História Best of me-Jikook - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Tags Jikook
Visualizações 13
Palavras 766
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Lemon, LGBT, Romance e Novela, Suspense, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


`~`

Capítulo 7 - Surpresa


Fanfic / Fanfiction Best of me-Jikook - Capítulo 7 - Surpresa


                                  ~ S/N ON~

       * Os dias tem sido difíceis, faz uma semana que estou nessa UTI, lutando por minha vida e de meu bebê, estou numa situacão de risco, meu bebê tem tido complicações mas ainda não sabemos o motivo, ainda não contei pra ninguém sobre minha gravidez, meus familiares estavam longe e eu ainda não sabia quem era o pai do meu filho, sim isso soa horrível, mas eu realmente estava em dúvida, tudo aconteceu nas férias dos meninos quando fomos para o Japão, sou prima do Namjoon, ele é como um irmão pra mim, e sou amiga dos outros meninos, então fui convidada, somos jovens, fomos pra lá nós diverti, fazer coisas que nunca faríamos em sã consciência, mas acho que extrapolei na bebida, na verdade todos nós bebemos além da conta,  pelo que me lembro fiquei com o Yoongi, Hoseok e Jungkook, podem me julgar, sou uma pessoa imoral e inconsequente, então para tentar reparar meu erro achei melhor sair da casa deles, dar um tempo de tudo, os meninos não queriam deixar, mas independente da minha vontade de ficar, eu já estava com sintomas de gravidez e queria concerta meu erro sozinha, ir pra longe e cuidar do meu possivel bebê sozinha, além de ter feito tudo isso eu não queria estragar a carreira de nenhum dos meninos, mas não foi bem assim que ocorreu, agora estou nessa situação. Eu tenho um apartamento aqui mesmo em Seul, mas os médicos não me deixam voltar pra lá, eles alegam que eu preciso de cuidados e não posso ficar sozinha, a enfermeira me pediu o número da casa de meu primo, creio que irei voltar pra lá, nem sei se eles aceitaram, ou se vêem me buscar, se isso não acontecer terei que fugir daqui, não posso voltar para o Brasil de jeito nenhum, minha relação com meus pais não é boa, eles nunca aceitariam uma filha grávida, eu seria chotada de lá assim que descobrissem, eu não estou nem um pouco afim de pagar pra ver isso, então é melhor rezar para os meninos me aceitarem de volta (...) Já pela manhã arrumei minhas coisas e fui levada até a recepção, meu coração estava a mil, será que alguém viria? Já eram 8:30 e nada, fui informada pela enfermeira que foi Jimin quem atendeu a ligação, nunca tive problemas com ele, muito pelo contrário, sempre fomos bons amigos, espero que ele não tenha se esquecido. Passaram-se mais meia hora e nada dele, eu peguei minhas coisas com dificuldade e fui em direção a porta, fui interrompida.
- Hey? Aonde você vai? *Eu conhecia aquela voz, não consegui evitar uma lágrima de alegria, me virei e o vi correndo em minha direção, me joguei em seus braços*
- Eu achei que você não viria, estava tão assustada *disse soluçando*
- Nunca se deixa os amigos para trás *Jimin disse secando minhas lágrimas. Depois de assinar os papéis necessários, fomos para o carro dele, a caminho de casa.
- Porque demorou tanto? *Perguntei por fim*
- Tive que fazer umas coisas e o trânsito não ajudava, me desculpe. *Eu acenti sorrindo. O caminho foi rápido, logo estávamos na porta de meu antigo lar, logo veio as lembranças felizes. Jimin destrancou a porta e entramos, tava escuro, arrastei uma das malas para dentro enquanto Jimin carregava a outra, nesse instante a luz foi acesa e os meninos gritavam seja bem vinda, em volta de uma mesa farta e decorada com balões e flores, não pude conter as lágrimas, eles me envolveram num abraço coletivo, nesse pouco tempo que estive fora os meninos mudaram bastante e não foi pra pior. A festa tava ótima, comemos, rimos, assistimos TV, jogamos cartas, mas o ponto alto da festa foi uma guerra de travesseiro iniciada por Hoseok, tava tudo indo bem, mas meu bebê avisou que era hora de parar, pedi um tempo, estava exausta, me sentei recuperando o fôlego.
- Mas já S/N? Ainda nem começamos direito * Hobi disse brincalhão*
- Ela acabou de sair do hospital, deve ser por isso * Disse Namjoon bagunçando meus cabelos*
- É tão bom te ter aqui, senti falta até das suas festas do pijama *disse Suga, todos riram*
-  Finalmente somos 8 de novo *disse Taehyung*
- 9 *corrigi sem pensar*
- Pera, como assim? *Disse Jin assustado*
- Você tá dizendo que tá..*antes que kook pudesse terminar eu o interrompi*
- Sim, estou grávida *Falei. Um silêncio nós envolveu, todos estavam estáticos, com direito a boca aberta, olhei logo para Kook,Suga e Hobi, eles não desfaçavam, me olhavam incrédulos*


Notas Finais


`~`


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...