História Betting on Love - Capítulo 7


Escrita por: e Biiiia_

Postado
Categorias Naruto
Personagens Fugaku Uchiha, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hinata Hyuuga, Mebuki Haruno, Naruto Uzumaki, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha
Tags Sasusaku
Visualizações 223
Palavras 1.131
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Ficção, Harem, Hentai, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 7 - Capitulo Seis


Betado por Biiiia_

--

- Olha só, descobri o seu ponto fraco Uchiha!

Acariciou o rosto adormecido de Sakura.

- Seu resto de aborto, devolva ela - Sasuke possuído pela raiva, e ao mesmo tempo com medo, sim ele pela primeira vez depois de anos sente medo, o medo era que algo de ruim acontecesse com Sakura, se Sasori fazer algo do tipo. - Quer conhecer mais cedo o inferno, cabeça de fósforo?

- Ah! Você e suas piadas, hein? Vou ter que desligar, estou aguardando a gatinha acordar!

Sasori desliga o celular, deixando Sasuke puto de raiva do outro lado da linha.

- Miserável, filho de uma mãe! – O moreno chuta a roda de seu carro. - Estou indo te buscar Sakura!

--

Acordo em um lugar estranho, assustada pensei logo em Sasuke.. ele vai me dar uma bronca daquelas.

- Finalmente acordou linda, nosso chefe estava esperando. - Ele olha para outro comparsa e diz. - Chame o chefe.

O comparsa então sai do local a procura do chefe para chama-lo.

- Seu idiota, acha mesmo que vai conseguir alguma coisa? Sasuke vai me achar e vocês, vão se fu..

Sasori chega e a corta.

- Mas que boca suja você tem hein, querida?

Sasori chega dentro da sala, meio escura e ajeita o bleizer de seu terno.

- O que, quer comigo?

O olha com raiva, Sasori chega até Sakura e levanta o queixo dela para que a mesma o olhasse.

- Seu namorado está me metendo em problemas com o negócio dele!

Ele suspira.

- E daí, o que eu tenho haver com isso? - Sasori começa a rir. - Era só que me faltava outro drogado, olha eu quero muito fazer xixi tô apertada a horas e você me enganou!

Sakura estava com raiva e prestes a urinar nas calças.

- Deidara, leve a boneca no banheiro e vigie a porta! - Ela tem a língua bastante afiada, talvez saiba dos negócios do Uchiha! - Sentou-se em uma poltrona e cruzou as pernas em forma de um quatro. - Ela vai ser muito útil.

Caminho até o banheiro acompanhada do loiro com cara de gay, até que chegamos e ele abre a porta pra mim e me olha.

- Qual é? Vai ficar me olhando até eu me mijar nas calças, Barbie drogada?

Ele arqueia a sobrancelha, e vira de costas e eu entro no banheiro faço xixi, observo o ambiente onde há uma janela está enferrujada, com um jeito eu posso, passar por ela e fingir.

- Já mijou garota?

Ele pergunta impaciente.

- Espera, você não sabe que mulher é diferente na hora de mijar? Eu não tenho pinto não!

Subo no vaso sanitário, colocando impulso para abrir a janela e aos poucos com muita dificuldade e se abre e faz um barulho.

- Que barulho foi esse?

- Nada eu só tropecei aqui, estou arrumando minha roupa já.

O tempo que brincava de subir em árvores, pode ser minha salvação, dei impulso e passo pela janela, vi minha saída e então pulo, caio em cima de um latão de lixo e o estrondo foi alto, era um beco fétido olho para a janela da qual eu pulei, e então começo a correr dali.

- Mas que demora, eu vou abrir essa porra. - Deidara abre a porta de um vez vendo o banheiro sem nenhuma rosada. - Puta que pariu, o chefe vai me matar.

O loiro sai correndo até os outros homens avisando que Sakura havia fugido.

- Como é que é? - Sasori passa as mãos no cabelos nervoso. - Como deixa ela fugir seu imbecil, ela é só uma garota.

Ele pega uma garrafa de vinho e joga no chão com toda a raiva, espalhando cacos de vidro pelo o mesmo.

- Alguns dos homens foram atrás dela senhor, impossível ela estar longe já que está a pé e não conhece nada por aqui!

Sasori puxa Deidara pelo colarinho da camisa.

- Se não a encontrarem.. pode se considerar um homem morto, entendeu? - O loiro engole em seco e confirma com um aceno de cabeça, ajeita a arma na cintura e se prepara para sair. - Mas uma coisa.. - Disse o ruivo. - Não quero ela com nenhum arranhão, ela é minha agora!

- Sim, senhor.

Deidara abre a porta imensa e sai do local, na expectativa de achar Sakura.

--

- Desgraça. - Xingou o Uchiha. - Aquele cabeça de fósforo não sabe com quem está se metendo. - Sasuke soca o volante do carro com raiva, dirige em velocidade absurda, quem o visse diria que está fugindo da polícia, seu celular começa a vibrar dentro do bolso de sua calça, e ele atende. - Seu filho da puta, eu estou indo busca..

- Sasuke, Sasuke me ajuda.

Implorou em desespero.

- Sakura como você..

- Eu consegui fugir, mas não sei por quanto tempo! - A rosada derramava lágrimas de desespero. - Eu estou com medo, por favor vem logo Sasuke.

- Me diz o nome da rua, um ponto de referência alguma coisa!

- Eu.. estou passando em frente a uma casa, é verde e tem um jardim.. - Diz ofegante. - Aqui tem uma placa... o nome da rua é Ibiza 567..

Corro sem olhar pra trás e a droga do meu celular está descarregando.

- Eu estou indo te buscar, tenta não ser pega e não desliga o celular!

- Está descansando..

Atravesso a rua o bairro parecia totalmente vazio como sem ninguém morasse ali.

- Aguenta firme.

Diz Sasuke, pisando no acelerador pra encontrar Sakura o mas rápido possível.

Já está a noite, as ruas mal iluminadas e tudo parado, estou escondida atrás de uma caçamba de lixo em um beco, me tremendo de medo. - Vamos não podemos perder ela, se não cabeças vão rolar.

- Sasuke, cadê você?

Sussurro praticamente rezando aos deuses, nunca quis tanto ver o Sasuke em minha vida, meu celular então toca chamando a atenção dos homens.

- Olha só, parece que encontramos uma gatinha. Vem cá gatinha, vem. - Deidara diz, e os outros começam a rir. - Quem tem medo lobo mau? lobo mau.. - Cantarolou, eu então me levanto e começo a correr novamente. - Aí está você, vamos!

Eles correm atrás de mim, meu celular toca mais uma vez e eu atendo.

- Sasuke eles estão vindo, eles vão me pegar..

Olho a porcentagem de bateria, 3%.

- Eu estou perto. - Olho para trás e vejo um dos capangas apontando a arma em minha direção, então Sasuke aparece com o carro bem em sua frente, e sorrio aliviada vendo ali meu refúgio porém, um tiro ecoo sobre as ruas do lugar onde estamos. - SAKURA - Ouvi um grito de Sasuke.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...