1. Spirit Fanfics >
  2. Best Friend >
  3. Me diz você, Willemsen.

História Best Friend - Capítulo 23


Escrita por:


Notas do Autor


Olá meus amores.

Espero que gostem e não se esqueçam de comentar e favoritar 💛

Capítulo 23 - Me diz você, Willemsen.


Fanfic / Fanfiction Best Friend - Capítulo 23 - Me diz você, Willemsen.

- Instagram on - 

marcoasensio10: Promete voltar logo? 

• jordanabazán: Prometo ficar para sempre. 

- Instagram of - 

                   Narração por Jordana Bazán.

                         Algumas semanas depois.

- Ligação por vídeo on - 

Marco: Nossa, essa roupa te deixou ainda mais perfeita. Francamente, Deus te deu toda a beleza do mundo. 

Jordana: Aff que vontade de te apertar e e te encher de beijos. 

Marco: Nem fala isso, que se não saio daqui da concentração e vou para a Itália te beijar. 

Jordana: Tudo que eu queria nesse momento. - me sento na cadeira de meu escritório.

Marco: Tô morrendo de saudades dos seus beijos, dos seus abraços, do seu cafuné, de você e principalmente de nós. 

Jordana: Por que você é tão perfeito? - pergunto sorrindo boba.

Marco: Porque eu te amo. 

Isco: Aí minha diabete. - Isco diz pegando o celular de Marco e se sentando em outra cama.

Jordana: Oii isca de peixe. Tá cuidando do meu namorado? 

Isco: Nosso namorado, gatinha. E respondendo a sua pergunta, estou sim. Apesar de que agora ele só fica de papinho com aquela tal de Mia. 

Jordana: Interessante, não acha, Marco? 

Marco: Linguarudo. - Marco diz pegando o celular da mão de Isco e se sentando na cama que estava anteriormente. Marco estava com um semblante sério.

Jordana: Por que você está tenso, Marco Asensio Willemsen? 

Isco: O caldo tornou para o seu lado, irmão. 

Marco: Isco vai pastar. Amor, não é o que você tá pensando. 

Jordana: E o que eu estou pensando, Willemsen? 

Marco: Não sei, você precisa me dizer. E Willemsen não, é horrível. 

Jordana: Me diz você, Willemsen. 

Marco: Não tenho nem o que falar, ela me procurou e disse que não queria perder a minha amizade, só por eu estar namorando. 

Jordana: Tá e daí? 

Marco: E daí que foi só isso. 

Isco: Conta para ela que vocês sairam para jantar ontem a noite.

Marco: Isco, você é meu amigo ou o que?

Isco: Sou seu amigo, mas acho que você deveria ser sincero com a Jordana.

Jordana: Marco, você me conhece, sabe que eu nunca vou te privar de ter amigas, mas eu só preciso que você seja sincero comigo. - peço com a voz calma. 

Marco: Sei disso. Mas é que eu tenho medo de que você entenda algo de maneira errada. Não quero ficar mal com você.

Jordana: E não vai. A única coisa que te peço é que para que seja sincero comigo.

Marco: Amo você, mi Cariño.

Jordana: Amo você, mon bébé. 

Isco: Amo vocês, casalzão maduro da porra. 

Jordana e Marco: Também te amamos, isca de peixe. 

Jordana: Nos falamos depois, mon bébé.

Marco: Até depois, mi Cariño. 

- ligação por vídeo off -

Fecho meu MacBook e encaro a vista privilegiada que eu possuía da minha sala. O céu era uma mistura de tons de roxo, rosa e laranja e deixavam a velha Turim ainda mais encantadora. 

- Com licença, senhorita Bazán. O senhor Dybala está na recepção querendo falar com a senhora. Posso autorizar? - Ana, minha secretária, pergunta.

- Pode sim, Ana. Obrigada! - sorrio me ajeitando na cadeira, Ana saiu da sala e poucos minutos depois voltou acompanhada de Paulo. 

- Ciao amore mio. (Oi meu amor) - Paulo diz parando em frente a minha cadeira e me puxando para um abraço apertado.

- Ciao noioso. Ricorda che parliamo spagnolo. (Olá seu chato. Lembre-se que falamos espanhol.) 

- Você adora cortar o meu barato, né? - o jogador do time local, pergunta se sentando em cima do espaço livre da minha mesa.

- Vim te buscar para jantarmos juntos.

- Como você sabe se eu quero ou não? 

- Porque eu convenço a todos com meu charme. - Dybala diz e eu gargalho alto.

- Se retire da minha sala, que aqui não tem espaço suficiente para o seu ego. - afirmo ainda rindo.

- Hahah, engraçadinha. Já terminou o namoro? 

- Você sabe que não.

- Poxa vida. Avisa ao espanhol que é para ele agilizar, tem gente na fila. 

- Hahah idiota. Para a sua tristeza nunca estivemos tão bem. 

- Droga. 

- Idiota, vamo logo. - me levanto da minha cadeira, pego a minha bolsa e saio da minha sala sendo acompanhada por Paulo. 

- Tá de carro? - Paulo pergunta e eu confirmo com a cabeça. 

- Nos encontramos no restaurante de sempre? - pergunto e ele concorda. Entro no meu carro e dirijo calmamente até o restaurante tipicamente italiano. 

- Finalmente, achei que tivesse se perdido no caminho. - Paulo diz andando em minha direção e me abraçando, me guiando até a mesa que ficava em um canto mais discreto. 

Jordana: Mon bébé, estou jantando fora com Dybala. Assim que eu chegar em casa te ligo. Beijos. 

Mon bébé: Esse cara de novo? 

Jordana: Sim. Ele de novo. 

Mon bébé: Se cuida, aproveita o jantar e depois me liga. Te amo. 

Jordana: Te amo. 

- Como está a sua mãe? - pergunto bebericando um pouco do vinho. 

- Bem, muito bem. Inclusive te mandou abraço e pediu para que você vá visitá-la. 

- Preciso mesmo ir vê-la. 

Jantamos, enquanto conversávamos um pouquinho sobre tudo. Apesar de Paulo viver dando em cima de mim, é um dos meus melhores amigos. 

- Obrigada pela noite, la joya. 

- Eu que agradeço, empresária. - deixo um beijo em sua bochecha, entro no carro e vou para casa.


Notas Finais


Obrigada por lerem 💛


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...