1. Spirit Fanfics >
  2. Bethyl: Lovely >
  3. What If? Part II

História Bethyl: Lovely - Capítulo 19


Escrita por:


Notas do Autor


Vou postar o próximo hoje ou amanhã
Título do capítulo: É se?

Capítulo 19 - What If? Part II


Fanfic / Fanfiction Bethyl: Lovely - Capítulo 19 - What If? Part II



 Pela manha Beth acordou bem cedo,apesar dela ter dormindo tarde ontem assistindo filmes com a Maggie e conversando sobre o namoro dela. A loira olhou a irmã ainda dormindo e deu um sorriso feliz por Maggie ter voltado mais cedo. Beth saiu do quarto depois de escovar os dentes e pentear o cabelo,ainda de pijama ela andou até a cozinha onde encontrou sua mãe.


 -Bom dia. Acordou cedo filha,está tudo bem? -perguntou ela 

-Bom dia. Já estava chato ficar na cama olhando para o teto

 -A Maggie já acordou? Eu estava pensando dela me ajudar com o café da manhã ou jantar- disse Annette

 -Porque?-perguntou a loira 

-Por causa do namorado dela. Sabe que uma das formas de chegar ao coração do homem e através do estômago e com certeza, Maggie não tem o coração daquele- respondeu a mãe 

 -Isso e implicância

 Annette não tinha gostado de Paul,apesar de Maggie estar com ele a 3 meses,sua mãe disse que ele não parecia ser homem de compromisso. 

-Foi assim que você conquistou o papai? 

-O que? -perguntou ela 

-Cozinhando- explicou Beth

 -Foi uma das formas 

As duas ficaram na cozinha preparando o café da manhã, logo Otis e Patricia apareceram. Patricia foi também ajudar com o café da manhã enquanto Beth foi arrumar a mesa.

 -Bom dia 

 Shawn entrou na cozinha e se serviu de café e então começou a falar da fazenda com Otis. Dava para perceber que ele queria herdar a fazenda,Beth sábia que mesmo Shawn não sendo filho de Harshel iria ganhar alguma coisa. Também ele era melhor na fazenda do que Beth e Maggie. Harshel chegou para o café da manhã, a mesa já estava posta mas Maggie e Paul ainda não tinham descido. Annette já estava impaciente,era sábado e todo sábado e domingo eles tomavam café da manhã em família. 

 -Eu já vou chamar eles-disse Beth 

-Espero que não se atrassem assim amanhã para a missa. Por que eles vão a missa- disse Annette 

 Beth seguiu para o 2° andar,a primeira pessoa que ela iria acordar ia ser a Maggie e deixaria que a irmã acordasse o namorado. Chegando no seu quarto ela se assustou ao ver Maggie e Paul na cama.

 -Eu não acredito

 -calma Beth,não fizemos nada-disse Maggie 

 -Vocês estavam na minha cama,que nojo. Vocês não tem nenhum respeito por mim a mamãe ou o papai?

 -A gente não fez nada. Desculpa- disse Paul 

-Sai do quarto- mandou a loira

 Ele obedeceu a Beth e saiu do quarto.

 -O café está na mesa

 Então ela saiu antes que Maggie pudesse reclamar. 


(-----------------'----''----------------) 


 Depois do que houve pela manhã, Maggie decidiu que ia sair pela cidade com Paul, Shawn e Beth iria acompanhar os dois. A loira não estava muito animada já que planejava sair sozinha,se entranhar na mata até achar a casa de Daryl Dixon. Por mais que ela tentasse sempre se pegava pensando no rastreador. Agora ela estava vendo enfeites ridículos em uma barraquinha. 

-Você ainda está brava comigo pelo que aconteceu hoje? -perguntou Maggie 

 -Não

 -Claro que não está estampado na sua cara -insistiu Maggie

 Beth rolou os olhos impaciente.

 -Eu só não quero estar aqui Maggs -disse a loira

 -Então onde quer ir? 

-Para começar eu planejava ir sozinha- disse Beth

 Maggie olhou Shawn e Paul que estavam distraídos.

 -Vai mas depois você vai ter que me contar- disse ela

 -Talvez eu conte

 Beth saiu correndo e acabou esbarrando em um casal. 

-Desculpa


 A Advogada de defesa Michonne conversava com o policial Rick. A menina loira mais nova do fazendeiro Harshel esbarrou em Rick,ela estava tão apresada que não deve ter percebido que era ele.

 -Isso e totalmente inapropriado sabe que está indo contra a lei.

 -Eu quero que a justiça seja feita- insistiu Rick- você sabe que ele e culpado

 -Então faça o seu trabalho para provar que ele e culpado

 -Não entendi advogada de defesa-disse o policial

 -O meu trabalha e provar a inocência dele e o seu e provar que ele e culpado. Apresente hoje uma boa prova ou vou dizer para o juiz que você me assediou- disse Michonne (ela não está falando de assédio sexual e sim de Rick parar ela na rua para falar do caso e tentar convencer ela de que o acusado e culpado)

 Ela passou por ele continuando a seguir seu caminho para o escritório que ficava no centro.


 (------------------'----'--------------------) 


 Beth olhava pelo espelho retrovisor se perguntando se aquilo não foi uma ideia idiota e se não era melhor voltar para casa. Ela estava indo agora em direção a casa de Daryl Dixon,bom ela esperava que fosse a direção certa. Daryl não morava na cidade como os outros e sim em uma cabana no meio do mato. É agora pensando isso soava loucura. Beth só conhecia Daryl pela fama dele e não era muito. Ela não sabe se ele tem um emprego, nunca viu ele trabalhando ou ouviu falar,ela sabe que ele caça e que quando o irmão está na cidade Daryl sempre se mete em confusão. 

 Depois de um tempo dirigindo a loira parou o carro se perguntando se estava perdida. Até agora tudo que ela viu foi uma estrada de mata,nenhuma casa e agora ela estava ficando um pouco com medo. Bom pelo menos ela tinha seu carro para dar meia volta e ir pra casa fingir que nada aconteceu. A loira pegou o mapa da cidade se perguntando onde aquela estrada dava. Era meio inútil já que ali não tinha placas. Talvez ela estivesse ao norte da sua casa onde ela sabia que ficava a de Daryl. Beth ficou por uns segundos olhando a mapa e pensando no que fazer, ela não podia deixar a noite cair enquanto estivesse ali. Ok só mais 5 minutos se não achasse a casa dele,ela voltava. Beth girou a chave tentando ligar o carro mas ele não pegou,ela tentou de novo e nada então a loira olhou para o tanque "vazio" droga como ela deixou isso acontecer? 

 Beth bateu no volante e então pegou seu celular pronta para chamar o reboque. Sem sinal. A loira começa a ficar com medo. Ninguém sabia onde ela estava, Beth estava a 1 hora a pé da cidade, iria escurecer antes dela chegar. Foi então que ela ouviu um barulho na mata e se lembrou dos filmes de terror. Ela não ia ver o que era,poderia ser um homem com uma serra elétrica. Ela só tinha duas opções, fugir pela estrada e ser pega e morta ou ficar no carro encurralada e ser morta. Nenhuma das opções parecia dar mais tempo de vida a ela e chances de sobreviver. 

 Beth ouviu de novo o barulho,pegou um toco no chão e se aproximou do seu carro. O barulho estava mais perto e agora ela podia ver os matos se mexer. Beth se escondeu atrás do carro criando coragem para atacar quem estava vindo. Quando ela viu que a pessoa saiu do mato Beth atacou,porém Daryl conseguiu segurar seu braço evitando a porrada. 

-Daryl! 

 O corpo de Beth relaxou ao ver o homem, ela sorriu aliviada por ser ele. 

-Ainda bem que é você, tive medo de ser algum possível serial killer- ela começou a rir- desculpa por tentar te atacar

 -Tudo bem- ele jogou o toco no chão- o que faz aqui? Se perdeu? Sua casa fica ao sul 

-Eu não me perdi...na verdade eu estou perdida sim- Beth ficou vermelha agora com vergonha de cortar o por que está ali- Eu vi ver você

 Daryl ficou surpreso, ele olhou para o chão tentando evitar a loira.

 -Bom eu acabei sem gasolina e não tem sinal no celular- disse ela após o silêncio. 

 Daryl em resposta resmungou qualquer coisa. Beth ficou esperando que ele perguntasse o motivo dela está ali ou qualquer outro coisa. Ela foi atrás dele e agora estava se sentido um idiota. 

-Ok,vou voltar para casa

 Ela deu as costas e foi andando em direção a seu carro. Quando já estava abrindo a porta Daryl falou.

 -Achei que estivesse sem gasolina

 -Eu estou- ela pegou o Tupperware no banco do passageiro e fechou a porta do carro- trouxe isso para você como agradecimento

 Ele pegou a pote e ficou olhando com certa dúvida. Beth pode notar como as mãos de Daryl estava sujas de terra e se perguntou o que ele estava fazendo foi ai que ela notou os esquilos mortos que ele trazia.

 -São cookies de chocolate, eu não sabia o que fazer e pensei. Todo mundo ama cookies de chocolate- disse ela- bom eu espero que você goste

 Daryl abriu o Tupperware e sentiu o cheiro dos cookies caseiros. 

 -Você fez? 

-Sim,eu gosto de assar e faço os melhores cookies do mundo 

Daryl ficou supreso por ela passar a manhã assando cookies para ele. Ninguém cozinhava nada para ele. Já faz um tempo que Merle sumiu e não da notícias,seu velho tinha morrido no ano passado,seu tio ele quase não via então era só ele mas Daryl já estava acostumado com isso, ficar sozinho. 

-Eu posso ter gasolina para você- disse ele


 (--------------'----'-----------)


 Shawn estava preocupado com o sumiço de Beth e depois das 3 ligações perdidas Maggie também começou a ficar preocupada e se sentir culpada. Ela,o irmão e o namorado agora ia na casa de uma amiga da Beth para ver se a mais nova estava lá. Paul não quis ir no começo, ele preferia ficar aproveitando a cidade do que ir atrás de uma menina que era capaz de se cuidar, porém quando Maggie olhou feio para ele,Paul decidiu se calar e seguir os dois. A amiga de Beth,Rosita estava em casa. Ao ver ela conversando com o entregador de pizza deduziram que Beth estava ali e que as duas pediram pizza. 

-Oi Rosita a Beth tá ai?-perguntou Shawn

 -Não,só estou eu e a Tara- disse a mulher

 -A Beth disse que ia ver uma pessoa, você sabe quem? -perguntou a Maggie

 -Eu não sei,a Beth só sai com a gente- Rosita pagou a pizza- desculpa não poder ajudar mas se ela passar aqui eu ligo 

Shawn se afastou irritado tentando mais uma vez ligar para Beth,Paul estava distraído mexendo no celular. 

 -Oi,eu sou o Gleen- disse o entregador de pizza Maggie olhou para ele sem muito interesse.

 -a sua irmã a uma loira?-perguntou ele 

-Sim,você viu ela?

 -Faz quase duas horas,ela me perguntou se eu sabia onde morava Daryl Dixon- disse Glenn

 Maggie ficou supresa por saber disso e logo ficou preocupada por Beth está com Daryl Dixon.

 -Você sabe onde ele mora?-perguntou ela 

 -Ninguém sabe direito onde Daryl Dixon mora,só a polícia- disse Glenn 

Maggie ficou ainda mais preocupada. Quando ela morava aqui Daryl e Merle aprontavam pelos bares,ela lembra de uma vez que Merle ficou detido durante uma semana. Agora Beth deveria estar na casa de Daryl que era uma fábrica de meta anfetamina é a culpa e dela.

 -Eu vou chamar a polícia

 Maggie ia sair mas Glenn impediu. 

-É dizer o que? sua irmã foi lá por vontade própria-disse ele- eu te ajudo a achar a casa do Dixon  

 Ela olhou para a mão dele que segurava a sua,mesmo sem conhecer ele direito,Maggie se sentiu melhor e protegida até. Agora ela sábia que tudo ficariam bem.

-O que está acontendo?

Paul tinha chegado e abraçado Maggie pela cintura. 

-Nada,só estou ajudando ela a achar a sua irmã-diase Glenn

-Você não tem mais pizza para entregar? Entregadozinho.-disse Paul

Glenn olhou Maggie e então pegou a sua moto.

-Tchau Maggie 

Ele saiu e a morena olhou feio para Paul.

-O que está fazendo? -perguntou Maggie 

-O que você queria que eu fizesse -respondeu ele

-Eu não quero que faça isso- respondeu ela

-Então porque eu vi?

-Quero que você conheça a minha família- disse Maggs

-Mesmo? Não tem nada mais? -perguntou Paul

Maggie ficou em silêncio se lembrando das semana antes da viagem. Porque ela ainda insistia em ficar com ele?

-Tudo bem? 

Shawn olhou os dois. Suas ligações para Beth não tinha dado resultados. 

-Depois conversamos 

Paul se afastou e Maggie tentou esquecer aquela conversa. Agora tudo que ela tinha que fazer era achar sua irmã. 



Notas Finais


Amanhã eu posto a última parte e depois voltamos com a nossa programação normal


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...