História BIMIL - Jikook. - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Visualizações 22
Palavras 1.707
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Ficção Adolescente, Lemon, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oie
Sdds

Capítulo 8 - Capítulo 8


Certo. Acho que não está faltando nada.

- Ai eu não acredito que meu bebê não é mais bebê e vai ficar tantos dias fora! - Meu pai dramatizou.

Hoje é sexta-feira, dia 8. Namjoon conseguiu uma casa de praia da família dele em Changwon para gente passar o final de semana e comemorar o aniversário do Jimin.

Vai ser bem simples, mas meu pai ainda acha que eu tenho três anos....

- Relaxa, homem. O menino só vai ali.- minha mãe falou dando um tapa no ombro do meu pai.

Eu apenas dei uma risada, no fundo ela só está deixando eu ir por que Yoongi está indo, e por que é Hoseok que está dirigindo.

Me despeço dos dois com um abraço, e entro no carro de Hoseok enquanto Yoongi se despede da filhinha dele. Ele está quase chorando... Molenga.

- Prometo que vou cuidar do Baby Jeon. - Hoseok fala dando partida no carro.

Eu coloco meus fones e tento não me desesperar a cada metro mais perto da casa do Jimin.

Os irmãos Kim já estão lá, desde ontem a noite, eles estão organizando as coisas. E como Hoseok tem um carro, um carro mais velho que eu vale ressaltar, nós estamos indo com ele.

É só 2h30 até lá, mas Hoseok fez questão de querer ir às 5h da matina, para chegarmos antes das 8.

Já faz uma semana que nós saímos para comemorar minha aprovação, uma semana que Jimin brigou comigo. Nós não conversamos depois disso, eu também não vi ele, então não sei se ele está com raiva... Ou se pelo menos lembra.

Talvez eu descubra agora, por que Hoseok acaba de estacionar enfrente a casa dele.

- VOCÊ É INSUPORTÁVEL! GAROTO? - Escuto a voz irritada de Jimin gritando enquanto passa pela porta da casa dele.

Olho tudo pela janela, Hoseok desceu para ajudar Jimin a por suas três, repito três malas, no porta malas.

Tomara que Jimin peça para o Yoongi deixar ele sentar na frente...

Tomara que Jimin peça para o Yoongi deixar ele sentar na frente...

Tomara que Ji-

Ele abre a porta de trás e se senta.

- Odeio acordar cedo e meu irmão ainda me irrita. grrrr...- Ele reclama colocando seus fones e uma máscara de tapar os olhos.

Os meninos dão risada e começam uma conversa aleatória enquanto continuamos viagem.

Quando chegamos na estrada para realmente ir, eu já estava entediado. Depois de meia hora andando só dava para ser árvores e mais árvores....

Hoseok colocou uma música e estava dividindo um pacote de salgadinho e uma coca com Yoongi quando eu me escorei na porte e cochilei.

Quando eu acordei, sabe lá quanto tempo depois, a música tocava um pouco mais alta e Jimin e Yoongi cantavam alto enquanto Hoseok gargalhava.

Gente?

- Bom dia bela adormecida. - Jimin falou para mim com um risinho e continuou a cantar.

Quando olho o celular ainda são 6h20.





Hoseok estacionou numa estradinha com pedrinhas e areia, eu tirei o cinto e fui o primeiro a sair do carro. O ar era tão puro e o lugar muito bonito.


Tivemos que seguir uma estradinha de terra para chegar aqui, mas valeu a pena. Uau. Tinha uma casa de dois andares, e ao redor tinha muitos coqueiros e mar e areia para sumir de vista.


- Finalmente! - A primeira pessoa que vimos foi Jin, usando bermudas e blusa havaiana. - Podem deixar as malas ai, vamos tomar café primeiro.


A casa não era tão grande quanto parecia por fora, mas também não era pequena. A sala de jantar, onde estávamos, tinha mesa para oito pessoas, os meninos cozinharam para gente uma receita italiana, muito gostosa.




Depois disso, Taehyung ajudou a gente a pegar as malas, deixamos tudo na sala e fomos direto para o mar.


Eu só tomei banho de mar duas vezes, e já fazem um tempinho considerável, uns 6 anos eu acho.


Mas a sensação de entrar no mar era tão única que eu me senti em casa. Não quis sair. Não mesmo.


Namjoon, Yoongi, Hoseok, Taehyung e Jimin estavam brincando de pega pega dentro da água, o que não estava dando muito certo, mas era divertido ve-los.


- Todos loucos! - jin hyung que estava sentado dentro da água junto comigo, falou com um riso olhando para eles.


- Seus irmãos principalmente. - Falei quando vi Taehyung jogar Namjoon com tudo dentro da água.


Jin concordou rindo.


Era engraçado, por que mesmo nós sendo amigos a muito tempo, nossa conversa parece nunca fluir. O que é uma pena por que eu tenho muito o que perguntar a ele. Sobre... Tudo...


A gente continuou rindo dos meninos e fazendo poucos comentários sobre eles, mas nunca uma conversa de verdade. Quando deu mais de 13h voltamos para casa.


Namjoon estava assando o frango enquanto taehyung fazia o arroz para o almoço, eu e os outros espalhados pela cozinha. Jimin e Hoseok no balcão, jin na mesa e eu no chão tentando tirar a água do meu ouvido.


- Coloca o dedo em um ouvido e tomba a cabeça. - Ele fala e eu faço. E funcionou mesmo.


- Obrigado. - Eu agradeço e ele faz apenas um sinal com o dedão para mim.


Ok né.


A comida tava ótima, tirando o fato de que o Tae queimou um pouco do arroz, mas nada demais. Quando terminamos de comer eu ajudei Jin a lavar a louça e Hoseok limpou a mesa.


- Meus dedos enrugaram. - Jin fala com um bico me mostrando os dedos longos.

- Os meus também. - O mostrei e nós dois rimos. Eu fiquei em silêncio pensando no que falar para que o assunto não morresse, mas ele sorriu para mim e saiu da cozinha antes que eu pudesse dizer algo. Eu olhei para os meu próprios dedos vendo eles enrugados pela água. Não consigo entender o por que de não conseguir manter uma conversa com ele.

Yoongi passou pelo portal da cozinha me assustando quando tocou meu ombro.

- Calma. - Ele levantou a mão. - Os meninos estão escolhendo quem dorme onde, vamos.


O acompanhei até a sala de estar onde os meninos estavam espalhados pelos sofás e o chão. Sentei ao lado de Namjoon no carpete e ele apoiou as mãos ao redor dos meus ombros.


Taehyung explicou que a casa tinha quatro quartos e nós dividíriamos por sorteio. A suíte era dos pais dos Kim e os três eram deles mesmos. Como um de nós ficaria sozinho, Hoseok e Jimin estavam disputando por esse título, por motivos óbvios que me da voltas no estômago só de pensar. Sairíamos para uma festa de noite e eles pretendiam trazer alguém... E... Eu não quero que Jimin fique com outras pessoas, mas não é como se eu pudesse impedir ou tivesse direito de o fazer. No fim, ele acabou ficando com Namjoon no quarto principal, Seokjin e Taehyung ficaram em outro, Hoseok ficou sozinho no quarto que era de Namjoon, e Yoongi ficou comigo.

•••


Depois de muitos choramingos de Jimin por não ter ficado com um quarto só para ele, eu comecei a organizar minhas coisas no " meu " quarto enquanto comia um pacote de bolachas que roubei na cozinha.


- Kook, vamos jogar futebol na areia. - Jimin apareceu na porta me chamando e fazendo eu levar um susto e derrubar meu pacote de bolacha. - Calma!


- Porr- Jimin, minhas bolachas! - Choraminguei pegando o pacote e uma bolacha do chão enfiando na boca deixando Jimin horrorizado. - Que foi? Tô em fase de crescimento. - Falei de boca cheia.


- Garoto? - Ele zombou. - Vamos logo! - Ele veio puxando meu pulso me arrastando para fora do quarto. Já na sala ele tomou meu pacote de bolachas.


- Ei, ei, ei, que intimidade é essa? - Levantei a sobrancelha. E ele me olhou assustado e eu percebi que tinha falado besteira quando vi seus olhos lagrimejarem.


- Nós não temos intimidade, Jungkook? Hm? - Eu fiquei sem saber o que dizer e ele interpretou por si só largando meu pulso e saindo da sala. - Toma suas bolachas. - Ele parou no meio da sala e jogou-as em mim acertando meu peito.


Bem onde ele sempre faz doer.


Depois disso eu não quis jogar futebol com os meninos, Namjoon veio me chamar e eu dei a desculpa que meus ombros doíam e eu precisava tomar banho. O senhor e a senhora Kim, que me perdoem por gastar tenta água, por que demorei muito e quando sai meus olhos ardiam de tento chorar.


- Tá tudo bem, cara? - Yoongi me perguntou quando entrei no quarto com uma toalha na cintura.


Eu sabia que minhas voz estaria falha, então acenei com a cabeça desviando para ele não ver meus olhos vermelhos. Escutei passos ao meu redor e um estalar  feito pela boca dele.  - Você pode enganar muitas pessoas, Jungkook, mas a mim você não engana. Então ou você estava fumando muita maconha ou chorando por um motivo que você vai me contar agora mesmo.


- Y-yon... - Choraminguei sentindo meus olhos escorrerem denovo.


É uma droga ser tão fraco.


- Ei, calma. Eu te amo e tô aqui. - Eu sorri, e ele me abraçou pela cintura. - Tudo bem chorar. Bom que limpa a garganta. Fala vai.


Então eu falei, sobre a briga com Jimin mais cedo e sobre as coisas que ele falou para mim uma semana atrás no bar. Quando terminei de falar Yoongi estava acariciando minhas costas e meu corpo já estava completamente seco, menos os olhos.


- Era sobre isso que eu estava te alertando, Jungkook. Sobre a amizade está se deteriorando. Isso ia acontecer uma hora ou outra. - Ele falou apertando meus ombros e olhando nos meus olhos.


- E o que eu faço, Yoongi?


- Não tem o que fazer. Ou você conta o que sente, ou você fingi que está tudo normal. Você quem sabe qual das opções é melhor ou pior para você. - Disse e acariciou meus cabelos molhados. - Eu vou tomar banho. Nós vamos sair daqui a pouco. A balada fica a meia hora Daqui.



Notas Finais


Comentem e favoritem por favor 💜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...