1. Spirit Fanfics >
  2. Big BTS Brasil >
  3. Domingo

História Big BTS Brasil - Capítulo 19



Capítulo 19 - Domingo


22/

O dia da formação do paredão foi diferente dos anteriores. Os brothers estavam tensos e incertos quanto ao seu destino dentro do sonho em que viviam. Na noite anterior, Chungha estava claramente pensativa, acompanhando o brilho das estrelas do céu carioca. Após em torno de duas horas, a sister entrou para o quarto céu e chamou Jimin para uma conversa, encontrando ali Taehyung reclamando com Jungkook sobre seu medo de voltar para a xepa e ter que comer um total de dois biscoitos por dia.

— Gente, eu tô meio preocupada com a formação do paredão amanhã. — A preocupação da menina era expressada em sua voz, logo prendendo atenção dos três ali, que logo se ajeitaram na cama para melhor ouvi-la. — Jimin, eu tô achando que você vai de novo.

— Oxe, por quê? Eu já parei de tomar aquelas estalecada toda, criei juízo. — O cearense se defendeu e os outros dois ali concordaram com ele.

— Você melhorou bastante, mas vê o jeito que o Siwon implica com você? Tenho quase certeza que ele vai em você de novo. E a Nayeon deve fazer o jogo dele, a menina só falta lavar as cueca freada do homi.

— Sim, acho que a Jennie também fecharia com eles, pra eles poder botar alguém... — Jungkook deu sua opinião do jogo. — O Hoseok eu fico muito em dúvida, que cês acham?

— O Hoseok deve combinar com o amiguinho dele lá, o Jay. — Taehyung falou com expressão de nojo.

— Você acha? Não sei, ele me parece bem verdadeiro. — Jimin expôs. — Do tipo que vai entrar no confessionário até a final do programa falando que sempre vai seguir o coração. — Todos riram da afirmação, compartilhando da mesma impressão sobre o brother carioca.

— Ele é uma incógnita. — Chungha disse. — Agora, Namjoon, Yoongi e Jin eu não faço ideia. A Hwasa me confessou em quem ela vai, e relaxem que não vai ser ninguém desse quarto não.

— Hmm... — Tae parecia pensativo. — Também não sei em quem eles vão não.

Todos ficaram em silêncio refletindo por alguns minutos, até que Chungha novamente se fez ser ouvida.

— A questão é, a gente precisa se defender. Eu não gosto dessas coisas de combinar voto, mas se a gente não discutir, toda semana vai ter alguém daqui indo pro paredão, e eu não quero arriscar perder nenhum dos meus meninos não, viu?

A mulher foi abraçada carinhosamente pelos três, que riam da atitude fofa da amiga.

— Então, a Nayeon deve imunizar o Siwon, líder, você já sabe quem vai mandar pro paredão? — Jungkook tinha os olhinhos de jabuticaba brilhando, animado pelas estratégias do jogo.

— Eu tô pensando em colocar a Nayeon. Porque eu quero tirar o caduco do Siwon, e ela vai sempre proteger ele... Então já que não posso indicar o próprio essa semana, devo indicar ela.

— Entendi... eu acho que a Jennie sendo a mais próxima da Nayeon, também está disposta a proteger ela e o Siwon... É perigosa. — O mais novo foi incisivo.

— Que isso, hein, Jungkook? Quem te viu quem te vê, não sabia desse sangue no zói teu não. — Jimin respondeu brincalhão, despenteando os cabelos do menino, passando a mão por ali. Jungkook apenas deu um risinho arteiro em resposta, como uma criança que aprontava alguma. — Bom, eu não gosto desses negócio de ficar confabulando, mas com o meu na reta, não tenho coragem de dar tiro no escuro, não.

— E você, Taehyung? Se importa?

— Ai, sendo sincero... Não sei qual a decisão que eu vou tomar ainda não. Sei lá, não me parece certo votar em alguém por esses trem de combinação se eu quero votar em outro.

O silêncio após a declaração do rapaz se fez presente, Chungha e Jungkook apenas olharam entre si e para Jimin.

— Tá tudo bem, Tae, quem sou eu pra querer mandar no voto de alguém? Relaxe, homi. — Jimin sorria, afim de se certificar que o amigo não acharia que ele estava chateado.

— Vou lá fora comer um trem. — Taehyung respirou fundo e se retirou do cômodo.

[...]

Madrugada adentro, os esquemas não paravam, dessa vez, Siwon e Nayeon conversavam em uma parte mais distante do quintal.

— Meu bem, você sabe que se não der esse anjo pra mim, vai me colocar no paredão, né? — O homem se dirigia à namorada, que tinha as sobrancelhas juntas, em uma expressão sofrida.

— Eu sei, meu anjo, lógico que eu vou te dar! Eu só fico com medo deles irem na Jennie...

— E quem é mais importante pra você, Nayeon? Se você der o anjo pra ela vai deixar bem claro. Se for dar pra ela me avisa logo, que a gente termina agora. — Sua voz era impassível.

— Eu já falei que vou imunizar você! Só tô dizendo que tô triste, não posso me abrir com você, não?! — Sua voz havia ficado mais alto sem que ela percebesse.

— Abaixe a voz pra falar comigo. — Siwon carregava um tom baixo, porém ameaçador.

À essa altura, a menina já tinha algumas lágrimas escorrendo pela face, mas limpou-as do seu rosto rápido para que ninguém ao longe visse. No entanto, sua amiga Jennie já estava andando na direção de ambos.

— Que que tá acontecendo aqui, tá chorando por que, garota? — Seus braços estavam cruzados e sua postura impunha sua presença.

— É que eu tô preocupada de você ir pro paredão! — A voz de Nayeon estava embargada. — Não quero que você vá, mas se eu der o anjo pro Siwon, você pode ir, mas se eu der pra você, ele vai! — A moça gesticulava com as mãos enquanto falava, nervosa.

— Amor, não tem o que fazer. Você vai dar pra ele porque ele é seu boy, e o nosso fica na reta. É o jogo. — A sister preferia sempre ir direto ao ponto. — O que a gente pode fazer é tentar se defender, e colocar alguém que a gente queira lá.

Nayeon não falou mais nada, apenas respirou fundo e prendeu seu choro.

— E tá todo mundo acordado em como vamos fazer isso? — Siwon questionou.

— Estamos né, eu queria votar no perrapado do Hoseok por causa daquela militância ridícula vetezeira, mas seria queimar voto. Então é mais inteligente seguir o que o Jay propôs e ir no Taehyung também. Aí já são cinco votos nele; Você, Nayeon, eu, Jay e Hoseok.

— O Hoseok vai no Taehyung? — Naeyon questionou, sem mais estar chorando.

— Claro que vai, burra. O zé esmola passa o dia todo atrás do menino fazendo ele lavar prato. Se não for, tá sendo incoerente pra caralho e o Brasil vai ver.

— Não sei, não, Jennie. — Siwon interviu. — Ele tava todo misterioso quando a gente conversou lá na festa, acho que ele vai furar.

— Ué, então vai alguém lá falar com ele, eu não posso.

Siwon então, deixou as duas meninas e foi atrás de Jay, na intenção de descobrir o voto de Hoseok, mas o amigo do carioca revelou que não sabia do voto do outro, e que não insistiu muito em descobrir. No dia seguinte, domingo, Siwon tentou diversas vezes se aproximar do brother sem sucesso, mas enfim conseguiu poucas horas antes do ao vivo.

— Hoseok, você tem que fechar com alguém pra se proteger. Já sei de uma galera que quer votar em ti e, se continuar nessa, daqui a pouco é o teu na reta. — Iniciou o homem como quem não queria nada.

— Que? Que galera? — Hoseok parecia um pouco alarmado, mas estava desconfiado do que o brother pretendia com aquele papo do nada.

— Não fica legal eu fazer fofoca, mas te garanto que tem. Por isso que se você fechar com um pessoal, vai ter gente pra te proteger disso aí.

— E se supõe que esse pessoal, seja você, a Nayeon e a Jennie? — Hoseok ria de canto da falta de sutileza dirigida a si.

— Se supõe que sim. Então eu vou ser direto, se você não votar no Taehyung igual seu amigo indicou, sua pele vai estar em jogo.

— Ihhh, não vem querer me intimar não malandro, sai pra lá. — Hoseok se levantou e saiu de perto do outro, não gostando do que ouviu.

[...]

— Boa noite! — Tiago iniciou a conversa ao vivo com os confinados. — Hoje é dia de paredão, como vocês bem sabem. Tudo bem com vocês?

Após algumas breves conversas jogadas fora, o apresentador já ia para a próxima etapa.

— Anjo Nayeon! Quem você imuniza?

— Ti, se eu pudesse, eu dividia o anjo em dois e dava pro Siwon e pra Jennie!

— Infelizmente é um anjo só, Nayeon. — Tiago riu com a brincadeira da menina.

— Então, eu não poderia deixar de imunizar meu amor, Siwon! Que tá sempre do meu lado, e é um homem incrível! — A menina levantou e colocou o colar no mais novo imunizado, que sorriu com o gesto.

— Líder! Sua vez! Quem você indica ao paredão?

— Tiago Leifert, Brasil. — Chungha saudou e respirou fundo antes de continuar. — Tô percebendo que não é fácil indicar alguém ao paredão. — Soltou uma breve risada. — Eu vim com toda certeza do mundo, mas tá me doendo ter que fazer isso agora, porque eu sei que é o sonho de todo mundo que tá aqui. — A sister respirou fundo novamente, e esfregou as mãos uma na outra. — Hoje eu vou indicar a Nayeon. Não é uma decisão fácil, mas isso aqui é um jogo, e eu preciso tentar tirar quem eu sei que vai atacar os meus amigos.

Nayeon respirava fundo com os olhos fechados e tinha suas mãos dadas à Siwon e Jennie, um de cada lado.

— Ok! Jungkook, Nayeon, vocês estão emparedados. Agora vou chamá-los um por vez ao confessionário. Namjoon!

O Brother levantou e se dirigiu ao confessionário para votar.

— Boa noite, Tiago. O meu voto hoje vai na Jennie. Não tenho motivos muito pessoais pra ser sincero. — O manauara riu de si mesmo. — Mas se eu tô lendo bem o jogo, ela faz parte de um grupinho aí que tá se formando, e eu acho que isso pode ser uma ameaça aqui dentro.

— Anotado, muito obrigado, Namjoon! — O apresentador dispensou o brother e apareceu na sala novamente para chamar o próximo, que também se dirigiu ao local de voto. — Jimin!

— Boa noite, Tiago! Um beijo mãe, um beijo Fortaleza! Meu voto vai pra Jennie hoje. Porque eu acredito que ela vá se juntar com o Siwon e com a Nayeon pra votar em mim, e eu não vim aqui pagar de bobo não, viu, Tiago? — Riu simpático, ao que o apresentador devolveu. — É um voto de defesa.

— Ok! Siwon, sua vez!

— Boa noite. Meu voto vai no Taehyung, porque ele é um porco mimado e acredito que isso seja mal visto pelo público.

— Nossa? Ok, justificativa dada! — Tiago riu da petulância de Siwon, não eram comuns justificativas tão diretas. — Yoongi!

— Olá, Tiago. — O Brother iniciou no seu jeito mais reservado, porém ainda educado. — Eu vou votar no Taehyung hoje, porque, bom, ainda não tenho grandes motivos estratégicos para votar em alguém, e confesso que as atitudes infantis dele andam me irritando um tanto. É isso. — O curitibano deu um sorrisinho fofo e fez um joinha com a mão, sendo dispensado em seguida.

Logo, Jungkook foi chamado, dando um voto para Jennie e justificando como proteção aos seus amigos. Assim como Jungkook, Hwasa votou em Jennie, porém, a justificativa foi a de não gostar da energia da sister.

Naeyon e Jennie ambas votaram em Taehyung, também atrás de proteger o grupo. Jay foi então ao confessionário, e votou em Taehyung, incomodado com sua falta de cooperação no bom funcionamento e limpeza da casa. Era agora a vez de Jin.

— Boa noite, Tiagooo, boa noite, Brasil! — Sempre entusiasmado, Jin seguiu. — Bom, eu sou colega da maioria aqui, mas meu voto talvez fosse pro Siwon, só que ele está imunizado. Então, quem mais me incomodou essa semana foi o Hoseok, por isso meu voto é nele. Não gostei muito daquela vez que ele brigou com a Jennie no quintal por causa de coisa de Rio de Janeiro, São Paulo, sei lá, pra mim parece palhaçada, achei desnecessário. Bye! — Se foi com um beijo para a câmera.

— Taehyung!

— Oi, Tiago. — O brother respirou fundo. — Essa semana eu fiquei muito confuso com quem votar. Eu vou ser sincero, porque eu sou assim na minha vida e não pretendo ser diferente aqui. A minha primeira opção era o Hoseok, porque eu não entendo muito bem a dele, enfim.

— Desculpa, seu voto é no Hoseok, então? — Tiago o interrompeu, confuso com as palavras rápidas demais devido ao nervosismo de Tae.

— Não! Hoje eu vou votar na Jennie, porque eu gosto muito do Jimin, e tô com medo dele ir pro paredão, é isso. Prefiro deixar minha vontade um pouco de lado hoje pra proteger ele. É o que meu coração tá dizendo pra fazer.

— Jennie, anotado! Muito obrigado. Hoseok, sua vez!

— Boa noite, Tiago, boa noite, Brasil. Tudo bem com você? — Hoseok iniciou de maneira educada.

— Eu vou bem, Hoseok, obrigado por perguntar. — Tiago deu uma olhada em sua prancheta, percebendo que a votação entre Jennie e Taehyung estava empada, e o voto de Hoseok poderia ser o decisivo. — Então, qual seu voto hoje e por quê?

— É bem tensa essa parada de votar, hein? — Hoseok riu para descontrair. — Bom, vou direto ao ponto. Houveram algumas pessoas na casa que tentaram manipular o meu voto, e eu não gostei. Eu tava bastante em dúvida esses dias, mas não consegui engolir essa intimação a votar no Taehyung que me fizeram mais cedo, e isso mudou de vez o meu voto. Eu queria votar no Siwon mas ele tá imunizado, e a Nayeon foi indicada pela líder, então vou votar na Jennie.

— Ok, muito obrigado. Pode ir pra sala.

Logo, após a contagem de votos, o apresentador tornou a aparecer para eles com as notícias.

— Com 6 votos, quem vai completar o paredão hoje, é você, Jennie. Taehyung ficou logo atrás, com 5! Essa foi por pouco.

A mulher não chorou, apenas se irritou com a situação na qual se encontrava, e saiu rapidamente da sala após o fim do ao vivo, ameaçando bater em quem estivesse na sua frente. Taehyung tinha a expressão profundamente triste, preocupado em saber que quase foi para o paredão essa semana.  


Notas Finais


Taetae escapou por pouco hein :P

E aí, quem sai? Nayeon, Jennie ou Jungkook?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...