História Beside You - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias 5 Seconds Of Summer
Personagens Ashton Irwin, Calum Hood, Luke Hemmings, Michael Clifford, Personagens Originais
Tags 5 Seconds Of Summer, 5sos, Ashton Irwin, Calum Hood, Jade Picon, Luke Hemmings, Michael Clifford, Romance
Visualizações 37
Palavras 1.490
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Famí­lia, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oláaaaa! 😄
Sim, eu sei que esse tipo de fanfic é clichê, mas é um clichê que tanto amo💜
Só peço que deem uma chance para essa fanfic, pois é a minha primeira então gostaria de saber o que acharam, se devo continuar ou deixo pra lá..
A menina da capa é a Jade Picon, eu amo ela e acho ela super linda, então decidi colocar ela como protagonista, acho que talvez já conheçam ela mas se não, vão no insta dela que é @jadepicon, ela é um amorzinho💕
Aviso: Eles teram 16 anos na fanfic, até o Ashton que é mais velho que os outros na vida real.

Tenham uma boa leitura gente💚
(Os meninos iram aparecer provavelmente no terceiro capítulo, então tenham um pouquinho de paciência please😸😂)

TÍTULO DO CAPÍTULO: Mudanças

Capítulo 1 - Changes


Fanfic / Fanfiction Beside You - Capítulo 1 - Changes

 

 P.O.V JADE

Mais um dia amanheceu na cidade do Rio de Janeiro, era verão, início de dezembro. Minhas aulas tinham acabado, e eu tinha terminado o primeiro ano do ensino médio. 

Acordei e vi que já passava das 11 horas, levantei e fui direto ao banheiro, ainda com meu pijama desci as escadas da minha casa indo para a cozinha.

-Bom dia mãe - falei ao chegar na cozinha vendo minha mãe preparar o almoço.

-Bom dia, daqui a pouco o almoço estará pronto, e vai colocar uma roupa porque precisamos ir ao dentista - minha mãe falou me lembrando desse compromisso nada agradável.

-Af, odeio ter que ir no dentista -  reclamei e subi para trocar minha roupa.

Depois de ter almoçado, fui para o consultório da Dr. Suellen.

Não demorou muito para a recepcionista mandar eu entrar.

-Olá Jade, tudo bem?

-Tudo sim - sorri por educação.

Já estava no carro quando minha mãe tocou no assunto que eu menos queria ouvir no momento.

- Talvez seu pai seja promovido essa semana, espero que não de seu ataque novamente, ele deseja muito isso filha, eu espero que você se comporte. - senti uma pontada no meu peito ao lembrar da minha possível mudança de país.

- Mãe vai ser muito difícil pra mim, eu sei que vivo reclamando do Brasil, mas eu tenho meus amigos aqui, eu tenho uma vida construída aqui, não será nada fácil ir para um lugar desconhecido, um país que nunca visitei, assim, do nada. - Não é como se eu odiasse a Austrália, longe disso, sempre tive o sonho de visitar, mas visitar um país é uma coisa muito diferente do que morar.

- Além do mais, eu não sou 100% segura no meu inglês, e se eu chegar lá e não conseguir me adaptar?

- Fica calma, você fala super bem, além de que teremos 2 meses antes de ir. - falou ela tentando me acalmar. - Só promete que vai pensar bem e não vai aborrecer seu pai?

Fiquei calada fingindo que não tinha ouvido a pergunta dela.

-Jade eu estou falando com você!

-Tá,tudo bem! Mas você sabe que terá que dizer tudo isso para o Luiz também! 

-Quando chegar em casa converso com ele.

E assim partimos para casa, e eu com uma vontade de chorar entalada na minha garganta. Pode parecer exagero, mas para mim é muito difícil me desapegar das coisas que amo, principalmente das pessoas.

·····

Domingo tinha chegado e eu iria na casa da minha amiga Camila.

Entrei no meu quarto e peguei tudo o que eu precisaria: protetor solar, óculos de sol, toalha, e uma roupa a mais.

Coloquei meu biquíni e pus um vestidinho por cima. Desci as escadas avisando a minha mãe que já estava pronta.

-Vamos mãe, todos já estão lá estou meio atrasada.

-Tudo bem, vai entrando no carro que vou pegar minha bolsa.

- Pra que você vai levar bolsa sendo que só vai me deixar na casa da Camz?

- Tenho que passar na farmácia - explicou ela.

Saí de casa e entrei no carro esperando minha mãe.

···

- E aí bitches! - falei assim que abri a porta da casa.

-Até que enfim senhorita. - falou Júlia com as mãos na cintura.

-Whatever... Camz, seu primo já chegou? - perguntei interessada no primo da Camila. Bruno gato Martins, era o nome dele.

- Ele já ta vindo amiga, calma que ele não vai fugir de você. - falou ela rindo da minha ansiedade.

Percebi que Milena ficou meio cabisbaixa ao tocar no assunto Bruno,será que ela é afim dele? Enfim, deixei pra lá, a Mi nunca me falou dos sentimentos dela, talvez não confiasse tanto assim em mim.

 

[...]

Estava lá eu sentada na beirada da piscina com os pés balançando na água quando vejo Bruno (maravilhoso) entrando e cumprimentando as meninas.

-Oi meninas, aproveitando o sol? - elas riram enquanto eu ficava lá admirando aquela beleza de menino. Bruno tinha os cabelos negros e olhos castanhos, pele sarada,tinha um copo bonito mas não era aqueles saradões,nunca gostei de meninos sarados, aqueles cheios de músculos que parecem que vão explodir a qualquer momento, então para mim Bruno tinha o corpo "ideal", apesar de eu ser contra os padrões de beleza de hoje em dia, mas era como eu definia ele.

Ele veio e sentou-se ao meu lado na piscina, naquele momento comecei a ficar nervosa, eu era um pouco tímida no começo, mas depois eu acabava relaxando.

-E aí gata não vai entrar na piscina? - ele abriu aquele sorriso que faria qualquer uma cair aos seus pés, inclusive eu.

Fiquei estática por um momento, apenas observando aquele menino que se encontrava a minha frente esperando por uma resposta.

Consegui me recompor, não queria que ele achasse que eu era uma boba apaixonada que a qualquer momento imploraria para ficar com ele.

-V-vou, e-eu vou sim. - dei um sorriso mínimo me praguejando mentalmente por ter gaguejado na frente dele.

-Então vamos. - falou ele não tendo noção do efeito que aquela mini conversa estava me causando.

Pulei na piscina e dei um mergulho, sempre fui apaixonada por mar, piscina, quando entrava não queria sair mais.

 

[...]

-Jay tem suco na geladeira, vai com o Bruno lá pegar pra vocês dois.

Camz piscou para mim e entendi imediatamente que isso foi proposital. Sorri pra ela um pouco nervosa,eu sabia que talvez naquele cozinha iria acontecer alguma coisa.  

Cheguei na cozinha e abri a geladeira para pegar os sucos, soltei na bancada e Bruno veio ao meu lado.

-Você quer que eu leve?

-Não precisa. Sorri pra ele e senti ele aproximando-se de mim com aquele sorriso conquistador.

Ele foi se aproximando cada vez mais e de repente enlaçou minha cintura fazendo minha pernas bambearem. Ele se aproximou do meu rosto e começou a depositar beijos no meu pescoço.

-Você é tão gata. - Eu já estava ficando louca... Ele olhou para mim e encostou nossa bocas, começou com um beijo lento, mas após eu passar aos mãos por seu pescoço ele aprofundou mais e pediu passagem com a língua, ele apertou cada vez mais minha cintura e agarrei seus cabelos, nossos corpos estavam quentes, era puro desejo. Ele agarrou minha coxa e subiu ela para o lado da sua cintura, pelo fato de eu estar apenas de biquíni e ele apenas com uma bermuda tactel as coisas ficavam mais quentes ainda. Começou a depositar beijos molhados no meu pescoço, eu já sentia seu membro crescer, ele puxou mais minha cintura fazendo com que eu sentisse seu pau duro se chocar com minha intimidade.

Arfei na sua boca e ele sorriu. Ouvimos um barulho na porta e me afastei um pouco dele para ver quem era e encontrei Milena olhando para nos com um olhar triste parecia prestes a chorar.

-M-me desculpa, eu só vou no b-banheiro. - e saiu em disparada passando por nós como um jato.

-MI...!

Gritei para ela mas ela já estava subindo as escadas.

Olhei para Bruno e ele mantinha um olhar confuso sobre mim. Dei de ombros e ele resolveu se pronunciar.

-Estragou com nosso clima... Mas podemos continuar. - ele disse se aproximando de volta dos meus lábios

-É.. Acho melhor voltar pra piscina. - sorri para ele e me aproximei para depositar um selinho.

Ele bufou chateado mas assentiu. Voltamos para piscina e encontrei as meninas me olhando com um olhar malicioso. Sussurrei um "depois eu conto" e elas assentiram.

No final do dia minha mãe estacionou na frente da casa de Camz e falou que tinha um assunto importante esperando por nós lá em casa. Cheguei em casa e fui direto tomar um banho, tirar o cloro de meu cabelo e corpo, coloquei um short de moletom e uma blusa cropped solta velha de ficar em casa.

Vi meus pais no sofá esperando para conversar comigo e com meu irmão. Já vi que não era coisa boa..

-Senta um pouco aqui filha, precisamos tratar de um assunto que eu venho adiando mas já tenho a carta final. - meu pai falou, senti que ele estava um pouco apreensivo.

-Fala logo pai. - meu irmão falou irritado, pelo visto o humor dele não está dos melhores hoje.

-Calma Luiz! - exclamou mamãe tentando acalmar os nervos dele.

-Bom, conversei com meu chefe hoje sobre a promoção e ele disse que já tem um cargo destinado pra mim. Que vocês sabem que é fora do Brasil. Enfim, eu quero dizer para vocês que vamos morar na Austrália ano que vem, e espero que vocês estejam de acordo, porque eu e a mãe de vocês já estamos certos dessa decisão. - foi como um baque, senti minha cabeça rodar e fiquei estática, é claro que eu sabia que existia essa possibilidade de ir morar no país dos cangurus, mas eu ainda tinha a esperança de que meu pai desistisse da promoção.

 


Notas Finais


Comentem se gostaram ou não. Até o próximo capítulo!
beijooos💙💙💙💙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...