História Bird box - Interativa BTS - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Blackpink, EXO, Got7
Personagens BamBam, Byun Baek-hyun (Baekhyun), Do Kyung-soo (D.O), Jackson, JB, Jennie, Jeon Jungkook (Jungkook), Jinyoung, Jisoo, Jung Hoseok (J-Hope), Kim Jong-dae (Chen), Kim Jong-in (Kai), Kim Jun-myeon (Suho), Kim Min-seok (Xiumin), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Lisa, Lu Han (Luhan), Mark, Min Yoongi (Suga), Oh Se-hun (Sehun), Park Chan-yeol (Chanyeol), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Rosé, Youngjae, Yugyeom
Visualizações 19
Palavras 1.905
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 3 - Capítulo 3


Fanfic / Fanfiction Bird box - Interativa BTS - Capítulo 3 - Capítulo 3

● Pov's Hee Chung ●

Depois de comer, eu e as meninas ficamos na sala conversando e nos conhecendo melhor, até que elas são simpáticas.

Os meninos ficaram no habitat natural deles, o quarto, eles não deram sinal de vida por um bom tempo.

— Bom... o que a gente faz? — Yumy perguntou.

— Eu não sei vocês mas os meninos estão quietos demais e eu to suspeitando deles — Hye falou — alguém vai comigo ver?

— To nessa — eu me levantei.

— Não tem coisa melhor pra fazer mesmo — Sarah deu de ombros e se levantou.

Nós subimos para o corredor dos quartos e vimos que o segundo estava aberto, nós entramos e vimos os meninos todos dormindo.

Jin e Hoseok dormiram na cama de costas um para o outro, Jimin e Taehyung dormiram no colchão que tinha ali.

Tentamos não acordá-los e saímos do quarto bem devagar, então senti uma mão no meu ombro, eu ia gritar mas a pessoa tampou minha boca.

— Não grita! Vai acordar os outros! — ele sussurrou e olhou para trás.

— Hoseok... pensei que estava dormindo — Yumy falou baixo.

— Tenho sono leve — Hoseok sorriu — vocês não conseguem ser tão silenciosas.

— Aish, nós tentamos — Hye falou.

— O que vocês estavam fazendo aqui em cima esse tempo todo? — eu questionei.

— Conversando ué — Hoseok olhou para trás de novo — esses três podem acordar a qualquer minuto, acho bom darmos um fora daqui.

Nós descemos para a sala, ali nós ficamos conversando por um bom tempo, então finalnente os meninos desceram.

Taehyung já estava na força da energia enquanto Jimin e Jin estavam um pouco sonolentos ainda, os dois deviam ter acordado agora.

— Ok eu vou sair — Taehyung pegou a espingarda — tentem não se matar.

— Ei! Pra onde você vai? — Sarah questionou — lá fora é perigoso!

— Precisamos de algumas coisas — Taehyung explicou — vou tentar voltar rápido, não morram ok?

 — Nós vamos com você! — Hoseok sugeriu — podemos ajudar! E não queremos que você morra, é o único que sabe de tudo sobre aqueles monstros.

— Sem contar que é uma das pessoas mais gentis que eu conheci — Hye sorriu — então nos deixe ir junto.

O Tae pensou por alguns segundos e suspirou.

— Ok! Vocês podem vir, mas não tirem a venda e fiquem atrás de mim!

Nós assentimos e pegamos as vendas, saímos da mansão, um atrás do outro.

Só sabia que eu estava segurando no braço da Hye, e ela pareceu não se importar então sem problemas.



● Pov's Taehyung ●



Entramos em um lugar que eu acreditava ser uma loja, fui até as janelas com as mãos na frente e achei as persianas, fechei todas elas e cobri a porta.

— Podem tirar as vendas — eu falei e tirei a minha — é estamos no lugar certo.

— Isso é uma loja de roupa — Chung falou enquanto olhava em volta — nossa que minha mãe ia ficar louca em um lufar desse... se eu soubesse onde ela está...

— Não vamos pensar em coisas tristes — Hoseok pôs a mão no ombro dela — temos que focar em pegar o que precisamos e dar um fora daqui ok?

Ela assentiu e saiu pela loja explorando tudo, as meninas sumiram na parte das blusas e nos deixaram.

Os meninos também sumiram e me deixaram sozinho, comecei a andar olhando as roupas e passei perto da bancada onde escutei um choramingo.

Atrás daquela bancada estava o atendente da loja, morto, e ao lado do corpo tinha um cachorrinho, era um Spitz, um cão de pequeno porte, ele estava com a cabeça deitada no braço do homem e choramingava muito, aquele devia ser o dono dele.

— Oi garoto... — me abaixei e fiz carinho nele.

O cachorro olhou pra mim e deitou a cabeça no braço do homem de novo voltando a choramingar, eu o peguei no colo.

— Seu dono não vai mais acordar — eu o acariciei — ele se foi garoto.

Ele choramingou e ficou me olhando com um olhar que me cortou o coração, eu entendia bem como era perder alguém que você ama muito.

Coloquei o cão em cima da bancada e vi a coleira, estava escrito o nome dele, do dono e o endereço da casa.

— Então seu nome é Yeontan... — eu sorri e o acariciei — bom, você não vai ficar sozinho, eu vou te levar comigo.

— Taehyung olha o que eu achei — a Yumy veio com uma blusinha de pijama — é fofo não?

— Se você acha... — eu voltei a olhar para o Yeontan.

— Oh meu deus que fofo — ela veio e acariciou o Yeontan — da onde ele saiu?

— Esse corpo ae é do dono dele — eu apontei — vou levar ele comigo, e ai de quem me contrariar!

A Yumy riu e ficou uns segundos se familirializando com o Yeontan, depois ela sumiu no meio das roupas de novo.

Depois de um tempo, todos voltaram com as roupas que pegaram, eu peguei o Yeontan no colo e fui atrás deles.

— Taehyung... da onde veio esse cachorro? — Jimin perguntou.

— O dono dele era o atendente da loja — eu expliquei — ele morreu, então agora vou levá-lo.

— Isso é roubo tecnicamente — Sarah falou.

— Basicamente o dono dele morreu então não conta — eu sorri vitirioso — ele vai com a gente.

A porta da loja foi aberta do nada, um grupo de três garotas e três garotos entraram correndo desesperados.

O Jimin pegou a espingarda, o grupo correu para trás da bancada e ali eles ficaram.

— Saiam daí! — uma das garotas avisou — tem um bando de doidos atrás de nós! Eles vão pegar vocês se ficarem aí!

— Já sei... são aqueles adoradores — Hoseok falou.

— Exatamente... — um homem entrou na loja sorrindo maligno.

Outros dois homens entraram atrás dele e logo depois vieram duas garotas.

Todos eles tinham os olhos azuis claros, eram os adoradores do monstro, tínhamos que fugir.

— Ok gente todo mundo corre! — Jimin ordenou.

Ele começou a atirar, o Yeontan se assustou e se encolheu no meu colo, eu o segurei firme, fechei os olhos e saí correndo, as meninas vieram logo atrás de mim.

O grupo que tinha entrado veio correndo e os meninos vieram junto com eles, Jimin foi o único que ficou lá dentro, ainda conseguimos ouvir o som dos tiros, estávamos com os olhos fechados e não pudemos saber o que estava acontecendo.

Então os tiros pararam e pude ouvir a voz do Jimin.

— Temos que voltar para a mansão — ele falou — aqui fora é perigoso.

— Gente... acho que pisei em alguma coisa... — Sarah falou.

— Só não abre os olhos!! — Hoseok falou — nenhum de vocês pode abrir entendido?

Todos falaram que sim juntos e seguimos o caminho para a mansão.

Escutei o barulho da porta se fechando e abri os olhos, fui o único que arriscou a fazer isso.

— Estamos seguros agora — Jin falou — podem abrir os olhos pessoal!

— Jimin você tá bem? — Chung perguntou.

— Acho que sim... — Jimin analisou o próprio corpo — não to com sangue pelo menos.

— Obrigado por terem nos salvado — uma das garotas do grupo falou sorrindo.

— Não foi nada — Hoseok sorriu de forma simpática — meu nome é Jung Hoseok, esses são Kim Taehyung, Park Jimin, Kim SeokJin, Min Hye, Park Yumy e Hee Chung.

— E Yeontan — eu sorri mostrando o cão no meu colo.

— Meu nome é Lee YunHee — a garota loira se apresentou — e esses são Becky, Lilian, Min Yoongi, Kim Namjoon e Jeon Jungkook.

Nós analisamos bem o grupo, e pareciam ser pessoas boas.

Namjoon era mais alto que todos ali, eu chuto ele ter 1,80 de altura ou algo do tipo, ele tinha cabelo castanho um pouco escuro mas nem tanto.

Jungkook também tinha cabelo castanho, ele parecia ser mais novo do que todos.

Yoongi tinha o cabelo em um tom de cinza com um leve tom de roxo bem claro, pela cara ele parecia uma pessoa bem fechada, mas por conta do susto que acabou de passar imagino que realmente seja difícil ter bom humor.

YunHee era loira, e as outras duas tinham cabelos negros.

— Tiveram sorte — Hye falou — não é fácil fugir daqueles caras, e digo por experiência própria.

— Salvamos essa rabugenta de um deles — Jimin empurrou ela de leve — e você ainda nos deve uma.

— Haha... — ela o empurrou de volta — chato.

— Aqueles doidos me acharam no prédio onde eu estava escondido — Jungkook explicou — eu fugi e encontrei com o Namjoon e o Yoongi.

— Eu e as meninas estávamos juntas na minha casa — Becky falou — salvei as duas de um caminhão, e um homem nos achou na casa.

— Ele queria nos forçar a olhar para esse tal monstro — Lilian continuou — nós três fugimos e encontramos com os meninos, eles nos salvaram quando o homem estava quase nos alcançando, aí entramos na loja e achamos vocês.

— Estão seguros aqui — Yumy sorriu — agora somos uma família e temos que proteger uns aos outros.

— Proteger, não matar! Ouviu Hye? — Jimin olhou para ela.

— Não enche meu saco — Hye foi até a escada — me chamem na hora do jantar.

Ela subiu até o quarto, nós ficamos na sala conhecendo melhor o grupo novo.

Yoongi não dizia uma palavra, apenas resmungava "sim" e "não" quando alguém lhe perguntava algo.

Descobrimos que Jungkook era o mais novo entre nós assim como eu imaginei, e SeokJin era o mais velho,  nós ficamos conversando e brincando ali a tarde toda e Hye não deu sinal de vida desde que subiu para o quarto.

— Bom... quem vai lá chamar a Hye pro jantar? — Sarah perguntou.

Todos olharam para Jimin, ele olhou para todo mundo confuso.

— Que foi gente? — ele perguntou.

— Você tá encarregado de chamar a cria de Lúcifer — Chung empurrou ele pra fora da cozinha — vai logo!

— Tudo eu — Jimin reclamou.

O Jimin subiu para o quarto, depois de alguns minutos, ele desceu correndo desesperado e a Hye veio atrás dele.

— SOCORRO!!! — Jimin se escondeu atrás de Hoseok — me protege pelo amor de Deus!

— Eu vou acabar com sua vida! — Hye ameaçou — idiota!!

— O que aconteceu? — Namjoon perguntou.

— Esse filho da puta me acordou! — Hye explicou irritada.

— Vamos semear a paz — Hoseok foi até ela e pôs as mãos no ombro dela — fica calma tá bom? Já temos muitos problemas, não podemos brigar! Lembra o que a Yumy disse.

— Somos uma família agora... — Hye resmungou repetindo as palavras de Yumy — eu sei...

— Deixa sua agressividade de lado e vamos focar no que é mais importante — Chung aconselhou.

Hye apenas assentiu e abaixou a cabeça, eu entendo que pra ela seja difícil processar tudo.

Tínhamos uma vida normal que foi completamente destruída da noite para o dia, se para mim estava sendo difícil superar, imagino como deve doer para os outros também.










Continua...







Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...