História Berkeley Love - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Brooklyn Nine-Nine
Personagens Amelia "Amy" Santiago, Charles Boyle, Jacob "Jake" Peralta, Personagens Originais, Regina "Gina" Linetti, Terence "Terry" Jeffords
Visualizações 6
Palavras 611
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, LGBT, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá pessu! Turu bom? Meu nome é Ana, e vim aqui trazer uma fanfic sobre brooklyn 99... no momento eu estou viciada e apaixonada. Faz muito tempo que sequer chego a escrever, então relevem. Juro que pode parecer, mas não vai ser uma fanfic clichê. Tenham paciência até eu voltar ao ritimo e me digam o que gostariam de ver, criticas construtivas, estou aberta a sugestões sempre. Beijo no core e NYNE NYYYYNE!

Capítulo 1 - Annie With E


Fanfic / Fanfiction Berkeley Love - Capítulo 1 - Annie With E

"Cool cool cool cool cool cool cool cool cool"

Isso era tudo que passava pela minha cabeça naquele momento. 

-Bom dia! 

Essa foi Melissa Fumero entrando no set de gravações como se alguém se importasse. Ha ha ha... Que eu to querendo enganar. Eu me importo. Mas espera um momento ai... Eu não sou o tipo de pessoa que começa uma história e não se apresenta, imagina que irritante começar a ler uma história sem saber quem está contando? Odeio esse tipo de livro, que joga o nome de um personagem no meio da história como se aquilo não fosse importante. Portanto, contudo, todavia, entretanto... não serei eu esse tipo de pessoa.

Me chamo Annie Gomez. "Uhhh... você é parente da Selena Gomez?" Bem que eu queria, porém, não sou tão sortuda assim. Na verdade, minha vida não foi das mais fáceis do mundo... Hoje em dia tenho 300 mil seguidores no Instagram, conheço mais de 20 países e tenho um trabalho até que bacana, não é muito maravilhoso, mas pode abrir muitas portas, então qualquer oportunidade é válida. No entanto, nem sempre foi um mar de rosas e tulipas a minha vida. Sou brasileira, me mudei para os Estados Unidos ainda muito nova quando minha mãe decidiu largar meu pai e tudo que a gente tinha e sair do país. No começo não foi fácil, mesmo minha mãe sendo uma professora de matemática com mestrado, o fato de ser de outro país não ajudou muito na hora de conseguir qualquer emprego. Com uma filha pequena pra cuidar, ela teve que se sujeitar a trabalhos braçais e muito pesados para conseguirmos comer. Quando fiz 12 anos, comecei a ajudar minha mãe a fazer limpeza na casa das pessoas, ela já não tinha a mesma disposição, e, apesar de ainda ser nova, os muitos anos fazendo limpeza não ajudaram muito. Foi então que em um dia minha mãe começou a namorar. Ela sempre teve o dedo meio podre para homens, meu pai era o exemplo perfeito disso, mas para algumas pessoas milagres acontecem e Kevin se mostrou um cara decente. Ele era veterinário, não chegava nem perto de ser rico, mas sempre muito trabalhador e esforçado para dar tudo que minha mãe e eu precisávamos. Cursei história da arte e Física na Universidade de Berkeley, mas no fina das contas, o que eu sempre gostei de fazer foi maquiagem, e modéstia a parte, faço muito bem... Mas o que realmente me fascina sobre a maquiagem é a oportunidade de se tornar, quase literalmente, uma nova pessoa, por isso comecei um ano depois de terminar meus cursos na faculdade, o curso de maquiagem cinematográfica. 

 

Então você, flor linda que está lendo isso, o que Melissa Fumero tem a ver com tudo isso, certo? Certo, pois adivinho pensamentos. 

 

Fazer maquiagem hoje em dia rende muitas vizualizações, e foi isso que eu fiz... criei um canal no YouTube dando dicas para makes para festa, dia a dia e até mesmo ensinando maquiagem cinematográfica. Demorou uns 2 anos até eu conseguir meu primeiro milhão, que infelizmente não é de dinheiro, mas já é sensacional. Desde então venho fazendo entrevistas em varias emissoras para qualquer coisa que eles precisassem. E cá estou eu, no meu primeiro dia de trabalho na NBC, casa de muitas séries famosas. Meu cargo? Assistente de maquiagem. É um começo, e, pra falar a verdade, um ótimo começo. Tenho 23 anos, e as coisas estão se encaixando, a vida está nos trilhos... Mas como dizem, sorte no jogo (ou trabalho) azar no amor. E foi naquele momento que eu olhei nos olhos dele que eu sabia que estava tudo perdido. Para mim, obviamente.


Notas Finais


Espero que tenham gostado. Sei que não existe muitas fanfic sobre Brooklyn 99 então deixem suas sugestões. Até o próximo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...