História Best Of Me(Long Imagine-Kim Taehyung) - Capítulo 32


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, Red Velvet
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Lisa, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Seulgi
Tags Bangtan Boys, Bts, Drama, Imagine, Romance, Taehyung
Visualizações 723
Palavras 6.254
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hello Everyone!

Estoy de vuelta con más un capitulo!

Tenho quase certeza que esse meu espanhol está errado...kskskskks. Fiquei com preguiça de ir até o Google Tradutor.

Vocês viram o tamanho desse capítulo? Entenderam o motivo porque eu tive que separá-lo em dois?

Bom, eu estava lendo alguns comentários do capítulo anterior e vi que a opinião da maioria do povo é que...nesse capítulo Taehyung vai estar bêbado e Jungkook vai humilhar a essi eni. Isso realmente irá acontecer?

Leia que você vai descobrir 😁

Boa leitura!

Capítulo 32 - Um Baile inesquecível PT.2


Fanfic / Fanfiction Best Of Me(Long Imagine-Kim Taehyung) - Capítulo 32 - Um Baile inesquecível PT.2

POV's Kim Seokjin...


Assim que fechei a porta do quarto de Taehyung, dei um longo e demorado suspiro. Ele está sofrendo mais do que todos imaginávamos, mais do que eu imaginava.

Tudo o que ele me disse sobre a viajem, sobre a ______, sobre Jungkook, na verdade nem sei direito o que pensar sobre. Meu dongsaeng precisa de ajuda e eu farei isso por ele.

Caminhei vagamente até o fim do corredor e bati na última porta do mesmo, ouvi um "Entre!" e assim fiz, assim que abri a porta pude ver o avô de Taehyung sentado atrás de uma enorme mesa com alguns papéis na frente do seu rosto.

-Com licença...-Assim que ouviu minha voz ele deu-me a sua atenção.

-Oh Jin! Sente-se por favor.- Falou apontando para uma das cadeiras que tinha a frente da sua mesa. Fiz o que foi pedido.-Precisa de alguma coisa? -Perguntou me encarando.

-Bom eu...-Apesar de estar à dois segundos motivado e cheio de determinação, agora simplesmente não encontrava as palavras certas.

-Diga, sem medo!-Olhei para frente e o mais velho sorria gentilmente para mim.

-Quero falar sobre o Taehyung.-Falei rápido fazendo o homem a minha frente arquear uma sombracelha. 

-Meu neto? Algum problema?-Perguntou confuso. 

-Ele está com sérios problemas sr.Kim. -Falei obtendo ainda mais a atenção do homem. -Temo pela saúde de meu amigo, Taehyung não quer demonstrar, mas está acabado por conta de que terá que viajar e deixar a Coréia do Sul.-Respirei fundo e continuei.-Não me entenda mal, mas eu acho injusto o Tae ter que viajar sendo que essa não é a vontade dele.- O avô de Taehyung me encarava atento até que resolveu se pronunciar.

-Taehyung nunca reclamou em relação a esse assunto, muito pelo contrário, sempre parecia muito animado para viajar para outro país independentemente. -O mais velho falou.

-Ele nunca reclamou para agradar a você! -Falei mais alto que queria.-Desculpa.- Fiz minha voz voltar ao normal e continuei.-Sr.Kim ultimamente Taehyung está passando vinte e quatro horas por dia dentro daquele quarto. Ele não tem mais descanso. Ele está até bebendo, sabia? -Acabei soltando a última parte sem querer, tenho certeza que Taehyung irá me matar depois.

-O quê? -Perguntou incrédulo. -Eu não tinha ideia disso. - Passou as mãos no seu rosto e suspirou. 

-Sr.Kim por favor...-Abaixei meu olhar, mas logo o levantei. -Pense bem , é mais importante o futuro de suas empresas ou a felicidade e o bem estar de seu neto? -Sim, peguei pesado, mas nesse momento tudo está valendo. 

O homem a minha frente ficou me encarando sem dizer nada, parecia pensativo, logo ele olhou para o lado e para mim de novo.

-Você deve ir embora meu jovem. -Falou calmo.-Está tarde para um garoto de sua idade estar fora de casa.-Olhei para ele sem entender, mas mesmo assim me levantei.

Será que ele não entendeu a gravidade do assunto? Meu Deus, é a felicidade do neto dele! 

Chegamos até a porta e ele a abriu para mim.

-Senhor...-Estava falando quando o mesmo me interrompeu. 

-Tenha uma boa noite Seokjin.-Falou fazendo um sinal para que eu saísse de sua sala. Sem tentar dizer mais nada segui em direção a saída. 

Parece que todo o meu esforço para ajudar Taehyung foi em vão. 

Eu falhei...


POV's Shin ______...


-Wow...Dessa vez eles capricharam mesmo.-Namjoon disse assim que entramos no ginásio da escola e encontramos o lugar todo decorado.

-Parece que será melhor que o do ano passado.-Comentei olhando em volta e vendo algumas pessoas conhecidas, a maioria do clube de música. 

Andamos pelo local até que achamos uma mesa vaga e nos sentamos à mesma. 

-Mal posso esperar para estudar nessa escola ano que vem. -Flávia comentou sorrindo. Muitos alunos já tinham chegado, mas eu tenho a impressão que aqui lotaria até mais tarde.

-Finalmente encontrei vocês!  -Olhamos para trás e Yoongi estava ali parado com as mãos no bolso de sua calça. 

-Sente-se conosco hyung. -Namjoon disse fazendo o mais velho andar até nós e se sentar.

-Vocês estão lindas! -Comentou assim que pôs seus olhos em mim e Flávia. -Como podem andar com garotos tão feios como eles? -Perguntou franzindo a testa e apontando para nossos acompanhantes.

-Falou o Shawn Mendes!- Jungkook revirou os olhos e fez o menor sorrir.

-Às vezes as pessoas até nos confundem sabia?- Yoongi falou em tom de escárnio. 

-Parem vocês dois.-Eles olharam para mim e depois emburraram a cara. -Parecem duas crianças brigando. -Namjoon e Flávia riram da cena, enquanto eu apenas olhava para eles também sorrindo.

A festa seguiu e com o passar do tempo o restante das pessoas do nosso grupo chegaram.

-Cadê o Jimin-Oppa? -Perguntei olhando para os lados procurando pelo mesmo. 

-Ele chegará mais tarde junto à Taehyung. -Respondeu Hoseok.-Os dois terão que se apresentar para os alunos.-Completou e logo depois bebeu um pouco de refrigerante.

Assenti com a cabeça e comecei a prestar atenção na conversa dos meninos que tagarelavam sobre esportes e jogos.

-Quero andar um pouco...-Falei entediada para Jungkook.

-Okay.-Disse se levantando. -Gente vamos dar uma volta rapidinho e já voltamos.-Ele esperou também eu me levantar e pegou em minha mão. 

Atravessamos o ginásio e fomos para o lado de fora, como o interior estava bem cheio, mas não tanto.

-Estou tão feliz que já estamos de férias. -Jungkook disse enquanto caminhávamos sem rumo.

-Eu quero é novidade. -Falei sorrindo fazendo o mais velho fazer um bico.- Poderíamos viajar juntos, não acha? -Perguntei envolvendo o meu braço no seu e o apertando contra o meu tronco para ver se assim eu amenizava o frio que estou sentindo.

-Para onde você quer ir? -Perguntou o moreno ao meu lado.

-Brasil? -Falei mais como uma pergunta.-Você disse que sempre quis conhecer o Cristo Redentor.-Ele olhou para mim por breves segundos e assentiu.

-Você tem razão, eu sempre quis ir à aquele lugar.-Disse olhando para frente.

Caminhamos por mais um tempo até que chegamos a ala traseira do ginásio, ali várias pessoas corriam de um lado para o outro, uma verdadeira confusão. 

-O que será que está acontecendo?  -Perguntei ainda olhando aquelas pessoas apressadas.

-Devem ser os artistas e os alunos que se apresentarão hoje.-Concluiu meu namorado soltando-se do meu braço. -Olha quem está ali.-Ele apontou para frente e na hora reconheci aqueles dois rostos. Taehyung e Jimin.- Vamos até lá!  -Jungkook disse animado.

-Oppa eu acho melhor...-Não deu tempo de eu falar nada Jungkook já estava indo na direção dos garotos, então eu apenas o segui.

-Oi hyungs! -Jungkook disse assim que se pôs ao lado dos dois garotos.

-E aí! -Responderam em uníssono. 

-O que fazem aqui? Também irão se apresentar?  -Jimin perguntou curioso.

-Não apenas estávamos dando algumas voltas. -Jungkook respondeu recebendo um "Ah..." de entendimento.-Que cara é essa hyung? Perece que não dormiu direito.- Jungkook falou olhando para Taehyung que agora reparando bem estava bem acabado.

-Ontem acabei bebendo demais da conta.-Respondeu coçando os olhos. -O pior é que bebi tanto que nem me lembro direito da noite anterior. -Comentou agora nos encarando.

-Não se lembra de nada? Nadinha mesmo? -Jungkook perguntou chegando mais perto do amigo.

-Não. Eu só me lembro de entrar no quarto e pegar a garrafa e depois acordar hoje de manhã cedo.-Taehyung olhou para mim por breves segundos, mas desviou seu olhar rapidamente. 

-Nossa...Tenso.-Jimin disse fazendo eu dar um pequeno sorriso. Isso parece coisa que eu diria em uma situação dessa. 

-Bom, mas do que será a apresentação de vocês? -Perguntei tentando mudar o foco do assunto. 

-Eu apresentarei uma coreografia de dança contemporânea junto ao meu grupo. Já o Tae irá cantar uma música solo composta pelo nosso honorável Kim Namjoon. -Jimin disse apontando para o garoto ao seu lado que apenas deu um sorriso pequeno. 

-Wow...Sinto que terei que gravar isso, vai se vocês cometem algum erro.-Jungkook falou animado fazendo a todos ali inclusive eu revirar os olhos. 

-Bom, temos que ir já estão nos chamando.-Taehyung falou isso e saiu andando na frente, Jimin bateu no ombro de Jungkook e me deu um beijo na testa, então seguiu o mais novo.

Jungkook ainda permaneceu ali olhando para os dois garotos que se afastavam rapidamente de nós.

 -Vamos? -Perguntou olhando para mim e sorrindo. 

-Vamos! -Peguei em sua mão e seguimos de volta para dentro do ginásio. Depois de poucos minutos chegamos ao nosso lugar. Vi que nesse meio tempo tinham chegado Jihyo, Hansol.

-Vocês não disseram que iam voltar rapidinho? - Perguntou Yoongi observando a gente sentar. 

-Acabamos encontrando os meninos no meio do caminho. -Falei dando um pequeno sorriso, recebendo um olhar compreensivo do garoto.

Nessa hora ouvimos o barulho de alvoroço no meio do ginásio e logo um grupo de surpresa apareceu assim do nada fazendo alguns danças um tanto diferentes.

-Olha o Jimin ali! -Jihyo disse apontando para o garoto de cabelos negros que dançava lindamente. 

Fiquei apenas focada em meu amigo e nossa, como ele dança bem! Não é a toa que quando eu era pequena sempre procurava a ele para me ensinar alguns uns passo as novos que eu tinha que apresentar na escola. Jimin parece um príncipe quando dança.

Acho que sua apresentação durou mais ou menos sete minutos quando eles saíram por onde entraram, o grupo  usou o meio do ginásio como palco e isso eu achei um método genial de ficar mais perto do público. 

-Boa noite! -Olhei para o palco improvisado que tinha ali e Goo Yura estava com um microfone em mãos. - Finalmente hoje estamos tendo o tradicional baile de fim de ano da South Korea High School! -Dito isso algumas pessoas bateram palmas e outras até assobiram. -Então para comemorar essa data especial nós, os administradores do clube de música, escolhemos alguns alunos para se apresentarem artisticamente, o que ocorreu aqui com o grupo de dança à alguns minutos atrás. Bom, não irei falar muito dessa vez.-Deu uma risada.-Só espero que todos vocês aproveitem a nossa confraternização...Ah e só mais uma coisa, esse ano teremos um rei e uma rainha do baile.- Ouvi algumas pessoas no meio da pista pista de dança se animarem.-Agora sim, aproveitem as apresentações!  -Assim que ela terminou de falar uma cortina de fumaça se fez presente e logo outra garota apareceu cantando uma música desconhecida por mim.

-Acho que você ganha! -Hansol sussurrou no meu ouvido arrancando uma risada minha.

-Sei...-Olhei para o lado e os meninos prestavam atenção na garota em cima do palco.

-Quando será a vez do Tae? -Perguntou Namjoon curioso.

-Depois dela.-Jimin apareceu atrás do mesmo o assustando, ele se sentou ao meu lado e sorriu.

-Você foi incrível oppa! Tinha tantas garotas babando em você. -Falei fazendo o mais velho formar seu famoso Eye Smile.

-Obrigado. -Disse envergonhado. Jimin sempre tenta dar uma de pegador, mas sei que no fundo ele é apenas um garoto que fica tímido com muita facilidade e vai por mim ele é muito romântico. 

Continuamos conversando sobre a sua apresentação até que vimos que a apresentação da garota no palco improvisado do ginásio tinha acabado. 

-Será agora.-Jimin falou animado dirigindo seu olhar agora para o palco. Se passaram poucos minutos até Goo Yura subir no palco novamente e anunciar a próxima apresentação. Assim que falou o nome de Taehyung muitas garotas que estavam no meio da pista começaram a gritar. Parece que ele está voltando a ser famosinho.

Taehyung subiu ao palco e um microfone estava ao centro, ele segurou o mesmo e fez um sinal positivo para Yura soltar a música. 

A melodia tinha batida legal, uma coisa meio sensual, Taehyung fechou os olhos, mas logo os abriu começando a cantar.


mueonga kkaejineun sori

Um barulho de algo se quebrando


nan mundeuk jameseo kkae

Eu acordo


nasseoreum gadeukhan sori

Um som completamente desconhecido


gwireul maga bojiman jamel deulji mothae

Tento tampar os ouvidos, mas não consigo dormir


-Esse é meu garoto. -Olhei para trás e Yoongi fingiu limpar uma lágrima de seu olho.-Parece que depois disso Taehyung fará mais sucesso ainda aqui na escola. -Completou sorrindo.

-Mas do que adianta? -Perguntou Jungkook.-Ele vai embora para Washington. -Disse olhando novamente para o palco.

-Bom, ele poderá fazer sucesso mundialmente. -Namjoon disse também sorrindo.

-É, Taehyung parece fazer muito sucesso mesmo com as meninas, não é jagiya? -Olhei para trás novamente e vi que Jungkook me encarava com um pequeno sorriso no rosto.

-Ah...É, é sim!- Falei meio sem entender o porquê dele me perguntar isso. Virei meu rosto novamente em direção ao palco e vi que Taehyung ainda continuava sua apresentação. 


naneun nal ireun geolkka

Eu me perdi


anim neol ireun geolkka

Ou ganhei você?


na mundeuk hosuro dallyeoga

Eu corro repentinamente até o lago


ogeu soge nae eolgul isseo

Meu rosto está lá


-Acho que poderíamos nas férias do meio do ano ir visitar o Tae. -Hoseok começou dando a ideia.-Tenho certeza que ele irá gostar muito de nos ter lá. -Virei meu rosto na direção do garoto e percebi que os outros concordavam. Menos Jin que se mantinha sério. 

Para falar a verdade eu percebi que ele está assim desde que chegou, eu só não perguntei o que tinha acontecido, porque sei que ele não gosta de falar dos seus problemas na frente dos outros. 

-Já está acabando. -Namjoon disse olhando para Taehyung. 


Tell me nae moksoriga gajjaramyeon

Diga-me se minha voz não é real


nal beoriji marasseoyahaetneunji

Se eu não deveria ter me atirado


Tell me gotongjocha gajjaramyeon

Diga-me até mesmo se essa dor não é real


geu ttae naega mueolhaeyahaetneunji

O que eu deveria ter feito, então?


A apresentação de Taehyung terminou e as pessoas ali explodiram em palmas, ele abriu seus olhos que até então estavam fechados e deu um enorme sorriso.

-Kamsamnida.-Ele disse ao microfone e se curvou logo saindo do palco. 

Voltei a me virar na direção dos meninos e eles estavam bem animados, conversando sobre a apresentação. 

-Jagiya? -Olhei para o lado e Jungkook me encarava.- Eu vou no banheiro e já voltou. Okay?-Assenti com a cabeça então ele se levantou e saiu.

-Foi você que escreveu a música Namjoon-ah? -Hansol perguntou olhando para o garoto. 

-Sim.-Disse sorrindo. -Na verdade escrevi pensando em Taehyung cantando mesmo, ele tem um timbre de voz bom.-Completou.

-Falando nele. -Yoongi falou olhando para trás de mim, segui o seu olhar e vi que Taehyung se aproximava, mas ao seu lado estava Goo Yura.

-Annyeong. -Taehyung falou assim que chegou perto da nossa mesa. 

-Boa noite gente.-Goo Yura falou educadamente. 

Respondemos em uníssono aos cumprimentos, eles se sentaram junto a nós. 

-Que apresentação hein Tae.-Jimin disse batendo no ombro do amigo.

-Realmente, você arrasou lá em cima.-Jihyo falou animada.

-Muito obrigado. -Respondeu o garoto um pouco tímido. 

Senti tocarem em meu ombro, olhei para trás e era Jungkook com um pequeno sorriso no rosto. Ele se sentou ao meu lado novamente e ficou calado. 

-Fiquei sabendo que o baile irá durar até apenas uma da manhã. -Falou Hoseok fazendo uma careta. 

-Só isso? -Perguntou Yoongi indignado.-Não vai dar para nem aproveitar direito.-Reclamou.

-Regras da sra.Gook.-Disse Namjoon dando de ombros.

-Aish...Essa...

-Yoonie! -Chamei a atenção do mesmo que me encarou sem entender, mas depois de um tempo compreendeu o que eu quis evitar.

-Ah...Me desculpe Jihyo, esqueci que estava falando de sua tia.-Falou o garoto olhando para a menina.

-Tudo bem Yoongi-yah entendo a sua indignação. -Falou Jihyo sendo compreensiva.

-Mas bem que poderia dar tempo a mais mesmo. -Falou Flávia nos encarando. 

-Ela faz isso para segurança de todos, minha tia não quer ter que acordar no dia seguinte recebendo uma ligação de um pai louco por conta que do filho chegou tarde demais em casa.-Jihyo explicou fazendo com que todos na mesa assentissem. 

-Bom, o que nos resta agora é aproveitar as poucas horas que temos de diversão. -Jimin disse se levantando e estendendo a mão para mim.-Me concede a honra dessa dança? -Perguntou sorrindo, dei uma pequena risada e assenti com a cabeça, recebendo um breve olhar de reprovação de Jungkook.

  Ah, se eu estou em uma festa que seja para aproveitá-la!

Jimin me puxou para o meio do ginásio e ali começamos a dançar ao som das batidas animadas da música eletrônica que tocava. Ríamos das palhaçadas que um fazia para o outro, parecíamos dois loucos ali no meio dançando. 

Depois de longos minutos ali no meio decidimos voltar para a mesa, aonde todos conversavam animadamente, até Taehyung. Me sentei e dei um pequeno selinho em Jungkook.

Ele olhou para mim e sorriu, senti quando sua mão apertando minha coxa direita fazendo com que eu arregalasse meus olhos, ele deu uma risada baixa e voltou a prestar atenção nos meninos.

Ultimamente Jungkook anda um pouco mais...como eu posso dizer...Abusado. Ele sente como se fosse dono do meu corpo e assim faz com ele o que bem entender. Não estou reclamando! Pelo contrário, às vezes é até bom tê-lo assim mais para frente, a questão disso tudo é que eu apenas achei estranho essa sua mudança repentina. 

Mas acho que não preciso me preocupar com isso. Bom pelo menos espero que não. 


                    { .... }


-Vão anunciar! -Flávia disse animada olhando para o palco.

Yura tinha acabado de sair da nossa mesa para anunciar quem será o rei e a rainha do baile nesse ano, muitas expectativas estavam caindo sobre que eu seria a rainha, principalmente as dos meninos, mas não tenho certeza que dessa vez serei eu. Todos mantinham os olhares atentos ao palco quando Yura subiu no mesmo. 

-Estamos entrando na reta final do baile, e como todo bom baile, precisamos de um rei e uma rainha.-Yura deu um sorriso assim que ouviu alguns gritos serem dados no meio da "platéia".- E aqui estamos com os resultados! -Ela levantou dois cartões e algumas pessoas aplaudiram animadas. 

-Tenho certeza que você será a rainha.-Jimin sussurrou no meu ouvido e eu apenas sorri negando com a cabeça. 

-O rei do baile desse ano é...-Yura abriu o pequeno cartão e deu um sorriso.

-Park Jimin, Park Jimin...-Olhei para o lado e Jimin sussurrava isso com os olhos fechados e os seus dedos cruzados. Deu uma risada diante de tal situação

-Jeon Jungkook! -Yura falou animada. Arregalei meus olhos e olhei para o meu namorado que parecia tão surpreso quanto eu, ele deu um sorriso ainda surpreso e começou a andar em direção ao palco, meio desnorteado. Fiquei feliz por Jungkook, mas triste por causa de Jimin que agora mantinha um bico nos lábios. 

-Você pode ficar com o título de príncipe. -Falei tocando no seu ombro recebendo um olhar meio triste do meu garoto.

-É né...-Disse meio desanimado.

-Agora saberemos o nome da nossa rainha...-Yura pegou o outro papel e o abriu. -Venha ao palco...Lee Sun-Hee!  -A garota anunciou batendo palmas junto as outras pessoas presentes. 

-Quem é Lee Sun-Hee? -Hoseok perguntou nos encarando confuso.

-É uma novata que chegou à pouco tempo atrás, mas já ficou popular por entrar no grupo de líderes de torcida da escola.-Respondeu Jin olhando para o palco e vendo Yura colocar uma coroa na cabeça da garota.

-Seria melhor se _____ tivesse ganhado.- Flávia resmungou.

-Não é todos dias que se vence.-Falei sorrindo e dando de ombros. 

-Agora como todo baile tradicional teremos a dança dos vencedores! -Yura fez um sinal para o DJ que logo colocou uma música lenta para tocar.

Jungkook pegou na mão da garota e os dois desceram do palco sorridentes.

Eles chegaram até o meio do ginásio e começaram a dançar no ritmo da música.

 Não sei se é impressão minha mas...Pelo o ângulo que eu estou vendo a tal Sun-Hee está olhando diretamente para os lábios de Jungkook. 

Forcei um pouco mais a minha vista, mas não conseguir ver melhor. Deve ser só paranóia da minha cabeça! Eu fiquei assim também quando Jungkook andava com Lisa.

Dei um sorriso e neguei com a cabeça. 

-Tome cuidado ______,quem sabe essa tal Sun-Hee acabe roubando Jungkook de você. -Yoongi disse sorrindo.

-Yah! Para de falar essas coisas oppa. -Falei fechando o meu rosto em uma cara emburrada. 

Todos à mesa, menos Taehyung começaram a rir da minha pequena birra.

Alguns torturantes minutos se passaram até que a música finalmente acabou, dei um suspiro de alívio e sorri.

Virei minha cabeça em direção a pista de dança e Jungkook vinha na nossa direção. Acompanhado de Lisa e outro garoto mais ou menos de sua altura.

-Lis!-Falei me levantando e dando um abraço na garota.- Pensei que você não viria.-Me afastei dela a encarando.

-Eu tive que ir até o aeroporto para buscar meu namorado. -Apontou para o menino de cabelos negros ao seu lado.-Esse aqui é Ahn Hyeon. -O garoto ao seu lado curvou-se em sinal de respeito e eu fiz o mesmo.

-É um prazer conhecê-lo. -Falei animada.-Lisa fala muito sobre você. -Completei.

-Digo o mesmo, não tem um dia que ela não fale do quão incrível são seus amigos que fez aqui.-Ele disse simpático. 

Lisa o apresentou a todos que estavam sentados à mesa, eles puxaram outras duas cadeiras e se sentaram conosco.

-Você praticamente chegou no fim da festa.-Falei olhando para a ruiva.

-Minha querida _____, se você acha que essa é a única festa em que iremos hoje está muito enganada. -Lisa deu um sorriso e  continuou. -Um garoto que mora perto da escola, como se chama mesmo...?-Perguntou colocando a mão no queixo.-Taylor! Isso Taylor! Irá dar uma festa depois dessa aqui na escola. Por que não vai também? -Perguntou me encarando.

-Eu sinto muito Lis, eu não posso ir. Porque ao contrário de você, eu sim tenho horário de recolher.-Falei dando um sorriso divertido em direção a garota que me retribuiu.

-Aonde está aquele seu namorado? -Lisa olhou em volta e eu fiz o mesmo.

-Ele estava aqui à dois minutos...-Falei com uma sombracelha arqueada, mas dei de ombros.

Ficamos conversando por mais um tempo, até que a nossa honorável diretora subiu ao palco avisando-nos sobre o término do baile.

-Acho que já temos que ir...-Lisa se levantou e me deu um abraço. 

-Lis se você ver o Kook fala para ele que eu estou o procurando? -Encarei a garota a minha frente que assentiu com a cabeça. 

-Claro amore, não se preocupe se eu encontrar aquele coelho eu darei o recado.-Deu um sorriso e saiu acompanhada de seu namorado.

Olhei em volta e vi que os outros também já se levantavam para ir embora. Seguimos em direção para a área exterior da escola e vários carros faziam fila para pegarem os alunos. 

-Não encontrou Jungkook ainda? -Namjoon apareceu do meu lado.

-Anyo...E o pior é que eu não faço a mínima ideia de onde ele se meteu.-Falei olhando para o celular.

Já tentei algumas vezes ligar para ele mas o mesmo não me atendia, deve ter acontecido alguma coisa.

-Eu acabei de ligar para Joe e ele disse que já está chegando aqui.-Flávia apareceu ao nosso lado com o celular em mãos. 

-Omo! Aonde será que aquele garoto se meteu? -Perguntei mais para mim mesma.

Nesse momento vimos o carro que Joe dirigia parando à nossa frente.

-Ele chegou.-Flávia disse se dirigindo ao automóvel. 

-Vocês podem ir, eu vou ficar aqui e procurar por Jungkook.-Falei os encarando. Namjoon olhou para mim e cruzou os braços. 

-______ você não pode ficar aqui sozinha é perigoso. -Disse me encarando.-Como você vai voltar para casa depois? -Perguntou preocupado.

-Não se preocupe oppa, eu ficarei bem.-Toquei em seu ombro e sorri.-E outra, assim que eu achar Jungkook nós pediremos um táxi para voltarmos para casa.-Disse por fim.

-Não sei, não ______...-O mais velho disse com os olhos semicerrados.

-Eu ficarei bem.-Sorri.-Façamos assim, quando eu achar Jungkook eu te ligo para você ver que eu estou bem.-Ele pareceu pensar bem e logo concordou com a cabeça. 

-Tudo bem. Mas me ligue assim que o encontrá-lo, okay? -Perguntou chegando mais perto de mim.

-Sim senhor! -Falei em posição de continência e o garoto a minha frente sorriu me dando um abraço. 

-Tome cuidado dongsaeng.- Ele deu um beijo em minha testa e foi em direção ao carro.

Esperei Joe dar partida e entrei novamente para dentro da escola para procurar por meu namorado, fui em todos os cantos daquele lugar, mas não encontrei Jungkook. Estava desistindo quando meu celular recebeu uma notificação. Era uma mensagem de Lisa.


Lis


______ não procure por Jungkook na escola, ele está na festa do Taylor, acabei de vê-lo aqui. A casa aonde está rolando a festa é apenas a seis quadras da escola, venha para cá. Você saberá qual é a casa pelo número de carros estacionados na frente da mesma...


Dei um suspiro aliviada e segui em direção a saída da escola. Olhei em volta e percebi que não havia mais ninguém na escola, apenas o vigia. É assustador quando está tudo escuro e não tem ninguém. 

-Boa noite.-Falei assim que passei pelo vigia, ele abaixou de leve a cabeça em sinal de cumprimento e eu continuei a caminhada. É só apenas à seis quarteirões daqui, nada vai me acontecer até lá. 

Apesar de ultimamente o clima estar muito chuvoso aqui em Seul, a noite que padecia agora era com um céu limpo e a lua cheia. A rua por qual eu percorria era silenciosa, todos já estavam dentro de suas casas descansando, vi que eu já tinha andado o equivalente a dois quarteirões. E nossa como esses saltos que eu estou usando machucam! Pensei em tirá-los, mas assim que encostei minha mão na parede para eu me apoiar vi um grupo de homens parados na esquina fumando o que eu julgo ser droga.

Eles tinham um estilo meio de gangsters, até pensei em parar minha caminhada por ali, mas eu precisava ir até Jungkook então como qualquer pessoa "corajosa" eu respirei fundo e comecei a andar em direção aquele grupo, eu não tinha outra opção de passagem, teria ser por ali mesmo.

Assim que cheguei mais perto daqueles homens abaixei minha cabeça e apressei o passo. Eles pararam de conversar instantaneamente assim que me viram.

-Nossa...-Um deles disse em tom de sussurro, mas suficientemente alto para que eu escutasse.

-Que princesa! -Disse outro sorrindo para mim.

Naquela momento eu só pensava que tinha saí dali mais rápido. 

-Olha essas pernas.-Um dos homens comentou me encarando descaradamente. 

Quando eu já estava passando por todos eles senti meu rosto bater contra o peitoral de alguém. 

- P-perdão. -Abaixei minha cabeça ainda mais e vi um sorriso ser dado.

-Olha eu te perdoo, mas quero algo em troca.- Lavantei meu olhar direção ao rosto do homem e percebi que o mesmo aparentava ter uns trinta anos, não sei se ele realmente tem essa idade ou ficou com a aparência assim por conta do alto consumo de drogas.

-Eu não tenho para te dar senhor. -Falei já sentindo minhas mãos soarem e minhas pernas tremerem levemente. 

-Não se preocupe criança, o que eu quero não é algo material, mas sim carnal.-Olhei para ele assustada e o homem a minha frente apenas riu da minha reação. 

-P-por favor não. -Comecei a dar passos para trás e o homem só se aproximava cada vez mais de mim.

-Ah vamos...Você irá gostar, eu serei carinhoso. -Ele disse ainda com aquele sorriso zombeteiro no rosto. Os outros homens ali apenas riam do meu desespero. O tal homem que me coagia me prensou na parede e ali eu esperei o pior acontecer...

-Largue ela agora! -Ouvi uma voz masculina quebrar aquele silêncio aterrorizante. O homem que estava com o seu rosto a milímetros do meu deu um suspiro frustrado e se afastou. Respirei aliviada e vi quem estava ali, era Taehyung. 

-Com que direito você vem aqui e manda eu me afastar da minha presa. -O homem perguntou chegando mais perto de Taehyung com os olhos semicerrados, eu senti novamente meu corpo ficar em alerta. 

-Com o direito de que a qual você  chama de "presa" se trata da minha namorada.-Respondeu o garoto também chegando perto do homem com os braços cruzados. Meu Deus, eles não podem brigar !

-Isso é verdade garota? -Perguntou o homem.

-Sim! -Falei rápido tentando soar o mais convincente possível. 

O homem que antes encarava Taehyung de um jeito mortal agora afastou-se cautelosamente. 

-Foi mal 'aê cara.-Disse dando um tapa de leve no braço do garoto. -Não sabia que a gatinha aqui já tinha dono.-Ele falou curvando-se calmamente perante a mim em sinal de desculpa.

-Tudo bem. -Taehyung deu um sorriso amarelo e fez um sinal para que eu me aproximasse. Sem pensar duas vezes eu corri até ele e agarrei sua cintura.-Você está bem?- Sussurrou no meu ouvido assenti com a cabeça. -Então, boa noite. -Disse para os homens ali, que acenaram com a cabeça. 

Saímos dali indo em direção ao carro que estava estacionado do outro lado da rua. Assim Taehyung fechou a porta eu dei um longo suspiro aliviado.

-Omo, eu pensei que seria estrupada ali mesmo! -Falei respirando com dificuldade. 

-E seria mesmo se eu não tivesse aparecido na hora...-Taehyung começou falando.- O que deu na sua cabeça para sair uma hora dessas e ainda mais sozinha? -Ele perguntou sério. 

-Eu estava indo para a festa em que o Jungkook está. -Falei com um pequeno bico formado nos lábios. 

-Em que o Jungkook está? Mas ele não estava na escola? -Perguntou confuso.

-Sim, mas ele acabou indo para essa festa sem mim...-Falei abaixando a minha cabeça. 

-Você sabe aonde é essa festa?-Perguntou me encarando. Balancei a cabeça positivamente, então ele continuou. -Eu irei te levar até lá, e quando chegarmos irei dar uns bons puxões de orelha naquele garoto. -Disse visivelmente frustrado.-Será que ele é doido de te deixar sozinha desse jeito? -Ele sentou-se corretamente e deu um leve tapa no ombro do motorista.-Pode ir Seunhoon. - O mais velho assentiu com a cabeça e deu partida com o carro.


                     { .... }


Assim que viramos a esquina da rua podemos ver uma fileira enorme de carros se formando ao longo da mesma. 

-É aquela casa bem ali.-Falei apontando para o local de onde saia uma música alta. O carro parou em frente a casa e eu e Taehyung saímos.

-Tem certeza que Jungkook está aqui? -Perguntou o garoto parando ao meu lado.

-Foi o que Lisa me disse.-Olhei de soslaio para ele, então entramos.

Assim que colocamos o pé dentro do imóvel, vimos algumas pessoas fumando perto da porta e outras se pegando parecendo que não ligava que a qualquer minuto poderiam fazer sexo na frente dos outros.

Taehyung olhou para aquelas pessoas e fez uma careta engraçada. Passamos a procurar por Jungkook por todos os lados, mas não obtendo sucesso.

-Acho que ele não está aqui _____!- Taehyung gritou no meu ouvido por conta da música alta.-Acho melhor irmos para casa.-Completou segurando o meu braço de leve.

Eu também queria ir embora desse lugar, mas eu tenho a impressão que Jungkook está aqui sim, e eu preciso vê-lo pois estou sentindo um incômodo diferente em meu peito.

-Vamos procurar só mais um pouquinho? -Perguntei olhando para o moreno ao meu lado. Ele me olhou meio pensativo, mas no final acabou concordando. 

Dei a idea de procurarmos ele na área externa e lá fomos nós. Quando saímos da casa até pude respirar melhor, não sei como aquelas pessoas conseguem ficar ali dentro sem desmaiar por conta da falta de oxigênio. 

Vi que agora eu me encontrava no jardim da casa, olhei em volta, mas não o encontrava foi quando uma cabeleira de tom negro chamou minha atenção. Jungkook estava encostado no murro conversando com alguns garotos, dei um sorriso aliviada por ele estar ali.

Comecei a andar em direção ao meu namorado, mas uma cena presenciada por mim fez com que instantaneamente parasse no lugar em que estava.

Uma garota se aproximou de Jungkook e colocou seus braços em volta do pescoço do mesmo, fiquei ali parada sem entender a situação que eu estou vendo, quando a tal menina selou seus lábios nos de Jungkook.

Arregalei meus olhos e fiquei ali sem reação, ele podia afastá-la e dizer que tem namorada,mas tudo o que o até então meu namorado fez foi puxar a garota pela cintura colando seus corpos ainda mais. 

Lágrimas começaram a surgir nos cantos dos meus olhos e logo as mesmas rolaram pelo meu rosto sem permissão. 

-Eu olhei ali perto da piscina, mas não o encontrei...-Ouvi a voz grossa de Taehyung atrás de mim. O garoto parou à minha frente e me fitou.-O quê que ouve _____? Porque está chorando?- Colocou a mão no meu rosto e me encarou confuso.

Eu não falei nada, então Taehyung seguiu meu olhar até que o mesmo viu a cena que eu presenciava já à alguns segundos.

-Filho de uma...-Taehyung não terminou sua frase e foi andando em direção ao meu "namorado". Não deu tempo de processar nada, eu só vi quando Taehyung empurrou Jungkook o afastando da menina e logo em seguida desferindo um soco em sua cara.

Jungkook acabou se desequilibrando, então cambaleou um pouco para trás; quando eu saí de meu transe corri até lá e seguirei o braço de Taehyung assustada.

Jungkook levantou seu rosto com uma expressão de fúria e nos encarou.

-Que merda você tem na cabeça?-Taehyung exclamou atraindo a atenção de alguns curiosos.-Você é otário ou se faz mesmo? -Ele partiu novamente para cima de Jungkook e o segurou pelo colarinho. -Como você tem coragem de trair a ______? -O garoto gritava aos quatro ventos e o outro que estava ouvindo tudo calado parecia não se importar que poderia apanhar a qualquer hora.

-Espera...Você namora? -Ouvi uma voz feminina e olhei por cima do ombro dos garotos e vi aquela tal Sun-Hee era a causa de toda a confusão. -Você disse que era solteiro Jungkook! -Dito isso ela saiu dali sem nem olhar pra trás. 

Senti meu corpo ficar um pouco mole e eu cambaleei um pouco até encontrar algo para me apoiar. Isso não pode ser verdade. Não, não pode. Jungkook nunca me trairia, não é mesmo? 

Ouvi um barulho e vi Jungkook dar um soco em Taehyung que caiu no chão. Olhei para Jungkook e ele parecia satisfeito com a cena que via.

Meu Deus cadê aquele Jungkook de horas atrás? Cadê o meu Jungkook? 

-Vocês são tão hipócritas...-Jungkook levantou seu olhar em minha direção.- Acham que eu não sei de toda a verdade?  -Gritou.

-D-do que você está falando? -Perguntei com a minha visão turva por conta das lágrimas que agora caiam sem pudor algum.

-Você me traiu com Taehyung, como uma qualquer! -Chegou perto de mim parecendo que aí me bater, mas Taehyung se levantou do chão e o impediu. -Vocês acharam mesmo que quando quando eu descobrisse  toda a verdade ficaria de boa, achando lindo meu melhor amigo ter pegado a minha namorada pelas minhas costas? -Ele olhou para nós dois e vi seus olhos marejarem. 

-Jungkook me desculpe...-Tentei tocar seu rosto, mas ele deu um tapa forte em minha mão. 

-Nunca mais olhe na minha cara com essa sua feição de sonsa.-Cuspiu as palavras na minha cara e se afastou. 

-Você não precisava ter feito isso...-Sussurrei.

-Chifre trocado não dói, não é mesmo querida? -Ele olhou para trás e deu um sorriso escárnio. -A partir de hoje considere esse relacionamento terminado. -Disse sem expressão.

-Por favor Jungkook, não...-Eu não me importava mais chamar em não atenção, na verdade meu choro já era alto e consequentemente chamava a atenção de todos.

-Taehyung? -Olhou para o garoto ao meu lado. -Quando for transar com ______ fique no comando, ela adora dar uma de submissa.-Dito isso ele se virou e começou a andar em uma direção oposta da nossa.

Eu respirava com dificuldade, é como se tivessem dado vários socos na minha barriga, sentia meu corpo ficando cada vez mais fraco. O que eu fiz para merecer isso? Caí no chão de joelhos e fiquei vendo aquele, à quem jurei amor, indo embora sem dar a mínima para mim. 

Eu sabia que Taehyung não ia deixar isso barato, tanto que quando eu vi ele indo atrás de Jungkook nem tentei o impedir.O mais velho virou o garoto de frente e desferiu-lhe outro soco na cara.

-Esse é por estar agindo com um perfeito idiota. -Soco.- Esse é por ter traído sua namorada.-Outro soco.-E esse...-Dessa vez ele deu um soco na barriga, fazendo Jungkook cuspir um pouco de sangue.- É por ter a humilhado na frente de todos.-Taehyung jogou o corpo do mais novo no chão e veio na minha direção. -Vamos embora daqui. -Ele me segurou pelo braço e me levantou. 

Eu ainda estava com o corpo fraco, sentia que a qualquer momento poderia desmaiar.

-V-vamos embora?- Perguntei confusa e vendo aquele tanto de pessoas me encarando. Por que me encaram tanto? 

Taehyung colocou um de meus braços em volta de seu a pescoço e começamos a andar até a saída.

 -Vamos sim.- Ele parecia nervoso.

Minha respiração ficou mais desregulada e eu comecei a ficar desesperada. Ataque de pânico!  Merda, fazia muitos tempo que isso não acontecia comigo.

-Taehyung, eu não consigo respirar...-Falei tentando a todo custo puxar ar para os meus pulmões. O garoto me olhou assustado.

-Ataque de pânico? -Perguntou, assenti com a cabeça.Taehyung já me viu várias vezes nessa situação. 

Ele me levou em direção ao carro e deixou-me sentada no banco de trás. O mesmo voltou correndo em direção a casa e depois de um tempo veio até mim com um copo de água. 

-Beba isso.-Disse me entregando o copo. Bebi aquilo sem pensar duas vezes e por incrível que pareça senti um alívio instantâneo.

Ficamos calados por um tempo, Taehyung está tão constrangido quanto eu em relação ao que aconteceu a minutos atrás. 

-Taehyungie?  -Chamei-o e ele levantou sua cabeça em minha direção. -Você acha que eu sou uma pessoa ruim? -Perguntei chorando.

-Por favor ______, a última coisa que você poderia ser é ruim.-Falou como se fosse óbvio. 

-Então por que eu me sinto um lixo nesse momento? Eu sinto nojo de mim mesma.-Baixei minha cabeça e funguei. 

-Não é verdade...-Ele afagou meu cabelo.-Você é uma das melhores pessoas que eu conheço. -Completou. 

-Se eu não tivesse traído Jungkook naquele dia nada disso teria acontecido.-Lamentei. 

-Não tente amenizar o erro do Jungkook por uma coisa que aconteceu no passado. Ele podia muito bem ter vindo aqui e conversado com você em particular, mas o mesmo preferiu te humilhar na frente de várias pessoas.-Taehyung falou sem mais nem menos.

-Tae...Eu quero ir embora.- Olhei para ele cansada.

-Tudo bem. Eu te deixarei em...-Ele estava falando, mas eu acabei o interrompendo.

-Eu quero ir embora, mas não para a minha casa.-Falei fazendo um bico.

-Entendi. -Disse simplista. -Vamos embora Seunhoon.Pode seguir direto para a minha casa...




Notas Finais


Sinto-me meio maquiavélica pela parte do Jungkook 😈

Será que agora é oficial a queda do #TeamKook? Mas vamos admitir, Jungkook foi bem infeliz ao tratar minha bebê daquele jeito...

Novidade: Advinha quem está ficando mais velho hoje? Isso mesmo! Roberto Carlos! Palmas para ele...

Mentira gente, nem sei a data do aniversário dele,mas hoje it's my birthday! Congratulations for me! #Eubilígue

Deixando isso de lado, queria avisar que agora eu estou de férias e tentarei...TENTAREI atualizar com mais frequência, mas eu não prometo nada, por conta das outras fanfics que eu estou escrevendo e que pretendo postar em breve...

Só isso mesmo!

Sigam a unnie para ficar por dentro das minhas outras fanfics: @BTSonCrack

Beijos da sua unnie em cada uma de vocês! (^3^)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...