História Bendystraw: Don't love the demon! - Capítulo 15


Escrita por:

Postado
Categorias Bendy and the Ink Machine
Personagens Bendy, Personagens Originais
Tags Bendystraw, Bendyxcuphead, Cuphead, Devil, King Dice, Kingdicexdenvil, Mugman, Mugmanxboris, Mugmanxcalamaria, Snakeeyes
Visualizações 475
Palavras 1.049
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Famí­lia, Fantasia, Hentai, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Musical (Songfic), Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Onnnnttt:3

Capítulo 15 - O anjo.


Fanfic / Fanfiction Bendystraw: Don't love the demon! - Capítulo 15 - O anjo.

Narradora POV's on

Ao saber da notícia, Denvil correu para levar Dice para o hospital mais próximo, que seria na segunda ilha, onde felizmente chegaram a tempo dos médicos estarem livres.

Bendy e Denvil ficaram na sala de espera junto com Alice e Boris que na hora que tudo aconteceu estava ensinando Bendy a tocar "Divano".

Bendy: P-Papa- do... Ela vai ficar bem, sniff?

Denvil viu o olhar de desespero do filho e o abraçou de lado.

Denvil: Vai sim...

Bendy: M-Mas tinha tanto sangue, quase que sujava o chão todo!

Cuphead: Eu vim assim que pude! Onde está Dice?

Disse xicrinha se apoiando nas pernas ofegante, seu irmão chegou logo atrás também ofegante.

Denvil: Está lá dentro... Da qui dá pra ouvir ela gritando.

Eles ficaram em silêncio por um tempo.

Cuphead: ... É, dá pra ouvir mesmo.

Bendy: C-Cup...

Cuphead ao ver o menor chorando o abraçou também, e alisou a cabeça de Bendy.

Bendy: Sniff sniff.

Cuphead: Shh... Calma vai ficar tudo bem.

Cuphead e Denvil se olharam, a coisa era um pouco preocupante.

*Na sala de parto*

Dice chorava muito, ela imaginando que doia, mas não sabia que era tanto quanto ela imaginava, o medo e a dor fazia com que o desespero tomasse conta do seu corpo a fazendo apertar os lençóis.

???: Moça, tente fazer força, vai ficar tudo bem.

Ela maumente ouvia o médico, sua visão estava turva e seus ouvidos pareciam tapados, ela mal conseguiu fazer a última força até desmaiar.

*Na sala de espera*

Denvil volta para sua cadeira depois de perguntar a uma enfermeira do que acontecia lá dentro.

Cuphead: !... E?

Alice: Ela está bem?

Denvil: Ela acabou desmaiando, eles estão tentando acorda-la ou puxar o bebê pra fora com cuidado, mas se não der eles terão de fazer cesariana, por conta do risco.

Bendy: ! R-Risco?!

Cuphead abraçou Bendy um pouco mais forte.

Cuphead: Calma... Shh..

Alice: Alguém tem que ficar lá com ela, deve ser o medo, ela tem muito medo de parir, ela me contou.

Boris: Não tem como, só pode da família, o marido dela não está aqui, e o único que poderia ir era o primo dela, mas o King não está aqui.

Cuphead ao ouvir as palavras de Boris teve uma ideia, ele sabia que King e Queen eram os mesmos, percebeu isso no olhar de Bendy e de Denvil, se fosse mesmo uma prima ficariam desesperados, mas não tanto com certeza.

Cuphead: Espera um pouco... Denvil você tem que entrar lá.

Denvil: ! Eu?! Mas com-

Cuphead: Calma eu já sei.

Xicrinha largou Bendy e foi até a enfermeira e falou com ela, depois voltou correndo.

Cuphead: Vamos Denvil, você tem que entrar na sala agora!

Alice: ! Ela deixou?

Cuphead: Claro, o marido dela tá morto, e o primo longe, o único que é "parte" da família por ser muito amigo é Denvil.

Denvil sorriu para Cuphead, ele já percebeu do que se tratava.

Denvil: Ok, Bendy fique calmo vai ficar tudo bem.

Denvil se levantou e foi se trocar, logo depois ele entrou na sala.

Bendy: E-Eu tô com muito medo Cuppy!

Cuphead: Eu sei, mas olha, o seu pai tá lá dentro, ele vai cuidar dela.

*Na sala de parto*

Denvil pegou a mão de Dice que já estava gelada. Ele suspirou e estalou os dedos, e Dice acordou na hora.

Queen Dice: ! A-Ah!... Aaahhh! C-Como doi!

Denvil: Hey, calma aí, não dói tanto.

Sorriu o maior.

Queen Dice: ! D-Denvil?

Denvil: Heh... Sim?

Ela se contraiu um pouco por causa da força que ela estava fazendo.

Queen Dice: Hmmm-... Ah!.. Huff huff, s-se e-eu sair viva dessa e-eu te mato!

Denvil riu.

Denvil: Duvido, você sentiria saudades.

Os olhos dela brilharam verdes quando se encontraram com os de Denvil.

Queen Dice: Argh! Desgraçado, e-eu te mato mesmo! E se e-eu morrer minha alma te atormenta! Aahh!

Denvil: Haha... Sua alma tá comigo besta, mas eu vou te dar um desconto por que você tá parindo.

Queen Dice: ! E-Eu t-tô?

Denvil: Tá... Já estou vendo a cabeça dele ou dela...

Pela primeira vez, ela sorriu apesar da dor, ela não tava acreditando que estava mesmo parindo, ver Denvil a tinha distraido o suficiente para que a dor praticamente sumisse.

*Corta no tempo*

Bendy: ! Papa- do!

Bendy correu até o pai é o abraçou, todos estavam ansiosos por respostas.

Alice: Como ela está?

Denvil: Heh, está bem... Nasceu um menino, eu ainda não o vi, mas vamos ver ele daqui a pouco.

Bendy: ! Um menino! Eba!

Cuphead: Heh...

Cuphead, Bendy e Denvil foram até o uma enfermeira, para dar o nome da criança, na qual Bendy, disse que o nome dele também seria" Bendy" também, Bendy e Cuphead olhavam o outro Bendy pela janela do berçário, o pequeno era idêntico ao irmão.

Bendy: ... Ele parece comigo! Mas cadê os chifres?

Denvil: Devem estar embaixo da touca, heh.

Cuphead: Se eu não conhecesse eu diria que eles eram gêmeos, ele igualzinho a você Bendy.

Bendy apoiou a mão no vidro e sorriu.

Bendy: Por isso eu dei meu nome pra ele! Hihi!

Denvil: Agora quando eu chamar você, ele também vai vir.

Cuphead e Bendy: Hahaha!

Não demorou muito para que Dice acordasse, Alice, Boris e Mugman estavam no quarto, e quando ela abriu os olhos os três a abraçaram e a encheram de perguntas como " Você está bem?" Ou "Como se sente?", Ela não dizia nada apenas sorria, Denvil, Bendy e Cuphead entraram no quarto, Alice e Mugman tiveram de sair, não podia ficar muita gente no quarto, isso poderia assustar a criança.

Denvil abraçou Dice, que lhe deu um beliscão em troca.

Queen Dice: Eu disse que te mataria.

Denvil: ! Haha... Eu também tava preocupado.

Queen sorriu e olhou para Bendy que também a abraçou.

*Corta no tempo*

Cuphead explicou tudo para Boris e Alice que prometeram não contar a ninguém o caso de King, que era a Queen, eles aceitaram sem perguntar.

Logo uma enfermeira chegou trazendo o outro Bendy que dormia nos braços da enfermeira. Ela deu o recém nascido para Dice, apesar de prematuro ele nasceu normal e saudável, como um bebê de nove meses e duas semanas.

Queen Dice: ! Onnnnttt, Bendy ele parece muito com você.

Bendy: O nome dele também é Bendy papai, quer dizer mamãe hehe.

Dice sorriu e olhou novamente para o bebê em seu colo, Denvil olhava para a criança como se ele estivesse processando algumas informações até que...

Denvil: ! Isso nas costas dele são asas?!

Alice: ! Não grite.

A mãe tirou um pouco o lençol que cobria a criança e de fato, ele tinha asas e também um alo dourado meio prateado na cabeça.

Queen Dice: ! Err...

Denvil: !!! Grrr, DICE! PUTA QUE PARIU! QUE PORRA É ESSA?!


Notas Finais


Eta preula.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...