História Betrayal - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias The Vampire Diaries
Personagens Abigail "Abby" Bennett Wilson, Bonnie Bennett, Caroline Forbes, Damon Salvatore, Elena Gilbert, Enzo
Tags Bamon, Bonenzo, Delena, The Vampire Diaries, Tvd
Visualizações 72
Palavras 1.885
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Adultério, Insinuação de sexo, Nudez, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Mais um..♥️

Capítulo 3 - Capítulo 3




PV Autora

Bonnie acordou um pouco perdida, tentando se situar de onde estava. Então se lembrou que estava na casa de Enzo, ela virou na cama, a sua procura, mas ele não estava lá. Seus olhos caíram na janela, percebendo o céu escuro, Bonnie pulou da cama atrás de suas roupas. Se punindo mentalmente por ter dormido tanto. Então a porta do quarto se abriu e Enzo entrou, vestindo apenas sua cueca Boxer preta, com um sorriso lateral no rosto.

- Já descansou, amor..? - Perguntou se aproximando.

- Enzo, você não deveria ter me deixado dormir... Droga, Damon já deve ter chegado..- Exclamou Bonnie, enquanto vestia rapidamente suas roupas.

- Ele chegou sim... Te ligou tantas vezes que eu acabei atendendo..- Falou Enzo. Bonnie terminou de vestir sua blusa e arregalou os olhos para ele.

- Você atendeu meu telefone..? Você ficou louco..? - Gritou Bonnie.

- Você sabe muito bem que já faz tempo que quero contar a Damon sobre nós..- Defendeu-se Enzo.

- Sim.. assim como você sabe que eu não quero que ele saiba... Não agora..- Exclamou Bonnie.

- Foi por isso que eu não contei..- Disse Enzo, suspirando pesadamente. - Eu não faria isso sem a sua permissão..

- Você... Você não contou..? Então o que disse a ele..?

- Que você me procurou como advogado... Disse que você queria saber como dar entrada no processo de divórcio. Nós conversamos, você acabou bebendo além da conta e cochilou no meu sofá..- Explicou Enzo. Fazendo Bonnie finalmente respirar aliviada, até se dar conta do que ele havia dito.

- Você disse ao Damon que eu queria o divórcio..? Você não deveria ter feito isso... Nem se quer deveria ter atendido meu celular, você não tinha esse direito..- Exclamou Bonnie, o fuzilando com os olhos enquanto vestia seu casaco.

Enzo a olhou confuso, franzindo o cenho como se estivesse processando algo, enquanto a observava pegar o celular na mesinha de cabeceira. Então ele finalmente entendeu sua irritação.

- Espera aí.... Você não pretende se separar dele..? É isso..? - Perguntou incrédulo.

- Não... Quer dizer... Eu não sei, talvez..- Disse Bonnie.

- Não sabe..? Sério, você não pensa em se separar dele..?

- O que importa..? Isso não muda nada para você..- Exclamou Bonnie, com irritação clara em sua voz, enquanto saia de seu quarto até a sala.

- Mas é claro que muda... Acontece que eu não quero te dividir com mais ninguém, Bonnie... E me enlouquece saber que você vai voltar para lá... Para ele! - Advertiu Enzo, a seguindo.

- Nós conversamos sobre isso quando tudo começou... E você concordou em manter em segredo.. e do jeito que está sendo..- Observou Bonnie.

- Isso foi antes de me apaixonar por você..- Gritou Enzo.

Bonnie parou imediatamente, ouvindo suas palavras ainda ecoando em sua cabeça, seu coração acelerando rapidamente. Essas palavras mudariam tudo, ela estava evitando o assunto justamente por isso.

- Não diga isso, Enzo...- Exclamou se virando para ele.

- Por que não, se é o que eu sinto..? - Perguntou arqueando as sobrancelhas.

- Porque... Porque isso muda as coisas... E eu não quero que elas mudem..- Rebateu Bonnie.

- Então é apenas isso que você quer comigo..? Sexo..? Isso é tudo que eu sou para você, não é..? Uma simples transa por vingança, um escape, uma coisa que você procura quando quer... Depois larga de lado..- Argumentou Enzo, obviamente chateado.

- Também não é assim... Você sabe muito bem disso..- Exclamou Bonnie.

- Não, Bonnie.. eu não sei. A única coisa que eu sei, é que você me procura quando está triste, chateada, ou com desejo... Mas você sempre volta para o Damon, alegando que o ama.. Enquanto ele está lá.. se declarando para Elena..- Exclamou Enzo ríspido. - Meu Deus... Ele te trai desde quando voltei de Londres, e isso já faz mais de um ano...

- Espera... Quando eu te perguntei se você sabia a quanto tempo ele me traia, você disse que havia descoberto a pouco tempo... Você mentiu..? - Bonnie perguntou com o cenho franzido. Enzo se perdeu um pouco quando percebeu o que havia dito, passando a mão pelos cabelos nervosamente.

- Eu... Sim, mas só porque eu não queria que se magoasse mais ainda..- Se defendeu.

- Bom... Me magoou agora..- Exclamou Bonnie, pegando as chaves do carro da mesinha.

- Bonnie... Espera, vamos conversar com mais calma, por favor...- Pediu Enzo.

- Não posso... Eu tenho que voltar para o meu marido..- Exclamou, secando a lágrima solitária que desceu por sua bochecha, antes de abrir a porta e deixar o apartamento.

Enzo se jogou no sofá, se lamentando por ter atendido o maldito telefone, ou pelo menos ter dito a verdade a Damon. Ele queria tanto dizer a verdade, poder finalmente abrir o jogo e ter Bonnie só para ele. Poder sair com ela, apresentá-la as pessoas. Mas agora isso se tornou ainda mais impossível. Ele ainda pensou em ir atrás dela, abrir seu coração e força-la a ouvi-lo... Ouvir sua proposta de um futuro para eles. Mas assim que ele se levantou para vestir uma roupa, o toque de seu celular o interrompeu. Ele queria ignorar, mas ao ler o nome em sua tela, soltou um longo suspiro voltando a se sentar. Ele tinha que atender... Esse é outro problema que ele precisa resolver.



.....



Bonnie voltou para casa em uma neblina de perguntas que rondavam sua cabeça. Ele a trai faz mais de um ano..? Ela deveria se separar mesmo dele..? Aliás, como ela vai abordar o assunto do divórcio que Enzo inventou sem o seu consentimento..? Na verdade, seu medo era que Damon concordasse com isso, que ele não se importasse e simplesmente desse o divórcio para viver feliz com Elena. Talvez ela continuasse com essa ideia, apenas para saber como ele reagiria, só então ela saberia se seu casamentos de fato havia chegado ao fim.

Ela parou o carro na frente de sua casa, respirando fundo algumas vezes para organizar seus pensamentos antes de descer e entrar. O carro de Damon estava na garagem, o que significa que ele ainda está em casa. Bonnie desceu, se forçando a caminhar até a porta. Ela esperava que ele gritasse com ela, a questionasse sobre procurar por Enzo antes de falar com ele, ou pior.. não dizer nada e apenas aceitar... Haviam diversas probabilidades em sua mente. Mas quando ela abriu a porta, suas expectativas foram descartadas imediatamente, ela com certeza não havia imaginado isso. A luz estava baixa, com uma mesa no centro da sala, forrada com tecido branco, velas a decorando, com um lindo buquê de rosas mistas no centro. Bonnie quase ofegou quando Damon saiu da cozinha, trazendo um vinho nas mãos, com um sorriso no rosto ao vê-la.

- Você demorou...- Observou Damon, enquanto enchia as duas taças que haviam na mesa. Bonnie não conseguia achar palavras para formular uma frase decente, sua mente ainda estava tentando entender o que estava acontecendo ali. Quando Damon percebeu sua confusão, ele se aproximou, mantendo o sorriso em seus lábios. - Venha, meu amor... Vamos jantar, antes que a comida esfrie e meu trabalho tenha sido em vão..- Exclamou divertido.

- Por que...? Pra que tudo isso..? Hoje não é nosso aniversário de casamento...- Observou Bonnie, enquanto se sentava a cadeira que Damon puxou para ela.

- Eu sei que não.. mas queria fazer algo especial..- Disse Damon, se sentando a sua frente. - Eu... Eu falei com Enzo, ele me contou sobre a conversa de vocês..

- Sim, nós... Conversamos bastante..- Afirmou Bonnie. Sentindo a culpa invadir seu peito instantaneamente. Olhando para tudo isso agora.. e esse olhar de espanto nos olhos de Damon, quase fazem com que ela se arrependa de ter acabado de voltar da casa de seu amigo, ou melhor, de ter dormido com ele.

- Bonnie... Eu sei que as coisas entre nós estão um pouco complicadas agora... Sei que nosso casamento não é mais como antes, mas eu não quero que ele acabe... Porque eu ainda te amo...- Damon exclamou, pegando a mão de Bonnie, que repousava sobre a mesa. Bonnie piscou algumas vezes, surpresa por sua atitude, ela tem esperado por um momento como esse há meses.

- Eu também te amo Damon... E acredite em mim, eu também não quero me separar de você... Mas é que.. as vezes...

- Eu sei..- Ele a interrompeu. - Mas eu vou mudar isso... Eu prometo que vou mudar, só me dê uma chance..- Implorou, Bonnie podia ver algumas lágrimas encherem seus olhos..e isso partia seu coração.

- Tudo bem... Vamos só... Aproveitar esse lindo jantar..- Exclamou Bonnie com um pequeno sorriso. Limpando a lágrima que escorria por sua bochecha. Damon acenou rapidamente, com um largo sorriso iluminando todo seu rosto.

Eles aproveitaram o resto do jantar, com conversas e risadas, como faziam antigamente. Damon contou sobre as novidades do trabalho, a ouviu falar sobre coisas aleatórias do dia a dia, sempre sorrindo e acariciando delicadamente sua mão. Bonnie esqueceu de tudo por um momento, esqueceu a drástica situação de seu casamento, a traição de Damon... E Enzo. Eram apenas eles naquela noite, o casal apaixonado que se casou há três anos atrás.

Após o jantar, eles arrumaram as coisas e subiram para o quarto, entre beijos e carícias, enquanto diminuíam o número de roupas. Bonnie sempre se perdia nos beijos e toques de Damon, mas dessa vez... Tudo que ela conseguia pensar, era na diferença entre seus beijos, carinhos e toques... E os de Enzo. Eles nunca mais tiveram um momento íntimo desde que Bonnie começou a dormir com Enzo, até porque era ela quem tinha iniciativa, mas como ela já saciava seu desejo com Enzo, ela não procurava por Damon, e agora.. parece estranho, como se seu corpo não o reconhecesse mais. Mesmo assim ela se deixou levar, ela queria aproveitar o momento com seu marido, queria restaurar seu casamento... Ele ainda a amava e isso é tudo que importa. Bom, era o que Bonnie pensava, até que Damon atingiu seu ápice, desmoronando sobre ela, afundando a cabeça em seu pescoço.

- Aah... Elena...- Gemeu Damon em seu ouvido. - Eu te amo...- Exclamou sem fôlego, depositando um rápido beijo em sua bochecha antes de se deitar ao seu lado.

Bonnie estava travada, seu corpo congelado, enquanto encarava o teto. Ele realmente fez isso..? Ele havia feito amor com ela.. pensando em outra. Aquela dor que ela havia esquecido, estava de volta... Tudo voltou outra vez. Ela não queria chorar, nem gritar com ele agora, ela apenas se enrolou no lençol, virando as costas para ele, enquanto se segurava para não deixar as lágrimas rolarem. Damon recuperou o fôlego, depositou um beijo no topo de sua cabeça e foi tomar um banho. Então Bonnie finalmente deixou algumas lágrimas molharem suas bochechas. Tudo bem que ela também havia pensado em Enzo em certo momento, mas ela tinha pleno conhecimento que não era com ele que estava.. bem diferente de Damon pelo visto. Por que as coisas não poderiam ser normais só por um instante..? Por que sempre tinham que desmoronar de alguma forma..? Seu coração havia sido esmagado duas vezes só naquele dia... Todas por Damon. Bonnie ainda tinha um arrependimento em sua mente, mas não era o mesmo que tinha no jantar... Seu arrependimento agora era por ter deixado o apartamento de Enzo... Ela só queria estar com ele agora.









Notas Finais


Espero que estejam gostando... :)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...