História Bestie! - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Personagens Originais
Tags Bestie, Bts, Friendzone, Jungkook
Visualizações 91
Palavras 1.524
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Ficção Adolescente, Fluffy, Hentai, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


heslooou, cá estou novamente :)

sei nem o que dizer pq não quero enrolar muito então... Me perdoem algum erro e boa leitura.

Beijo da tia hana 🌺

Capítulo 2 - Bobagem de uma adolescente.


Fanfic / Fanfiction Bestie! - Capítulo 2 - Bobagem de uma adolescente.

Entediada com a própria visão das crianças correndo pela praça, acabo balançando meus pés afim de fazer inutilmente o tempo passar mais rápido enquanto esperava Jeon. Com um pirulito no bolso do meu uniforme tiro o mesmo dali retirando a embalagem transparente levando o doce até minha boca. 

Eu odiava demoras e Jungkook sabia muito bem disso, com certeza se atrasou por esquecer as próprias chaves ou algum caderno. Avistei o garoto vir em minha direção com um sorriso esperto nos lábios enquanto carregava sua mochila no ombro, revirei os olhos e me levantei. 

— Posso saber o motivo da demora? - Questionei assim que meu melhor amigo se aproximou. 

— Nada de importante. - Deu de ombros. Era notável que Jungkook estava com a respiração falha e seus lábios mais vermelhos do que o normal, parecia até ter passado batom. Obviamente mentiu. 

— Ficou com uma garota não foi? - Indaguei cabisbaixa enquanto já andávamos até nosso colégio. 

— Aish... Não consigo esconder as coisas de você. - Riu. — Ela é do segundo, e é simplesmente maravilhosa! 

Eca, eca, mil vezes eca! 

— Você devia parar com isso. - Não menti, afinal Jungkook vivia beijando garotas diferentes pelos cantos, por um lado me sinto injustiçada por não ser uma dessas garotas, mas pelo outro eu sei que é errado pois vai que uma garota se apaixone em uma dessas ficadas? Não quero concorrência.

Resumindo, nessa história eu só estava pensando em mim. 

— Não vamos falar disso de novo Hyorin! - Bufou chutando um pequena pedrinha em sua frente. — Eu sou solteiro, elas me querem, são solteiras e bonitas e...

— Tá, tá! - Exclamo já irritada. — Não precisa listar seus motivos, eles não me interessam. 

— Credo, que bicho te mordeu? - Parou em minha frente. 

— Olha Jeon, não estou com paciência, apenas. - Dou de ombros e passo pelo garoto que me olhava surpreso.

Comecei á caminhar em sua frente sem me importar de estar sozinha, o colégio já estava perto mesmo. 

[...] 

— Hyorin! - Me assustei ao ouvir uma voz alegre me chamar. 

— Hobi! - Acenei indo até o garoto. — Como vai? 

— Bem. - Sorriu. Hoseok era um dos mais animados e eu dou graças ao céus por isso, apenas ele consegue me fazer sorrir em dias como esses. 

Especificamente em dias que o Jungkook fica com as outras garotas. 

— Onde está Jungkook? - Olhou em volta. 

— Deve estar por aí com alguma garota bobinha. - Revirei os olhos. — Logo ele aparece. 

— Hmm... - O garoto dos cabelos alaranjados me fitou de forma estranha. — Está com ciúmes não é? - Me cutucou fazendo-me rir. 

— Aniyo! - Respondi rindo. — Acontece que Jungkook sabe iludir muito bem as pobrezinhas, e eu sou totalmente contra isso. - Eu minto bem, huh? 

— Ok, ok. - Hoseok semicerrou os olhos. 

Não demorou muito para que o resto dos meninos chegassem juntamente á Kook que parecia animado ao contar sua experiência hoje de manhã com sua nova namoradinha de momento. 

— Qual é a sua aula agora, Hyorin? - Namjoon passou seu braço por volta do meu pescoço me fazendo sentir bem pequena ao seu lado. No mesmo instante Jungkook me lançou um olhar de reprovação, eu poderia ser apenas uma melhor amiga mas esse garoto sente ciúmes até das suas meias. Uma vantagem vingativa para Choi Hyorin, bingo! 

— Acho que filosofia. - Sorri. 

— Ótimo! - Exclamou Tae. — Estamos juntos então! 

— Yay! - Comemorei fazendo um toque com Taehyung. — Mas alguém para enfrentar nossa aula sobre Romeu e Julieta? - Brinquei. 

— Não, acho que só vocês mesmo. - Respondeu Jin. 

— É. - Falou Yoongi simples.

— Yoongi? - Fingi estar surpresa. — Então você está aí? Que loucura, huh? - Todos riram, menos o garoto dos fios azulados que revirou os olhos mas logo sorriu de canto. 

Antes que mais alguém se pronunciasse o sinal de alerta ecoou por todo o colégio e não bastou meio minuto para que todos em nossa volta corressem para as suas salas. Tentei fazer o mesmo ao ver que restavam apenas eu, Tae e Jungkook, mas fui interrompida quando meu melhor amigo me segurou pelo pulso. Fiz um sinal para que Tae fosse sem mim e assim o fez, me virei com a minha pior expressão de tédio e Jeon suspirou pesado. 

— O que você quer? - Respondi desanimada. 

— Por que não me esperou? - Cruzou os braços. 

— Não quis arriscar, no meio do caminho uma das suas namoradinhas poderia aparecer. Já pensou que horror? Não nasci para ficar de vela. - Tentei sair e novamente fui parada. 

— Por que sempre faz isso? - Seus olhos escuros eram intensos e eu não sabia como reagir a eles. 

— Isso o quê? 

— Sei lá... - Desviou seu olhar. — Sempre fica brava quando fico com alguma menina ou...

— Acha que eu estou com ciúmes? - E eu estava. — Jungkook por favor, não tome meu tempo. 

— Hyorin.. - Falou manhoso. Sua voz era tão fofa e macia. — Eu não gosto de brigar com você, e eu sei que estou errado em rebater suas críticas pois só quer meu bem. - Suspirou. Ele sabia de côr tudo o que eu sentia, bom, pelo menos uma parte. 

— Certo. - Respondi baixo. — Esquece isso. - Não me deixou sair novamente me segurando com mais força contra seu corpo. 

— Não está esquecendo de nada, huh? - Se abaixou um pouco. Sorri de canto, pois era inevitável. — Melhores amigos para sempre? - Fez um sinal com a mão para que eu completasse o gesto.

— Melhores amigos para sempre! - E assim o completei, formando um sinal infinito com as nossas mãos. 

Após o ato bobo porém nossa forma especial de demonstrar afeto, me despedi e fui até minha sala. Provavelmente eu receberia uma bronca por entrar bem depois, mas o que nós não fazemos para salvar uma amizade muito importante, muito. 

[...] 

— Jimin! - O repreendi após o garoto sentado em minha frente em uma das mesas do refeitório, roubar uma batata do pequeno pote, fazendo todos em volta rirem. 

— Pare de ser tão chata! - Resmungou. 

— Vai ver isso é falta de comida. - Rebateu Yoongi com um sorriso malicioso nos lábios, o que me fez arregalar os olhos e arremessar uma batata no mesmo. — Sua louca! - Atacou um pedaço de pão em mim. 

Quando iria me preparar para atacar algo comestível no garoto, uma voz fina e um perfume extremamente doce se instala sobre nós. 

— Ok, parem com a guerra de comida por apenas uns minutos. - Era Eunbi uma das garotas do segundo, a mesma já havia ficado com Jungkook algumas vezes, mas eu tinha certeza que era mais fácil ela brincar com ele do que ao contrário. 

— Diga Eun. - Falou Hoseok pousando seus braços sobre a mesa. 

— Sábado irei dar uma festa em minha casa, meus pais não vão estar lá então a casa inteira vai ficar para nós. - Olhou todos na mesa com uma cara muito estranha, típica maliciosa. — Conto com a presença de todos! - Piscou para Jungkook.

— Wow! Nós vamos sim Eun. - Respondeu Namjoon. 

— Que bom Nam! Passo todas as informações pra você, então você os avisa.

— Ok. - Respondemos em uníssono. 

— Bye bye babes! - Saiu saltitando enquanto todos estranhavam sua animação. 

As festas da garota eram todas incríveis, confesso. Eu com certeza marcaria presença já que sempre vi em festas uma forma de esvaziar a cabeça dos problemas. O meu medo era receber um não forte e alto dos meus pais, já que na última festa Jungkook teve que me carregar para casa. 

— Você vai? - Kook que estava sentado ao meu lado perguntou enquanto todos na mesma comentavam sobre algo indiferente de nós. 

— Irei tentar convencer meus pais, espero que deixem. - Falei enquanto cutucava o pedaço de torta na minha bandeja. 

— Eles irão sim! - Piscou para mim, voltando sua atenção para o almoço. 

O intervalo não demorou a passar e logo já estava em minha aula de educação física, onde estava comigo Hoseok e Yoongi. Incrível como os dois tinham a personalidade completamente diferentes. Enquanto Hobi se divertia com uma bola de vôlei, Yoongi ponderava sobre os bancos da quadra enquanto escutava algo seus fones. O garoto era bom em esportes, principalmente em basquete. Mas parece que a preguiça o domina por inteiro e isso chegar a ser engraçado. 

Um dia me arrependi de fazer um trabalho escolar com o garoto, já que metade da sua atenção foi para meu sofá macio, o mesmo aturou Yoongi por duas longas horas dormindo enquanto eu me matava com um maldito trabalho de biologia. 

Tretas da vida. 

Jogava animadamente com a outra turma desejando uma boa nota esse bimestre, era o jeito de me distrair enquanto minha mente viajava pelo mundo paralelo onde a única pergunta era: 

Como Jungkook deve estar agora? 

Bobagem de adolescente apaixonada pelo melhor amigo. 

 




Notas Finais


Pra um primeiro cap até que está bom... Espero que tenham gostado :)

Até o próximo cap e é isto.

Beijo da tia hana 🌺


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...