História Bendy and the Ink Machine - Interativa - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias Bendy and the Ink Machine, Cuphead
Personagens Alice Angel, Bendy, Boris the wolf, Cuphead, Devil, Henry, Mugman, Personagens Originais
Visualizações 49
Palavras 1.013
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Fantasia, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Musical (Songfic), Poesias, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Desculpe a demora, já está aqui FINALMENTE o primeiro cap de Bendy and the Ink Machine

Capítulo 7 - A Empresa Assombrada


Fanfic / Fanfiction Bendy and the Ink Machine - Interativa - Capítulo 7 - A Empresa Assombrada

Andy;

Meu pai Samuel Garden, saiu de casa para investigar uma empresa que fez muitas pessoas desaparecerem. Uns dias depois, não tivemos notícias dele. Só recebemos uma ligação dos amigos de trabalho: Brian, Fernando, Tim e Kyle, eles pareciam desesperados

Ligação On;

- "Helen! Atende droga!" - Diz Kyle apavorado

- "O que aconteceu, Kyle? Meu marido está bem?"

- "Ele está ferido, mas não é nada grave! T-Tem monstros! Demônios de Tintas atrás da gente! Eles querem nos matar!" - Diz Kyle desesperado

- "Kyle, não temos tempo! Eles estão vindo!" - Diz Brian apressando Kyle

- "Helen, temos que ir, se der te ligamos!" - Diz Kyle quase deligamos, mas acabamos ouvindo uma voz macabra

- "Achamos vocês!" - Diz uma voz macabra

- "Adeus Helen!" - Antes que Kyle pudesse desligar o telefone, pudemos ouvir uma voz macabra

"Eles nunca voltaram...eles são nossos agora...nossos novos demônios de tinta...! - Voz Macabra

Depois disso o telefone queima e minha mãe fica super preocupada,então tive uma grande ideia de salvar meu pai daquela empresa maldita. Umas horas depois, minha mãe dormiu, me arrumei, peguei algumas roupas, algumas besteiras paras comer e algumas coisas saudáveis, metade das armas do meu pai e sai de casa sem fazer barulho

Então assim como meu pai, sou uma excelente detetive, ele quase sempre deixa rastros e lembrei que ele falou pra minha mãe que foi numa antiga empresa, chamada Joe Drew Produtions para investigar e então fui pra lá para ver se meu pai estava mesmo naquele horrível lugar

( P.V.O Joker )

Finalmente cheguei, então esse é a famosa empresa assombrada....Joey Drew Produtions....

- "Humpf! Não parece tão perigoso assim, só de olhar pra isso dá até desânimo...." - Digo com uma expressão de tédio

Sinto que alguém estava vindo na minha direção, preparei minhas pistolas magnum e apontei na direção do sujeito, que quando eu vi, era uma garota baixinha

- "EI MANO! CUIDADO PRA QUEM APONTA ISSO! VOCÊ PUDIA TER ME MATADO!" - Diz a garota balançando os braços desesperada e com expressão assustada

- "Quem é você?" - Pergunto sério

- "Eu não te devo satisfação, intrometido!" - Diz ela confiante e corajosa

- "Aé? Hehehe você tem coragem, gostei de você" - Digo tirando a arma de perto de seu rosto com uma sorriso psicótico - "Sou Joker, estou aqui em busca de diversão e você?" Pergunto com um leve sorriso de um maníaco

- "Andy...Angy Garden, estou aqui para salvar o meu pai, parece que tem algo sobrenatural nessa presa caindo aos pedaços" - Diz ela dando um passo pra trás, parecendo que queria se afastar de mim

- "Algo...sobrenatural, você disse?" - Sorri de um jeito psicopata

- "Ééééé....sim, foi o que eu disse" - Respondeu a mais nova parecendo assustada

- "Agora assim que tá ficando interessnte! O que estamos esperando? Vamos nessa!" - Digo guardando minhas pistolas magnum e correndo em direção a entrada do prédio

- "Ei, me espere! Minhas pernas são curtas!" - Grita Andy correndo atrás de mim, tentando me acompanhar

( P.V.O Lara )

Depois de entrar na empresa e fica rodando a mesma por horas, não achei nada de interessante, eu estava muito cansada e decidi me sentar um pouco em um cantinho, até que ouvi a porta principal quase se quebrando, fui até lá para ver o que estava acontecendo e era duas pessoas, um garota e uma garota

- "Olá?" - Perguntei curiosa

- "Hm?" - Os dois olharam para mim confusos

- "Quem é você?" - Perguntou o mais velho sério

- "Sou Lara Duskin, eu estou a muito tempo, só estou aqui por curiosidade e tem uma garota comigo, mas acho que ela se perdeu, pois nos separamos há algumas horas, não lembro direito o nome dela, só sei que ela parecia ser japonesa" - Disse explicando

- "Hehe quando mais pessoas melhor, sou Joker" - Diz ela se apresentando com um sorriso satisfeito

- "Sou Andy Garden, estou a procura de meu pai" - Diz ela séria e parecia está desconfortável

- "Prazer em conhece - los"

De repente ouvimos algo caindo e parecia ser de vidro, depois ouvimos uma voz macabra e que ecoava o ambiente

- "Fly! Cuidado! O Okala disse que isso é muito frágil!" - Reclama uma das duas sombras vindo de um corredor

- "É mais fácil falar do que fazer! Sou baixinho e estou com muita coisa pesada!" - 

- Se escondem!" - Sussurrei pra Andy e Joker os puxando para de baixo de uma mesa

- "Hey, estou sentindo alguma coisa..." - Diz o mais alto desconfiado

- "Eu só estou sentindo a dor nos meus braços, além disso, não sinto mais nada, você deve está imaginando coisas, vamos logo, sabe como o Okala é apressado!"

- "Tem razão, temos que ir e logo"

Eles foram embora e saímos de baixo da mesa

- "Quem eram?" - Perguntou Joker curioso

- "Não sei, só sei que quando eles apareceram, senti um mal - pressentimento" - Respondo toda arrepiada e um pouco assustada

- "Eles devem saber alguma coisa do meu pai" - Disse Andy se levantando e indo no corredor, onde os homens estranhos foram

- "Ei, não vá, eles podem ser perigosos!"

Quando fui atrás de Andy e Joker me seguiu, ouvimos um barulho de alguém caindo

( P.V.O Andy )

Eu não sabia em quem eu tinha esbarrado, só sei que essa pessoa apertou meu seio com vontade e soltei um gemido baixinho

- "Ah! D-Desculpe! Não foi minha intenção, eu juro!"

Abri meus olhos e vi...um....garotinho de cabelos pretos e que formavam um tipo de chifre e olhos pretos como a noite e sua pele era um pouco pálida, eles estava com o rosto corado e estava realmente envergonhado

- "V-Você está bem?" - Perguntou o mais novo

- "E-Estou bem sim!" - Respondei corada

De repente ouvimos um barulho tremendo, parecia que tinha várias coisas quebrando

- "O que é isso?" - Perguntei confusa e assustada

- "São eles..." - Responde o mais novo apavorado

Continua...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...