1. Spirit Fanfics >
  2. Best Of Me - Jikook >
  3. Parque de Diversões

História Best Of Me - Jikook - Capítulo 15


Escrita por:


Notas do Autor


Oi gente mais um cap. pra vocês, já vão me desculpando pelos erros e a indicação de hoje é um vídeo que o Jungkook fez do Jimin quando eles estavam na Disney em Tokyo: G.C.F in Tokyo, que é a referência pra esse capítulo.
Boa Leitura 💕

Capítulo 15 - Parque de Diversões


Fanfic / Fanfiction Best Of Me - Jikook - Capítulo 15 - Parque de Diversões

 

"So when your tears roll down, your pillow like a river
I'll be there for you
I'll be there for you
When you're screaming, but they only hear you whisper
I'll be loud for you
But you gotta be there for me too"

There for you - Martin Garrix (ft. Troye Sivan)

 

 

Jk: O que você acabou de dizer?! - disse Jeon com sangue nos olhos.
Tae: O que? Quem é você para querer saber?!
Jm: Calma, não precisa fazer nada. - Jimin tentou acalmar os dois, sem sucesso.
Tae: Quer saber, eu vou falar 'pra todo mundo aqui ouvir! - a essa altura todos no local estavam observando a briga. - EU ESTOU APAIXONADO PELO PARK JIMIN! - no mesmo momento, Jin que estava ouvindo tudo, deixa cair seu lanche no chão e sai correndo do local. Jungkook, sem pensar duas vezes agarra Taehyung pelo colarinho assustando o garoto.
Tae: Ei! O que você tem haver com isso? Vai cuidar da sua vida! 
Jk: Você sabe quem eu sou? - O moreno estava prestes a socar a cara de Taehyung, quando Jimin puxou seu braço e depois colocou suas mãos delicadas no rosto dele, acalmando seu amor.
Jm: Não faça nada de idiota. É você quem eu gosto e isso não vai mudar. Deixa que eu converso com ele. - Tae percebeu que havia algo entre Jimin e Jungkook e não acreditou no que estava vendo.
Tae: Eu já entendi tudo. 
Jm: Eu ia te contar mas...
Tae: Não fala nada Jimin, eu já entendi. Você prefere esse idiota arrogante do que eu. - Disse triste e saiu correndo do local. O loiro foi procurar por Jin que provavelmente estaria arrasado.
Depois de tanto procurar o achou na arquibancada. Estava triste, sozinho e com frio, Jimin se aproximou de vagar e docilmente e sentou-se do lado do amigo.
Jm:Oi - Jin não o olhou nos olhos, e Jimin ficou desconfortável.
Jin: Você deve estar me achando um idiota.
Jm:Claro que não, e-eu - Jimin se retrai.
Jin: Eu não culpo você, nem ele. Não posso obrigar alguém a gostar de mim.
Jm: Eu preciso te contar uma coisa.
Jin: Ah, eu sei, tudo bem se vocês ficarem juntos.
Jm: Não! Não é nada disso. Eu não gosto do Taehyung não seu bobo - riu deixando Jin surpreso. 
Jin: Não? 
Jm: Não, na verdade, e-eu gosto do Jungkook.
Jin: O Jeon? Filho do presidente? Que estava contigo no banheiro quando tu passou mal? Aquele gato?!
Jm: Sim, nós meio que, estamos...
Jin: Namorando?!
Jm:É! Não precisa gritar. - os dois caem na risada. - Você sabe que, não pode mudar o fato de que,o Tae não gosta de ti, né?
Jin:É. Agora tá doendo, mas eu vou superar.
Jm: Um dia após o outro. E em cada um deles eu estarei do seu lado. - diz depositando um selar na testa do amigo.
Depois de conversar com Seokjin, Jimin, com muito receio, foi procurar por Taehyung. E o encontrou na sala de música, onde haviam vários instrumentos espalhados pelo cômodo. Violões e Guitarras pendurados nas paredes, violinos e violoncelos apoiados no chão, flautas e um enorme piano no centro da sala, e Até estava tocando-o, de uma forma graciosa e ao mesmo tempo podia-se sentir a tristeza em cada nota que o moreno tocava. Jimin entrou lentamente na sala e se sentou do lado do amigo que no mesmo momento parou de tocar o instrumento. Um silêncio se pôs no local, deixando o loiro desconfortável, cogitou até a ideia de não dizer nada e ir embora, mas Taehyung quebrou o silêncio.
Tae: O que você quer? - disse com sua voz grossa e baixa. Na verdade Jimin não sabia o que dizer, não queria perder um amigo, e também não poderia perder Jungkook. - Se você não tem nada a dizer então vou embora. - levantou-se para sair,mas Jimin segurou de leve sua camiseta o impedindo de ir.
Jm: Não vai. Por favor. - Disse com lágrimas nos olhos fazendo Tae ficar surpreso. - Eu não tenho culpa de gostar dele, e-eu - Jimin não conseguiu conter as lágrimas, e Taehyung não aguentava ver o amigo chorar, então sentou-se ao lado do loiro novamente. 
Tae: Eu não estou te culpando. - Disse sério. O loiro o encarou com as lágrimas rolando por suas bochechas.
Jm: Eu gosto de você,mas como amigo. Você me entende né? - O moreno apenas permaneceu calado. - Eu ia contar pra você,mas foi tudo muito rápido, Eu... Eu não quero perder você, nem o Jin, e, nem o Jungkook. Desculpa.
Tae: Não peça desculpa. Eu só preciso de um tempo 'pra processar tudo isso. Processar que você gosta dele, e eu não esperava por isso. Que eu magoei o Jin, que nossa amizade está como está. E tudo por minha causa. - Ele se levanta novamente e dessa vez para ir embora, o loiro tenta impedi-lo mais uma vez com um abraco, mas Taehyung recusa. - Não force a barra Jimin, por favor.
Apesar do loiro estar muito mal por causa do afastamento de Taehyung, boa parte de si está feliz por estar com Jungkook, de ama-lo e não trocaria o moreno por ninguém, e apesar de se sentir meio egoísta, ainda sim estava feliz. Pediu a Jungkook que o deixasse ir embora sozinho,e apesar de não entender o por quê respeitou o pedido do loiro. Jimin passou a tarde toda pensando no que tinha acontecido, jamais passara por sua cabeça que um dia pudesse haver um triângulo amoroso em sua amizade, e o pior é que não sabia quando as coisas iriam ficar normais. E como imaginou o clima entre os três ficou tenso durante toda a semana. Na faculdade quase não via Taehyung e Jin permanecia triste. E o loiro se sentia inútil em não conseguir resolver a situação. Porque Jimin queria concertar tudo, até o que estava fora de seu alcance e acabava se machucando. Jungkook o levou para o banheiro da escola e conversou com ele,disse que não precisava se culpar e nem tentar concertar nada, porque certas coisas apenas o tempo pode curar e concertar. Dias e que Jimin está tão abitolado nessa história que passou a semana toda sem falar com Jungkook, e que além dos dois amigos ele ainda tem um namorado que se preocupa com ele é que quer ajudá-lo. 
Jimin reconheceu que está se cobrando demais e se desculpou, então marcaram de sair junto.
Jk: Vamos no parque?Amanhã? 
Jm: Sério? Você é o filho do Presidente- Jeon revira os olhos - As pessoas vão comentar sobre nós, e pode chegar na imprensa ou pior,no seu pai!
Jk:Bom, ele não pode me matar,né? Se ele descobrir eu vou falar que é verdade é que eu estou apaixonado pelo garoto mais lindo do universo. - Jimin,como de costume se derreteu por Jeon beijando os lábios de seu amor.
Jm: Então ta bom. - sorriu angelical.


CASA DE MINHYUK 20:00 DA NOITE 
Mk: Então quer dizer que eles vão para o parque.
Pessoa desconhecida: Isso mesmo. Eles vão as dez da manhã. 
Mk: Certeza né? 
Pessoa desconhecida: Absoluta. Eu ouvi eles conversando no banheiro.


SÁBADO 10:00 
Jungkook já estava na porta esperando por Jimin, por coincidência o sol resolveu sair e aquecer um pouco a cidade, e fazer valer a pena o passeio. O loiro sai de casa cheio de coisas na mão,Jeon sai do carro para ajudá-lo. 
Jk: 'Pra que tudo isso? 
Jm: A gente acaba com toda essa comida em 5 segundos. 
Jk:É mesmo. 
Os dois estão super animados para o parque, colocaram 'Sweater Weather' da banda The Neighbourhood e mais algumas músicas para tocar durante a viagem. Jungkook não conseguia acreditar que naquele momento estava com a pessoa cuja voz se apaixonou. E agora, pelo acaso do destino,ou seja lá o que for,ele estava com Jimin, e agirá não tinha apenas a voz do loiro, mas também seu amor. E podia sentir tal amor nas pequenas coisas, como quando Jimin brinca com seus cabelos ou quando o loiro apenas toca em sua mão enquanto dirige. E Jeon amava sentir isso, como jamais amou ou precisou de algo como precisa dos toques de Park Jimin.
Jm: Por que você trouxe essa câmera? - perguntou o loiro quando chegaram ao parque.
Jk: Um dos meus hobbies é gravar e editar. E se você me permitir quero gravá-lo hoje.
Jm: Sério? Então eu vou ser tipo seu muso inspirador?
Jk:Com certeza. - Jeon queria capturar o jeito como ele vê Jimin, como ele se apaixona a cada sorriso espontâneo, cada andar, cada momento distraído, cada espirro. Queria capturar tudo isso é guardar para sempre. Então gravou cada passo do garoto que estava deslumbrante de lindo. 
Jk: Você quer ir aonde primeiro? - disse apontando para todos os enormes brinquedos do parque.
Jm: Vamos na montanha Russa primeiro. - Disse com certo medo.
Jk: Tá bom. - riu da ansiedade e alegria do loiro. 
Depois de irem em quase todos 0s brinquedos Jimin finalmente se cansou e foram comer algo, e realmente,acabaram em segundos com toda a comida que Jimin preparou. Já havia anoitecido e as estrelas estavam lindas no céu, o número de pessoas aumentou no local, ambos sentados num banco tomando sorvete de creme apenas observavam as coisas ao seus redores. As crianças gritando nos brinquedos, outras com balões nas mãos, casais de namorados de quatorze anos, outros de quarenta anos juntos e todos felizes. 
Jeon termina sua casquinha e vai ao banheiro, Jimin fica esperando do lado de fora encostado na parede. Estava tudo simplesmente maravilhoso para Jimin.
Jm: Nossa ele está demorando. - quando ia se mover para entrar no banheiro apareceu uma pessoa em sua frente. Estava de boné, mas Jimin reconhecia aquela silhueta de longe. Era Minhyuk. "Mas como ele soube que eu estaria aqui?" Pensava.
Mk: Oi Jimin. Que coincidência. - dizia andando em direção à Jimin,fazendo o mesmo recuar para trás.
Jm:Você denovo. O que v-você ' ta fazendo aqui?
Mk: Por que toda vez que eu apareço você fica nervoso,com medo?
Jm: Ãh?
Mk: "Ãh"? Por acaso você me acha um monstro Jimin? Eu sou um monstro 'pra você? EM? 
Jm: N-não, e-eu
Mk:Para de gaguejar! - Ele prensa Jimin na parede, assustando o loiro que está em choque e não consegue proferir uma palavra sequer.
Jm: P-por favor Minhyu...
Mk: "Por favor, por favor" VOCE SO SABE DIZER ISSO? Por acaso o gato comeu sua língua? - diz acariciando a bochecha de Jimin que tentava fugir dos toques dele. - Da última vez que nos vimos você não quis vir comigo. Isso é muita falta de educação, não acha? - dizia encarando o menor com olhar psicopata.
Jm: D-desculpa. Minhyuk. Por favor. Me deixa em paz! 
Mk: Ah Jimin-ssi - riu - Eu ia levar você apenas para tomar um café, mas agora... - Se aproxima do ouvido do menor - Vou te levar para um lugar muito melhor! - realmente Jungkook estava demorando muito. 
Jm: Não! 
Mk:E nem pense em gritar. Pelo bem do seu namoradinho.
 

 

 

 

 

 

 


Notas Finais


Espero que tenham gostado 😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...