História Between The Sea and Swords - Capítulo 10


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Park Jimin (Jimin)
Tags Aventura, Jikook, Kookmin, Pirata, Tia_manu, Tia_manu Jikook
Visualizações 447
Palavras 1.780
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Fantasia, Lemon, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Slash, Suspense, Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


| Créditos Between The Sea and The Swords|

Autora: TIA_MANU
Capista: SKARL
Trailer: TIA_MANU
Selo de aprovação Karollbastos
Atualização: Toda Sexta.
(Notas finais)

Capítulo 10 - Os Mistérios da ilha


Fanfic / Fanfiction Between The Sea and Swords - Capítulo 10 - Os Mistérios da ilha

Capítulo 10 – Os Mistérios da ilha

 

Já estavam caminhando a um certo tempo em silêncio. Desde sua chegada, Jimin não disse uma palavra. Talvez estivesse bravo por ter sido desobedecido, não era algo que ele parecia estar acostumado a lidar, ou talvez apenas estivesse tão confuso quanto o Comodoro. Jeon se perguntava o porque.

Porque um pirata, um homem que teoricamente não tem nenhuma regra, escrúpulo ou decência, teria salvado sua vida? Porque não havia deixado ele ser arrastado para o fundo como deveria ser? E a mesma pergunta que Jeon se fazia desde que havia conhecido o garoto se repetia novamente: O que Park Jimin tem de tão diferente?

A cada novo passo, mas perguntas surgiam em sua mente e se perguntava, porque nenhuma delas eram respondidas. Não era isso que supostamente aquela ilha deveria fazer? Ela não deveria responder aquilo que você mais quer saber? Então porque as respostas não estavam vindo?

– Onde estamos indo? – Perguntou finalmente quebrando aquele maldito silêncio.

Agora você vai me ouvir? – Jimin respondeu com o tom baixo porem emburrado, até um pouco mimado. – Já que você resolveu falar, pode me explicar que merda foi aquela? – Questionou irritado.

– Eu sei que não deveria ter olhado, mas... – Jeon foi interrompido pelo pirata que o parou.

Não. Não é disso que eu to falando. – Negou com a cabeça enquanto balançava as mãos na frente do próprio corpo – To falando no que ela se transformou. – Disse procurando por evidencias nos olhos do Comodoro. – Ela... Aquilo... – Gaguejou. Não sabia como abordar aquilo com ele. Não eram tão íntimos e por mais que soubesse que o Oficial já havia caído em seus encantos por alguns minutos. Foi chocante ver aquilo. Ver a sereia se transformar em uma versão dele. E por mais que não quisesse admitir, se sentia como um adolescente bobo. Nervoso demais para questionar de frente sobre aquilo. – Deixa quieto! – Disse por fim voltando a andar. Odiava se sentir fora do controle sobre algo. – Estamos indo para o Núcleo da ilha. – Respondeu ignorando a cara confusa do Oficial. – É lá que as respostas são dadas.

– Então quando chegarmos lá, toda as nossas perguntas serão respondidas? – Questionou um pouco incrédulo – Mesmo que nós não tenhamos a resposta?

– Não é assim que funciona. – Jimin disse revirando os olhos. Sabia que nem todo mundo conhecia aquele lugar, mas era idiotice pensar que era tão fácil. – Ela responde o que você precisa saber.

– E como ela sabe o que eu preciso saber? – Questionou seguindo o menino ainda mata a dentro.

– Acredite, ela sabe.

– Você já esteve aqui antes. – Jeon afirmou. – E pelo o que eu ouvi, não foi muito agradável. – Jimin não esboçou nenhuma expressão. – Como tem certeza que dessa vez, ela vai te falar o que você quer saber?

– Eu preciso saber onde minha alma está e é isso que ela vai me responder. – Foi duro em sua resposta.

– Mas como você pode ter tanta certeza? – Insistiu o Comodoro, que temia não ter o que tanto procuravam ali.

Eu estou começando a me arrepender de ter te salvado. – Jimin resmungou cortando a sessão de perguntas do oficial. – Apenas uma vez, acredite em mim, inferno.

O silêncio voltou a reinar entre eles. O som do mar batendo contra as pedras ainda poderia ser ouvido, junto com o cantar dos pássaros e outros animais que por ali deveria ter. Jeon se sentiu apreensivo. Jimin parecia tenso e Jeon percebeu que não gostava daquela expressão no rosto do menino. O Comodoro com toda certeza preferia o sorriso debochado e o olhar cheio de provocação do que aquela expressão apreensiva.

– Está ficando tarde. – Jimin disse um tanto nervoso. – Perdemos tempo demais na praia. – Resmungou. – Ficar aqui ao anoitecer não é uma boa ideia. – Jeon estava curioso, mas com medo. Não sabia ao certo se realmente queria saber o que aquilo significava, mas temia não estar pronto para o que poderia ter que enfrentar a frente. – Temos que ser rápidos.

– O que acontece se ficarmos aqui até o anoitecer? – Questionou encarando os olhos do menor, que agora estavam castanhos novamente.

A ilha desperta a verdade mais profunda dentro de nós.

 

Jeon não tinha certeza se isso era tão ruim, quer dizer, ele não tinha nada a esconder, talvez Jimin tivesse e isso não era de todo ruim, saberia finalmente com quem estava lidando, não?

 

Foram mais algumas horas de caminhadas, ainda tinham comida e água o suficiente para a volta, mas a cada segundo, mais o sol caia, mais perto do anoitecer ficava e isso parecia atormentar Jimin. O pirata parecia aliviado a avistar uma pequena gruta. Sem pensar duas vezes, se jogou na água que cristalina que corria entre as pedras, sem o menor medo. Deveria conhecer aquele lugar.

– Você tem que pular, Comodoro! – Jimin gritou quando voltou a superfície. Jeon respirou fundo, confiava em Jimin, por algum motivo estranho e doentio, se pegou realmente confiando no pirata, aquilo não poderia estar certo. Jeon olhou para a água cristalina e bonita e então se jogou.

O impacto foi forte graças à altura, mas não se machucou. A água estava quente apesar do tempo estar um pouco frio e assim que voltou a superfície pode analisar melhor o lugar. As paredes feitas de pedras tinham uma pequena vegetação rasteira colada, dando um ar calmo ao lugar. Jeon procurou Jimin com o olhar e logo achou o pirata em cima da uma pedra.

Quer fazer as honras Comodoro? – Questionou com um sorriso divertido no rosto. – Essa é a fonte de poder da Ilha. – Explicou indicando uma bola transparente de porte médio em cima de algo que parecia um altar. Jeon saiu da água se aproximando do pirata.

E agora? Como funciona? – Perguntou encarando a bola. Escutou o pirata respirar fundo, tentando juntar coragem, parecia algo realmente difícil para Jimin e Jeon se sentia curioso sobre isso, queria perguntar o porquê de tudo aquilo, mas no fundo, temia a resposta.

– É só você se aproximar. – Disse respirando fundo. – Ela vai te mostrar o que você precisa saber. – Disse então se aproximando da bola, sendo observado de perto pelo Comodoro. A primeira imagem que surgiu parecia com o fundo do mar. A imagem parecia se aproximar e então algo surgiu no meio das águas, algo grande, com escamas, uma mistura de dragão e cobra marinha.

Jimin sabia o que era aquilo, reconhecia um Wane de longe, aquilo era um dragão do mar. A imagem voltou a mudar e logo o que se parecia com uma caveira em decomposição surgiu, ela estava suja e cheio de crustáceos e outros bichos das profundezas, mas ainda era possível notar um vestido vermelho, parecia ter sido bonito quando inteiro, agora estava se decompondo na água, tão sujo e velho, quanto o próprio corpo. Uma luz amarela que brilhava em suas mãos de ossos chamou a atenção do pirata.

Minha alma. – Ofegou ao ver o que tanto havia procurado. A imagem ficava a cada segundo mais nítida. Um anel de ouro com um brasão já conhecido por Jimin brilhou no dedo anelar da caveira fazendo Jimin sentir seu interior se revirar. – Só pode ser brincadeira. – Resmungou incrédulo com o que via. Aquilo só podia ser uma brincadeira. Uma brincadeira de muito mal gosto.

– O que você está vendo? – Escutou o Comodoro perguntar – Eu não estou vendo nada.

A cena se afastou da caveira, como se estivesse subindo e então Jimin observou o que faltava para comprovar que aquilo realmente era o que pensava. Ele viu as docas. As docas em que ele havia morrido. Era lá que sua alma estava. Nós braços de sua mãe.

O pirata se assustou ao sentir uma lágrima escorrer pelo seu rosto. Fazia tanto tempo que não chorava que nem ao menos se lembrava da sensação, mas ali estava ele, com lágrimas nos olhos, mesmo que seu rosto fosse duro e com uma expressão forte.

Jeon então se aproximou da bola, talvez não estivesse vendo por estar longe, se aproximou um pouco mais, com receio. A bola antes transparente começou a tomar forma e ele se viu na cabine de comando do barco do Pirata. Jimin estava sentado em cima de sua mesa, como de costume. Com um sorriso cheio de segundas intenções. Observou seu corpo se aproximar do pirata e sem reação, se observou beijar o menino rosa. Suas mãos passando com delicadeza e possessão ao mesmo tempo. Suas bocas travando uma pequena batalha de poder, uma que aparentemente, Jimin ganhava.

Assustado com o que via, Jeon se afastou da bola, completamente confuso e perturbado com o que havia visto, não sabia o que aquilo significava, mas tinha certeza que aquilo não respondia nenhuma de suas perguntas. Encarou Jimin e viu a feição dura e os olhos molhados, se perguntou se o menino havia visto o mesmo que ele.

Eu não... – Jeon começou, mas foi interrompido pelo pirata.

– Minha alma está no fundo do mar. – O menino o cortou com a voz fria e dura. – Ta junto do corpo da minha mãe. No fundo do mar. – Explicou com raiva, o maxilar trincado e o olhar frio. Jimin odiava aquilo, parecia que o universo estava brincando com ele e isso era ridículo. – E tem um Wane protegendo ela.

– O que é um Wane? – Jeon perguntou curioso. Jimin parecia assustador naquele momento, quase possuído de raiva e dor e Jeon entendeu porque Yoongi queria tanto vir junto.

– É um dragão do mar. – Respondeu sem expressão. – Já encontrei alguns, eles normalmente não são perigosos, são apenas criaturas que gostam de brincar com nossas mentes. – Disse frustrado e ainda irritado. – Eles só são grandes para nós assustar e nos manter longe, mas o desafio real sempre é outro quando se trata deles.

– Tem certeza que isso está falando a verdade? – Jeon questionou ganhando um olhar firme do Capitão. – Quer dizer, o que eu vi é no mínimo ridículo.  – Afirmou levemente perturbado – E porque eu não vi o que você viu? – Questionou também irritado. Droga, queria tirar aquelas imagens de sua cabeça. Aquilo não fazia o menor sentido.

– Ela não mente Comodoro. – Afirmou frio. – E cada um, tem sua própria resposta. O que você precisava saber, não era o mesmo que eu precisava. – Respondeu impaciente. Queria se controlar, mas estava tão irritado. Aquilo só poderia ser um jogo doentio do universo.

– E pra onde nós vamos? – O Comodoro questionou tentando traçar uma rota mentalmente. – Onde ela está? – Jeon se sentia um tanto desconfortável, não conseguia sustentar o olhar do pirata e nem ao menos sabia se era por ele carregar um olhar assustador e uma áurea opressora naquele momento ou pelo o que havia visto minutos antes.

Pra sua sorte, estamos indo para sua amada Coroa. – Jimin Debochou. – Vamos voltar pra Coreia. 


Notas Finais


*Surto interno*

Proximo capítulo promete!!!

TRAILER: Between The Sea and The Swords:
https://www.youtube.com/watch?v=2RXmDIvlRpQ&feature=youtu.be

A Origem ABO: Entenda esse Universo!
https://www.spiritfanfiction.com/historia/a-origem-abo-12474114

COMENTEM, FAVORITEM, ME SIGAM
CONHEÇAM OUTRAS HISTORIAS MINHAS EM:
https://www.spiritfanfiction.com/perfil/emanuellepadilh/historias


CONTA NO WATTPAD: Me segue lá, gata.
https://www.wattpad.com/user/TIA_MANU_

Link Trailer: BETWEEN THE SEA AND THE SWORDS
https://www.youtube.com/watch?v=2RXmDIvlRpQ&feature=youtu.be

TODOS OS TRAILERS DAS MINHAS FICS ESTÃO AQUI:
https://www.youtube.com/playlist?list=PLuBVbuPc5GhPAnVA2WsZiHyPj3m7ph_7p

ENTREM NO GRUPO DO WHATS - GANGUE DAS ARMYCORNIAS
https://chat.whatsapp.com/E8PH5dimlLA7IJUh9AlEZY

BJSS COLORIDOS
TIA_MANU


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...