1. Spirit Fanfics >
  2. Black Bull School >
  3. Meu primeiro encontro

História Black Bull School - Capítulo 6


Escrita por:


Notas do Autor


Olá pessoal, espero que gostem das mudanças que eu fiz na história!

Capítulo 6 - Meu primeiro encontro


Fanfic / Fanfiction Black Bull School - Capítulo 6 - Meu primeiro encontro

Noelle

Faltava meia hora para eu me encontrar com Asta em meu primeiro encontro e eu estava um pouco nervosa, mesmo sendo com um plebeu ainda era um encontro, eu estava um pouco mais arrumada doque o habitual e ao invés de levar meu suporte para grimório eu estava levando uma bolsa com algumas coisas dentro como dinheiro e maquiagem, termino de arrumar meu cabelo e resolvo já ir para o restaurante, levei alguns minutos para chegar lá já que não era tão perto da escola, ao entrar no restaurante eu peço uma boa mesa para o garçon e me sento na espera do Asta chegar, se passa dois ou três minutos e ele entra pela porta, ele estava como sempre, com cabelo meio bagunçado e suas roupas roupas casuais, eu aceno para ele e ele vem até minha mesa.

- Oi Noelle, espero não ter feito você esperar tanto, tinha muita gente na lavanderia, quando eu morava em Hage a irmã Lily lavava as minhas roupas e o Yuno secava. "Diz ele puxando uma cadeira para se sentar". - Não se preocupe, eu acabei de chegar, hm então vamos olhar oque tem no cardápio. "Falo um pouco corada pegando o cardápio, olho para Asta e vejo que ele não estava nem um pouco nervoso ou ansioso então chamo o garçon para fazer meu pedido". - Eu vou querer uma salada mista e de sobremesa um sorvete de pistache, de bebiba vou querer uma água. - Eu vou querer uma porção de batata assada e uma porção de batata cozida e de sobremesa uma batata doce, também vou querer um copo de água por favor. " Que tipo de pedido foi esse, ele só sabe comer batatas?"

Passa-se alguns minutos e o garçon trás nossos pedidos então a gente agradece e ele se retira aí começamos a comer, o Asta não parava de comer tudo rápido e parecia que não mastigava nada e até chega a se engasgar com a comida mas toma água a tempo, parecia uma criança sem educação, a gente termina os pratos principais e começamos a comer as sobremesas, o sorvete de pistache estava muito bom então resolvo oferecer um pouco para o Asta experimentar. - Ei Asta quer provar um pouco do meu sorvete de pistache? Aposto que você nunca comeu algo melhor. "Pergunto aproximando uma colher de sorvete para perto dele". - Claro, eu nunca tomei sorvete antes mas pelo cheiro deve ser bom. "Diz ele colocando a colher na boca para provar o sorvete, é como se eu tivesse dando comida na boca dele, ao pensar nisso eu fico com um pouco de vergonha e puxo a colher de volta". - Sorvete é um delícia, nunca tinha provado algo gelado como isso, você quer um pouco da minha batata doce também? "Diz ele oferendo um pedaço da batata doce dele para mim". - Ah não obrigado, eu já estou cheia.

A gente terminou as sobremesas e o garçon vem e recolhe as coisas da mesa, o Asta paga a parte dele e eu a minha e então saímos do restaurante, eu achei que ele fosse se esforçar mais para me conquistar, não que eu queria que eu plebeu tente me conquistar, a gente estava dando uma volta pelo parque da capital real e eu resolvo falar algo para quebrar o silêncio. - Você ficou sabendo que alguns meninos invadiram o dormitório feminino e causaram um explosão no banheiro principal ontem, a explosão foi tão grande que se alguém estivesse lá dentro essa pessoa ia acabar morrendo, sinceramente a maioria dos garotos dessa escola são todos uns malucos, ainda bem que eu estava dormindo quando aconteceu. - Há pois é né, essa gente faz cada maluquisse, quem ia querer explodir um banheiro isso seria muito perigoso hahaha. "Ele estava com a mão atrás da cabeça e estava suando muito, talvez ele conhecesse os meninos mas não queria dedurar os amigos, bom não devo me meter nisso já que eu não presenciei o ocorrido".

A gente senta em um banco de frente para um lago com a água muito azul e bonita. - Ei Asta, você já saiu num encontro com uma garota alguma vez antes? - Se eu já sai com alguma garota antes? Bem eu estou saindo com você. "Pelo visto é a primeira vez dele saindo com alguém também" - Entendo, hm, tem alguma garota da escola que você gosta? "Não entendo porque estou fazendo essas perguntas para ele" - Vejamos... Eu gosto de você. "Diz ele com um sorriso, ao perceber oque ele falou eu perco o controle e solto uma rajada de água nele e faz ele voar até o lago" - D-Desculpa, ninguém mandou você você fazer essa declaração repentina! "Falo um pouco furiosa" - Socorro, eu não sei nadar aaaaaaaaaaaah! "Diz asta se afogando no lago então eu peço ajuda para um homem que estava ali e ele vai lá resgata-lo, levou um tempo mas o homem conseguiu tirar o Asta da água então dou algum dinheiro para ele e ele vai embora" - Caramba, achei que eu fosse morrer, não faz mais isso não! *Espirros* - Acho que acabei pegando um resfriado. "Ao ver ele espirrando ali eu me senti um pouco culpada" - Acho melhor voltarmos para a escola para você repousar se não vai acabar ficando mais doente ainda. "Falo um pouco preocupada com ele" - Está bem, quando a gente chegar lá eu vou poder ver a irmã Lily de novo. "Quando a gente volta para escola eu me despeço dele e vou para a biblioteca procurar um livro que dizem que ajudava no controle de magia"

Ao entrar na biblioteca eu fico um tempão procurando o livro mas acabo achando e quando eu vou procurar um lugar para me sentar vejo aquela garota que estava em forma de pássaro na cabeça do Asta, acho que ele chamou ela de Nero, ela estava lendo um livro azul que eu não sabia do que era. - Pelo visto você gosta de ler muito não é, até na saal de aula te vejo lendo. "Me aproximo querendo fazer amizade" - Eu gosto de passar meu tempo com a mente ocupada, esse livro aí de controle é muito bom, fez uma ótima escolha. "Parecia que ela já tinha lido todos os livros que estavam ali" - Você andou treinando com o Asta não é, todos que andam com ele acabam pegando a mania dele de não desistir. - É, bem... Posso pergunta que tipo de relação você tem com ele? "Falo querendo saber se ela é uma parente dele ou outra coisa" - Eu e ele somos como irmãos, e eu seria a mais velha sempre tendo que tirar ele de encrencas, quando ele é castigado sempre empurram ele para mim então mando ele limpar toda a biblioteca. - Então porisso que aquela vez ele estava limpando tudo e você estava vigiando ele. "Abro meu livro e começo a ler atentamente igual ela estava fazendo"

Asta

Quando eu me despeço da Noelle vou correndo para a enfermaria pedir a calorosa cura de água da irmã Lily, quando eu estava correndo pelo corredor acabo sendo prendido por uma gosma rosa e eu já sabia de quem era essa magia, eu estava frito. - Finalmente consegui te pegar Asta, agora como você prometeu, você irá deixar eu fazer pesquisas dolorosas em seu corpo sem magia. "Eu havia dito que faria qualquer coisa para ela se ela me ajudasse com meu trabalho de ciências" - É mas lembra que a poção do amor que a gente fez para a irmã Lily se apaixonar por mim deu errado e eu fiquei fedendo por uma semana. "Foi uma semana horrível..." - Isso não importa, trato é trato, eu irei agora te levar para meu laboratório secreto hahaha. - Essa não! Socorro! "Ela ia acabar me dissecando e eu não conseguia escapar da magia dela"


Notas Finais


Coitado do Asta, vai ser dissecado! Espero que tenham gostado!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...