1. Spirit Fanfics >
  2. Beverly Hills >
  3. O início de um sonho.

História Beverly Hills - Capítulo 3


Escrita por: tydevil

Notas do Autor


oi guys. desculpem pela demora.

aproveitem, e boa leitura.

Capítulo 3 - O início de um sonho.


Depois de tanto tempo sem sair, estava mais que empolgado. E a euforia de sair escondido, só aumentava mais a cada segundo. 


Tudo estava esquematizado. Meus pais iriam para um jantar de negócios. Dokyeom hyung, iria sair para algum lugar que ao menos me dei o trabalho de ouvir. E eu e, Wonwoo hyung, vamos para a festa. 


Perfeito, nada pode dar errado. 


Terminava de colocar minha jaqueta, quando, ouvi alguns passos que provavelmente eram de, Seokmin. 

Agora me lembrava que o citado prometeu que passaria aqui antes de ir. 

Droga.


Me apressei de imediato, tirando a peça que havia acabado de colocar em meu corpo, e jogando dentro do meu closet, junto aos meus sapatos, e outras peças espalhadas pelo local. Tratei de me deitar imediatamente em minha cama, cobrindo-me com a coberta e deixando apenas minha cabeça de fora, fazendo a cara mais tristonha que conseguia para convencê-lo de que estava realmente triste. 


Não demorou muito para que ele adentrasse meu quarto. O alfa mais velho estava todo arrumado, provavelmente iria para alguma festa. 


— Você está tão triste assim? — indagou, vindo até mim. Assenti, e ele se abaixou ao meu lado. — Não fique assim, ok? o papai só quer o seu bem, ele não faria algo que fosse te prejudicar. 


— Mas… ele me prometeu que acabaria logo, e acabou estendendo meu castigo. Você acha que isso é o certo? 


— Olha, Jeonghan, ele fez isso pra te proteger. E logo você vai entender, e agradecer por isso. — Falou ele, agora, me deixando confuso. Agradecer? — Agora tenho que ir, ok? Wonu, também irá sair, mas qualquer coisa pode ligar pra qualquer um de nós. — Avisou, por fim dando-me um beijo na testa, como sempre fazia. Lhe dei uma careta como resposta, e o outro riu. 


Assim que, o mais velho saiu de meu quarto. Tratei de me levantar de imediato, e trancar a porta do meu quarto para evitar qualquer surpresa. 


Essa tinha sido por pouco. 


[~]


Após terminar de me arrumar por completo. Sai de meu quarto para esperar meu irmão na sala de estar, mas, quando estava prestes a descer, vi que meus pais conversavam no local, e dei meia volta no mesmo instante. 


Wonwoo, por acaso, estava saindo, e logo o puxei para o canto do corredor.


— Ei, por que me puxou? — Perguntou confuso.


— Papai e mamãe estão lá embaixo. Distrai eles que vou sair pela cozinha, e te encontro na garagem. — Pedi, e ele assentiu. 


Não demorou muito para que ele descesse, e a atenção de nossos pais fosse voltada para si. Os ouvi conversar, e aproveitei para descer as escadas devagar. 


Hora ou outra me assustava achando que os mais velhos iriam notar minha presença, mas no final, consegui descer com sucesso. 


Quando finalmente cheguei a sala, me abaixei, e segui assim até a cozinha. Na qual, me daria acesso a porta dos fundos, que dava exatamente na garagem. 


Assim que me encontrava finalmente no local, corri imediatamente para o carro do meu hyung, e o adentrei de imediato, ficando no banco traseiro. Não demorou para que ele aparecesse e sentasse em seu lugar de motorista. 


— Foi por pouco em Jeonghan. Papai e mamãe queriam ir te ver em seu quarto antes de sair, mas, falei que você não queria que ninguém fosse até lá. 


Essa realmente tinha sido por pouco. 


Logo senti o carro em movimento, e me encolhi ali, para que pudéssemos passar pela saída do condomínio sem nenhum problema. Depois de algum tempo, ouvi meu irmão conversar com Seyoon e lhe entregar o cartão de identificação. Não demorando muito para que sua passagem fosse liberada. 


— Yoon Jeonghan, se alguma coisa der errado a partir daqui a culpa é sua. — Ouvi o mais velho dizer, e acabei por rir. 


Nada daria errado. 


[~]


Todos ali estavam deveras admirados com minha presença. Inclusive meus amigos que ao menos imaginariam que seria capaz de fugir de casa para vir. 


— Não acredito que você veio, Jeonghan. — Falou, Seungkwan, deveras surpreso. 


— Você achou mesmo que eu iria perder? — Lhe disse risonho, e ele me acompanhou. — Ainda bem que, Wonwoo, me ajudou e, Dokyeom hyung, ao menos vai saber que vim.


— Isso já não posso dizer o mesmo. Seu irmão está com, Joshua, no jardim. — Comunicou, Junhui. No mesmo instante, Wonu e eu nos encaramos. — Mas fica tranquilo, vou pedir pro, Chan, falar pro irmão dele ficar por lá com ele. 


Se caso meu irmão vier para cá, estou fodido.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...