1. Spirit Fanfics >
  2. Big Boys Don't Cry - Cellps >
  3. É pessoal - Capítulo Único

História Big Boys Don't Cry - Cellps - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


oi, minha segunda fic nesse site.
yahuuu :3

Capítulo 1 - É pessoal - Capítulo Único


Rafael Lange Pov's


Acordei com um barulho de motor ligando, abri os olhos aos poucos e vejo que o meu amado não está na cama. Prevejo que esteja na sala, assistindo algum programa de televisão aleatório.

Demoro um tempo pra acordar, tô com uma preguiça desgraçada, não quero levantar, quero voltar a dormir. Eu dou um suspiro pesado, e começo a pensar em muitas coisas que preciso fazer hoje, meus pensamentos vão a Felipe, meu namorado. Faz 2 anos que estamos juntos, a gente briga as vezes, por motivos bobos, a gente se ama muito. Eu realmente estou feliz ao lado dele, eu amo ele demais! Já chegamos a transar, e foi a minha primeira vez com ele. Felipe é um cara incrível, nunca me senti tão bem em toda minha vida ao lado dele, nada poderia dar errado né? 

Finalmente me levanto, Vou ao banheiro e faço minhas higienes matinais e saio dali em caminho a sala de estar, caminho até lá e não vejo Felipe, a televisão desligada do jeito que deixei ontem a tarde. Procurei Felipe, e não achei, procurei ele pela casa inteira. Pra onde foi nesse horário? São apenas 6:35...

Voltei para a cozinha, cocei os olhos e percebi que havia um papel na geladeira, estava escrito: 

"O caminho que estou trilhando, eu devo seguir sozinho. Devo engatinhar até eu ser responsável, responsável.

Contos de fadas nem sempre tem finais felizes, têm? E eu prevejo escuridão a frente se eu ficar

Espero que você saiba, espero que você saiba
Que isso não tem nada a ver com você
Isso é pessoal, eu mesmo e eu
Nós temos algumas coisas a ajeitar
E eu sentirei sua falta como uma criança sente de seu cobertor
Mas eu tenho que seguir com minha vida
Chegou a hora de ser um garoto crescido
E garotos crescidos não choram."

Felipe Z.


Já sentia as lágrimas escorrendo pelo meu rosto, então aquele barulho em que acordei era provavelmente ele. Não, eu preciso ir atrás dele, eu não posso viver sem ele!

Corri pra fora de casa, o seu carro não estava mais lá, andei até a rua e olhei para os lados. Com certeza ele já estava longe, não acredito nisso.

- Oh não, Felps... Por que?


Tarde demais...





Notas Finais


😳


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...