1. Spirit Fanfics >
  2. Benefícios >
  3. Até que eu cresça

História Benefícios - Capítulo 40


Escrita por:


Capítulo 40 - Até que eu cresça


 

Renjun sabia que não seria fácil superar Jisung.

Foi difícil, demais, principalmente no início quando o via na faculdade com os outros. Então tinham as festas da faculdade e Renjun via como parecia fácil pra ele estar seguindo em frente.

Ele bebia um pouco, ficava com alguém e seguia a vida normalmente.

O único sofrendo ali era Renjun que sempre acabava sofrendo por ver aquilo.

 

Pensou que talvez pudesse simplesmente ir embora da cidade, mudar a matrícula pra outra faculdade numa cidade vizinha talvez. Não ficaria longe de seus amigos, manteria contato, só nao queria estar tão perto de Jisung de novo, porque doía pra caralho pensar que era um idiota e que enquanto ele seguia a vida normalmente, Renjun estava ali, chorando durante a noite, querendo arrancar fora o próprio coração tamanha a dor que sentia, como se aquilo de alguma forma pudesse ajudar. Não aguentava mais o estado catastrófico em que se encontrava por causa de Park Jisung.

 

Foi nesse enorme processo de superar que Renjun foi conhecendo mais de si mesmo. 

Faziam seis meses que estava realmente tentando superar Jisung, a ideia de ir embora se tornava mais presente na cabeça e já tinha comentado com os outros que não queriam que fosse, mas apoiavam caso aquilo fosse realmente necessário pra Renjun.

O Huang disse que esperaria até passar a chamada de calouros do segundo semestre, já que ajudaria na recepção deles.

Foi justamente ali que algumas coisas acabaram mudando.

 

Estava ajudando os calouros a encontrar o auditório pra entregar a documentação da matrícula e estava respondendo uma mensagem de Jaemin que pedia ajuda com a sua festa de aniversário que seria em agosto e que havia decidido fazer uma festa. Estava distraído encarando o celular quando sentiu um toque no seu ombro e quando levantou os olhos, teve que realmente olhar pra cima já que a pessoa atrás de si era bem, bem mais alta.

"Oi, eu vim fazer a minha matrícula, mas não encontro o auditório. Você sabe onde fica?" 

Renjun estava um tanto quanto chocado com o tamanho da pessoa atrás de si, que parecia nervosa e ao mesmo tempo envergonhada em estar perdida dentro do campus.

Era um garoto alto, de pele bronzeada e olhos grandes.

O cabelo escuro cobria a testa e ele tinha uma bolsa carteiro atravessada no ombro. Renjun por um tempo esqueceu que deveria responder e ficou o encarando com cara de paisagem porque ele era lindo e a voz profunda deixou o chines chocado.

"fica no..." parou de falar quando percebeu que falava mandarim e se corrigiu pra coreano. "fica no bloco C, eu posso te levar."

"Voce é chinês!" o outro falou em mandarim e sorriu e então Renjun ficou ainda mais surpreso, sorrindo abertamente.

"Você também!" riu e fez sinal pro outro o seguir enquanto ia pro bloco c. "Como se chama?"

"Yukhei. Wong Yukhei."

"Eu sou o Renjun. Huang Renjun."

 

Yukhei estava lá pra cursar história e Renjun o ajudou a andar de um lado pro outro na faculdade enquanto fazia a matrícula, conversando um pouco e perguntando onde ele estava morando, se era da cidade mesmo e descobrindo que Yukhei estava na casa de um primo, mas que iria procurar um emprego e um lugar pra ficar.

Quando acabou a matrícula, Renjun o desejou boa sorte e deu as boas vindas, deixando o outro tímido enquanto agradecia.

 

Quando as aulas começaram, na segunda-feira, Renjun esbarrou novamente em Yukhei que estava perdido procurando sua aula e sendo guiado por Renjun para o bloco G enquanto o grandão agradecia a ele. Foram conversando sobre o trabalho que Yukhei estava procurando e Renjun disse que conhecia um lugar que talvez precisasse.

Trocaram telefones e entre uma mensagem e outra de ajuda, começaram a conversar coisas bobas. Quando Renjun se deu conta, estavam passando a noite trocando mensagens. Foi na calourada de história que Renjun tinha o convidado pra ir e se enturmar que os dois acabaram sorrindo demais pro outro.

No final da noite estavam aos beijos num canto e quando Renjun acordou tinha um homem enorme dormindo ao seu lado na cama.

 

Foi a primeira vez que Jisung sentiu como Renjun se sentia antes. Como ver algo que era seu sendo tirado de ti e como se olhasse pra trás e conseguisse enxergar tudo o que fez de errado.

Ver Renjun beijando outra pessoa que não era ele, doeu em cada partezinha do Park e assistir ao passar dos meses a forma que aqueles dois pareciam ainda mais unidos, foi o inferno.

Yukhei dava a Renjun tudo o que Jisung não podia, ou queria dar. Talvez por falta de coragem, talvez por falta de amor, mas não importava mais. O que importava era que Renjun tinha tudo aquilo e Jisung só podia assistir de longe enquanto Yukhei esperava o outro depois da aula, como ele o beijava na frente de todos e segurava sua mão, a forma que ele era carinhoso e se preocupava com qualquer coisa que pudesse fazer mal a Renjun...

Huang Renjun tinha encontrado alguém que valia a pena e estava feliz.

 

Renjun não parava de sorrir.

Tentava ir devagar, aos poucos, mas quando ia ver acordava de manhã e Yukhei estava na sua cama, abraçado a si e quando ele abria os olhos e via Renjun ali, dava um grande sorriso, um bom dia alegre e um beijo no outro.

Nunca tinha acordado ao lado de ninguém.

Estava gostando de verdade de estar com Yukhei de forma que nunca pensou que gostaria de estar com alguém, só não sabia o que esperar daquilo, já que não eram namorados.

Até que uma noite com olhinhos brilhantes enquanto comiam e viam filme jogados no sofá de Renjun, Yukhei perguntou se eles namoravam e quase fez o pequeno engasgar com o ramen. Renjun o encarou e incerto perguntou se ele queria aquilo e quase morreu quando Yukhei disse que queria muito aquilo.

Jisung se afastou.

Não aguentava ver de perto alguém dando a Renjun tudo o que ele nunca deu e doía demais saber que não o fez porque não quis, afinal Renjun queria receber tudo aquilo e merecia.

Huang Renjun havia encontrado alguém que o amava e se importava com ele mais do que com qualquer outra pessoa no mundo.

Havia encontrado a si mesmo.

 

E de bônus ganhou um namoradinho.


Notas Finais


agora sim benefícios acabou de verdade
esse é final do renjun e aaaa
finalmente
eu disse que ele nao iria apenas spfrer. Confia pô.

entao né gentekkk
é

Jaehyun e Taeyong estao namorando
Taeyong pediu na festa de aniversário do Jaemin um tanto bebado e o Jaehyun ameaçou socar a cara dele pela vergonha, mas aceitou.

E eles vivem enfurnados na casa de Hyuckmin atrapalhando as fodinhas mesmo depois de os dois terem saído de casa pra isso
foda

obrigada pelo carinho e amor com a fic
meu twitter:
https://twitter.com/chenlogy

mandei mimos no ccat pois acabei de terminar meu namoro e to triste k
xoxo
*3*


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...