História Bíblia do Laynismo 1 - Capítulo 14


Escrita por:

Postado
Categorias Zeke e Luther
Visualizações 6
Palavras 589
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção Adolescente, Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 14 - Capítulo fourteen


Estava atordoada abri os olhos lentamente e minha família estava lá

-O que aconteceu?- Perguntei realmente sem saber

-Eu que pergunto Raquel, você  foi encontrada apagada na frente da casa da sua colega de trabalho uma tal de Karina ela estava desesperada e chorando, a mesma chamou a ambulância juntamente com seu marido e eles foram bem educados comigo, ah e você foi encontrada agarrada num cachorro vira lata e um pedaço de cano gigante na mão esquerda, você tem algo a me dizer?

-Eu não me lembro de nada, não me pressione

-Foi encontrada substâncias semelhantes a heroína e muito álcool, te esperei em casa a horas, fiquei preocupado e nem dormi, seu filho veio imediatamente pra cá largou tudo e uma prova importantíssima que tinha hoje Raquel, o que me diz?

-Eu, bem...
O médico, interrompeu e disse pra eles não me pressionarem pois eu precisava de repouso, disse que eu ia ser internada por mais 3 dias, e só retornaria ao trabalho daqui a uma semana, por um lado fiquei feliz de não ter que ver Karina e pelo outro ficar olhando pro Denis em casa me dando sermão ai que inferno

**Narração Karina**

Estava em uma dr horrível com meu marido Oliver, minha filha tinha ido dormir na casa de uma amiga e a gente brigou pra caralho como nunca brigamos antes até mesmo por causa da nossa filha, joguei as cartas na mesa, afirmei que ele estava saindo com um homem e eu disse que eu ia descobrir ele jogou muita coisa na minha cara mas não sabia que eu trai ele também, e ainda mais com uma mulher, até que um barulho horrível na nossa janela aconteceu, jogaram uma pedra eu e Oliver deduzimos que era um marginal querendo fazer graça e Oliver pegou uma faca e foi saber o que era, pra minha surpresa era Raquel ela estava com um cachoro e um pedaço de um cano na mão, eu ri achando que era alguma brincadeira mas ela estava num estado deplorável, estava do outro lado da rua estreita e gritou palavras que nem eu mesma entendi, eu só queria pegá-la pra cuidar mas ainda estava disposta a me vingar

-Você conhece?

-Sim, minha mais nova colega de trabalho

-Ela não bate bem da cabeça Karina, como Deusimar a contratou?

-Nem eu mesma sei, é melhor chamar ela pra gente deixá-la em casa

-Concordo -Disse ele indo pra dentro de casa retirar o carro
Até que Raquel desmaiou, eu fiquei desesperada, gritei horrores, meu marido voltou e juntou vários vizinhos, todos diziam que ela estava morta eu não queria crer que o amor da minha vida estava morta, eu comecei a chorar, berrar e a ambulância chegou, ligamos pra família dela, e fui no hospital, fiquei até o marido dela chegar, odiei respirar o mesmo ar que ele, ela estava desacordada e fui embora antes que ela acordasse,meu celular tocou

-Alô?

-Karina? aqui é Deusimar, o que aconteceu com Raquel é verdade mesmo?
Se eu mentisse eu estaria arriscando minha própria carreira e então confirmei

-Quando ela se recuperar ela será demitida imediatamente, esse não é o perfil que eu procurava, ela é uma drogada

-Calma sra. você não precisa se precipitar assim, ela está passando por uma fase difícil só precisa de ajuda

-Estou decidida Karina

Ela desligou o celular, fiquei pensativa e pensei que a culpa é toda e exclusiva minha, pois eu sei que ela só queria nos proteger fazendo o que fez ai caralho, eu sou uma merda


Notas Finais


Karina fudida


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...