou o celular, logo que o desbloqueou, ela foi surpreendida pela foto de contato de Jackson que estava diferente da antiga. A atual, ele estava com alguém. Uma garota. A mesma que havia o chamado minutos atrás.

Era impossível Jae dizer que não tinha sentido algo ao ver aquilo. Seria ciúmes? Seu instinto de proteção estaria aguçado? Ou seria pensamentos desnecessários da sua mente? Ela não gostava do modo como ele fazia o coração disparar e nem como o garoto a tratava como criança.

- Tá pensando em que? - Jae levou um pequeno susto quando viu a imagem de Jackson ao seu lado. - Trouxe uma bebida. Bom, não tem álcool mas é suco de maracujá que você gosta.

Ele estendeu o copo para a menina que ficou parada por uns segundos mas acabou por afastar seus pensamentos e aceitar a bebida.Após o pegar, ela voltou o olhar para o celular e em um movimento rápido, o guardou na bolsa novamente.

- Obrigada. - Jae sorriu.

- Eu tenho uma coisa para falar… Estava esperando o momento em que eu estaria bêbado mas parece que o meu plano não vai funcionar. - Jackson tirou o boné e o deixou apoiado em sua perna. - Eu errei quando joguei a bola naquele menino… era para ter acertado no Jungguk.

- Por que você fez isso? Quase matou ele! - Agora sim Jae estava realmente brava.

- Eu estava com uns amigos e ouvi ele dizendo coisas sobre uma pessoa. Era você. - Ele abaixou a cabeça parecendo pensar.

- Mas que tipo de coisas?

- Eu só… queria poder voltar no tempo. - Jackson tentou mudar de assunto, e Jae percebeu isso. - Há dez anos. Quando nos conhecemos.

- Por que? Para derrubar meu sorvete de novo? - Jae soltou uma risada.

- Nossa, você só lembra da parte ruim!

- E qual foi a parte boa? Ah, sim! Ver sua mãe te dando uma tapa na cabeça por ter feito eu chorar por causa do sorvete.

- Ainda dói. - Ele levou a mão até o lugar, o massageando. - Tá, eu te devo um sorvete de dez anos?

Era incrível o poder que Jackson tinha em deixar Jae brava e calma ao mesmo tempo. Depois de alguns longos segundos de silêncio mortal, o clima que estava tomando conta daquele lugar e ambos estavam começando a ficar desconfortáveis, mas a presença de Min-Young fez tudo que estava ruim ficar pior.

- Vou voltar para casa. Você pode ficar, não sei se vou voltar. - A garota falou tão rápido que começara a chorar.

- Sunbae? - Jae-Hwa a chamou tentando entender a situação.

Min-Young estava com uma mancha que parecia ser de suco de uva espalhado pelo vestido rosa. Ela permaneceu cabisbaixa e Jae pode perceber algumas lágrimas caindo de seu rosto. Foi então que Min levantou a mão que estava seu celular e aquilo pareceu ter piorado mais, pois a garota começou a correr em disparada no caminho de volta para o apartamento.

- Min! - Jae-Hwa virou o rosto e encarou Jackson que estava mais perdido que a própria Jae.


Notas Finais


Ala, teve capítulo novo, teve JaeSon, agora só falta o seu comentário. Ba dum ts... heuheuh
XOXO Lady


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...