História Best Part (Malec) - Capítulo 2


Escrita por:


Capítulo 2 - Capítulo II


Ambos saíram da boate pelos fundos, onde se localizava o carro do Alec, na qual o mesmo pegou a chave e destrancou.

- Primeiro você _ disse o empresário abrindo a porta do passageiro para Magnus

Magnus respondeu com um sorriso e Alec fechou a porta do carro, o mesmo foi para o outro lado e entrou no carro sentando-se no banco do motorista. O hotel não ficava a mais de 15 minutos de lá.

- Estou com medo _ Magnus disse baixo no meio do caminho

- Da possibilidade dele te achar? _ Alec perguntou ainda prestando atenção nas ruas

- Sim _ Magnus respondeu fraco _ Posso abrir um pouco a janela?

- Claro _ Alec respondeu calmo _ Se quiser que eu te hospede num hotel mais distante, tá tudo bem

- Preferível, me sentiria melhor _ Magnus respondeu enquanto abaixava um pouco o vidro do carro

Alec foi mais para o centro do cidade e procurou mais hotéis, até achar o perfeito.

- Olha, eu te garanto que você vai amar esse _ Disse apontando para o Golden Tulip, um dos hotéis mais caros da cidade _ Vamos, eu irei pagar pra ti.

Magnus aparentou surpreso, o hotel era lindo realmente parecia ser caro.

- Eu não posso aceitar _ Magnus disse para Alec que já estava saindo do carro _ Parece ser muito caro

Alec fez uma cara de desprezo e saiu do carro sem ao menos ligar para o comentario de Magnus. Caminhou até o outro lado e abriu a porta para que o rapaz pudesse sair do carro.

- Que seja _ Magnus falou e levantou uma sobrancelha 

Alec riu e ambos foram pra dentro. Alec foi para o balcão e Magnus ficou o olhando marcar a diária com o café da manhã incluso.

- 1.150 reais _ disse a recepcionista olhando para o computador

Magnus ficou pasmo com tamanha quantia a ser paga, mas Alec pagou como se não fosse nada.

- Alexander... _ Magnus disse colocando a mão em um dos ombros de Alec

- Alexander... Bem formal _ Alec disse rindo _ Relaxa, eu pago isso _ respondeu colocando a própria mão acima da mão de Magnus.

Magnus ficou estático durante alguns segundos, e logo em seguida tirou sua mão dali, ficando sem reação. Alec pegou a chave do quarto de Magnus e entregou ao rapaz.

- Está tarde, suba, tome um banho e vá dormir... _ falou olhando para Magnus _ Quer que eu te busque amanhã? Ou já tem algo em mente?

Magnus ainda estava sem jeito e estático, mas respondeu Alec tentando não demonstrar tamanha vergonha

- É, acho que você pode vir... _ Magnus falou tentando disfarçar que estava tremendo apenas pela presença de Alec.

Plano falho, Alec percebeu que suas mãos tremiam quando olhou a chave mexer levemente.

- Você... Está tremendo? _ Alec perguntou preocupado _ Você está bem? Quer uma água? Está passando mal? É o medo ainda?

Magnus riu com a cena que nunca imaginava ver: Alec nervoso deduzindo várias coisas sem ao menos parar para respirar.

- Eu estou bem _ Magnus o interrompeu colocando uma de suas mãos na bochecha de Alec _ Pelo menos irei, eu só estou tentando processar a informação.

Alec sentiu uma onda de calor subir as costas, como uma descarga elétrica, algo que eu não sentia há tempos.

- Okay _ respondeu calmo colocando sua mão em cima da mão de Magnus _ Descansa, venho aqui as 7 pra te acompanhar no café. Não esquece.

Eles se despediram com um sorriso. Alec entrou no carro e já sabia a enrascada que estava se metendo, foi para a casa pensando sobre o dia que seria amanhã. Estava em total êxtase.

...

Magnus foi aos pulos para o quarto, a felicidade estava estampada em seu rosto, mas ainda estava preocupado.

 Tomou um banho e pegou um dos pijamas que o hotel oferecia, e logo depois escovou os dentes. Quando deitou a cabeça no travesseiro, percebeu que a ansiedade não o deixaria dormir direito.

Suas mãos tremiam e percebia que aquele sentimento já tinha tomado conta do seu corpo todo. Tinha sido algo, instantâneo totalmente mágico.

Mas Magnus estava realmente cansado, depois de 7 meses mantido preso, ele precisava descansar. Programou o relógio que tinha na estante do lado para despertar as 6:10 e pegou no sono.

...

Alec dirigia na maior felicidade do mundo. Chegou em casa e subiu para o segundo andar, tomou um banho, se trocou, escovou os dentes e deitou para dormir. Se mexia de um lado para o outro, mexeu no celular, programou despertador e mesmo assim estava sem sono.

Ele deixou o celular de lado e tentou relaxar, quando viu, já tinha pego no sono. 

...

Um sinal tocou ao seu lado, não era muito alto, mas o suficiente para o acordar. Eram exatamente 6:10 e ele estava ansioso. Escovou os dentes e por um momento lembrou que todas as roupas que tinha estava na casa de seu pai.

Ficou durante um bom tempo pensando, tomou outro banho para se distrair, ficou de roupão, secou o cabelo, fez de tudo para que o tempo passasse logo.

...

Seu despertador havia tocado, levantou num pulo, esfregou os olhos para ver o horário e ainda tinha tempo. Tomou banho, e fez sua básica higiene matinal.

Saiu com o carro exatamente as 6:30, foi para uma loja de roupas pensando já em Magnus. Ele sabia que as roupas do rapaz haviam ficado na casa de seu pai, e que ele não teria uma troca. Comprou roupas parecidas com a que Magnus usava na noite anterior e levou até o Golden Tulip.

- É... Eu quero subir ao quarto de Magnus Bane _ Alec disse para a recepcionista, que logo em seguida puxou o telefone e ligou para o quarto em que estava hospedado

A recepcionista eu permissão e ele foi sentindo aquele calor que havia sentido no dia anterior. Foi tudo tão rápido, mas Alec realmente queria se aproximar daquele homem.

...

Após Magnus ter atendido a recepcionista, lembrou que estava só de roupão, e lembrou novamente que não tinha outra coisa pra vestir, o que o deixou tenso. Não se passaram 2 minutos e ele escutou algumas batidas no quarto do hotel.

- Ah, oi... _ Magnus disse tenso ao abrir a porta 

Alec ficou estático quando viu Magnus, seu coração falhava algumas batidas

- Desculpa, e- eu... Você sabe, minhas coisas ficaram na casa do meu p- _ Magnus falou e logo depois foi interrompido com o dedo de Alec sendo encostado em sua boca

- Eu sei _ Alec respondeu _ Por isso mesmo comprei essas coisas pra você _  disse entrando no quarto de Magnus, colocando a sacola em cima da cama e sentando.

- Alexander, você já fez demais po- _ Magnus tentou falar, mas novamente era interrompido pelo dedo de Alec

- Apenas experimente... _ Alec disse interrompendo a fala de Magnus _ Eu não sei que tipo de cueca você prefere, então eu peguei a que comumente usamos, a famosa boxer _ Alec disse com um sorriso de canto _ Eu também não sabia qual era o seu estilo de-

- Magnus havia interrompido Alec com o dedo, imitando o gesto do outro _ Minha vez, obrigado _ falou rindo.

Magnus foi até o banheiro para se trocar, embora a vontade fosse se trocar ali, na frente do Alexander.

Quando saiu, deixou a sacola novamente na cama.

- Vamos? _ chamou Alec quando saiu do banheiro

- Vamos... _ Alec disse se levantando indo em direção ao rapaz.




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...