História Bendystraw: Don't love the demon! - Capítulo 18


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bendy and the Ink Machine
Personagens Bendy, Personagens Originais
Tags Bendystraw, Bendyxcuphead, Cuphead, Devil, King Dice, Kingdicexdenvil, Mugman, Mugmanxboris, Mugmanxcalamaria, Snakeeyes
Visualizações 389
Palavras 901
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Famí­lia, Fantasia, Hentai, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Musical (Songfic), Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Eta o Dice tá que tá!

Capítulo 18 - King Dice o diabo.


Fanfic / Fanfiction Bendystraw: Don't love the demon! - Capítulo 18 - King Dice o diabo.

Narradora POV's on

A sala era escura para quem estava com os olhos acostumados com o sol brilhante de Inkwell, mas para as criaturas das trevas era como assistir uma tv, vê sem um mínimo esforço.

A luta estava acirrada, King estava de montagem por ser muito pequeno sim comparação ao seu oponente, que havia tomado a sua forma original ( ou seja uma criatura de 4,30 de altura), porém por mais incrível que isso possa parecer, isso não intimidou o menor nem um pouco, pelo contrário, King apesar de menor em comparação a Denvil reagia bem a seus ataques.

Denvil girava agilmente o seu tridente para se defender das cartas jogadas pelo King, apesar de parecerem cartas inofensivas, ao serem desviadas pelo tridente de Denvil, elas cortavam pilares e chifres de demônios que passavam pelo local desavisados.

Denvil avançou rebatendo uma das cartas com o tridente, King se protegeu com o pulso, que teve um pequeno corte, Denvil aproveitou essa deixa e sumiu, o menor procura o maior com ansiedade, até que ele apenas teve tempo de sentir que foi atirado contra a parede pela cauda do maior, que ria enquanto golpeava o menor com suas enormes garras, manchando a parede toda de sangue.

King Dice: ! A-ARGH! Grr!

King segurou a mão do diabo com os pés apoiando as costas e as mãos na parede para empurrar a mão dele para livrar- se.

Denvil: Hahahahahahaha! Desista Dice!

King Dice: NUNCA! VÁ PARA O INFERNO!

Denvil: Você já está nele, hihihihi!

King serrou os punhos e empurrou a mão dele com tanta força que o maior recebeu a mão no próprio rosto, logo ele se afastou por conta do choque.

Dice se levantou e correu em direção a cauda do maior e jogou cartas, cortando a ponta da cauda dele fora, manchando o chão negro de vermelho carmim.

Denvil: !!! GROOOOOOOH!!! MALDITO!

Denvil em um salto tentou esmagar o menor que desviou por pouco apanhando algumas cartas do bolso, novamente o maior tentou esmagar o maior, e conseguiu, porém, Dice havia colocado as cartas apontadas para cima para se proteger, o que deu certo o maior recuou.

E essa foi a deixa para que o homem dado corresse até umas correntes que estavam em uma parte da sala, porém antes de chegar nelas o maior ( transformado em dragão) abocanhou sua perna, e o suspendeu no ar.

King Dice: !!! A-Aaaahhh!

O dragão balançou a cabeça da esquerda para a direita, fazendo Dice "Beijar" o chão várias vezes, até que ele foi atirado diretamente para a parede perto das correntes, o homem dado vomitou sangue, ele não conseguia sentir metade das costelas do seu peito, e por alguns segundos seus olhos pararam de brilhar, voltando a cor normal.

King Dice: C-Coff Coff! A-Argh!

Denvil se aproximou do menor enquanto rosnava, mas por alguns segundos eles apenas se olhavam, ambos com os mesmos olhares, que poderiam significar "Me perdoe...".

Denvil relaxou um pouco ao perceber que a conexão entre eles haviam voltado, e ele sorriu ameaçando chorar de felicidade.

Dice também sorriu, porém ele fechou os olhos e abaixou a cabeça, quando ele levantou a cabeça ele abriu os olhos, que voltaram a ficar verdes. Na mesma hora Dice pegou um prego que estava prendendo as correntes ao chão e atirou no olho esquerdo de Denvil.

Denvil: AAAAHHHHHHHHHHHHH!!!!!!

King usou suas últimas forças para pegar as correntes e pular nas costas de Denvil, prendendo as correntes em seus pulsos, pescoço e boca.( Denvil estava com quatro braços)

Denvil: !!! GROOOOOOOH!

O maior se debateu e começou a se bater nas paredes, para expulsar Dice das suas costas a força. O que não funcionou.

King Dice: Grr!

King puxou as correntes com força, enroscando as correntes e os braços do diabo o fazendo cair de queixo no chão chorando vermelho.

King dice: Huff huff... H-Heh...

King pulou das costas do maior levando consigo metade do chifre de Denvil no qual ele arrancou fora com as mãos. O diabo e o marido se encaravam, mas a conexão não existia mais.

King Dice: Onn... Não, não chore...

Disse king enrolando as correntes em sua mão, e na livre limpando as lágrimas do maior com o polegar, descendo lentamente até uma ferida no rosto do maior, misturando as lágrimas e sangue, passando em sua boca, que ficou vermelha, como se ele passa-se um batom vermelho mate brilhante.

King Dice: Eu ainda te amo... Só que bem pouco, hih!

O maior abaixou a cabeça, mas foi impedido pelas correntes em seu pescoço que o fez mirar Dice, o menor por sua vez puxou o maior para um beijo com um gosto meio metálico, o que de certa forma exitou o maior que acabou voltando ao tamanho menor, recebendo a língua do menor em sua boca, ainda escorrendo o liguido vermelho.

King Dice: O Casino é meu agora Denvil... E a sua alma também.

Disse o maior tomando uma pedra roxa meio esverdeada de dentro do pelo do maior, fazendo o maior ficar com os olhos em formato de linha reta.

King Dice: Eu espero que goste de usar terno lacaio, ou eu vou ter que te punir, hihihi.

Disse o maior colocando a pedra em seu colarinho, Denvil acabou desmaiando e virando uma poeira roxa, que voou para dentro da pedra. Dice encarou a pedra, sem perceber que um liguido verde escorria de seu rosto, olhos, e boca, envolvendo todo o seu corpo.

King Dice: Sniff... Heh... Haha...hahaha.... Hahahahahahaha! HIHIHIHAHAHAHAHAHAHAH! MUAHAHAHAHHAHAHAHAHAHHAHAHAHA!

Dice havia ganhado a luta, porém ele perdeu sua sanidade mental, e a capacidade de amar alguém mais uma vez...


Notas Finais


Bad ending...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...