História Between Walls - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias Dylan O'Brien, The Maze Runner, Thomas Sangster
Personagens Adam, Alby, Caçarola (Frypan), Chuck, Dylan O'Brien, Gally, Minho, Newt, Personagens Originais, Thomas, Thomas Sangster
Visualizações 23
Palavras 4.437
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Adolescente, Luta, Mistério, Romance e Novela, Saga
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Spoilers, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Demorei 5 horas pra escrever esse capítulo hahaha
Por favor comentem muito
PS:LEIAM AS NOTAS FINAIS


https://my.w.tt/vbriprZLvO

Se quiserem ler a fanfic no Wattpadd (eu recomendo mas comentem e favoritem aqui)
Pois no Wttpd a história tem
Música de fundo
Gif
E fotos ao meio da história

Amo muito vocês 💗

Capítulo 7 - Survivors Not Winners


Fanfic / Fanfiction Between Walls - Capítulo 7 - Survivors Not Winners

Thomas On

Abri meus olhos rapidamente depois do..sonho memorial que estava em toda a minha cabeça me causando uma náusea enorme do que era eu ser..ou não ser..de primeira quando minhas iris focaram..o rosto de Gabriela estava a minha frente..seus cabelos caiam quase tocavam minha pele..oque denunciando assim que eu estava deitado..ela deu um sorriso bem leve ao lado de seus lábios..como um.."que bom que você está vivo.."..pelo menos foi..oque veio a parecer..não era o sorriso que eu sempre esperava ver a vir a ela..ao momento o mundo voltou a girar normalmente para mim..focando no rosto pálido e sardado da garota..sua mão estava pousada em meu peito..senti minha cabeça pousada em suas pernas..sua outra mão estava entre os meus fios castanhos..

Gabriela-..Oi..você está bem..?-Ela perguntou baixo assim um silêncio de segundos se estabilizou..estava um pouco..chocado..em meio os sonhos loucos pois estava realmente..surpreso em não estar em uma..fase pós o pesadelo do passado me atingir..ou..suicida..

Chuck-Oque você estava pensando?-Ouvi Chuck dizer rudemente assim também o rosto da garota e seu olhar se direcionou a ele..me dispersando do transe que ainda me possuia..tomei um leve impulso me sentando..observei que estávamos em baixo de grades..a cima delas..Newt..Minho e Chuck..Newt mantia seu rosto fechado..como o mesmo daquela manhã..os encarei assim respirando fundo ligando pontos..olhei para o rosto de Gabriela assim focando em seus olhos..

Thomas-Oque aconteceu..?-Levei meu olhar aos garotos ali..o rosto de..desprezo de cada um deles era..doloroso..não sabia nem o começo..

Newt-..Gally assumiu o controle..ele disse que tínhamos uma escolha..ou nós juntarmos a ele..ou sermos banidos ao por do sol com você..-Newt disse baixo..a cada pequenas palavras ele contraia os lábios de uma forma..não sei..revirei meus olhos assim olhando em volta do lugar focando em um canto da terra..soltei um suspiro por meus lábios então apertando meus olhos..apoiei minha mão no chão me impulsionado para cima para me levantar..

Thomas-..e os outros concordaram..?-Gabriela então me olhou..depois seus olhos verdes desceram por seus braços assim olhando para baixo..

Gabriela-Ele convenceu todos de que..você é a razão de tudo que aconteceu..-Estava encostado na parede de pedras assim passando minhas mãos por minhas coxas nervosamente..tirei meus olhos da garota..sempre os passando pelas paredes..tentando..focar..pensar..sobre o grau da situação péssima que estávamos..

Thomas-..bom acho que ele está certo..-ajeitei minhas pernas nervosamente..

Minho-..do que você está falando..?-Levantei olhar a os três ali..

Thomas-Este lugar..não é oque pensamos que fosse..não é uma prisão é um teste..tudo começou quando éramos crianças..eles nos davam desafios..faziam experimentos conosco..

Gabriela On

Thomas-So que as pessoas começaram a desaparecer..-Ao momento minha respiração começou a aumentar entao fiquei meus olhos assim no chão..imagens de uma mulher loira de cabelos amarrados estavam martelando em minha mente..senti um arrepio de calor enorme subir em meu corpo me causando uma ânsia incomparável..

Thomas-Todos os meses..um após o outro sistematicamente..

Newt-Mandavam eles pro labirinto..?

Thomas-.. é mas nem todos nós..-Thomas levou levemente o olhar a mim então franzi o cenho o olhando..

Newt-Como assim..?

Thomas-...eu..sou um deles..as pessoas que colocaram vocês aqui..eu trabalhava com eles..eu vigiei vocês por anos..o tempo todo que estiveram aqui..eu tava do outro lado..-Levantei olhar a Thomas..

Thomas-..e você também..mas..você era diferente..eles..tinham uma obsessão..por..você Gabriela..-Olhei em volta várias vezes fechando meus lábios assim os Umidessendo engolindo seco..

Gabriela-Oque..?

Thomas-..Eu..fiz isso com eles..não me lembro..uma garota morena..

Gabriela-..Thomas..

Thomas-Se lembra de algo..?

Gabriela-..não!-Disse levando minhas mãos até minhas pernas esfregando minhas palmas na calça freneticamente..senti uma dor arder em meu peito assim Newt colocando sua mão em meu ombro entre as grades..apertei meus olhos tentando conter lágrimas..engoli seco assim abrindo meus olhos mais uma vez levando ele a Thomas..

Newt-..Gabriela..

Gabriela-..não..pode ser verdade..isso..-Senti a merda da lágrima tessendo em meu rosto um desenho doloroso assim levando minha mão até meu rosto limpando a lágrima sentindo metade do ar que tinha antes faltar..

Thomas-..eu vi..

Gabriela-Por que eles nos mandaram aqui..se estávamos com eles..?-Ele negou com a cabeça levando olhar a mim..

Thomas-..eles não mandaram você..-Meus lábios ficaram entre abertos assim eu levei meu olhar a volta do lugar..

Thomas-..mas isto não..importa..pelo menos não agora..

Newt-..ele está certo..-..me virei a Newt assim me sentando na terra nada fofa do chão da pequena sela..assim encarando o loiro..que sua mão que estava passada pelas grandes foi guiada a meu rosto..ele deixou-se por acariciar minha pele..

Newt-..isto não importa..por que as pessoas que éramos antes do labirinto se.. quer existem mais..esses criadores deram um jeito nelas..-O loiro engoliu seco levando seu olhar aos meus olhos me restando apenas meu frio na barriga e confusão mental..

Newt-Oque importa agora.. é oque somos agora e oque fazemos..agora..você entrou no labirinto..e achou uma saída..!

Thomas- é mas se eu não tivesse ido..alby ainda estaria vivo..-Newt assim se calou levando olhar a Thomas rapidamente..percebi ele engolir seco..percebi a dor em seu olhar..assim guiei minha mão até a sua..entrelaçando nossos dedos..

Newt-..talvez..mas eu sei que se ele estivesse aqui te diria a mesma coisa..levanta e vai terminar oque você começou..por que se não fizermos nada..então alby morreu por nada..e isso eu não posso aceitar..-Thomas levou o olhar a mim..então apenas abaixei meu olhar a minhas pernas outra vez..me sentia.. envergonhada por isto..

Thomas-ta bem..tá bem mas temos que passar por gally primeiro..

Minho-..Newt..- o loiro o olhou..-Voce disse a ela..?-Ele Sussurrou assim baixo..mas eu me permiti a escutar..era a única "ela" aqui..então eu levei meu olhar rapidamente a newt..

Gabriela-..me contou oque..?..-Newt negou com a cabeça..

Newt-Nao vamos..esquentar a cabeça com isto agora..-Ele me olhou..então..Umidesso meus lábios assim concordando com a cabeça..apenas queria permitir que eles se sentissem.."bem"..por tudo que eu..possa ou não ter feito..não iria me pronunciar a nada..

(...)

Gally estava a gravar o risco dos nomes na parede..clareanos estavam a segurar a mim e Thomas..seguravam Thomas como um apoio..o mesmo que se fazia de inconsciente...comigo segurava meus pulsos de forma completamente desconfortável..me senti pior bastarda do que antes..nos estavam arrastando a porta do labirinto..chegaram a perto das enormes paredes assim soltando Thomas no chão como um nada..o mesmo apenas espatifou no chão assim engolindo seco levei meu olhar um tanto embaçado pelos fios de cabelo em meu rosto..

Gally-.. é um disperdicio..-Todos se aproximavam..a maioria deles..suas expressões..mostravam..culpa..deveriam a sentir na pele..por nos..deportar assim..mas ainda penso sobre estas coisas..não sei oque fiz..por que fiz..isto..me matava..

Winston-Gally!..-gally com suas sobrancelhas arqueadas se levou a ele..o garoto deu de ombros..

Winston-não parece certo..

Jeff-..é e se o Thomas estiver certo..ele pode nos levar para casa..-Olhei em volta deles..

Gally-..já estamos em casa!..tá bem?..eu não quero mais ter que riscar nenhum nome daquele muro..-Revirei meus olhos..

Gabriela-Acha mesmo que nos banir vai resolver alguma coisa!?-Disse me movendo um pouco oque causou o clareano a segurar mais forte meus braços para trás..

Gally-..não..mas isso não é um banimento..é uma oferenda..

Gabriela-Oque?!-Arregalei meus olhos assim o clareano me segurou brutalmente me encostando em um tronco..assim amarrando meus braços para cima

Gabriela-Perai! Gally! Oque você está fazendo!?

Gally-Voce acha mesmo que eu deixaria o Thomas voltar para o labirinto depois do que ele fez!?..olhem em volta!-Senti o arder das cordas em meu pulso assim deixando um gemido de dor baixo deixar-se levar de meus lábios..

Gally-Olhem a nossa clareira! Essa é a única forma!

Newt On

Ao momento que senti um raio de ódio e quase desespero surgindo em meu corpo assim Minho colocou sua mão por meu ombro..senti meu corpo quase a se queimar..apenas de pensar que eles poderiam assim matar a garota que eu amo..engoli seco contendo minha ações.. nervosamente mexia em meus lábios com frequência..senti acidamente arder em minha garganta atravessando meu peito..

Minho-...calma..

Newt-..estou calmo..-menti então o olhando por meu ombro assim voltando a encarar a cena das mãos de minha garota amarradas a cima de sua cabeça..e sua expressão denunciando sua dor..apertei meus punhos sentindo minhas unhas cravarem em minhas palmas..

Gally-E quando os verdugos tiverem oque vieram pegar..tudo vai voltar a ser como era..

Gabriela-Estão ouvindo isso!?Por que estão todos parados aí..ele é louco!

Gally-Cala a boca!-Me movi assim a mão de Minho firmou em meu ombro me segurando então fiquei parado assim forçando minhas unhas em minhas palmas sentindo a dor que isso causava..mas nem me levei a notar..

Gabriela-os verdugos vão voltar. Eles vão voltar e vão continuar voltando até que estejam todos mortos..

Gally-Cala a boca! Amarrem ele!-Minho se aproximou de mim falando para eu manter-me calmo apenas concordei com a cabeça..

Gally-Voces me ouviram!? Eu disse para amarrem ele!

Narrador On

Eles seguraram Thomas pelos braços assim ele se reergueu e acertou o estômago de um clareano que o segurava agarrando rapidamente a sua lança ficando a frente do clareano acertando seu rosto com a lança o mesmo caiu no chão..Newt correu assim tirando uma de suas facas de sua roupa assim acertando o ombro de um deles que caiu também pelo choque..Gabriela não demorou assim chutando entre as pernas do clareano loiro que estava a sua frente..gally começou a andar rapidamente mas Minho com um facão o apoiou em suas costas e Thomas apontou a madeira da lança a ele..caçarola com uma faca cortou a corda que segurava firme os pulsos de Gabriela que rapidamente abaixou os braços..chuck corria com um pedaço de madeira em suas mãos..Minho então se afastando consideravelmente de gally apontou o facão a ele e com seu olhar ameaçava gally..Newt , Gabriela e Thomas estavam a frente das enormes portas do labirinto..Thomas estava ainda a apontar a lança a gally..Minho se movia com a faca apontada a ele..apenas para poder ficar ao lado dos amigos..caçarola pelo lado esquerdo de Gabriela lhe entregou uma grande faca..ela a segurou firme..

Gally-Voce é cheio de surpresas não é-Gally levou o olhar a Thomas assim mostrando a decepção mas ainda orgulhosa expressão..em seu rosto..

Thomas-Nao precisa vir com a gente..mas nós estamos indo!..-Gabriela já estava a apontar a fala a gally assim também caçarola..Chuck apenas segurava duas lanças que eram enormes comparadas ao corpo do garoto..

Thomas-Se alguém quiser vir.. é a última chance!

Gally-Nao escutem ele está tentando assustar vocês..

Thomas- não estou tentando assustar vocês..estão assustados..eu tô assustado..mas eu prefiro arriscar minha vida lá fora do que gastar o resto dela aqui..nao somos daqui..-Thomas disse negando com sua cabeça enquanto firmava suas mãos em volta da lança..

Thomas-Este lugar..não é nossa casa..colocaram a gente aqui..nos prenderam aqui..pelo menos lá temos escolha..e vamos sair daqui..disso eu sei..-Winston se aproximou deles..Jeff veio assim atrás..vários clareanos..começaram a se mover a perto deles..gally olhava em volta..desprezando com o olhar cada um deles que se movia em protesto..

Thomas-..por que não vem com a gente..?-gally levantou olhar a Thomas assim concordando com a cabeça enquanto mil pensamentos invadiam sua mente..

Gally-Boa sorte com os verdugos..

Assim que ele o disse..alguns entreolhares..os que se rebelaram começaram a entrar..assim Gabriela..Newt..Minho..Thomas..caçarola..Chuck..Winston..Gabriela se manteu perto de Newt..eles começaram a correr..Thomas guiava todos..em uma piscadela de segundo Gabriela levou um susto pois seu braço foi agarrado assim ela parou de correr encarando quem estava a sua frente..era o loiro..ela encarou o mesmo..estava assustada..ele também.

Newt-..se essa for a última vez..

Gabriela-Nao vai ser.

Newt-..se for..-Ele disse em um suspiro assim levantando o olhar escuro aos olhos verdes da menor..

Newt-..eu te amo..você..é uma das melhores coisas que..me aconteceu aqui..

Gabriela-..newt-Ela disse em um suspiro baixo entre lágrimas que estavam a se preparar a marejar os olhos dela..

Newt-..apenas..isso okay..?-Ele concordou com a cabeça..quando..foi se afastar dela segurou firme no braço dela então puxando o garoto para ela então segurou em seu rosto colando seus lábios aos dele então apenas ele.. aproveitou isto..pois estava assustado..de a perder..ele retribuiu o beijo então ao segundo final se afastou abrindo os olhos de primeira já encontrando os dela verdes a encara-lo..

Gabriela-Eu tambem te amo..-Ela disse em um sussurro assim acariciar a nuca dele..

Minho-Galera!..precisamos ir! -Minho disse alto assim então os dois começaram a ir rápido a junto aos outros..Gabriela estava a cada segundo perceber..que Newt corria mais devagar..e mancava..mas..apenas ignorou isto..ele estava assustado que ela percebesse..mas de qualquer forma Minho sempre se mantinha também ao lado dele lhe dando uma ajuda com os passos..

Thomas On

Thomas-Vamos pessoal já estamos chegando!

Estávamos todos a correr..eles estavam atras de mim..ao momento que nos aproximamos da entrada do verdugos me encostei ao lado de uma enorme parede em meio a todas..eles fizeram o mesmo é manti minha mão estendida a frente deles assim para eles entenderem como um sinal para permanecerem Ali..encostei minha cabeça no duro da parede assim virando um pouco meu rosto podendo ver um verdugo a passar no final do enorme corredor..levei meu olhar para a frente novamente devagar atraindo olhar dos outros..

Chuck-É um verdugo?

Thomas-É..

Gabriela-...droga..-Gabriela disse baixo assim levei meu olhar a Minho..que assim segurou firme o aparelho que haveríamos retirado do verdugo morto a dias..

Minho-fica com isso Chuck..e fica atrás da gente..-Coloquei minha mão no ombro de Chuck como um leve insentivo a ele..

Gabriela-Tudo bem..-a garota disse a arrumar e amarrar seus fios acobreados..-Fica perto de mim..olhei para baixo pensando um pouco Umidessendo meus lábios..

Thomas-assim que passarmos eu vou ativar..e a porta vai abrir..se ficarmos próximos dela e ficarmos juntos..podemos passar por isso..vamos sair agora ou morrer tentando..-Levei meu olhar a Newt..

Thomas-Prontos..?-Bati a lança no chão encarando os clareanos..assim todos concordaram com a cabeça já sacando suas facas e outras armas a frente..

Thomas-..valeu..VAMOS!

Narrador On

Thomas gritou assim já começando a virar e correr..os outros também começaram a soltar suas vozes correndo no corredor enorme rumo ao verdugo que estava ao seu final..o monstro não demorou a rangir e começar a correr mecanicamente em direção a eles..os clareanos continuaram a correr assim que próximos ao monstro os que seguravam lanças o acertaram o verdugo que assim mancou para o lado..mas não estava morto..começou a debater suas garras em direção a eles que continuaram a atacar o corpo do bicho sem do alguma..o mesmo que estava a fraquejar cada golpe mais..o verdugo então rugia com seus milhões de dentes assim começando a golpear sua calda de ferro no ar em rumo a acertar os clareanos..com sua garra conseguiu agarrar um que em um segundo foi arremessado ao lado do corredor onde era apenas um limbo vazio..ao momento Gabriela escorregou no chão então ficando frente a frente com uma dar patas do vergudo a acertou com sua faca consequente acertando a chave que estava as mãos de Chuck a mesma foi arremessada no ar..

Chuck-A chave!-O menor então se esquivou de uma das pernas do vergudo passando por ela começando a correr em direção a chave que estava quase beira abismo

Gabriela-Chuck!-Ela gritou assim começando a correr a trás do menor..Chuck então conseguiu cair de joelhos e agarrar a chave no ar..mas assim ficou em meio ao limbo..onde pode ter a visão de mais um monstro subindo pela parede assim assustado com inevitável medo de cair..assim Gabriela chegando próxima ao corpo da criança quase caída agarrou suas roupas o puxando para cima outra vez..os clareanos que não estavam ligados a cena continuavam a atacar o verdugo que estava anteriormente ao corredor..fincaram suas lanças dele assim começando a caminhar firme pelo chão arrastando o monstro pela parede assim o derrubando no limbo em meio a escuridão..ao mesmo momento o verdugo que escalava sem do a parede chegou a superfície próximo a Gabriela e Chuck que rapidamente começaram a correr..ao momento percebendo que ao seu lado já outra parede outro verdugo também escalava..Gabriela gritou por Newt assim como alarme aos clareanos enquanto corria ao lado do menor..Chuck gritou também só que por Thomas..ao momento correram para trás dos clareanos que alarmaram assim atacando os bichos que estavam a sua frente..Chuck e Gabriela assim correram próximos a uma parede que ao momento que Chuck se aproximou se abriu..Chuck e Gabriela se entre olharam assim olhando para trás vendo os clareanos que ainda estavam a atacar os monstros..

Thomas-GABRIELA VAI!-os dois não perderam tempo assim Gabriela e Chuck começaram a correr para dentro das paredes que a cada segundo que se aproximavam se abriam por conta da chave..os clareanos empurravam os verdugos assim dando passos para trás..para quando tiverem a chance correrem para dentro da entrada..Gabriela e Chuck ficaram a frente de uma porta que precisavam abrir urgentemente..Gabriela então pulava e agarrava aos lados da porta tentando a abrir..ao momento que tentavam um clareano foi pego em falso pelo verdugo assim sendo arremessado no ar..a porta que estava a frente de Gabriela e Chuck abriuse um disco vermelho neon a frente..mostrando uma contagem regressiva..de oito para baixo..

Chuck-Chama ajuda!-Gabriela em passos rápidos ficou pouco mais próximas aos clareanos

Gabriela-Thomas!Tem um código! Oito números!-Thomas então acertando mais um verdugo ligou pontos em sua cabeça..oito áreas do labirinto..ele sussurrou

Thomas-AI MINHO!-Ele gritou acertando mais uma vez o monstro

Thomas-Qual é a sequência!?

Minho-Oque?!

Thomas-Das áreas do labirinto! Qual é a sequência!?

Minho-7! 1! 5! 2! 6! 4!-Minho gritava os números e Gabriela correu rapidamente assim para a porta em neon digitando os números..ao momento Newt olhou para cima e um verdugo caia arrastando suas garras pela parede

NEWT-ATENÇAO!-Newt gritou mas ao momento o verdugo caiu sobre Minho e todos gritaram.. Minho colocou sua lança na boca do bichano assim o impedindo de o devorar..Jeff então correu gritando próximo ao monstro o acertando com sua lança bem em sua cabeça..ele se movia freneticamente assim para tentar matar o bicho enquanto Minho conseguiu sair de baixo do verdugo então se afastando se arrastando com desespero no chão até estar de pé outra vez..o verdugo acertou Jeff com seus dentes assim todos gritaram seu nome não crendo a cena do amigo..mais verdugos entraram a frente do garoto agora morto assim Minho agarrou Winston que ainda estava a gritar o afastando dos monstros que invadiam as paredes

Chuck-MINHO QUAL É A SEQUÊNCIA! FALA!

Minho-6! 4! 8! 3! OUVIU?!-Gabriela digitava rápido os números e os clareanos assim entravam no corredor redondo de ferro afastando os verdugos com suas lanças

Thomas-Continuem segurando!-o monstro agarrou a lança de Newt então quebrando a mesma..Thomas gritava assim aconselhando todos que estávamos próximos..a tela neon ficou assim verde mostrando "completo" em sua órbita..

Chuck-A PORTA SE ABRIU!-ao momento que o foi gritado..as paredes que estavam no corredor anterior começaram a se abaixar espantando todos..a cada parede abaixada era um verdugo que assim era esmagado..por elas..um deles estaria a passar..Thomas então jogou sua lança acertando o monstro que recuou e em um segundo já estava esmagado pela parede..no momento o círculo se fechou e todos se espantaram com o escuro e com a chance que tiveram de serem acertados..Gabriela então pousou suas mãos na porta a empurrando...um barulho lhe foi feito então todos os clareanos direcionaram olhar a ela que também era seu único ponto de luz no escuro corredor..Gabriela foi a primeira a entrar..Chuck logo após..e depois os outros..olharam em volta..vendo ao longo corredor escuro com apenas alguns pontos falhados de luz por ele..oque se foi temporário..luzes por todo o corredor começaram a se ligar de um lado a outro uma após a outra rapidamente..eles começaram a caminhar pelo corredor.. olhavam em volta tendo a visão de canos nas paredes..até o momento..que uma porta com uma placa verde em cima em neon dizia "saída.."..todos pararam a frente dela então encarando a mesma..

Caçarola-..saída..é sério?-Caçarola então olhou winston depois de se referir a placa..Thomas então deu passos lentos a frente ficando de frente a porta..aproximou sua mão da massaneta assim pegando no metal frio da mesma a impulsionando para baixo a abrindo..pois sua mão na porta assim a empurrando..todos estavam assustados..assim podendo ter a visão de um corredor curto..com três corpos por ele..um alarme em laranja e luzes caídas..ao longo seu som de alarme..Thomas caminhou para dentro e os outros vieram atrás..caminhavam pelo corredor..olhavam em volta..ao momento Newt apenas se aproximou de Gabriela então pegando em sua mão por trás entrelaçando seus dedos..denunciando assim a ela que também estava assustado..

Chuck-Oque houve aqui...?

Assim então chegaram ao final do corredor então adentrando a sala que a seu começo estava repleta de fumaça..Thomas olhou em volta..assim encarando..monitores destruídos..telas paradas..algumas coisas chuviscando faíscas..outras brilhavam em alarme..mais corpos pelo chao..tudo estava em..plena distruiçao..alguns foram a um lado dos computadores..outros a outro lado..Newt caminhando retamente assim vendo uma tela..

Newt-Estavam nos vigiando..o tempo todo..-Thomas então viu algo que reconhecera..o computador que usava..pelas telas apagadas olhou para Gabriela entre eles..não se lembrava apenas do rosto da garota passado por ali..mas sim de outra menina..Gabriela então assustada o encarou engolindo seco..a mesma ainda se sentirá culpada..pois não sabia ainda oque fizera a eles..thomas então guiou sua mão até a tela baixa..a um botão que brilhava em vermelho e branco freneticamente..ao momento que o tocou uma tela brilhou em um vídeo ao centro da sala chamando atenção de todos..

Ava/Video-Ola..Meu nome é Dra.Ava Paige..-Todos assim começaram a se aproximar da tela que assim os falava..

Ava/Vídeo-Sou a diretora do Catástrofe e Ruína Universal-Experimento letal..(World In Catastrophe: Killzone Experiment Departament)..se estão assistindo isto, completaram as Provas do Labirinto..gostaria de estar aí pessoalmente para parabenizá-los..mas as circunstâncias parecem ter impedido. Imagino que estejam muito confusos, com raiva,assustados...Só posso lhes garantir que tudo que aconteceu a vocês,tudo que fizemos com vocês,teve um propósito. Não vão se lembrar, mas o sol queimou nosso mundo. Bilhões de vidas perdidas para incêndios, fome..sofrimento em escala global. O resultado foi inimaginável. Oque veio depois foi pior. Chamamos ele de fulgor. Um vírus mortal que ataca o cérebro. Ele é violento, imprevisível, incurável. Era oque pensamos. Com o tempo, uma nova geração sobreviveu ao vírus. De repente, havia uma esperança de cura, mas acha-la não seria fácil. Os jovens teriam que ser testados e até sacrificados num ambiente hostil onde estudasse a atividade cerebral. Tudo para entender oque os tornava diferentes,oque tornava vocês diferentes. Podem não saber , mas são muito importantes. Infelizmente , seus testes mal começaram. Logo vai descobrir que nem todos aprovam nossos métodos. O progresso é lento, as pessoas tem medo. Pode ser tarde de mais pra nós, para mim, mas não pra vocês. O mundo lá fora os espera. Lembrem-se: C.R.U.E.L é bom. (W.I.C.K.E.D is good) -Ao momento a mulher apontou assim a arma a sua cabeça ..depois de afirmar as palavras..apenas puxou o gatilho..Thomas se virou perante a cena apenas ouvindo o estouro da arma..estavam todos ofegantes..com medo..thomas então encarou algo entre as telas..passou por Newt e Gabriela assim ficando pouco próximo a um dos vidros..Gabriela foi acompanhando seus passos.. assim como Newt e os outros..antes que pudessem ver algo mais..se assustaram..a porta da sala de abriu..todos a olharam..confusos..

Chuck-Acabou?..

Newt-Ela disse que éramos importantes..Que faremos agora..?-Newt apertou seus dedos na mão de Gabriela que nervosa fez o mesmo enquanto levava seu olhar a Thomas..o mesmo negou com a cabeça levando seu olhar a Chuck..

Thomas-eu não sei..mas vamos sair daqui..-Assim começando a caminhar

Gally-Nao!-Eles escutaram..assim se virando podendo ver a cena do garoto alterado..que em sua mão carregava uma arma..confusos assim..em sua outra mão..a chave..oque explicava como chegou...

Thomas-..Gally?-Thomas foi se aproximar mas Gabriela com sua mão livre pegou em seu braço..

Gabriela-Ele foi picado..-Ela disse baixo..gally soltou a chave no chão..ele estava a chorar..ele negou assim com a cabeça..

Gally-Nao podemos sair.-A mão dele tremia..segurando a arma assim então Thomas o olhou..se aproximando bem devagar..

Thomas-Conseguimos gally. Já saímos..estamos livres..

Gally-Livres?..acha que estaremos livres lá? Não. Não há como escapar daqui-Gally então foi levantando o revólver..apontando ele diretamente a Thomas..os clareanos assim recuaram um pouco..Thomas mordeu os labios..

Thomas-Gally escute..você não está pensando direito..não está. Nós podemos ajudar você-..Minho assim afirmou sua mão em volta de sua lança..a firmando ali..ficando atento a situação..

Thomas-Abaixe a arma.

Gally-Meu lugar é no labirinto.-Chuck levou seu olhar a Thomas..então levando também pensamentos a sua mente..

Thomas-Abaixe a arma.

Gally-Nosso lugar!

Thomas-Gally!-Chuck ficou a frente de thomas rapidamente logo Minho empurrando Gabriela para trás jogando a lança em direção a gally acertando a mesma em seu peito..todos ficaram em choque na situação..gally começou assim a perder seu ar..em apenas segundos..caiu no chão..ao momento..um alívio falso foi levado a todos..Chuck..assim reparou..uma dor constante invadiu seu peito..sentiu também seu ar faltar..

Chuck-..Thomas..-O garoto disse baixo então Thomas levando seu olhar para ele viu o sangue do menor desenhar em sua camisa em volta do buraco que a bala que o acertou haveria atingido..thomas rapidamente segurou o menino antes que caísse e todos levaram olhar a isso..Newt caminhou até Gabriela segurando em seu braço assim tentando manter a garota longe da cena..mas a mesma apenas por seu ombro viu oque acontecia..seus olhos já marejavam..Chuck deixou-se no chão com a ajuda de Thomas agora que segurava sua cabeça..Thomas começou assim a sentir uma incomparável dor em seu peito..por vez..culpa..

Thomas-..merda..merda!.-Ele disse baixo

Thomas-Olha pra mim..Olha pra mim. Droga..Chuck olha pra mim..aguente firme..-Gabriela então já estava a chorar..todos estavam a se abaixar..mas ela se manteu em pé junto a Newt que a abraçou rapidamente..a garota escondeu o rosto na curva do pescoço do maior assim o mesmo sentiu as lágrimas quentes dela escorrendo por sua pele a molhando..

Chuck-Ta tudo bem..Thomas..Thomas..-o garoto então puxou se sua blusa assim mostrando em sua mão os pequenos bonecos de madeira a Thomas..

Thomas-Nao..não Chuck..você vai entregar a eles!..já disse..

Chuck-Pega..

Thomas-..não..

Chuck-Obrigado..-O garoto disse assim colocando o boneco na palma da mão de Thomas fechando sua mão..Thomas estava completamente desacreditado assim encarando a face de seu quase irmão..que assim foi parando de se mover..

Thomas-Nao Chuck..

Thomas-Chuck. Chuck!-Ele começou a o balançar.-Chuck? Chuck, acorde! Acorde logo!..acorda..-Thomas então se sentiu fraco..pousou sua cabeça ao peito de Chuck chorando..Gabriela apertou os olhos assim engolindo seco..sentia que a culpa era dela..estava assim a pesar sobre seus ombros..desejando apenas lembrar-se..desejando apenas..poder concertar tudo..

Thomas-Droga! Droga..-Newt firmou os braços em volta da garota assim pousando sua cabeça no ombro dela enquanto mantia suas lágrimas caladas..se mantendo forte..

Thomas-..Nos conseguimos..anda acorda..

Thomas-Me desculpa..

Thomas-DROGA!-Olhares se relançaram assim a porta que se abriu..homens entravam..faziam sinais a todos para saírem..Thomas se mantia debruçado ao corpo de Chuck chorando...e chamando seu nome..todos foram saindo...um dos homens foi até Thomas tentando o puxar..mas thomas o empurrou..tentando voltar ao corpo de Chuck assim dois homens conseguiram o arrastar para fora..mas o mesmo se debatia aos braços deles..

Thomas-CHUCK! NAO PODEM DEIXAR ELE ALI!-Thomas se calou..apenas sentindo seu corpo sendo arrastado.mos clareanos já corriam..em nenhum momento Newt soltou a mão de Gabriela..eles iam em direção ao helicóptero.. atravessando um leve caminho deserto..Thomas olhava em volta..assim se levantando..e começando a correr..ao momento que o jogaram dentro do helicóptero fecharam..

X-Estao bem?-Todos levaram olhar ao homem..Newt firmou sua mão na de Gabriela que ainda olhava em um ponto cego deixando as últimas lágrimas deslizarem por seu rosto..o garoto a olhou..então colocando seu braço e volta dela.. assim deitando sua cabeça em seu peito.

X-Nao se preocupem! Estão seguros agora..-O helicóptero assim começou a subir..dando a todos que encararam as janelas do veículo..a visão de cima..de todo o labirinto..

X-Relaxe garoto..-O homem disse assim a Thomas que levou seu olhar a ele..

X-Agora tudo vai mudar..

Ava On

Ava-hm..-Os barulhos de meus saltos no chão assim faziam enquanto dava a volta na mesa de vidro..ao momento limpava o sangue que estava ao lado de minha cabeça com um pequeno pano..levantei olhar a todos sentados a mesa..

Ava-Bom. É seguro dizer que as provas do labirinto foram um sucesso em parte. Não esperava tantos sobreviventes. Mas quanto mais melhor. Thomas continua a surpreender e impressionar. Por hora parecem ter engolido a isca. Mesmo com..o ocorrido anterior que..poderia ter levado a prova a baixo. Pretendo o consertar. Mas..eles podem ser a chave para tudo. então vamos em frente. Hora de iniciar. A fase dois.


Notas Finais


LEIAM!

gente então
Agora voces devem estar pensando
"Ah agora o filme acabou então a fanfic acabou"
NAO!
Eu vou fazer a fanfic pelos 3 filmes completos
Eu já tenho em minha cabeça tudo que vai acontecer Na história
E sim
eu vou ter que meter a Teresa na história do segundo filme
Peço que vocês comentem.
Voces querem que eu coloque no título
"Between Walls P.2"
Ou eu mude o título para se encaixar no segundo filme? (Oque eu prefiro mas também quero a opinião de vocês)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...