História Best friend forever - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Alexandra, Ana Luiza Oliveira, Ana Luiza Sobral, Carlos Henrique, Carol, Daniel, Julia, Juliana, Kamilly, Lucas, Marcos
Visualizações 9
Palavras 388
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Comédia, Famí­lia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, LGBT, Romance e Novela, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 4 - Minha primeira vergonha


Estava esperando o ônibus no ponto de ônibus ( porque no ponto de avião que não iria ser. Será que existe ponto de avião?)

Peguei o ônibus e sentei no banco perto da janela. E o ônibus parou pra pegar mais estudantes e uma garota sentou do meu lado. Eu não fazia ideia de quem era ela mas quando olhei para o rosto dela percebi que era Ana Luiza.

– Oi querida tudo bom?

– oiii.

Fomos para escola juntos e ficamos conversando mais.

( Na sala de aula)

Sentei ao lado dela e a outra Ana Luiza chegou atrasada e sentou com a gente ( se estiver errado foda-se quem está escrevendo sou eu nessa merda)

Ana Luiza ( a que eu conheci primeiro) começou a do garoto que ela perdeu a virgindade e como foi.

– o nome dele é Moisés, ele é feio mas sabe transar bem.

– menina que isso. Isso é hora de perder a virgindade? – falei constrangido.

– foda-se. – ela respondeu e continuou falando. – e o tamanho do negócio dele era... Como eu posso explicar?

– Era do tamanho do cano da bazuca. –Luiza ironizou.

Começamos a rir e ela voltou a falar.

– ele tinha gozado na minha mão e ele teve que tirar a camisa pra mim limpar a mão. Depois eu fui pra casa de um amigo meu e contei a ele como foi.

Depois de escutar essa história eu fiquei assustado. Uma garota de 12 anos perdeu a virgindade com um cara de 16 anos, meu Deus.

A aula acabou e nós três fomos pra casa junto. 

No meio do caminho encontrei um amigo meu que conheci no 6° ano e ele ficou junto com a gente. Ficamos passando vergonha pelo meio da rua e eu não gostava disso porque eu era normal.

Ana ficou chingando pelo meio da rua e várias pessoas olhando pra ela. Até que a Luiza ficou estressada.

– porra para de chingar caralho parece que nunca ouviu um palavrão nessa porra.

– tipo. Vc esta falando pra ela parar de chingar e vc está chingando. – falei rindo.

– ah foda-se também.

Começamos a rir.

Luiza morava perto da escola. Então ela foi a primeira a ir embora e ficou eu ana, e Luan.

Pegamos o ônibus e fomos embora. Ana Luiza e Luan soltaram no mesmo ponto de sempre e eu fui pra casa também.

Eu soltei no mesmo ponto de sempre e fui embora também.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...