1. Spirit Fanfics >
  2. Bibidro - Love Spy ( FINALIZADA ) >
  3. Capítulo 4

História Bibidro - Love Spy ( FINALIZADA ) - Capítulo 4


Escrita por:


Capítulo 4 - Capítulo 4


- Tudo bem - Digo dando uma risadinha

- E aonde o senhor vai me levar? 

- Oq vc acha de um parque de diversões? - Sugiro

- Pode ser - Ela sorri 

Era tão bom estar com ela,agr ela estava sendo ela msm, o parque era meio longe,demorou 1hr pra chegar,quando chegamos a noite estava começando a cair,saímos do carro,eu o tranco e vms caminhando até a saída do estacionamento que era de cr pro parque, nós vms e vemos algumas crianças correndo,alguns adolescente e adultos

- Vem - Ela pega na minha mão e me puxa pra comprar os ingressos

- Olá,boa noite ,oq desejam?- A atendente diz me olhando por completo,que estranho,eu coço a nuca 

- 2 ingressos pfvr - Digo pegando a carteira 

- Eu pago o meu - Ela diz abrindo a bolsa

- Não eu que te chamei,eu que pago - Digo impedindo ela

- Mais... - Interrompo ela

- Sem mais Bianca - Eu pago e pego - Obrigada 

Agr foi a minha vez de puxar ela 

- Onde vc quer ir primeiro? - Pergunto 

(...)

Tínhamos ido em MUITOS brinquedos, realmente 2 vezes na montanha russa dps de um cachorro quente não faz bem,eu acabei vomitando e a Bianca ficou rindo de mim e me zuando,tínhamos ido em praticamente tds brinquedos

- Vc ainda disse que eu não ia aguentar - Ela diz rindo ainda daquela situação e eu reviro os olhos fzd ela rir mais

- Mudando de assunto,acho que acabou os brinquedos - Digo com as mãos no bolso

- Ainda não - Ela sorri e me puxa pro carrossel

- aah não Bianca - Digo negando dando risada

- Siiim vem - Ela me puxa dando risada tbm 

- Naooo,isso é de criança - Digo fazendo força pro lugar oposto 

Eu acabo cedendo e vou,tiramos vários fotos,não só no carrossel,vms naquelas máquinas e tiramos 4 fotos,duas pra cd um,a gente estava comendo e ela começa a rir

- Oq foi ? - Começo a rir tbm

- Vc tá sujo - Ela ria e a risada dela me fazia rir tbm

- Saiu? - Digo ainda com um sorriso na cara dps de tentar limpar

- Vc só piorou - Ela começou a rir mais - Deixa eu te ajudar - Ela pega um papel e limpa - Pronto - Ela diz com um sorriso e eu fico olhando pra ela,cm o sorriso dela é lindo - Oq foi? Eu tbm tô suja? 

- Não, não - Sorrio - Não é nd dms,vc quer ir naquele brinquedo antes de irmos? - Aponto pra aqueles brinquedos de acertar as latas pra poder ganhar algum urso

- Siim 

A gente vai e ela erra tds faltava 1

- Deixa eu te ajudar - Vou pra trás dela encaixo meu queixo no pescoço dela, seguro a mão dela com a arminha e miro - 3...2...1 atira - Digo no pé do ouvido dela e ela acerta - Isso - Saio de trás dela e a gente comemora 

- Toma aqui o prêmio de vcs - O homem da barraquinha nós da dois ursinho que se completavam

- Obrigado - Eu pego e dou um pra ela e outro fica pra mim - Pra vc não se esquecer de mim - Digo dando pra ela com um sorriso

- Orbigada - Ela pega sorrindo enquanto caminhamos pro estacionamento

A gente entra no carro e eu levo ela pro meu lugar favorito na cidade ( aqueles luga bem romântico de filme ) era um lugar que dava pra ver a cidade inteira

- Aqui não é minha casa - Ela diz com uma risadinha debochada

- Eu sei né, vem - Digo saindo do carro

Aquela noite ficava cd vez mais perfeita, ela sai e a gente deita na grama olhando as estrelas, enquanto ela fica falando oq ela via nas estrelas 

- Isso é muito idiota - Digo rindo com as adivinhações totalmente estranhas,ela ria tbm

Ficamos quietos e só observamos as estrelas,eu olho pro lado fico olhando pra ela,merda isso não fazia parte do combinado,eu estava...eu estava me apaixonado por essa garota,ela era incrivelmente perfeita,não tinha cm negar que ela era linda,o sorriso dela,aquele olhar de criança inocente,era cd detalhe que a deixava mais linda

- Oq foi? - Ela olha pra mim e sorri

Eu coloco uma mecha do cabelo dela atrás da orelha é me aproximo e ela tbm

Triiiim

Era meu celular,que inferno logo agr? Eu tento ignorar

- Vc não vai atender? - Ela pergunta dando uma afastada de mim 

- Eu já venho - Me levanto e vou pra um lugar meio longe,não perdendo ela de vista 

Ligação on

- Alô? - Digo

- Pedro onde vc está? - Meu pai diz e eu me viro de costas 

- Estou com a Bianca pq? - Digo 

- Pedro,o pai dela acabou de receber mais uma ameça e uma foto dela com vc - Eu olho novamente 

- Merda 

Jogo o celular no chão e corro até ela 

- Pedro? Pedro?  Cuidado,são mais de um,estamos mandando reforços,Pedro? Pedro?

Tinha um homem de preto arrastando ela 

- Seu babaca - Dou um soco nele fzd ele soltar ela

- Saulo cuidado - Ela diz se afastando de lá 

Eu ouço um disparo e dps não me lembro de quase mais nd,apenas de flashbacks da Bianca falando cmg

- Saulo,fica cmg a ambulância já tá vindo 

...

- Saulo,pfvr 

...

- Ele está perdendo o pulso vms logo

Bianca 

( Voltando pra antes do disparo )

- Saulo cuidado - Digo ao ver outro homem mirando uma arma nele,ele aperta o gatilho e eu fecho os olhos

Eles vão embora,eu corro até ele chorando já,ligo pra ambulância e coloco minha mão no lugar onde ele levou o tiro,tento fzr pressão

- Saulo,fica cmg a ambulância já tá vindo - Digo chorando cd vez mais

A boca dele começou a sangrar, alguns minutos dps a ambulância chega e eles levam ele pra ambulância

- Vc gostaria de acompanhá-lo? - Uma mulher pergunta

Eu faço que sim com a cabeça,eu vou até lá e me sento do lado dele

- Pfvr fica cmg,vc é a única pessoa que se importou cmg em anos - Sussurro e pego a mão dele





Continua...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...