História Better man - Capítulo 20


Escrita por:

Postado
Categorias Pearl Jam
Personagens Eddie Vedder, Jeff Ament, Mike McCready, Personagens Originais, Stone Gossard
Visualizações 21
Palavras 1.369
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa noite meninas! Tudo bem?
Hj vamos sentir um pinguinho de raiva do Mike Kkkkk

Tenham uma boa leitura ^^

Capítulo 20 - O vicio


Fanfic / Fanfiction Better man - Capítulo 20 - O vicio

Mike chegou dando de cara com uma galera na praça. Starr, Layne, Demri e Chris estavam juntos preparando suas drogas quando perceberam a presença de Mike se aproximando.

-Olha só quem chegou! - Disse Starr prendendo o braço do Layne com um sorriso estampado no rosto - Pensei que não viria já que disse que havia parado.

-E eu parei.

-Então o que faz aqui? - Perguntou Layne enquanto Mike preparava pra colocar a injeção nele.

-Eu vim usar só dessa vez. Só essa!

-Mike… - Chris colocou sua mão esquerda no ombro dele - Não faça isso cara! Sério! Você teve mó trabalho de ficar limpo! Não jogue pro ar!

-E ainda tem uma namorada bonita e que não usa drogas - Disse Demri já meio dopada ouvindo a conversa.

Starr deu uma risadinha.

-Desde quando mulher segura drogado? Deixa ele! Se ele quer usar, então vamos usar!

-Não é bem assim Starr - Disse Chris - Você está falando como se a Rosimere fosse qualquer mulher, e ela não é assim!

-Tem peito e bunda que nem todas tem, e isso já é o suficiente!

-Hey Mccready! - Disse Layne - A quanto tempo vocês estão saindo?

-Ah, a quase um mês - Respondeu.

-Pretende entrar em um relacionamento sério com ela?

-Claro! Assim que terminar a turnê.

Layne foi fechando os olhos conforme Starr foi despejando a droga no ombro dele.

-Você não perde tempo hein Mccready? - Disse Starr tirando a agulha de Layne.

-Por que?

-A Rose é muito gata! Você deve estar até orgulhoso de ter aquela mulher todinha pra você.

-Sim, eu me sinto feliz ao lado dela - Sorriu pensativo.

Demri pegou a faixa do ombro de Layne e andou em direção a Chris que estendia o braço.

-Você acha que ela vai saber que você usou drogas hoje?

-Eu jurei para ela que eu não ia mais recair, mas o que acontece é que eu não vou conseguir dormir sem uma dose hoje.

-È abstinência - Disse Demri - A pessoa tem que ser muito forte pra passar o resto da vida sem heroína.

-Você ainda tem chance Mccready - Disse Chris - Volta para o hotel e durma ao lado da Rose enquanto é tempo.

-Não Chris, se eu voltar eu não vou conseguir dormir. Eu vou ficar muito mal!

-Mal ou mal, então é melhor ele ficar aqui - Disse Starr - Qualquer coisa Mccready, se você não quiser mais a Rose, você pode me passar o telefone dela pra eu bolar um esquema.

Mike deu uns passos em direção a Starr em uma expressão furiosa, mas foi impedido pela mão esquerda de Chris que se enfiava na frente.

-Não Mccready! Por favor… Não vamos brigar aqui, ok? Está todo mundo louco! Então não leve em conta, tá bom?

Mike continuava a olhar para Starr furioso, mas não disse nada, mas ele não estava gostando nem um pouco do fato do Starr estar fazendo comentários indiscretos sobre Rose.

 

 

Mike chegou no hotel era 4 horas da manhã. Ele estava horrível! Seus olhos pesados, seu corpo mole, e seus passos lerdos… Ele parecia estar carregando o mundo nas costas. Passou pela sala e entrou no quarto vendo Rosimere dormindo em um sono profundo, e se sentiu aliviado.

“Òtimo! Eu deito, descanso, acordo no dia seguinte e finjo que nada aconteceu”

Andou em direção a cama, e deitou de bruço, ao lado de Rosimere, quando sentiu uma mão esquerda se envolver em suas costas e o queixo de Rose perto dele.

-A onde você estava? - Perguntou.

Mike suspirou pensando no que falar.

-No restaurante.

-A essa hora?

-Sim! Eu não jantei, e não consegui dormir de barriga vazia.

-Ah… Entendi… - Rose beijou seu ombro deslizando sua mão esquerda nas costas do rapaz - Eu tive um sono tão profundo que nem vi você sair.

Rose puxou mais o abraço beijando suas costas, quando ouviu a voz de Mike abafada de bruço.

-Rose…

-Sim?!

-Dá pra sair de cima das minhas costas?! - Disse em um tom rude.

Rosimere estranhou o temperamento de Mike naquele instante e mexeu nos cabelos dele.

-Mike…

-Transamos demais essa noite Rose. Chega né?!

Rose gaguejou e lentamente foi se desgrudando de Mike tristemente.

-Ok, desculpe.

Rose se virou para o outro lado e puxou a coberta, quando Mike puxou de volta.

-E divide essa merda comigo! Não é só você que passa frio!

Rose olhou para Mike que continuava de costas para ela, e estranhou novamente o comportamento do rapaz. Se sentiu chateada com o mal humor repentino de Mike, mas não disse nada, apenas tentou dormir e ignorar a grosseria.

 

 

Mike abriu seus olhos no dia seguinte ouvindo barulho no banheiro. Sua cabeça dilatava e junto dele vinha o remorso. Ele havia usado drogas na noite anterior e ele não lembrava de muita coisa em seu diálogo com Rose, e estranhou quando acordou com o som de vômito vindo do banheiro. Se levantou devagar com o corpo doendo e devagar foi andando até o banheiro.

-Rose?!

Ela não respondeu. O rapaz então abriu a porta vendo Rose vomitando na privada.

-Rose?! - Chamou novamente - Você está bem?

-Não… Eu acho…

-O que está sentindo?

-Dor de cabeça e enjôo…

Rose mal terminou a frase e já vomitou novamente.

-Não acha melhor ligar para a empresa e dizer que você não está bem?

-Não, eu não vou deixar meus clientes na mão assim desse jeito, eu… Eu vou!

-Passando mal desse jeito? De jeito nenhum! Você está até pálida de tanto vomitar!

Rosimere limpou sua boca e se levantou suspirando.

-Eu já estou melhor Mike.

-Certeza?

-Sim.

-Não, não está! Você está pálida ainda!

-Estou bem sim Mike! Eu só… - Rose colocou sua mão na testa sentindo a pressão abaixar.

Mike se jogou em sua frente a mantendo de pé.

-Você não vai trabalhar Rose. Você está doente! Vem cá…

Mike pegou a garota pela cintura e a guiou até em cima da cama e a deitou de barriga pra cima..

-Fica deitadinha até se sentir melhor, ok?

-Tudo bem - Sorriu enquanto passava sua mão esquerda no rosto de Mike - Eu posso te fazer uma pergunta Mike?

-Sim, diga!

-Aconteceu alguma coisa no restaurante?

Mike foi pego de surpresa por aquela pergunta. Seu cérebro travou naquela hora, o que fez com que Mike gaguejasse um pouco.

-Não Rose! Nenhum. Por que?

-Você voltou esquisito ontem!

-Esquisito comigo?

-Tipo… Mais agressivo!

-Sério?

-Sim! Você negou sexo e… Nossa, você foi muito grosso comigo!

Mike bufou ao perceber o mal que fez ao usar heroína. Se arrependeu até a última gota de não ter ouvido Chris, mas já era tarde demais e já havia quebrado seu acordo com Rose, e que por consequência, acabou assustando-a naquela noite.

-Me desculpa Rose. Sério! È que… Eu só ando nervoso com essa coisa de turnê e… Sei lá! Não me sinto bem. Me desculpa!

-Mike, você não tem que se desculpar ok? Estresses acontecem mas… Poxa! Não precisa descontar a raiva em mim! Eu estou aqui pra te dar amor, e não pra te prejudicar!

-Eu sei Rose! Eu sei! È que… Me desculpa mesmo… De verdade!

-Tudo bem Mike! Fica tranquilo! - A garota soltou um leve sorriso e puxou Mike para um abraço, lhe dando um selinho logo depois - Estou te perdoando tranquilamente! Mas eu quero que você saiba que eu não sou um saco de porrada e que minha paciência tem limites, então é bom que você não fique descontando raiva em mim toda hora, está me ouvindo?

-Hmmm menina séria!

-Mas eu estou falando sério Mike! Eu não vou ficar segurando xingamentos!

-Ah, fica tranquila que aquela foi a primeira e a última Rose, eu prometo! - Sorriu.

-Promete mesmo?

-Sim! Eu juro!

A garota sorriu envolvendo seus braços em torno do pescoço de Mike.

-Você é um cabeça quente senhor Mccready.

Mike abriu um sorriso olhando para ela.

-Cabeça quente? Quem? eu?

-Sim! Você!

-Eu vou te mostrar então quem é cabeça quente aqui!

O rapaz então se posicionou em cima de Rose a beijando intensamente enquanto sentia as mãos da garota passarem pelas costas.de Mike.

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...