História Best Friends - Cameron Dallas - Capítulo 1


Escrita por: e Pika_pika_chuuu

Postado
Categorias Cameron Dallas, Magcon
Personagens Aaron Carpenter, Cameron Dallas, Matthew Espinosa, Shawn Mendes
Visualizações 93
Palavras 682
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Ação, Aventura, Bishoujo, Bishounen, Comédia, Crossover, Drabble, Drabs, Drama (Tragédia), Esporte, Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, LGBT, Lírica, Literatura Feminina, Musical (Songfic), Romance e Novela, Seinen, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - 1


No momento a sala de aula está silênciosa, enquanto os alunos têm um prova de literatura, onde só é possível ouvir os ventiladores e meus dedos batucando na mesa.

Derrepente a porta é aberta pelo diretor.

- Da licença professora, a Sra.Bayo precisa ser liberada agora mesmo - O diretor fala.

Levanto de minha cadeira, pegando minha mochila e a minha prova, indo entregá-la ao professor, em seguida saindo junto com o diretor.

- Sra.Fayola, o seu primo lhe mandou o endereço do hospital XXXXXXXXXXX, aparentemente é urgente.- Ele me fala o endereço.

- Mas...Aaaah - Eu ia falar, mas logo me liguei que o endereço não era de um hospital, e sim, o apartamento do meu melhor amigo - Okay, Obrigada.

- Tchau Sra.Fayola - O diretor fala e eu sigo até a saída.

(...)

Depois de um tempo, cheguei finalmente no apartamento de meu melhor amigo e aperto a campainha, esperando na frente de sua porta. O tempo estava esfriando e eu tinha pegado uma pequena caroua no caminho pra cá, por conta disso que apertei mais uma vez a campainha, seguida de mais algumas apertadas frenéticas.

-Abre a porta porra, eu tô com frio!!- Falo apertando mais uma última vez e escutando o barulho das trancas da porta sendo abertas.

-Finalmente!!- Exclamo, vendo o garoto abrir a porta sorrindo, me dando passagem para entrar.

-Oi pra você também.-Ele fala rindo nasalado após fechar a porta atrás de mim.

-Oi... - Falo olhando envolta do apartamento simples e bagunçado.-Porque você não foi para a escola hoje???- Pergunto encarando-o.

-Preguiça, pra variar.- Ele fala indo ao cômodo da cozinha - Calma, eu tenho 20 anos!

- É mesmo kkkk

-Mas então...- Falei aparecendo na cozinha.- Por que me chamou aqui???- Pergunto vendo ele mecher no armário.

-Eu estava entediado... E é bem fácil convencer o diretor, já que ele não pede altorização aos pais para que o aluno saia da escola sozinho.-Ele fala pegando uns salgadinhos.- Tá com fome ???

-Você sobrevive de salgadinho, refrigerante e chocolate???- Pergunto rindo e abrindo a geladeira.

-Claro que não!!! De vez em quando eu frito um ovo...- Ele fala me fazendo rir.

-Entendi... Mas eu realmente não estou com fome, valeu.- Eu falo fechando a geladeira.

-Tudo bem então.-Ele da de ombros.-Vamos jogar videogame???

-Vamos. -sorrio acompanhando o Cameron em direção a sala.

(....)

-VAAAIIII!!!! APERTA ESSE BOTÃO MAIS RÁPIDO!!!- Eu grito, apertando os botões freneticamente.

-EU TÔ TENTANDO.... AI CARALHO, EU TÔ MORRENDO!!- Cameron grita apertando e sacudindo o controle freneticamente.

Explicando o motivo do desespero:

Estamos na última faze de um jogo, onde se nós morremos o jogo volta para a primeira faze, e dês de então estamos em um ciclo vicioso de 1 mês tentando matar o maldito "chefão", o cara mais roubado dessa porra.

-EU VOU PERDER MEU DEDO!!!- Hayes exclama enquanto aperta os botões mais rapidamente.-MINHA ESPADA QUEBROU,JOGA MAGIA!!!!

-ACABOU MINHA MAGIA!!!- Eu falo tentando desviar das bolas de fogo que os capangas do chefão soltavam.

-COMO QUE UM BRUXO FICA SEM MAGIA???- Ele pergunta indignado e olha pra mim, fazendo ele ser atingido por uma das bolas de fogo.

-OLHOS NA TELA PORRA!!!

-PARA DE GRITAR CARALHO... AAAAAAHHHHHH EU VOU MORRER.... AAHHHHH- Ele grita desesperadamente tentando matar as criaturas que estamos atacando-o.- Morri.-Ele fala suspirando frustado e largando o controle.

-NÃÃO, FILHO DA PUTA!!! EU VOU TE VINGAR... AAAHHHH.... - arregalo os olhos e suspiro pesadamente  ao ver na tela escrito "game over".

-NÃÃÃÃOOOO!!!!- gritamos ao mesmo tempo enquanto  nos esperneavamos no chão.

(.....)

-Eu não acredito...- Ele fala olhando para o teto.

-Eu tô com fome.- Reclamo colocando a mão na minha barriga.

-Eu nunca mais jogo esse jogo.- O garoto fala bufando.

Estávamos a mais ou menos 30 minutos deitados no chão de sua sala, olhando para o teto, tentando nos conformar que tínhamos perdido o jogo na última faze.

-Faltou tão pouco... - Cameron choraminga.

-Eu acho que vou pra casa.- Falo sentando no chão e olhando o relógio na parede.- Já são quase 6 horas.

-Tá bom ...- Ele fala ainda deitado.

Me levanto e pego minha mochila no canto da sala.

-Leva esse jogo do demônio também.-Ele fala apontando para o CD que estava na capa em cima da estante.

-Ta, até mais...- Falo rindo, saindo pela porta.

(...)


Notas Finais


:)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...